google.com, pub-3521758178363208, DIRECT, f08c47fec0942fa0 IMBECILIDADE SOBRE RODAS - AUTOentusiastas Classic (2008-2014)

IMBECILIDADE SOBRE RODAS


Vi este carro num estacionamento, agora de manhã. Não aguentei a imbecilidade e fiz a foto: não se vê o interior através de nenhum vidro. Me pergunto: o que se passa na cabeça de um infeliz que manda fazer isso no carro? Medo de assalto? Querer parecer importante, "otoridade"? Falar ao celular sem risco de ser autuado? Ou será para ninguém "azarar" a mulher dele? Qualquer que seja o motivo, estamos diante da Grande Imbecilidade Brasileira, que parece só crescer. Até quando quem deve zelar pela segurança do trânsito fará vista grossa a essa inominável irregularidade?
BS

73 comentários :

  1. proteger do sol talvez... mas insulfilm de qualquer espécie no vidro dianteiro é proibido

    ResponderExcluir
  2. Mister Fórmula Finesse14/04/2009 13:58

    Correto Bob, também sou - infelizmente ao que parece - exceção em meio a um mar de carros com película. Vários os motivos: atrapalha a comunicação entre motoristas e PRINCIPALMENTE motociclistas, pois estes, se forem espertos pode codificar através dos olhos do condutor (em manobras lentas) as possíveis intensões ou distrações...tudo via espelho. É anti-social, em cidades pequenas você passa por grosso se não responder ao cumprimento do carro fúnebre ao lado (quem diabos seria?)....e é anti estético (hífen?). O interior de um carro, tão bem estudado e acurado (dependendo a faixa é claro)é algo para ser apreciado. O carro da foto por exemplo, um Golf Sportline, têm belos bancos em dois tons de couro, uma ótima combinação. Escolhi com um amigo meu esses dias um belo Golf Tech vermelho, com bancos em couro grafite e veludo trançado no centro, aço escovado em profusão no painel e nas laterais, pomo da alavanca de câmbio que remetia aos antigos volks esportivos ...vidros sutilmente "verdes", meus apelos foram em vão, logo ele colocou as malditas películas nele, paciência. Quem sabe as pessoas utilizam esse recurso para confundir prováveis assaltantes que não têm como avaliar quantas pessoas estão no carro e se as mesmas estão armadas, o tal elemento surpresa então, perde um pouco da sua força na versão do meliante....é uma bela discussão, mas mesmo assim, não coloco e nunca colocarei filme nos meus carros.

    ResponderExcluir
  3. não seja babaca, vc não deve morar em são paulo ou nunca teve uma arma apontada para a sua cabeça nem pra ninguem da sua familia, quando tiver você vai entender o motivo do insul-filme

    ResponderExcluir
  4. Amigo, morei 35 anos no Rio e moro aqui há 31. Minha família e eu andamos por toda parte, a qualquer hora, mas ficamos atentos. Não sei se é o seu caso, mas não há babaquice maior do que fazer do carro um esconderijo -- para o bandido que surpreendê-lo. Fora que é proibido por deixar o motorista sem a essencial visibilidade.

    ResponderExcluir
  5. Anderson,
    O cidadão é livre para aplicar a película Insulfilme ou de outra marca que quiser, desde que respeitados os mínimos de transmissão luminosa estabelecidos pelo Contran. Esses limites são 75% para-brisa, 70% vidros laterais dianteiros e 28% os demais, isso a combinação vidro-película. No caso do para-brisa só cabe um película incolor, de 100% de transmissào luminosa. Nos vidros laterais dianteiros, película de 93,3%, para se combinar com o vidro original de 75% e chegar a 70% (0,933 x 0,75 = 0,70). Se os traseiros forem de 75% de fábrica, a película só poderá ser de 37,3% (0,373 x 0,75 = 0,28).

    ResponderExcluir
  6. Mister Formula Finesse,
    Parabéns por não fazer do seu carro um esconderijo e usufruir dele como se deve, com maior segurança possível proporcionada pela visibilidade original de fábrica. Mas em breve essa farra vai acabar, esteja certo. Aí quero ver os "ispertos" tendo que remover as películas num posto da polícia rodoviária ou em meio a uma fiscalização numa avenida...

    ResponderExcluir
  7. Aqui também tém muito disto e pode ter certeza que é um carro de um policial civil ou delegado.

    ResponderExcluir
  8. Tenho película no meu carro de uso diário, a mais clara que achei no mercado, comparado com o usual todos acham que não tem película. Coloquei apenas pelo filtro UV. Assim tenho um carro com 17 anos de uso e os bancos de veludo originais ainda estão perfeitos. Também dá para sentir a diferença do ardor do sol na pele.

    ResponderExcluir
  9. Caro Bob,

    Você tirou a foto de frente, então não dá para saber se o "elemento" tem apenas o kit babaca, composto de carro preto e insulfilm, ou se é o kit babaca plus, composto de carro preto, insulfilm e engate na traseira.
    Um dia a gente consegue que eles sejam normais.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  10. André Andrews14/04/2009 17:06

    Essa de colocar película para proteger o banco ou a pele de raios ultravioleta é outra enganação (as empresas estão perdendo clientes e inventaram mais essa). Com vidros temperados a filtragem é de 82%, nos laminados (ja há carros com os laterias assim) é de 99,5%.

    Quem precisa de película para se proteger nos faróis é porque não está prestando atenção em nada. O ladrão sabe quem está atento ao redor, ou aos espelhos. Tomando está atitude, vc verá que até os limpadores (seria mais sujadores) de para-brisa "pulam" o seu carro e vão para o seguinte.

    ResponderExcluir
  11. Giovanni,
    O que ia dizer a você o André Andrews já explicou, com propriedade. A filtragem de UV com os vidros originais temperados esverdeados já é bem elevada e o bom estado do interior do seu carro decorre principalmente disso. Quanto ao menor ardor na pele, é fato, mas ao custo de se perder visibilidade, creio que apenas lateral no seu carro. Entre sensação de conforto e segurança, a segunda vale mais a pena, especialmente no período noturno e dentro de túneis e estacionamentos tipo shopping.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo, sem dúvida, mas indiscutivelmente é uma aberração total.

