MORAL TORTA

Logo após o feriado prolongado de 1º de maio, a Polícia Rodoviária Federal divulgou um balanço dos acidentes nas estradas. Ao todo, foram 1.773 acidentes no país, resultando em 1.095 feridos e 80 vítimas fatais.

Eu estaria até (infelizmente) conformado com estes dados se uma das vítimas fatais não fosse um grande amigo, o catarinense Fernando Bender. 28 anos, Entusiasta com "E" maiúsculo, casado e pai de dois filhos. Uma perda irreparável para sua família e para seu círculo de amigos, do qual eu fazia parte.


Motorista exímio, pai responsável, nada leva a crer que o Fernando cometeu um abuso, ainda mais transportando seus maiores tesouros dentro do carro. Quem tem esposa e filhos sabe da apreensão que toma conta de nós ao iniciar uma viagem. Naquelas horas você não é apenas o capitão de sua própria embarcação, mas também é o único responsável pela vida de todos a bordo.

O fato é que Fernando perdeu o controle de seu carro. Saiu ileso do acidente, mas pouco tempo depois foi colhido por outro automóvel que perdeu o controle no mesmo local da BR-116, quando seu carro já estava em cima do caminhão-plataforma.


De quem é a culpa? Do destino? Me recuso a aceitar essa explicação. A culpa foi da falta de sinalização do acidente? Da pista sem escoamento adequado ou do asfalto que vira um sabão debaixo de chuva? Ou dos guincheiros desonestos e moradores das redondezas que já foram flagrados jogando óleo na pista para causar acidentes e promover saques de mercadorias?

Pensando melhor, o Fernando não foi vítima de um acidente. O Fernando foi vítima do descaso das autoridades, oriundo de uma má formação moral de governantes que não estão preocupados com as condições das estradas, nem com a educação no trânsito. O Fernando foi vítima de uma moral torta que toma conta de toda a sociedade brasileira e que encara com normalidade fatos como esse.

São tantos os acidentes que o desrespeito pela vida se tornou uma coisa corriqueira: uns morrem hoje, outros morrem amanhã. Quem será o próximo?

Ainda estarrecido pela perda do grande amigo, recebo este vídeo através de um forum de discussões de São Paulo que participo. Trata-se de um retrato de uma sociedade doente:



Até quando o brasileiro vai tratar a direção de um automóvel como uma simples diversão despretensiosa? Quando é que as autoridades vão se dar conta da carnificina que toma conta de nossas estradas? Quando é que a sociedade vai tratar o trânsito com a devida importância, investindo quantias vultosas na formação de condutores e na conservação e fiscalização de nossas estradas?

Quem poupa o lobo sacrifica o cordeiro. O motorista do Marea do vídeo acima deveria ser preso e mofar uns bons anos na cadeia. É preciso que alguém endireite essa moral torta da sociedade logo, pois não quero ser a próxima vítima desse descaso e não desejo enterrar mais nenhum amigo por causa disso. Estou cansado de ver as pessoas perdendo a vida bestamente.

FB

40 comentários :

  1. LAMENTÁVEL A AÇÃO DE LUNÁTICOS COMO ESTE DO MAREA. EU MESMO CONHEÇO MUITOS, QUE SÃO MEUS AMIGOS. QUANDO COMEÇO A DIZER PARA ELES IREM COM CALMA, SOU TAXADO DE VELHO, DE CHORÃO.

    ResponderExcluir
  2. Bitu,
    triste por saber que era seu (nosso)amigo. Como dizia Expedito Marazzi, "se o cara gosta de carros, é meu amigo".
    Nossos governos com letra minúscula não servem para nada, exceto arrecadação. Uma hora tudo isso irá se acumular de tal forma, que a sociedade que lê jornal, ouve e vê notícias vai se encher, e os donos do poder tremerão.
    E teremos um futuro com menos carnaval, novela e futebol, os reais males "deçepaíz".

