CINQÜENTA ANOS DE MUSTANGS, DO ENTREEIXOS AO 2015

(www.theboedlund.com)

Uma lenda perpassa o universo dos interessados em automóveis. Mais ou menos a seguinte: Lee Iacocca, gerente geral da Ford — depois seria presidente e, demitido, foi dirigir e salvar a Chrysler. No distante 1961 estava ocioso ou hipermotivado, condutor do Fairlane Group — nome da chácara onde morou Henry Ford e com apelo de nobiliarquia fordiana — reunindo os primeiros executivos de cada marca controlada pelo familiar oval azul. Pediu criasse um automóvel esportivo.
O Mustang I em traços (desenho The Henry Ford Museum)

Assim, sob o ângulo da sabedoria popular, há cinco vertentes para a escolha do nome Mustang:



25 comentários :

  1. Correção: no filme bullitt o mustang corre contra um dodge charger 1968 e não um challenger.

    ResponderExcluir
  2. Calos Miguez13/02/14 13:00

    Parabéns pela matéria, mas, em minha opinião, a foto do Mustang Boss 302 vermelho fala que é 1ª série, na realidade o modelo 1968 já é 2ª série (desde modelo 67). São carros totalmente diferentes em todas as medidas, pesos, motores e estrutura. A 2ª série findou com o lançamento do Mustang II (aquele do estúdio Ghia). Quando voltou a ter "chassi" pequeno - do Ford Pinto - menor ainda que o original de 1964.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorenzo Frigerio14/02/14 18:38

      Segundo a Wikipedia, todos os Mustangs antes do Mustang Ghia são 1a. série. Os Mustangs 70 têm um visual diferente do Mustang do Bullitt, lembrando um pouco os carros AMC da época. Existem também os Mustang Mach 1 de 1971 a 1973, que são grandes e bem legais, mas ainda com a mecânica da 1a. série... vamos dizer que era uma "plataforma MQB" da época.

      Excluir
  3. Nenhum, absolutamente nenhum Mustang, me deixaria mais extasiado em tê-lo em minha garagem, que o primeiríssimo, o 65, e conversível. Seu desenho conseguiu reunir elegância, beleza, e sobriedade, de uma forma absurdamente feliz. Nada falta, e nada é over. Ele é perfeito por dentro e por fora. E para terminar de me deixar totalmente enfeitiçado, podia vir com o interior mais lindo que um carro pode ter: azul monocromático. Desculpe, Chevrolet Omega, mas o Ford Mustang foi absoluto bem antes de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas voce e mais um Mustang desses que voce falou ou uma das grandes barcas americanas ?
      Discorra...

      Excluir
    2. Aí, não tem para o Mustang. Não há nada que eu seja "mais", que uma espetacular, maravilhosa, estupenda, magnífica, sensacional, soberba, e inigualável "barca" americana dos anos 50. Nada.

      Excluir
    3. Off-topic: o único desenho entre essas fotos, deve ter feito muita gente se lembrar de um carro mítico da ficção, o "Mach 5" do desenho "Speed Racer". Até hoje tenho curiosidade de saber quem o desenhou (se foi o próprio pessoal que criou a série animada, ou se teve a mão de um designer de automóveis da vida real, quem seria essa pessoa, e que carros reais saíram de sua imaginação para as ruas (se é que houve), e mais: qual carro real empresta o ronco de seu motor para o "Mach 5" no desenhos da TV, pois suponho que à época não se tenha usado nenhum recurso de computação para criar um barulho de motor para o carro.

      Excluir
    4. Realmente lembra um pouco. E teve um Mustang com nome Mach, não?

      Excluir
  4. Leo Cordeiro13/02/14 15:13

    Esta nova frente,na minha opinião,acabou com o que os Mustang tinham de melhor:sua personalidade!Olha-se de lado e lembra o Ford Fusion,a grade padrão Aston Martin,também nada tem a ver com a história do carro norte-americano.Em suma,virou mundial,mas perdeu o essencial:todo o legado do carro até hoje... A cada dia que passa fabricam carros mais sem graça que os outros,infelizmente!Daqui a algum tempo,se quisermos ver algo interessante só mesmo visitando um museu de automóveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leo, concordo com você. Não estou dizendo que o carro, como está, está feio. Mas ele perdeu sua essência. Não só no design, mas também pela motorização e a retirada do eixo rígido na traseira. Podem me chamar de antiquado, mas o Mustang sabia ser ótimo e barato, andava mais que Porsches que custavam quase o dobro. Era um carro sem frescuras, o atual Boss 302 é um carro estupendo e por mais que a nova geração seja melhor, pra mim, não será um Mustang de verdade...