    ResponderExcluir
  13. Sérgio, é claro que tinha engate, mas decidi não misturar estações. Uma vez vi num mostruário de engates "Coloque respeito na traseira do seu carro". É o fim do mundo. Ainda bem que esta moda diminuiu bastante, eu diria 10% do que se via nas ruas há dois anos.

    ResponderExcluir
  14. O que é Pior...está cada dia mais raro um carro sair de concessionária, sem as películas.

    Aí de noite não enxergam nada e colocam lâmpadas Xenon,cegando até piloto de Boeing.

    Quem assitiu o último GP de F1 viu a necessidade dos pilotos trocarem as viseiras,quando pararam e a chuva escureceu o ambiente.

    Vidro verde escurecido original já está de bom tamanho. No Punto T-Jet,ficou até mais escuro que devia, o vidro traseiro.

    ResponderExcluir
  15. Alexei,
    A Fiat, começando pelo Idea, em agosto de 2005, partiu para os vidros laterais traseiros e traseiro escurecidos dentro do permitido, que era 50% e que hoje é 28%, aplicado no Linea e no T-Jet, se não em outros.

    ResponderExcluir
  16. Bem, se é assim me deem uma colher de chá. Pelo menos se os vidros temperados quebrarem por algum motivo, não vão virar um milhão que cacos espalhados por todo o carro.

    ResponderExcluir
  17. Bob ! eu pessoalmente concordo plenamente com vc ! nunca gostei muito de insul film !

    um abração ! Fernando Gennaro

    ResponderExcluir
  18. Insulfilm me trouxe duas alegrias, no meu caso (embora a segunda alegria tenha vindo precedida de ódio mortal pelas películas...): a primeira no dia em que as coloquei e, depois, quando as retirei, após o verniz anti-risco degradar, depois de cerca de 5 anos de instalação. A "maravilha" ainda me custou um vidro traseiro (tive 3 filamentos anti-embaçantes destruídos pela cola absurda da película) e meio-dia para retirar a praga dos vidros!

    Película de qualquer espécie nos vidros de meus carros NUNCA mais, NEVER, NO WAY!

    Mesmo vidros escurecidos de fábrica não me atraem mais. 28% de transmitância é muito pouco, mesmo em se tratando de laterais traseiros e vigia traseira. Até os de 50% atrapalham em dias de chuva à noite.

    A sensação de segurança é puramente psicológica. Aliás, um risco a mais, para falar a verdade. O cidadão se sente protegido em sua absurda escuridão e negligencia em observar o entorno, virando vítima fácil. Sem contar a dificuldade de ver detalhes à noite, com tamanha "negrura" nos vidros...

    ResponderExcluir
  19. confesso a vocês que tenho insulfim e engate para reboque no meu carro, sendo que nunca reboquei nada... o reboque foi colocado depois que esbarraram no meu parachoque traseiro e o mesmo rachou, depois do engate, os engraçadinhos que gostam de andar colado atrás dos outros, nunca mais "esbararam"
    confesso que AGORA QUE ESTOU MAIS VELHO, não colocaria insulfilm, nem engate para o reboque, o insulfilm do vidro dianteiro eu ja retirei, e até ja pensei em retirar tudo, e o engate para reboque tambem...
    mas agora que ja está instalado... fica assim mesmo

    abraço a todos

    ResponderExcluir
  20. muitas pessoas, como eu, colocam insulfim porque acham "bonito" e seguem a "moda", mas realmente insulfilm é bobagem, quando eu éra jovem e imaturo achava legal, hoje acho perigoso

    ResponderExcluir
  21. Bob, como vc sabe passei 7 meses no Rio e a minha namorada tinha um troço assim. Qdo saíamos eu guiava e não enxergava nada a noite. Porém o argumento de mulher sozinha dirigindo na noite, sente-se mais segura. Será mesmo ?
    Mas é um horror.
    Abr
    Luiz

    ResponderExcluir
  22. Com relação ao “insufilme” ou película de proteção solar, saibam que essas de cor preta tem uma pseudo proteção, pois ela não filtram todas as faixas de raios UV. As mais eficientes são as verdes, que além de proteger contra uma faixa maior elas permitem a saida dos raios de onda curta que passam pelo vidro, o que melhora a temperatura interna. No caso das pretas, elas não deixam as ondas curtas sairem e o carro vira um forno. Alguem já percebeu que o interior de carro com película preta é um forno? Pois bem, como “pleibói” acha que insufilme é óculos escuro, e usa apenas pra tirar onda de mané, esse tipo de informação é irrelevante.

    ResponderExcluir
  23. Pedro Luis de Martini15/04/2009 01:28

    Max:
    discordo a respeito do Isulfilm. Na verdade ondas de calor e ondas de luz são completamente diferentes

    ResponderExcluir
  24. André Marques15/04/2009 01:47

    e agora? insulfim ajuda a reduzir a temperatura no interior do veiculo por diminuir a luminosidade, ou serve somente para deixar o carro um forno?
    algum especialista para nos esclarecer?

    ResponderExcluir
  25. se alguem me provar por A+B que insulfilm preta aumenta a temperatura no interior do veiculo, na mesma hora eu tiro todo o insulfilm do meu carro, e de quebra, retiro o engate tambem

    ResponderExcluir
  26. vcs são muito ruins então ou ja estão com os olhos cansados pq sempre tive insul-film nos meus carros desde os 18 e nunca tive problemas a noite nem em dias chuvosos, o carro tem que ser sim uma blindagem contra perigos e não um aquario para ser escolhido para ser assaltado.

    Sempre tive G5 no carro inteiro e no vidro da frente o mais fraco, ja fui parado duas vezes em blits da policia e expliquei a situação e nunca me mandaram tirar inclusive um foi em minas e era federal.