    ResponderExcluir
  3. Grande Felipe. Infelizmente enquanto a nossas ruas estão sendo tomadas por inresponsaveis, nossos governantes FDP's estao discutindo quem mando a amante pro nordeste com as passagens aerias destinadas a eles para o exercicio de suas funções. mas se analiuzarmos mais a fundo veremos q nao so na ruas mas também em todo o lugar a desordem ja se instalou, ja que nossa policia faz de tudo para nao encontrar com ladroes em quanto estao assaltando uma loja ou casa. Para que se eles podem apenas averiguar o fato depois sem ter q correr o risco de sair ferido de um confronto direto.
    Ja que é pra falar vamos falar, né!
    Sei que a perda de um amigo querido é algo tragico, mas também precisamos olhar ao nosso redor. Acho que nosso pais precisa de uma reforma geral na politica, na educação.. na Verdade precisamos refazer tudo!
    quanto ao fato dos moradores jogarem oleo na pista, ja presenciei "ladroes" jogando objeros de cima de viadutos em carros que tranzitavam por uma rodovia para q quando parassem pudessem roubalos, nosso pais virou um verdadeiro PUTERO, ja que aqui se faz o que quer mesmo que issu seja imoral !!!
    precisamos fazer algo, como bons brasileiros, pagantes de impostos q no fim das contas alimentam essa porra toda !!!!
    quanto ao video, eu me pergunto, porque esses animais nao sofrem as devidas consequencias cabidas??
    Talvez porque sejam filhos de pessoas influentes? ou como ja disse, nossas autoridades nao querem se incomodar em repreendelos.
    Pô! Um pais como o nosso que em meio a uma crise financeira mundial se destaca como um dos poucos que estao se mantendo estaveis, ainda tenha governantes incopetentes e ignorantes (sem falar FDP) metendo a mao no povo q o elegeu, issu é uma palhaçada!!!
    entao melhor mudar o nome do Brasil pra CIRCU DU BRASIL !!
    Bom desculpe o desabafo e o portugues errado, mas é assim que vamos sobrevivendo pagando nossos impostos, sofrendo com o medo da violencia nas cidades, ruas, estradas e ate mesmo em nossas casas!
    Do seu amigo
    BOMBINI

    ResponderExcluir
  4. ë infelizmente temos que superar o acontecido pelo nossos amigos onde muitos não tem culpa do ocorrido.. porem para o video , sem comentarios, gostaria muito de trombar com um cara desse pedindo ajuda ao tentar sair do que restaria do carro dele numa perda de controle.. quase pega o rapaz da moto, infelizmente tenho que ver isso em nossas ruas...

    ResponderExcluir
  5. Felipe Bitu,

    Lamento pelo seu amigo.
    Apenas por curiosidade, onde foi o acidente? região da divisa SP/PR?

    pergunto pois carrego 2 cicatrizes no rosto totalizando 7 pontos, devido a um capotamento na Régis Bittencourt, região da divisa, também conhecida como Serra do Óleo. não morri por um milagre.
    é isso mesmo que vc falou. guincheiros e moradores jogando óleo na pista pra saquear mercadorias, e a PRF fingindo que não sabe de nada.

    e esse moleque no Marea, bem feito se bater sozinho... o duro é que é grande a chance desse infeliz envolver inocentes...

    ResponderExcluir
  6. Bombini

    Muito obrigado pelo seu comentário, peço apenas que evite utilizar palavras chulas e de baixo calão.

    Um abraço

    FB

    ResponderExcluir
  7. Polara, mais uma vez, obrigado pela sua participação.

    O acidente ocorreu próximo ao quilômetro 41. Não sei exatamente onde fica, mas as vítimas foram atendidas pelos policiais do Posto Policial Taquari.

    Esse trecho da rodovia é administrado pela concessionária Auto Pista Régis Bittencourt.

