google.com, pub-3521758178363208, DIRECT, f08c47fec0942fa0 CARROS FLEX E BICOMBUSTÍVEL SÃO COISAS DIFERENTES - AUTOentusiastas Classic (2008-2014)

CARROS FLEX E BICOMBUSTÍVEL SÃO COISAS DIFERENTES

Desde que apareceu o primeiro carro flex no Brasil, em março de 2003 - o Gol de geração 3 Total Flex - vê-se com frequência esses carros serem chamados de "bicombustíveis". Isso tanto na mídia quanto no próprio material promocional dos fabricantes.

Na foto da esquerda, um carro novo flex e na da direita, um táxi com kit de gás. É aí que reside toda a diferença entre os termos.

Os carros "flex" são os chamados veículos flexíveis em combustível. A flexibilidade, no caso, é em gasolina e álcool. Isto significa que têm um único tanque de combustível, no qual pode ser colocado qualquer dos dois, puros ou misturados em qualquer proporção. Os americanos, que adoram uma sigla, chamam-nos, apropriadamente, de FFVs, Flexible-Fuel Vehicles. No Brasil é mais comum abreviar palavras ou termos e, desse modo, o termo "flex" está consagrado e diz tudo. Ninguém tem dúvida do que se trata.

Já o carro bicombustível, conceitualmente falando, é o que pode utilizar um ou outro combustível que, por isso mesmo, é armazenado em reservatórios diferentes. Os dois combustíveis não têm como ser misturados. Esses são a gasolina (ou álcool) e gás natural veicular, que atende pela sigla GNV. O gás é armazenado em tanques cilíndricos sob a elevada pressão de 200 bars, daí sua forma, que é a de maior resistência em relação ao próprio peso. Em geral são tanques de 9 metros cúbicos e costuma haver dois, como na foto, para um total de 18 m³.

Então o leitor-consumidor já sabe: flex é uma coisa, bicombustível é outra.

Todavia, como 90% dos carros licenciados no Brasil atualmente são flex, é bem provável que quem tenha um e resolva instalar um kit de gás passe a dirigir um carro flex e bicombustível ao mesmo tempo. Nisso tenho quase certeza de sermos os únicos.

A Fiat lançou há três anos o Siena Tetrafuel. O prefixo tetra significa quatro e isso representa os quatro combustíveis com que esse Fiat pode funcionar: gasolina brasileira com até 25% de álcool, gasolina sem álcool como a da maior parte dos países, álcool e GNV. Portanto, o Siena Tetrafuel se enquadra na classificação flex-bicombustível.

A comutação entre combustível líquido e gasoso era automática. O padrão era o funcionamento a gás, mas quando era exigida potência o combustível mudava para líquido sem interferência do motorista. Para 2009 isso mudou e existe agora um interruptor para ser possível escolher qual.

A GM lançou o Astra Multifuel em 2005, mas não era previsto gasolina sem álcool. O interessante é que não havia sistema auxiliar a gasolina para partida a frio. Quando com álcool e ao ligar numa manhã fria, a alimentação do motor era o próprio GNV. Mas o modelo ficou bem pouco tempo no mercado.

BS

19 comentários :

  1. outra confusão que eu vejo na televisão, é entre hp e cv, tem um reporter automobilistico, que no programa dele só fala hp, este carro tem 110hp...., este outro 95hp...., sendo que o carro na verdade tem 110cv, 95cv, acho que ele ainda não sabe que cv e hp são medidas diferentes....

    ResponderExcluir
  2. e olha que faz anos que existe este programa e sempre com o mesmo sujeito, será que ninguem explicou pra ele que cv e hp são medidas diferentes?

    ResponderExcluir
  3. Paulo Keller25/04/2009 13:55

    De tempos em tempos alguns executivos dos fabricantes se empolgam com a possibilidade de venderem veículos movidos a GNV. Isso não é só aqui, mas na Europa e EUA também. Aí perdem um tempão desenvolvendo produtos medianos, com menor espaço para bagagem, caros e com pouco apelo comercial. Como o fornecimento de GNV como combustível automotivo também é instável e o preçco oscila esses produtos logo saem do mercado. Até que um outro executivo chegue achando que descobriu a américa e force um novo desenvolvimento, ou o que é pior, um remendo no desenvolvimento antigo.
    Carro movido a GNV só funciona na Argentina onde se pega um carro de 15 anos de uso para instalar o kit e o GNV é barato. Mas ultimamente, com a alta do GNV o mercado deve ter caído muito.