    O filme é uma segurança a mais e quando tem alguma coisa é so abaixar o vidro, simples assim.

    ResponderExcluir
  27. Anderson,
    O engate até pode evitar que outro carro encoste no para-choque do seu e o arranhe, mas se você tiver a infelicidade de tomar uma batida por trás os danos serão muito maiores, afetando toda a estrutura traseira do seu carro. Fora que a absorção da energia do impacto será menor, situação potencialmente mais perigosa para os ocupantes. E a seguradora até tem o direito de não ressarci-lo do sinistro.

    ResponderExcluir
  28. acho que nesse caso, "nem tão ao mar, nem tão à terra"
    eu uso e defendo as peliculas. mas não sou adepto de carros "fechados".
    acho assim, que é muito radical simplesmente ser contra qualquer película, pois oferece sim segurança contra assaltos. quem já passou por uma situação dessas, sabe que o meliante quando não consegue ver direito o interior do carro, pensa duas vezes antes de agir.

    ResponderExcluir
  29. Arkhan,
    Você ter explicado o inexplicável e o policial ter aceitado apenas evidencia a incompetência dele. Precisar baixar o vidro para enxergar não é o que se pode chamar de boa prática ao dirigir, uma vez que a visão é o principal sentido ao volante. Essa é a razão para existir um mínimo regulamentar de transparência nos vidros essenciais à condução. E saiba que minha visão é perfeita e nem tenho necessidade de lentes corretoras, mesmo aos 66 anos. E que até recuso táxi com película nos vidros. O taxista fica indignado quando isso ocorre numa fila de aeroporto, por exemplo, mas ele tem dois trabalhos: ficar e deixar de ficar. Exijo táxi sem película.

    ResponderExcluir
  30. Dranger,
    É Rita Lee quem diz "Mulher é um bicho esquisito/Todo mês sangra/...". Mulher se sentir mais segura em carro com Insulfilm e em carro alto (comercial de tevê do Hyundai Tucson, por exemplo) comprova o que a cantora diz.

    ResponderExcluir
  31. Polara,
    Mesmo que os vidros escurecidos além do limite proporcionem segurança contra assaltos, sua eficácia está longe de ser 100%. Em contrapartida, tem-se uma inconveniente e perigosa redução de visibilidade em todas as direções, da qual os retrovisores participam, 100% do tempo em que se dirige, além de eliminar a sempre importante comunicação visual entre motoristas.

    ResponderExcluir
  32. Rubinho Carvalho15/04/2009 09:01

    Assunto polêmico! Alguém sabe como funciona em outros países com alto índice de violência?

    ResponderExcluir
  33. Bob,
    estou convecido, vou retirar o insulfilm do meu carro, e provavelmente o engate tambem, antes tarde do que nunca...

    um abraço

    ResponderExcluir
  34. Bob,

    Concordo plenamente com o que você disse.
    Quem anda com carro lacrado pensando em segurança se engana. É uma faca de dois gumes. Do mesmo jeito que algum ladrão pode não perceber quem está dentro do carro, uma pessoa feita refém em um carro desses também passará despercebida.

    Quanto ao engate.
    Acho que para colocar uma porcaria dessas no carro deveria ser obrigatório ter registro de reboque. Simples, tem reboque, coloque engate, não tem, não pode colocar.
    Odeio quem usa o engate como aviso de que "chegou" ao carro de trás.

    Bob. Também lanço uma pergunta pra ti, que pode até ser motivo para um post novo.
    Por que diabos o macaco (equipamento para levantar o carro) chama-se macaco?
    Por vc virar o "rabo" dele? Por quebrar um galho?

    Abraços.

    Cassiano

    ResponderExcluir
  35. Assunto polêmico, o qual, já discuti algumas vezes com o Bob, quando ele ainda escrevia no BCWS.

    Como bem salientou meu xará, eu possuo o "kit babaca", carro preto e película escura.

    No parabrisa nunca usei, permanece original, nos laterais e traseiros, utilizo o chamado G-20.

    Confesso que fica um pouco mais escuro do que o ideal, mas não chega a "lacrar" o carro, podendo perceber claramente quantos ocupantes o carro leva e oferecendo boa visão mesmo em noites chuvosas.

    Não posso alegar o uso da película como forma de segurança pessoal, pois ando a maior parte do tempo com os vidros abertos.

    No entanto, alego a segurança patrimonial, qual seja, exceção feita ao "dormitório", meu carro muitas vezes fica na rua.

    Como ele possui um sistema de som aparente, os auto-falantes ficam sobre o tampão traseiro, a película, no meu caso, serve como forma de desestimular o furto, já que dificulta, quando parado, principalmente a noite, a visão do interior e do que ali se encontra, ao ladrão.

    ResponderExcluir
  36. Giovanni,
    Para evitar os estilhaços do vidro temperado quebrado pode-se aplicar uma película 100% transparente. Problema nenhum.

    ResponderExcluir
  37. Anderson,
    acabei de retirar o insufilm, nossa! estranhei bastante, parece que o carro esta despido, mas até para manobrar o carro na garagem ficou muito mais facil,
    só estou relutante em retirar o engate do reboque.... muito mais por "pena" do meu parachoque traseiro, do que qualquer outra coisa

    ResponderExcluir
  38. Leonardo Amaral15/04/2009 17:25

    Concordo 100% com você Bob. Detesto insulfilme. Quando fiz 18 anos ganhei um carro, nunca coloquei filme. Não via sentido para aquilo. Quando troquei mais a frente, por uma strada usada, que veio com filme, fui obrigado a tirar tudo.
    Hoje com 27 anos dirijo sem problema nenhum de visiilidade meu corsa 1.4 sem filme... uma maravilha poder ver e ser visto, ou melhor, perceber a atitude do outro motorista e permitir que as minhas atitudes sejam percebidas.