    ResponderExcluir
  8. meus pesames pelo ocorrido Bitu, realmente precisamos de mais educação e cautela no trânsito, um acidente como esse é uma tremenda estupidez.
    enquanto pessoas morrem no trânsito, o Kassab esta inventando uma lei que proibe pessoas que tem tatuagens de entrarem em cargos públicos, será que ele não tem coisas mais importantes para se preocupar? que absurdo, não me conformo com uma coisa dessas

    ResponderExcluir
  9. E do outro lado esse domingo o Gugu reformou um caminhão Scania 112 ano 82. Diagnóstico do reformador: Freios: Como esse cara parava o caminhão?
    DireÇão hidráulica: vazando óleo, se baixar muito o nível ele perde o controle.
    Motor: Só pudemos reaproveitar as bielas e o bloco do motor.
    Câmbio: engrenagem da segunda marcha com dois dentes quebrados, o que pode travar o câmbio e as rodas e causar algum acidente.
    Diferencial: só pudemos aproveitar a carcaça.
    Pneus: Ele mandou baixar os sulcos para rodar um pouco mais, mas já está na lona.
    Chassis: longarinas tortas e barras transversais empenadas.
    Resumindo: Se você está na escala "Nao se preocupe, seja feliz" reveja seus conceitos e mantenha o desconfiômetro calibrado quando uma dessas coisas ameaçar te ultrapassar numa curva com faixa continua dupla em estrada de mão dupla ou em pontes sem acostamento.

    ResponderExcluir
  10. o gugu deveria mandar prender o sujeito, e não reformar o caminhão

    ResponderExcluir
  11. Essa história se parece com o que conhecemos muito, quando um motociclista faz besteira, geralmente é o garupa que toma o prejuízo. Assim foi com o Beiço, estava na dele e por causa de outro acabou perdendo a vida. Não dá pra julgar se foi destino, azar, enfim... Já está feito e não acredito que irá mudar o futuro de outras pessoas, proibem bebida alcoolica mas o rebites da vida ainda estão em uso, são diversas negligências que formam o quadro atual.

    Infelizmente perdi um amigo, uma pessoa querida, um cara que soube aproveitar a vida, isso é o que me conforta.

    Abraço Bitu.
    Fica com Deus, Beiço.

    ResponderExcluir
  12. Ronaldo

    É uma questão de cultura e responsabilidade.

    A "lei seca" por exemplo, foi uma lei "holofote", gerou polêmica e mandou (ainda manda) muita gente pra cadeia. Mas é só motorista com uma lata de cerveja que merece ir pra cadeia? Nem isso, pois a fiscalização já minguou.

    Nesse feriado fui para Brotas, saindo de São Pedro. É um trecho que sempre me deu medo, mas para minha surpresa foi totalmente refeito pelo governo do estado, incluindo os dois perigosos trechos de serra.

    Quando há boa vontade, tudo fica mais fácil.

    ResponderExcluir
  13. uma coisa que eu aprendi, é que no trânsito, dificilmente um fator apenas leva a um acidente, por exemplo, se alguem faz alguma manobra perigosa, e o outro motorista esta atento, são grandes as chances de não acontecer nada...
    aqui em Porto Alegre tem uma estrada que me dá medo, tenho até vergonha de falar, mas até que sentir um pouco de medo é bom, essa estrada é de mão dupla, cheia de curvas, sem iluminação, sem acostamento, sem sinalização, quando eu tenho que dirigir por essa estrada, não passo de 60km/h, mas é comum outros carros colarem atrás de mim e ficarem dando luz alta, PORRA! se quer passar e se matar passa, querem que eu ande mais rapido pra me matar junto com eles? as pessoas não tem noção mesmo,

    ResponderExcluir
  14. mas óleo na pista, se o motorista estiver em uma velocidade moderada, com pneus bons, dificilmente vai perder o controle, moto sim é bem mais perigoso, mas carro...

    ResponderExcluir
  15. Triste mesmo essa tragédia. Só conhecia o cara do Preparado mas mesmo assim fiquei mal.
    Isso realmente é apenas mais um retrato do descaso geral das autoridades para com o trânsito.

    ResponderExcluir
  16. Pelo pouco que conhecia o Beiço, ele era o tipo de pessoa que vivia cada dia como se não tivesse amanhã. Não no sentido de irresponsabilidade ou fazer loucuras, mas sim no sentido de aproveitar os bons momentos da vida enquanto a tiver.
    O Fernando era uma pessoa muito contagiante e alegre.
    Conhecendo o pouco, mas o suficiente para saber que ele não gostaria de ver os amigos dele lamentando a ida dele, mas sim lembrando dos bons momentos bons que ele passou com cada um.

