Blog AUTOentusiastas antenado nos lançamentos...





Estava nesta sexta-feira caminhando pela Avenida Ibirapuera, de volta para casa, quando noto que a concessionária Citroën colocara o novo C4 hatch à mostra.

Havia chegado esta tarde. Modelo Exclusive, quase completo, faltava kit xenon, com faróis direcionais, preço de R$ 71 mil. Com o kit, pula para R$ 78 mil! UAU!

Segundo o vendedor, o carro não foi lançado ainda. Na verdade, fora lançado em novembro passado, na Argentina, com boa cobertura em vários sites e blogs automobilísticos daqui. Porém está chegando agora às lojas, poucos dias antes de março, data oficial para início das vendas.

Aproveitei a proximidade de casa, apanhei a máquina e, mesmo à noite, sem o mínimo de equipamentos, como tripé, companhia para o flash etc., tirei algumas fotos.

Para mim, será o mais belo hatch médio do momento, mais ainda que o novo Focus (cadê as vendas do Ford?) e estes dois, os mais atualizados tecnicamente com a Europa.

Dizem as boas línguas, o modelo hatch é beeeeeem melhor de chão que o sedã. Teorias a respeito, muitas. A que mais dou crédito é que o C4 nasceu hatch e o modelo sedã veio depois e que na "espichada" que lhe deram, foram-se alguns dotes dinâmicos. E a espichada se encarregou também de alterar a distribuição de peso. O hatch é mais equilibrado. Esperemos pelas primeiras avaliações nas revistas especializadas ou relatos de quem andou de verdade. Test-drive de loja não se presta para isso.

Também pude confirmar os preços que foram estimados no lançamento, começando em R$ 55 mil, mas os modelos mais completos estão um pouco mais salgados.

5 comentários :

  1. Carlos,
    Sempre prefiro hatch a sedã em carros de mesma base. Fora que o entreeixos do C4 hatch, 2.608 mm, é 104 mm menor que o do Pallas -- que já era bom de curva. Tenho certeza de que o hatch irá surpreender nesse ponto.

    ResponderExcluir
  2. Paulo Keller21/02/09 17:39

    Será que os brasileiros vão gostar do design? Tenho a impressão que brasileiro de uma maneira geral é conservador.

    ResponderExcluir
  3. Bob,
    Ansioso por 'ouvir' suas linhas, depois de andares no carro.
    Sei que comparar projetos sedan espichado com hatch não significa muito, mas você já comparou o Vectra GT/GTX com o sedan? há diferenças de comportamento em curvas entre estes?

    ResponderExcluir
  4. Carlos,
    Nunca dirigi o Vectra GT/GTX, mas nesse caso o entreeixos é o mesmo do Astra hatch ou sedã, 2.615 mm. O Vectra "normal" é na verdade um Astra sedã espichado, com 2.705 mm de entreeixos. Entre o Astra sedã e hatch, prefiro este.

    ResponderExcluir
  5. Tenho minhas dúvidas quanto às qualidades dinâmicas desse carro.

    Já tive a oportunidade de dirigir um C4 VTR de fabricação francesa (ao contrário dos outros que são, salvo engano, uruguaios) com um motor 2.0 16v de uns 150hp.

    Dava pra sentir que a plataforma era boa porém muito mal acertada. Relação de direção longa demais, problema amplificado pelos pneus balão ridículos e totalmente incongruentes com o resto do carro. Juntando isso tudo com a maciez execessiva das molas, o resultado foi um carro cheio de fru-frus internos muito agradável ao sujeito que usa o carro para ir daqui até ali sem se importar com a viagem.

    Já o entusiasta terá nas mãos um carro bobo que rola demais e aponta de menos. Pelo menos a plataforma dá sinais de que aceitará e recompensará os bons upgrades vindos da Europa. Pena apenas que o motor não é mais o brutamontes da época dos Xsara VTS com suas bielas de Adamantium que toleram 400hp sem reclamar... Esse motor já é de concepção mais moderna com interior mais leve e eficiente, porém mais frágil. E por ser novo, ainda tem pouca peça pronta lá fora para venenos "plug and play".

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.