      Excluir
    2. O eixo traseiro pode sumir, não fará falta e sequer contribuia para fazer o carro barato. O resto, como não ter motores V8, realmente é preocupante.

      Excluir
  5. Corsário Viajante13/02/14 16:19

    QUando o assunto é muscle car, é questão de paixão para escolher entre os três mais famosos.
    E meu coração sem dúvida bate pelo mustang. Que carro!
    Vamos ver a que vem esta nova geração. POr um lado deixou de lado o mais característicos que é este jeitão americano redneck de ser. Vamos ver se valeu a pena deixar a tradição um pouco de lado em prol da evolução.

    ResponderExcluir
  6. Recall de articulações de eixos axias feita pela Magneti Marelli Cofap.
    http://www.mmcofap.com.br/img/destaques/comunicado.jpg

    ResponderExcluir
  7. Mr.Car
    Muito bom gosto o seu. Tbm acho lindo esses da primeira safra.
    Mas ainda fico com um Boss 302 , ou um Mach 1 1970 . Nao , nao duvide.

    ResponderExcluir
  8. Sonho de consumo principalmente os de 1ª geração como os Boss 302, 429 e Mach 1 !

    Maravilhas !!!!

    ResponderExcluir
  9. Os clássicos são bonitos, robustos e imponentes, mas esse novo modelo não deixa a desejar não, Não sei quanto a vocês, mas eu prefiro o mustang do que o camaro. Há uma comparação entre os dois?

    Concessionaria VW

    Abs

    ResponderExcluir
  10. Um adendo ao Bullit: colocaram pneus ruins, finos, no Charger para tentar [em vão] segurar o 440 Six Pack, para deixar o carro pior só se botassem pneus de bicicleta. E ainda: foram usados vários Mustangs nas filmagens pois a cada pulo os carros se desmancharam, enquanto o Dodge aguentou firme e forte até o fim [triste e ridículo fim, diga-se de passagem].

    Sobre o Mustang, o único que eu gosto é o SVT Cobra R, lá de 99. O que houve depois ou ocorreu antes não me desperta nenhum interesse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arrrrgh!!!

      Excluir
    2. Lorenzo Frigerio14/02/14 18:43

      Foram usados uns 3 Chargers para fazer o filme, mas depois que bateu o paralama tiveram que usar o mesmo, por causa da continuidade. Apesar de ter um bom motor (390), considerados o pilotos de igual perícia, o Mustang não teria condições de seguir o Charger, muito mais potente.

      Excluir
    3. O Charger 68 do filme não era Six pack, ele usava um carburador quadruplo. A opção de 3 carburadores duplos para o motor 440 só existiu em 1970

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  11. Mustang feito para agradar alemão? Isso preocupa um tanto. De um jeito ou de outro, a maioria dos carros carrega muita influência alemã. Ainda que fique igual a um Mercedes ou BMW esportivos, será IGUAL a algo, perdendo personalidade. É claro que personalidade ajuda tanto a vender carros quanto honestidade ajuda a ganhar eleições. Mas como é um carro relativamente caro e nunca considerei sua compra, podia dar-me ao luxo de admirá-lo. E para admirar, quanto maior a variedade, melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me preocupa um pouco. Acho legal abandonarem a suspensão arcaica, mas também se perde em personalidade ao ir muito na linha dos alemães. Não gosto de carro americano e ponto, mas cada um no seu quadrado. Muita dessa mania de tudo ser tudo hoje acaba deixando ninguém realmente satisfeito.

      Excluir
  12. Muito bom o post. Aproveitando, que tal publicar algo sobre os AMC AMX/Javelin, muscle-cars de breve existência, mas nem por isto menos interessantes? Fica o pedido.

    ResponderExcluir
  13. Ah, e o novo Mustang evoca, sim o modelo original, pelos lanternas, até pela grade frontal, evolução natural do desenho anterior, visando melhorias aerodinâmicas. Maior identificação com o modelo antigo teria se a FORD tivesse mantido a falsa entrada de ar lateral (um traço de identificação do carro) e a pequena e charmosa janelinha isolada da porta, na coluna traseira. Aí, sim, seria um Mustang total...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.