    Que fiquem as lembranças boas.

    Abraços....

    ResponderExcluir
  17. Jonas Torres05/05/2009 21:29

    No trecho sul da 116 existe mesmo essa de óleo na pista. O apresentador Carlos Massa (o Ratinho) sofreu acidente nesta via, fez denúncia do fato, reportagem, denúncia, etc, e pelo visto nada mudou até hoje.

    ResponderExcluir
  18. falando em Ratinho, o programa dele voltou, VIVA!!!!

    ResponderExcluir
  19. Como os governantes (com g minúsculo) conhecerão as nossas "estradas" se eles viajam "por cima"? Duvido que algum deles encare uma rodovia esburacada e com tantos imbecis no volante, arriscando o pescoço em cada curva. E o pior é que na cidade a situação está parecida... Onde vamos parar? Como diz um amigo meu: "infelizmente, não sinto mais prazer em guiar com esse trânsito maluco e a falta de respeito das pessoas. Só stress!"

    ResponderExcluir
  20. ainda se o buzão fosse seguro e decente, ou o metrô não fosse lotado, é froids meu irmão, vamos nos reunir e quebrar a prefeitura de são paulo, fazer igual fizeram os argentinos, o povo aqui deixa tudo por isso mesmo

    ResponderExcluir
  21. Eu continuarei apostando nos pneus. Eu estava no carro de trás, acompanhando o Fernando e vi o primeiro acidente. Esse astra não era dele, era de um amigo da empresa, e o carro estava com 4 pneus remolds, da marca mais conhecida no Brasil. O Celta também rodou, e estava com aqueles pneus de segunda, que a GM resolveu colocar em sua linha. Na saída daquela curva tem uma pequena depressão (pouco mais acentuada na pista da esquerda), e fica a menos de 1km do posto represa (cerca de 50km de curitiba). Eu também estive presente, logo após o segundo acidente.
    No pneu traseiro do lado direito (do astra) tinha um rombo e saiu o conjunto inteiro de suspensão (da roda direita, na capotagem. O policial teimou comigo que estourou porque bateu na boca de lobo, mas eu duvido que se somente o pneu tivesse batido e estourado, a suspensão teria saido inteira. Ou talvez até mesmo um problema na suspensão... Fato é que sabemos o motorista que o Fernando era... Tava sempre na estrada, de carro ou caminhão.
    Não vou julgar o segundo motorista, porque seria uma situação muito hipócrita, dizer que somente o segundo motorista errou... Não, ele talvez não errou. Eu e voces sabemos que quando o carro perde a traseira, numa estrada meio sabão, não tem muito o que fazer. No caso do Fernando eu sei que foi a traseira, porque eu vi. Hoje ele está lá em cima, olhando por nós.

    ResponderExcluir
  22. Mister Fórmula Finesse06/05/2009 09:00

    Já que foi falado de pneus....esses pneus de segunda linha que a Gm está (ou estava) utilizando nos Celtas são realmente nulidades em relação a aderência. Tive um carro - fiat uno - da empresa com esses pneus que proporcionavam lindas "derrapagens controladas" em piso molhado quando assim eu o queria. Novo ou com desgaste, a aderência ficava sensivelmente bem abaixo da média do que se esperaria em tais condições.

    ResponderExcluir
  23. "Mais uma baixa desta guerra"

    Sim! Mas como disse... 'desta', a do transito.
    Esta é apenas uma, de muitas que travamos diariamente neste país.

    Na minha opiniao, a pior de todas elas é a 'Guerra do Descaso'...vinda (principalmente) do 'cerrado'. Esta, responsável direta ou indiretamente por outras.

    Neste país, ninguém se aposenta, e sim, entra pra reserva. Mas infelizmente, existem as baixas diárias.

    E você? Já se considera um 'veterano de guerra'?

    Bolacha.

    ResponderExcluir
  24. Felipe Bitu:
    Me solidarizo com você na indignação com situações perfeitamente evitáveis como esta. O que é de lascar é o fato de o trecho ser concedido, o que deveria significar pista e sinalização perfeitas. Esses boçais que tomam conta de nosso patrimônio público não têm a mínima noção das coisas, porém, quando se trata de surrupiar o dinheiro alheio, conhecem e se utilizam de todos os mecanismos que a legislação lhes oferecem. Lixo!