    Ando sem filme até hoje e nunca fui assaltado. Outro vi um assalto na minha frente num IDEA com insulfilme escuro. O Ladrão enfiou o canhao na janela e o idiota teve que abrir a janela e entregar tudo... Eu estava sem filme, mas ligado e não fui escolhido, mesmo estando imediatamente atras do Idea...

    abraços

    ResponderExcluir
  39. Anderson,
    Acredite se quiser: se você retirar o engate vai notar um melhora considerável na agilidade em curvas. Aquele peso todo bem no extremo traseiro resulta numa coisa chamada maior momento polar de inércia, que interfere com agilidade. É o mesmo motivo de todo hatchback ser mais ágil do que o sedã equivalente. Andei há dias no C4 e é muito superior ao C4 Pallas nesse aspecto.

    ResponderExcluir
  40. Sinceramente. Prefiro ficar paranóico. Nada de deixar na rua, a não ser que esteja visível. Lugares ermos, muita atenção. Se eu morasse no Rio de Janeiro, nada de linhas coloridas, avenida Brasil, faixa de Gaza, vou de metrô mesmo se precisar cortar a cidade ou se tiver de dirigir achar um GPS com a opção "evitar favelas e pontos de tráfico". Se tiver que ir na cidade, estacionamento sempre, é preferível morrer com R$ 10,00 do que perder um vidro de R$ 350,00 (um carro com 20 anos de uso, no caso uma Quantum), um som de R$ 180,00 e um painel de R$ 400,00 (preço para o Santana). E no caso do Uno, tem a porta, painel, o som...
    Sequestro relâmpago, a maioria das vítimas são sempre abordadas ou porque a porta estava aberta, estava em frente ao banco, fazendo hora no estacionamento do shopping, estava de bobeira na frente do prédio da namorada e os ladrões ADORAM isulfilme ultrablack versão "buraco negro" (que de tão escuro nem a luz escapa), já que para a vítima escapar, só batendo no carro da polícia e sem os bandidos desconfiarem. Há sim, a polícia trabalha bem, menos no Rio de Janeiro onde uma criança de três anos, e três cidadãos que eram vítimas de criminosos foram mortos e considerados culpados até que se provasse o contrário. E TODOS os carros envolvidos TINHAM insulfime. Parece que em Pernambuco teve um caso semelhante e o carro também tinha insulfime. E só foram considerados inocentes nos casos cariocas porque a imprensa estava em cima e não deu para plantar nada. Em São Paulo a vítima é submetida a um intenso e humilhante interrogatório até o pessoal do Copom levantar a capivara do sujeito. Então, para evitar aborrecimentos, insulfilme só se for o clarinho para a janela do motorista, mais escurinho, equivalente à janela do ônibus caso vc ande num no banco de trás e mesmo assim se o vidro for BRANCO. Vidros verdes não precisam.

    ResponderExcluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  42. Bob,
    Sinto em discordar de você mais uma vez sobre essa assunto. Como mulher, posso dizer que é horrível andar sem insulfilm. Além de sentir-me exposta a possíveis marginais a espreita, o sol do dia a dia incomoda bastante e os óculos de sol não protegem os braços. Não estou fazendo apologia ao uso de G5 no para-brisas, muito pelo contrário. Já tive veículos com insulfilm no para-brisas (G35), mas hoje não tenho mais. Porém ficar sem insulfilm nos vidros laterais não é uma opção para mim. Sem exageros, tudo funciona bem.

    ResponderExcluir
  43. Bob,
    você me convenceu, acabei de retirar o engate para reboque, levei praticamente o meu dia todo de folga hoje, em torno do reboque e insulfilm, e digo: - valeu a pena!
    eu não fazia idéia de como aquele engate é pesado! deve pesar uns
    15 kg, e como aquela chapa onde fica o estepe, um dos pontos onde o reboque vai parafusado é fina!
    até tirei uma foto: o engate fora do carro e o insulfilm todo amassado no chão:
    http://img2.imageshack.us/img2/1356/1504091808.jpg

    vejam como os vidros verdes do meu Escort 2001, ficaram claros:
    http://img10.imageshack.us/img10/8800/1504091809.jpg

    ResponderExcluir
  44. Bob,

    No Punto T-Jet é 45 ou 35 o vidro trazeiro, vou conferir e escrevo aqui. Ficou bem escuro.Os laterais trazeiros ficaram bons.

    Aqui usamos Engates desde sempre, para rebocar nas carretinhas os bolidozinhos de competição e motos.

    Já pesei os modelos normais : 8,5 Kg.É como carregar 10 litros extras de combustível, sempre e na extremidade.

    Nesses anos todos, a gente aprende a desviar a canela,mas volta e meia uma pancada é inevitável.

    A Lei que regulamenta os engates devia exigi-los removíveis,de encaixe.
    Só assim os fabricantes de assessórios viabilizariam modelos em que poderíamos ter o útil ao usuário e eliminar o desagradável ao carro e à coletividade.

    ResponderExcluir
  45. Alexei,
    pesei o meu engate após retirá-lo, deu exatos 14kg, praticamente o mesmo peso da roda de ferro do estepe

    ResponderExcluir
  46. Anderson,

    Quatorze kg é peso para encrenca.Teu engate era mais pesado que uma bateria de boa amperagem...

    E eu nem uso peito de aço( protetor de cárter não original de veículo) ,justamente para não acrescentar peso ou desviar fluxo de ar.

    Outra prática que acho injustificável em carros para estradas transitáveis é o uso de rodas de maior diâmetro( caríssimas,afora os pneus) sem o uso conjunto de freios mais graúdos e suspensão recalibrada.

    ResponderExcluir
  47. Marlos Dantas15/04/2009 21:05

    Meu carro já veio com películas (exceto no pára-brisa, as outras são 75%, eu acho) quando comprei-o. Confesso que até acho as películas não tão escuras (os vidros do carro da foto mais parecem uma extensão da lataria, horrível) visualmente interessantes, mas venho me sentindo incomodado com o prejuízo que elas causam à visibilidade; os retrovisores externos do meu carro (Elba) são pequenos e planos, com as janelas fechadas então... Fazer uma baliza numa noite chuvosa é terrível e o temor de tocar em um carro ou outro objeto é grande.
    Por isso venho pensando seriamente em retirar as películas. Porém, meus vidros não são verdes e temo pelo interior do carro. Hoje, conversando com um “filmador” para que retire as películas ele recomendou trocar pela G35; disse ser bem clara, pouco mais escura que os vidros escurecidos de fábrica. Alguém conhece ou já usou essa G35?

