Trânsito

A cada dia que passa, o trânsito nas grandes cidades parece sempre aumentar. Muitas vezes congestionamentos de vários quilômetros surgem e desaparecem, e quando isto ocorre geralmente não há motivo aparente para tal.

Passo diariamente por uma das rodovias que ligam São Paulo ao interior, e todos os dias há trânsito sem explicação aparente. Sempre suspeitei da incompetência alheia em dirigir em rodovias, e agora tenho um argumento científico ao meu favor. Eu havia recebido este vídeo faz um tempo mas nunca mais o achei, até agora.

Um estudo da Universidade de Nagoya (Japão) provou que não é preciso de nada especial para gerar um congestionamento, apenas pessoas dirigindo seus carros. Em uma pista circular fechada, diversos carros deveriam seguir em velocidade constante de 30 km/h, e em pouco tempo, com a variação de velocidade de um carro para outro, o chamado "efeito de onda de choque" ocorre e voilà, congestionamento formado. É a prova de que a culpa de grande parte dos congestionamentos é da incapacidade de dirigir corretamente, mantendo uma distância constante do carro à frente, e isso aparentemente é um problema mundial. Vejam o vídeo do experimento japonês abaixo e tirem suas próprias conclusões.

9 comentários :

  1. Perfeito! Só faltou a famosa batidinha na traseira por falta de atenção.

    ResponderExcluir
  2. Jonas Torres28/02/09 20:25

    Eu vi esse vídeo numa coluna do Bob. É o mito de que a velocidade em absoluto é a grande causadora de acidentes que está levando todo mundo a dirigir em câmera lenta.

    ResponderExcluir
  3. Todos os motoristas têm que assistir esse vídeo para perceberem o porquê da importância de se andar acompanhando o fluxo.

    Essa da batidinha na traseira foi genial, para completar de vez o vídeo!

    ResponderExcluir
  4. Quem quiser se divertir com simulações que demonstram esse e outros efeitos:
    http://www.traffic-simulation.de/
    Sinais de trânsito:
    http://www.phy.ntnu.edu.tw/ntnujava/index.php?topic=139
    Freeways:
    http://www.freewaysimulator.com/demo/index.html

    MM

    ResponderExcluir
  5. Minha teoria: após o advento do telefone celular, há mais motoristas iniciando lentidões no trânsito. O careta começa a falar, vai tirando o pé do acelerador, e provoca a diminuição da velocidade de quem vem atrás e não tem espaço para mudar de faixa. Imagine uma avenida com uns 5 kms de extensão. Deve ter ao menos um motorista por km falando ao celular, e não devem estar todos na mesma faixa de rolamento. Pronto, a avenida toda vai ficar lenta.

    ResponderExcluir
  6. Celso Luft01/03/09 18:32

    O camarada que fala ao celular e não consegui dirigir nem deveria ser habilitado. Sou completamente contra a proibição de se dirigir com uma das mãos ou falando ao celular. Quem quer usar o carro mais lentamente (falando ao celular ou não) que use as faixas adequadas para isso, mesmo assim nunca a menos de 70% da máxima da via (esses 50% do código só atrapalham).

    ResponderExcluir
  7. Vejo isso todo dia na principal ligação norte-sul do Rio, o túnel Rebouças. Onde tem curva, o pessoal tira o pé demais e pronto, retenção criada. Passou desse ponto, volta a andar, às vezes fica aquela 'avenida', vazia, por conta da distãncia entre quem vinha andando normalmente e prosseguiu e o murrinha que 'jogou âncora' só por causa de uma curvinha besta ou um ônibus do lado.

    ResponderExcluir
  8. Daniel Chimura02/03/09 20:20

    Sensacional o vídeo. É como dizem: O transito é causado pelo excesso de veículos, o excesso de veículos lentos!

    ResponderExcluir
  9. Celso Luft03/03/09 20:38

    Aqui em SP na subida da 23 de maio (nos dois sentidos) é sempre a mesma coisa, o pessoal resolve não manter a velocidade, seja por medo de rpm, carga no acelerador, ou reduzir. O mais incrível, é que os motociclistas fazem a mesma coisa, eles só tem coragem de andar com velocidade relativa elevada no corredor de veículos lentos, quando está tudo livre, alugam a esquerda no meio da faixa. O dia que eu estiver com o "ovo virado" eu vou derrubar um e vcs vão me ver no Datena...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.