    ResponderExcluir
  25. Que esses pneus GT Radial não são um "super pneus" desses que a molecada gosta pra mostrar para os amigos, tudo bem.

    Agora botar exclusivamente neles a culpa por qualquer tipo de acidente, já é demais.

    ResponderExcluir
  26. minha experiência com pneus remold, fiquei tentado pelo preço, logo que instalei ja notei o carro sem nenhum balanceamento, depois de rodas uns 20km, abriu um rasgo na lateral, mas o pneus não esvaziou... sem contar que o pneu fazia um ronco que parecia que tinha um caminhão andando atrás de mim... não aguentei, fui lá e coloquei pneus que custavam o dobro do preço, no final das contas, não me arrependo

    ResponderExcluir
  27. mas como eu disse, dificilmente um único fator acarretará em um acidente, sempre tem alguma "coisa" a mais

    ResponderExcluir
  28. Carol(mulher do Fer)06/05/2009 20:28

    Eu estava com o Fer, no mesmo carro, ao lado do meu marido e sei que além de não estar em alta velocidade ele era um excelente motorista.
    O Fer foi vitima da falta de responsabilidade das nossas autoridades, se a pista estivesse sinalizada nada disso estaria acontecendo, o Fer era uma vitima e o local que ele estava era de alto risco, a obrigação do policial presente era resguardar a vida do Fernando e ele não o fez.
    Agora não temos mais que buscar culpados... aconteceu...nada vai trazer a minha vida de volta
    Lógico que devemos cobrar das autoridades que a pista seja muito mais bem planejada, que o resgate seja rápido e eficiente.
    O que eu peço a todos é que lembrem do meu amor pelo homem que ele foi... ele era uma pessoa iluminada, o Fer tinha mil amigos e todos o amavam pela pessoa que ele era...feliz, alegre, palhaço
    Amo o Fer e agradeço a todos pelo apoio
    Amava voar com seu carro turbo... mais sabia onde e quando podia fazer isso...nunca colocou a sua vida ou a de outras pessoas em risco...ele competia em lugares autorizados e legalizados
    Agradeço a todos pelo apoio.

    ResponderExcluir
  29. Desculpem o post que pode parecer meio piegas mas me sinto envergonhado por morar num país como este. É sabido que, historicamente, temos um governo que nos cobra e nada nos devolve. É ruim, mas menos doloroso falar disso quando lembramos dos impostos caros e a precariedade das nossas escolas, ou das ruas esburacadas ou talvez dos salários dos políticos. Mas o sentimento aperta mesmo quanto somos informados que pessoas estão morrendo devido à falta de competência e vergonha na cara das autoridades que encaram sem seriedade a administração pública onde o bem estar da população é sempre deixada de lado, com prioridade para interesses próprios, desavenças partidárias e burocracias na hora de atender as necessidades da população.

    Carol, sinto muito mesmo pela perda. Desejo que você encontre forças para tocar sua vida e cuidar dos seus filhos para que, num futuro não muito distante eles possam fazer desse país um lugar melhor para se viver.
    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  30. Esse mentecapto do vídeo precisa de um corretivo. Tem algum tipo de fiscalização de trânsito nessa cidade imbecil que é a minha São Paulo, e que faça algo mais do que multar caro em rodízio e estacionamento proibido ? Não, a CET já foi séria, hoje não é mais, e o prefeito, menos ainda. Ruim como a Marta Suplicy.
    Estradas ? quase a mesma droga, e Regis Bittencourt sempre foi péssima, junto com Dutra, lixo total. Avenidas disfarçadas de estradas, e polícias que pouco entendem de velocidade, distância, sinalização, e outros "detalhes" que compõe a via.
    Uma tristeza a perda de qualquer pessoa em acidentes bestas, pior ainda quando é um amigo. Minha força para a família.

    ResponderExcluir
  31. Marlos Dantas07/05/2009 00:06

    Meus pêsames aos familiares e amigos do falecido.