    ResponderExcluir
  48. Marlo Dantas,
    a diferença dos vidros verdes para os vidros brancos é pouca, só se percebe os vidros verdes quando estão molhados, se você quer mesmo trocar, talvez devesse retirar o insulfilm que você tem agora e ver como fica, se achar que ficou muito claro (acho dificil, mas...) ai você coloca uma insulfim mais transparente.
    eu parei pra pensar e pesei os prós e contras do insulfilm, e realmente não compensa, como o Bob Sharp falou, a visão é o principal sentido quando estamos ao volante.
    eu que não tenho ar condicionado, e com as chuvas de verão cada vez mais frequentes, insulfilm + vidros embassados, é muito perigoso, e segurança é fundamental, até hoje pela manhã eu tinha insulfilm nos vidros, e com a experiência e racicionio lógico, vejo que a lei não é absurda, ela serve para proteger as pessoas, e proteger os ignorantes deles mesmos...

    um abraço

    ResponderExcluir
  49. Nem tem muito o que dizer. Filme é esconderijo mesmo. Nem a pau ter mulher e filho dentro de um carro com filme, sem que se possa ver de fora que tem mais alguém estranho lá dentro.
    Depende da fase da vida de cada um, mas um dia todos percebem o quanto isso é uma porcaria.

    ResponderExcluir
  50. Marlos Dantas15/04/2009 22:57

    Anderson,
    Realmente o ponto de vista do Bob sobre as películas é coerente: a impressão de segurança proporcionada por elas é meramente psicológica. Moro no Rio e para onde se olha tem carro filmado e, ainda assim, o número de assaltos (ou furtos) é absurdo. Em alguns bairros tomados pelo “poder paralelo” não se pode transitar com carros de vidros escurecidos e/ou de determinadas cores (geralmente preto ou vermelho). Minha tia mora num bairro assim e, como meu carro é vermelho (perolizado, quase vinho, mas ainda assim vermelho) e com películas, tenho que visitá-la de ônibus.
    Um outro problema do “filme” é a dificuldade em enxergar, à noite, as crateras do nosso solo lunar e os quebra-molas sem pintura.
    A minha preocupação maior não é quanto à segurança, mas sim a deterioração dos materiais do interior do carro pela incidência de luz solar.
    O citado “filmador” me convidou para ver a instalação do tal G35 num carro amanhã... Aliás, hoje, ele estava instalando aquelas horríveis películas espelhadas num Vectra também prata (modelo atual). Eu não poderia deixar de estudar o espécime que faz uma loucura dessas: conversei com o dono do carro. Ele disse que o gosto pelas películas espelhadas se dá pela intenção de “simular” chapas de alumínio no lugar de vidros.
    Perversão ao extremo...

    Abraços.

    ResponderExcluir
  51. Marlos Dantas,
    eu tambem pensei na deterioração do interior do carro, mas se pensar bem, o mais crítico é o painel, e como eu não uso e nem usaria insulfilm no parabrisa, acredito que não vai fazer muita diferença,
    quanto ao insulfim espelhado, não dá mesmo para saber o que passa na cabeça das pessoas, naquele comercial da Tucson, além da mulher que diz sentir mais segurança, como o Bob falou, um homem fala que tem a sensação de "imponência" por dirigir um carro mais alto... quanta bobagem, heheheh

    um abraço

    ResponderExcluir
  52. Eh... Para variar, brasileiro tem memória curta mesmo... Ao mesmo passo que quem usa o argumento de se sentir mais protegido por não ser possível a visualização do interior do carro, esse mesmo fato pode causar problemas. Ninguém se lembrou do carro metralhado pela políca do Rio de Janeiro que terminou com a morte de uma criança. Se o interior do carro fosse visível, os trogloditas teriam percebido que o carro era dirigido por uma mulher, isto é, totalmente diferente do que eles procuravam. Da mesma forma num assalto, o motorista fica refém, e o assaltante, no total conforto de não ser descoberto. Não adianta acreditar que a abordagem será somente com o carro em movimento. Pode acontecer também ao entrar no veículo. Não sou contra o uso de películas, uso no meu também, mas sou contra esses abusos, ou melhor dizendo, essa imbecilidades como a da foto.

    ResponderExcluir
  53. Só para constar, o vidro trazeiro do Punto T-Jet é 35,original Fiat.

    ResponderExcluir
  54. esse post deve ter batido o recorde, em comentários

    ResponderExcluir
  55. malaco faz isso pra ninguém ver que por dentro o carro não tem nem vidro elétrico, mas por fora, rodas e todos os acessórios possíveis pra pagar de boy... brasileiro goza com o pau dos outros mesmo...

    ResponderExcluir
  56. Comunicação entre motoristas!? Me deem exemplos significativos disso.

    Seguinte moro no Rj e como em muitos outros lugares existem bandidos e bandidos, os que escolhem pensam e os que vao no foda-se. Fazer o carro de esconderijo?! Sim alguns fazem outros acham que é um meio de proteção no transito infernal dos dias atuais.

