MOMO MIRAGE

Peter Kalikow é um empresário do ramo de imóveis no estado americano de Nova York.
Nascido em 1942, sempre foi um adorador de máquinas exóticas e exclusivas. Em 1967 se associou a Alfred Momo, um especialista em carros europeus e dono de oficina, a New York Jaguar Garage, para construir um carro alternativo a um Aston Martin DBS, que considerava adquirir.

Como Kalikow não é de brincadeira, escolheu o melhor de dois mundos. Adotou-se um motor Chevrolet de 350 polegadas cúbicas e, em viagem à Itália, contratou Pietro Frua para o design e construção das carrocerias.

Nasceu aí o Momo Mirage, com apenas 5 unidades construídas em 1971, sendo que três ficaram com Kalikow.

Problemas financeiros o levaram a desistir dos 25 carros planejados, mas entregou ao mundo um carro belíssimo, do mesmo conceito design italiano-mecânica americana, que o coloca o Mirage no grupo do Facel Vega, do Jensen Interceptor e do Gordon-Keeble.

Mais um carro que eu não conhecia.

JJ

9 comentários :

  1. O que e super interessante nesses carros, motor Americano, chassi e carroceria Europeus era como eram chamados: Hibridos. Hoje Hibridos sao carros eletricos/combustao como o Toyota Prius.

    ResponderExcluir
  2. Carro interessante! Também não o conhecia.

    Acho que ainda se somam à lista "design italiano-mecânica americana": o americano Cunningham, os italianos De Tomaso e Iso Grifo e o suiço Monteverdi... sem contar o (mais recente) Cadillac Allanté.

    Há outros?

    Sds,

    Der Wolff

    ResponderExcluir
  3. Magnífico o carro! Fico imaginando um carro com esse desenho lindo e a facilidade de hoje em se obter peças de performance. Sem dúvidas ia ser interessante.

    Pois é, JJ, esse mundo de decobertas sempre nos mostra algo mais excitante que a descoberta anterior ou, no mínimo, curioso.

    Grande abraço,

    Eduardo Zanetti.

    ResponderExcluir
  4. Definitivamente sou mais o Gandini (Lambo), Pininfarina em doses moderadas e a Guia, antes de se tornar um logotipo de Del Rey...

    ResponderExcluir
  5. Boxy, boxy, boxy... Adoro linhas retas, quando todo mundo acha que elas são o cúmulo da mesmice, são elas que denunciam a criatividade, pois carros "quadrados" são um grande desafio a qualquer designer.

    ResponderExcluir
  6. Paulo Keller08/05/2009 07:46

    Ghia - "Logotipo de Del Rey"
    Esse foi o comentário do dia!

    ResponderExcluir
  7. Paulo Keller08/05/2009 07:48

    Der Wolff,

    Boa lista. De bate pronto não lembrei de mais nenhum.

    PK

    ResponderExcluir
  8. PK, acho que o mais divertido é justamente a pesquisa por exemplares exóticos.

    Ou seja, um pouco de "arqueologia" aplicada ao mundo automobilístico.

    Sds,

    Der Wolff

    ResponderExcluir
  9. Hey are you a professional journalist? This article is very well written, as compared to most other blogs i saw today….
    anyhow thanks for the good read!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.