    Sobre pneus, atualmente estou usando remolds, não por escolha, mas na época não tive outra saída. Uso o modelo M-7000 (assimétrico) da Pneuback e estão com uns 8 mil km. A princípio tive certo receio de comprá-los, principalmente pela “filosofia” em que eles se baseiam: a de reaproveitamento de carcaças, mas, não tive escolha. Porém, ATÉ AGORA, eles têm me surpreendido, estão em perfeito estado e se comportam bem ainda que o piso esteja molhado, também não “cantam” facilmente, não desgarram nas frenagens mais bruscas e o rodar não é ruidoso. Há pouco tempo chequei o balanceamento e ainda está adequado. Será que foi sorte minha??? Ainda assim, pretendo instalar pneus “de marca” da próxima vez, afinal de contas, vai que não tenho a mesma sorte...
    Mas, sinceramente, o remold acaba não ficando muito atrás desses pneus de 2ª linha (“submarcas”) de fabricantes famosos...

    ResponderExcluir
  32. Mario Henrique07/05/2009 00:26

    Lamento pelo acidente. Meus sentimentos à família.

    Quanto à pneus, acho que realente são fundamentais, tanto quanto sapatos que não te derrubem!
    Já escapei de muitas graças aos Michelin XH-AS de minha Saveiro.
    Valeram cada centavo investido!

    ResponderExcluir
  33. Espacar de acidente por causa da marca do pneu.. então se no lugar do Michelin fosse um Pirelli teria se acidentado?

    É cada besteira que ouvimos que dá até raiva.

    ResponderExcluir
  34. Lamento profundamente a perda irreparável de um colega, causada por toda essa soma de fatores e fatalidades.

    Anônimo, um jogo de Michelins poderia ser a diferença entre o post ter ou não existido,

    Existe sim uma significativa diferença entre marcas de pneu no quesito aderência em situações críticas.

    O Mário Henrique está correto.

    ResponderExcluir
  35. FrEaKzO!D - PP09/05/2009 02:58

    Concordo com você Bitu. Pego essa maldita estrada 2x por semana e já sofri alguns acidentes além de PT nas 4 rodas devido a "pequenos buracos" (que hoje agradeço, pois troquei na marra os pneus de 2ª GT Champiro que vieram no Celta que aquaplanava a modicos 60 km/h e por isso aposto nos pneus, assim como Pix).
    Pior de tudo e ver a população achar que quem "arrumou" a BR para o estado que está hoje foi a Auto Pista Regis Bittencourt, o que não é verdade, pois foram as PREFEITURAS que arrumaram seus respectivos trechos (pelo menos na parte do estado de SP). A unica coisa que essa concessionaria fez foram as praças de pedagio e somente agora (leia-se a 1-2 semana a trás) começaram a fazer algumas melhorias (recapeamento), MUITO MAL SINALIZADAS.
    Acredito SIM que o que aconteceu com o Fernando poderia ser evitado se o 1º acidente fosse devidamente sinalizado pela concessionaria (que creio eu que só o fez corretamente após o 2º acidente) e se houve-se um simples guard-rail na curva, que acho que teria evitado o capotamento do 2 carros.
    Ah, para constar e alertar, como se jogar oleo já não fosse o bastante, as vezes colocam paralelepipedos na pista, já peguei 1 no meio da faixa da esquerda que não consegui ver a tempo graças a eficiencia do farol monoparabola do "Novo" Celta que tinha; isso a 5 km do posto da PRF!

    ResponderExcluir
  36. bah! que sacanagem, um paralelepipedo no meio da faixa, eai o que aconteceu? destruiu o carro?

    ResponderExcluir
  37. Gustavo Cristofolini - 20volts no Preparados (ex-fusca84)11/05/2009 01:45

    Pois é... Conheci essa figuraça em um Festivel em CWB. Naquele em que arranjaram briga com os Moratelli e o FB foi apartar a briga. Mas enfim, a memoria que sempre tive do Fernando foi quando, naquele festival, eu fui passar protetor solar no rosto por causa do mormaço excessivo e ele ficou me avacalhando por conta disso. Depois do meio dia ele veio pedir o protetor emprestado por que ele precisava ter um "momento intimo feminino" e estava, logicamente, com o rosto todo vermelho. Me contou um monte de historias de carros turbo, bengas que levou, bengas que deu. Como muitos já disseram, era um caro muito divertido. Gostaria de manifestar meus sentimentos a familia, pais, irmaos e esposa.