    Acho que tampar o carro no g5 é realmente tolisse, mas não sou contra usar g20 nas laterais e no vidro traseiro, como disse * depende * já tive um gol e ele durmia na rua. Vc sendo ladrao querendo fazer alguma merda, vê um carro com film e outro sem, em qual vc vai chegar pra olhar???
    O Bob ai deve ser claustrofobico. Voçe disse que morou aqui 30 e pokos anos, e nunca aconteceu nada, andava com sua familia a hora que fosse e tal. EU DUVIDO QUE ISSO TUDO SEJA VERDADE! Ninguem vai andar com seu carro que esta sendo pago com o suor do trabalho apenas " ATENTO " na rua... Voçe deve estar falando de epocas de 1985 à 1990 com seu opala comodoro...
    E o garotão do corsa ai, falando que os bandidos foram no IDEA com film e como ele estava ATENTO não foram no carro dele! Ptz cara bandido vai querer uma pick-up ou um corsinha ao invés de um IDEA que cabem muito mais gente e pelo que as pesquisas idicaram junto como carros como o FOX sao escolidos pois levam facilmente fuzis em pé! Essa coisa de ver e PODER SER VISTO é otima o cara te marca ve a sua rota, os horarios que voçe transita, se anda sozinho, entre outras coisas que só fazem com que ele ou te assalte ou veja que vc é um cara que possa ser vitma de assalto relampago! São os carros tipicos que dependendo da situação merecem o filme pois se passam por outros, um carro como um corsa tem a rodo por ai, sem filme basta olhar pra sua cara que já vou saber que é tu!
    Agora imaginem a situação:
    Uma mulher de uns 24 anos está dirigindo seu palio voltando da faculdade ou ate de um shopping, certa hora em um determinado caminho 2 assaltantes numa moto avistam o carro, com film, (dependendo) pensam: Vai nesse ai? Po cara não sei, tá filmado chega mais perto.
    Nessa de chegar mais perto SE der pra perceber a atitude é colar o pé no acelerador e sair da situação. Procurar ajuda, ir para um lugar movimentado, Procurar um policial, enfim... Tentar não deixar eles verem que esta ai pra ser assaltada. (lembrando que eles ainda não sabem que dentro do carro esta uma mulher.)
    Agora pergunto e sem film? de longe eles avistam que esta sozinha, é mulher e que vai tentar fazer algo! pronto ate ai já era!
    No meu gol eu andava sem filme, quando entrava no carro estava tudo absurdamente quente... tinha que esperar para tocar no volante. Com o film isso nao acontecia.
    Realmente dependendo do dia de chuva atrapalha, mas se a situação ficou muito ruim eu procuro um posto ou algo parecido pra dar um tepo.

    Dizer que não fazem 100% de diferença é muita burrice, se a pelicula diminui em, exemplo, 20% então faz diferença sim!

    E pelo amor de deus², dizer que com carro com film ngm vai perceber que vc esta sendo vitima de um sequestro é ignorançia, com um carro sem filme alguem é vitma de sequestro, voçe acha que um ladrão não vai perceber que voçe esta tentando mostrar pra alguem o que esta acontecendo?!

    Bom acho que eu colocaria o filme no meu carro caso:
    Trabalhando com ele, Faculdade e tal, coisas de valor que chamassem a atenção no interior, durmindo na rua,ou caso o carro ficando debaixo do sol por muito tempo!
    Fora isso deixaria como o pessoal daki da área fala "NO AQUARIO" sem pelicula nenhuma. Ai sim!

    ResponderExcluir
  57. Edycabral,
    Engano seu, não tenho nada de claustrofófico, fora que minha visão é excelente. É contra-senso privar-se de boa visibilidade por causa de um modismo infundado. Moro em São Paulo, que tem bandido tanto quanto no Rio. Só não temos guerras de gangues do narcotráfico e balas perdidas matando, salvo nos casos de perseguição policial, casos em vidros escurecidos de nada adiantam. Comunicação entre motorista e pedestres faz parte do ato de dirigir. sim, ou você nunca fez uma sinal qualquer para outro motorista, até para agradecer uma cortesia? Definitivamente carro não é esconderijo e a maioria das pessoas colocar o Insulfilm para o carro ficar "lindão". Minha filha estava com três colegas de faculdade no carro e foi parada pela polícia. Depois de verificar as pessoas, o policial respondeu a ela, que perguntara porque havia sido parada. "Desconfiamos que você estivesse sendo sequestrada". Se o carro tivesse películas e se estivesse sendo vítima, não teriam visto. E houve o caso do garotinho de três anos aí, que perdeu a vida quando policiais atiraram no carro em que estava. Duas imbecilidades nesse caso: atirar sem ter certeza em quê e fazer do carro um esconderijo.

    ResponderExcluir
  58. Estou surpresa com esses comentários. Vocês dizem isso porque são homens! Eu como a maioria das mulheres não me sinto seguro em um carro sem insufilm. Adoro um g5 e nunca me atrapalhou para dirigir, pois de dentro p/ fora não fica escuro. Só quando entro na garangem do meu prédio abro a janela para manobrar... normal!
    Ah, adoro um engate também, pois assim evito os totozinhos que alguns infelizes insistem em fazer ao estacionar em uma vaga atrá de mim...
    Já tive o g35 na frente e só atrapalha a noite e com chuva. Mas é uma questão de costume.
    Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
  59. Depois de ler tantos argumentos a favor e contra o uso do insulfilm, concluí que "a virtude está no meio" e resolvi colocar um bem clarinho (por exemplo, com transparência de 75%) no meu carro para aproveitar suas vantagens (filtro dos raios solares, prevenção de ferimentos por estilhaçamento dos vidros, etc.) e evitar sua principal desvantagem (perda de visibilidade), ficando, ainda, em consonância com a legislação (pelo menos, nos vidros laterais traseiros e no vidro vigia, sem risco de danos aos filamentos do desembaçador pela eventual necessidade de retirada de uma película em desacordo com a regulamentação). A minha dúvida é quanto à cor: haveria alguma mais favorável em termos de visibilidade e de controle da temperatura? Ou seria apenas uma questão de gosto pessoal (por exemplo, acho a cor verde mais agradável que a cinza, além de combinar mais com os vidros verdes do parabrisa). Alguém teria alguma contribuição a oferecer sobre esse assunto?