    ResponderExcluir
  4. Definitivamente: GNV, estou fora.

    ResponderExcluir
  5. Clésio Luiz25/04/2009 17:58

    O meu Escort CHT faz 16km por m³. GNV é tudo que eu quero.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Bob Sharp, o comutador de gasolina/GNV (ou alcool ou flex/GNV) sempre existiu! O comutador automatico sim é mais recente. Este faz parte dos niveis 4 e 5 - a tecnologia do kit GNV varia de 1 a 5.

    Thiago

    * o comutador nem sempre existiu

    ResponderExcluir
  8. Marlos Dantas25/04/2009 19:44

    Bob,
    Num carro em que se instale um kit para funcionar com GNV, mesmo seguindo a regra de rodar com combustível líquido com certa freqüência (não exclusivamente “no gás” como se vê por aí), haveria o risco de ocorrerem os temidos problemas no motor causados pelo gás?
    Os carros que já saem de fábrica com kit de gás sofrem algum tratamento no motor (e/ou anexos) para lidarem com o GNV?
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Thiago,
    O que informei foi o que a Fiat me passou. Era automático e agora é manual. Mas vou confirmar, tenha certeza. Eu, particularmente, prefiro o manual.

    ResponderExcluir
  10. Anderson,
    Sim, a diferença entre hp e cv é pequena, 1,39%, mas tem que ser considerada. 1 hp = 1,0139 cv. Nas altas potências a diferença aparece mais: 500 hp = 507 cv

    ResponderExcluir
  11. Marlos,
    O único problema com o gás é não haver a mesma lubrificação das válvulas nas sedes, pois o combustível líquido lubrifica. Nesse caso, as montagens de fábrica trazem sedes de válvulas e válvulas modificadas no material, de maneira a não se desgastarem precocemente.

    ResponderExcluir
  12. Diego M. Debesaitys26/04/2009 00:30

    É de indignar como as coisas são publicadas de forma errada, e a confusão não é apenas com os veículos flex. É normal se ler que um motor é "1.8" e tem 112 "cavalos", uma moto tem 150 "cilindradas", um determinado motor tem 17,3 "kgf" de torque... É algo lamentável.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. anônimo sua anta!
    o carro que anda com um combustivel ou outro é bicombustivel, o que pode andar com os combustiveis misturados é flex.
    simples assim! mas infelizmente parece que nem as coisas mais simples entram na cabecinha "parca" de muitos brasileiros

    ResponderExcluir
  15. Caro anônimo. Me parece que quem está de implicância é o senhor, já que este blog reúne uma fantástica e seleta equipe de entusiastas que sabem muito bem do que estão falando, pois entendem de automóveis que sobra consultoria para muita imprensa e indústria do ramo. Como entusiastas e experientes que são, falam do assunto e da suas origens com tanto amor e propriedade que fazem elas parecerem hoje, muito melhor do que realmente eram na época e sem faltar com a fidelidade das informações por eles passadas. Por tanto, se realmente se interessar pelo assunto, faça parte do grupo, interaja e contribua, nem que seja com o clima de amizade e cordialidade que predomina no blog. Com certeza você poderá colher bons frutos e quem sabe estes frutos poderão ser colhidos lá fora na concessionária quando você for escolher o seu automóvel ou nos momentos de lazer proporcionados pelo automobilismo.

    Um brande abraço.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Estão gerando uma pequena confusão em torno de HP e CV. Uma é apenas a tradução da outra, ou seja, ambas são iguais.

    ResponderExcluir
  18. Anônimo,
    1 cv não é 1 hp, há uma diferença de 1,39%. 1 cv = 1,0139 hp. O que o cv é igual, aí sim é mera tradução, é ao PS (Pferdstarken), do alemão.
    Inversamente, 1 hp = 0,986 cv.

    ResponderExcluir
  19. Ola, tenho uma dúvida:
    Tenho um carro Flex e sempre coloco Alcool.. minha pergunta é: com o tanque para ainda rodar uns 110km (alcool), resolvo passar no posto e adicionar gasolina.. isso funcionaria como "combustivel adulterado"?

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.