    Agora, com relação ao tratamento dado pela PRF. Em 2007 eu tive um quase acidente na Fernao Dias por conta de um buraco na pista. Alias, nao só eu, mas um monte de outros motoristas que passavam pelo buraco e estouravam 1 ou 2 pneus. Vergonhoso, simplesmente vergonhoso. Telefonei para a PRF e pedi que viessem ao local, pois eu queria fazer um BO e processar (desculpe Felipe, sei que voce pediu para nao usar palavras de baixo calao, mas nao consigo encontrar algo que melhor para definir alguem que deixar surgir um buraco aonde caiba uma pessoa deitado dentro dele) o filho da puta (ir)responsavel pela manutencao e conservacao da rodovia. Fui informado que nao poderiam ir ate o local pois não houve acidente e estavam atendendo a uma outra ocorrencia. Ok, entao, pedi que, pelo menos venham sinalizar, pois não ta faltando muito para acontecer uma tragédia das grandes. Imaginem voces (que leem este comentario), 4 ou 5 carros estacionados no acostamento, no inicio de uma subida. Antes havia uma curva leve e antes da curva, vinha-se descendo. Ai, vem aquele pequeno caminhao carreta carregado e passa com TODOS os eixos dentro do famigerado buraco. EU vi e ouvi isso acontecendo (era de noite). Por sorte, o caminhao "se perdeu" e bateu de leve na mureta que divide as pistas. Mas, poderia ter desviado para o lado aonde os carros estavam estacionados. Infelizmente a policia, de um modo geral, está ai para nos multar e algumas vezes nos estorquir (é assim que se escreve?) como acontece desde que inventaram o mundo no posto Policial da Militar Rodovia do Paraná nas cidades de Palmas e Pato Branco. Sem mais.

    ResponderExcluir
  38. Caro Felipe Bitu
    No Portal MAXICAR, onde eu tenho a minha coluna o Fernando Barenco - gestor do Portal e eu abrimos um espaço chamado "In Memoriam" onde há espaço para homenagear pessoas como o Fernando Bender que nos deixou.
    Caso você considere a idéia de incluir o Bender lá basta seguir as instruções e preencher o formulário existente na seção.
    O espaço "In Memriam" pode ser acessado ou pela Home Page do Portal MAXICAR (www.maxicar.com.br) no menu conteúdo ou diretamente através do endereço: http://www.maxicar.com.br/old/inmemoriam/inmemoriam_princ.asp
    Com pesar
    Alexander Gromow

    ResponderExcluir
  39. Dennis Lacerda14/05/2009 11:40

    A situação está complicada mesmo viu.

    Meus mais sinceros sentimentos pelo falecimento do amigo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  40. frank leinad29/09/2009 00:53

    oi,,
    sou frank e moro aqui na regiao de campina grande dosul, sinto a todos a quem perderam pessoas nas estradas, eu tambem ja perdi entes queridos na br, e
    vamo fala a verdade, existe sim casos de oleo na pista, mas 90% dos acidentes ocoridos no trecho da 116 PR acontece pela imprudencia, seja ela por falta de manutencao ou abuso do motorista.


    so pra confirmar, esse acidente ocorreu no km 41 da 116, e ela esta numa cuema acentuada e com ondulacoes na pista sentido curitiba,

    e nao foi so oucupante do carro que faleceu, mas teve o operador do guincho tambem foi vitima deste acidente.

    ele estava ali fazendo sue trabalho quando veio o carro (nao sei certo qual) e rodou e foi em direcao ao canteiro central atingindo essas pessoas.

    passo todos os dias por essa curva, e continua do mesmo jeito com ondulacoes, e cada dia pior...

    mas pelomenos que sirva de indignacao para o povo e divulguem os acontecidos.

    abraco a todos.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.