    ResponderExcluir
  60. Roberto,
    Se você colocou película de 75% pensando estar dentro da legislação, saiba que está fora, pois 0,75 x 0,7 é igual a 0,525 ou 52,5%. O limite mínimo de transparência resulta da combinação de vidro e película. Os vidros de todos os carros fabricados atualmente são esverdeados e já estão no limite minimo. Além disso, já proporcionam a proteção adequada aos raios ultravioleta. A proteção contra estilhaçamento é um fato, e pode ser conseguida com películas sem escurecimento algum. Sobre sua pergunta, deve existir películas esverdeadas e de outras cores, é questão de procurar. Nunca me interessei em saber por motivos óbvios.

    ResponderExcluir
  61. Obrigado, Bob, por seus esclarecimentos. De fato, se eu colocar película com transparência de 75% em todo o carro, apenas os vidros laterais traseiros e vigia estariam regulares (75%x75%=56,25%>28%),como eu já havia sugerido em minha mensagem - o "pelo menos" se deve à possibilidade de nova alteração da regulamentação em vigor reduzindo essa transparência mínima de 70% exigida para os vidros laterais dianteiros e tornando-os igualmente regulares, tal como já ocorreu em relação aos vidros traseiros, de 50% para 28%.
    De qualquer forma, a visibilidade atual dos vidros laterais dianteiros (75%) cairia para razoáveis 56,25% (75%x75%), sem comprometer de forma drástica a segurança na condução do veículo ou violar acintosamente a legislação atual, como fazem aqueles que colocam películas absurdamente escuras em seus veículos.

    ResponderExcluir
  62. Roberto,
    De fato, 56,25% não é dos mais escuros, mas à noite ainda atrapalha um pouco,você há de convir.

    ResponderExcluir
  63. Se eu pudesse eu usaria -5%. Acho irado e além do mais dá privacidade e segurança. Pois o cidadão falou que morou no RJ 35 anos e em SP mais 31, ou seja, deve ter seus 66 anos, se não morou mais uns 20 em outro estado. POis é, imagina um ansião deste com a visão tapada, tem que usar os vidros sem nada mesmo. É até um crime diminuir mais a visão dele, vai ter que usar um cachorro guia pra dirigir pra ele.

    ResponderExcluir
  64. Insufilm sempre!!!! G5 em tudo e G35 na frente! Segurança já!
    Ah, consultei minha dermatologista, o insufilm não tem nenhuma proteção do sol, é tudo bobagem!
    Trabalhei na Porto Seguro ha um tempo atras e recebiamos alguns jornalzinhos, um deles falava que os ladrões preferem atacar os carros que conseguem visualizar o que tem dentro. Até concordo que se alguém entrar fica mais fácil de perceberem que você está sendo assaltado, porém prefiro que não percebam mesmo para evitar uma perseguição... algum colega já disse isso aí em cima... e outra, tenho menos chance do cara me escolher.............
    Fora que o carro fica muito mais bonito!!!
    Bom, gosto não se discute.... mas segurança sim!! Insufilm Sempre!!!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  65. REALMENTE NÃO ENTENDO O MOTIVO DE UMA PESSOA TIRAR FOTO DO CARRO DE OUTRA PESSOA QUE ELA NEM CONHECE E FICAR FALANDO MAU NA INTERNET. VOCE QUE TIROU ESSA FOTO REALMENTE NÃO TEM O QUE FAZER NÉ.
    O CARRO É DELE DEIXA QUE ELE PINTE OS VIDROS COM SPRAY SE QUISER O QUE VOCE TEM A VER COM ISSO.
    OUTRA IDIOTICE SÃO ESSE COMENTÁRIOS SOBRE LEI O QUE É PERMITIDO E O QUE NÃO É, BANDO DE PRISIONEIROS AS LEIS BRASILEIRAS QUE NUNCA FUNCIONAM.
    VOCES NÃO PERCEBEM QUE A MAIORIA DAS LEIS REFERENTE AOS AUTOMÓVEIS SÃO APENAS PARA GANHAR DINHEIRO DO POVO QUE JA PAGA UMA FORTUNA EM IMPOSTOS PRA ANDAR COM SEU CARRO, MAIS AINDA NÃO É SUFICIENTE... PRECISAM INVENTAR LEIS IMBECIS PARA APLICAREM MULTAS.
    COM CERTEZA VOCES NÃO MORAM EM SÃO PAULO QUE O BANDIDO OLHA PRA DENTRO DO CARRO PRIMEIRO ANTES DE ENTRAR OU DE APONTAR UMA ARMA. COM VIDROS ESCUROS ELE VAI PENSAR DUAS VEZES ANTES DE FAZER ALGO.
    JA ME LIVREI DE UM ASSALTO POR USAR INSULFILM ESPELHADO ATÉ NA FRENTE. QUE POR INCRIVEL QUE PAREÇA ESSE INSULFILM TEM MAIOR VISIBILIDADE DE DENTRO PRA FORA.
    DOIS MOTOQUEIROS PARARAM AO MEU LADO NO FAROL COM UMA ARMA NA MÃO E TENTARAM OLHAR DENTRO DO MEU CARRO PRA VER QUEM ERA E COMO NÃO ENCHERGARAM NADA PARTIRAM PARA O CARRO DA FRENTE E EU FIQUEI OLHANDO TUDO DO LADO DE DENTRO AGRADECENDO POR TER UM INSULFILM QUE ME TROUXE AO MENOS UM POUCO DE SEGURANÇA NESSA CIDADE QUE A POLICIA É MAIS SAFADA QUE OS BANDIDOS.
    PENSEM ANTES DE FALAR E TENTEM ENXERGAR O PROBLEMA COMO UM TODO E NÃO APENAS COMO UM TOLO QUE ACEITA QUALQUER LEI QUE LHE É IMPOSTA.
    POR CAUSA DE PESSOAS FÁCEIS DE SER CONVENCIDAS ASSIM QUE O BRASIL ESTA A MERDA QUE ESTA HOJE.

    ResponderExcluir
  66. FALOU TUDO AMIGO... ESSES CARAS COM CERTEZA NÃO SÃO DE SP.

    ResponderExcluir
  67. O Bob Sharp não queria saber "o que se passa na cabeça de um infeliz que manda fazer isso no carro"? Depois desses últimos comentários, acho que agora ele já sabe!

    ResponderExcluir
  68. Maurinho ola Bob gostaria de saber se e cotra a lei por insulfilme metade pretra e metade espelhada no carro gostaria de resposta obrigado e tenha uma boa tarde.

    ResponderExcluir
  69. Meu nome é Antonio Manhães. Estou de acordo, em parte, com o Bob. Mas você tem o direito de não ser "verificado", "analisado" pelo vizinho motorizado, ao lado. E resfria, sim, como não? Alguém já ouviu falar em "sombra"? Eu acho absurdo os exageros, que atrapalham a visão noturna. Abraços.

    ResponderExcluir
  70. 66 em 2009... agora com 69, realmente insufilm pro senhor deve ser uma coisa terrivel... :)

    ResponderExcluir
  71. Uso 02 (duas) dobras de 100% nos vidros laterais e traseiro; G 5 no dianteiro; e nada no da frente. Sempre fiz isso. Faço há 17 anos. Tenho 35 anos. Nunca tive problemas com isso na minha cidade. Olho de longe a blitz e desço todos os vidros. Pronto, sem problemas. Respeito quem não gosta! Assim como não gosto de engates de reboques. Com isto estou novão, sem rugas por causa de sol na cutis. E mais, não tenham dúvidas: É MUUUITO MAIS SEGURO.

    ResponderExcluir
  72. Uma coisa não se pode negar... O post vem sobrevivendo ao anos rs
    E a polêmica também.
    Em termos estéticos: concordo com o que alguns dizem... Gosto é gosto. Eu não gosto, acho muito feio carro escurecido.
    Uso os meus vidros originais (Citroen, verdes).
    Fiquei uns 2 meses com o ar sem funcionar (levei em 5 especialistas em ar e não acharam o defeito... desisti e, quando deu problema na direção hidráulica, mandei arrumar a direção e o ar voltou do nada rs). Nesses 2 meses, o meu braço esquerdo queimou bastante. Comprei até protetor solar para deixar no carro. Conclui que o vidro filtra bastante os raios solares.
    Amigo Bob: ignore o que os ignorantes (ainda mais com a alcunha de anônimos) falam de você... Duvido que muitos deles ainda dirijam com 66 anos (ou menos ainda com 69!)
    Uma coisa que não notei comentarem: quando você pára numa esquina esperando para virar, o espertinho para do seu lado com contact preto colado no vidro e ainda quer entrar na sua frente... não conseguimos ver através do carro do pleiba para saber se podemos ir ou não... e como o débil parou na faixa errada, ele não consegue entrar na sua frente e tem que esperar você...Pelo menos o retardado poderia abrir o vidro um pouquinho para que possamos enxergar e fluir o trânsito...
    Concordo com algumas moças que disseram ter uma certa sensação de segurança, pois não são "enxergadas"; mas, como já disseram também, se ela for vítima de sequestro relâmpago, dificilmente será vista por outros motoristas e socorrida pelos policiais chamados pelos outros motoristas.
    Outra ignobilidade são os xenons muito além do limite (para compensar os G -50). Além do farol alto, o sujeito ainda vem com farol de neblina, milha, luzes de cortesia, vela e tudo mais o que tiver na sua cara... A gente não vê nada por alguns segundos...
    Ainda nessa linha, aqui em SP virou moda os pleibas andarem com o farol desligado a noite (ou apenas lanternas) e o maldito farol de neblina (desregulado de propósito pelo dono, apontando mais para cima) ou de milha na nossa cara...
    Vidros abertos e luzes de cortesia acesas nas blitze: SEMPRE, não só com insulfim, papel alumínio nos vidros ou papel contact, aquários também... Além de mais seguro, mostra pro guarda que você faz questão de ser visto e identificado facilmente... Geralmente eles nem param quem já chega na blitz assim... Mesmo com o seu IPVA atrasado rs... Enquanto as câmeras com identificação de placas não estiverem à todo vapor por aqui rs
    Voltando aos filmes: a comunicação visual com outros motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres e afins é prejudicada sim. Quem diz que esta comunicação não existe provavelmente faz parte do grupo espertinho que já citei acima, que não pára para pedestres, não dá a vez no trânsito, não é cordial nos congestionamentos, avança no amarelo (e vira e mexe pára em cima das faixas e fecha cruzamentos).
    Tenho 41 anos, habilitado desde os 18 e sempre tive carro. Só tive uma multa em toda a minha vida (esqueci de licenciar o carro rs). Nunca fui assaltado, nunca me envolvi em colisão (sempre direção defensiva). E, para quem acha que eu só ando a 20km/h na faixa da esquerda, na verdade tenho um 2.0 16V automático com 138cv e ando rápido, mas sempre dentro do limite. Geralmente, mesmo rápido, me mantenho na pista da direita (ou a mais da direita que estiver fluindo). Ando muito à noite e de madrugada também. Mesmo de madrugada nçao avanço semáforos (medo de colisões mesmo, pois de madrugada o pessoal corre muito e não respeita nenhum sinal); o que faço é reduzir a velocidade bem antes do cruzamento e me mander em movimento, porém não completamente parado, até que o semáforo abra; ai então me aproximo e cruzo com segurança olhando bem nas outras pistas...

    ResponderExcluir
  73. ...
    Parece demagogia, mas me sinto razoavelmente seguro com essas condições. Só não me sinto totalmente a vontade em deixar o carro estacionado em lugares escuros e pouco movimentados. Quando tenho que estacionar em local assim, deixo o porta-luvas aberto e, como não tenho nada de valor nele, acabo desviando a atenção de amigos do alheio. Também não deixo bolsas, blusas, objetos de valor etc.
    E o som do carro é um Sony Xplode com mais de 5 anos de idade e frente removível, com baixo valor de mercado e que também não vale o esforço dos meliantes. É claro que removo a frente e levo comigo rs...
    Bem, um grande abraço a todos, menos nos que foram desrespeitosos com os outros (e que, se tiverem sorte, chegarão aos 66 anos)
    Abraços Bob!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.