Notícia: AUDI VENCE EM LE MANS

Imagem: Dailymotion/Le Mans


A Audi conquistou o primeiro e segundo lugares na 82ª edição 24 Horas de Le Mans, terminada há pouco. O Audi R-18 e-tron quattro da Audi Sport Team Joest, pilotado por Benoit Tréluyer, André Lotterer e Marcel Fässler deu 379 voltas, três mais que o outro Audi da equipe, conduzido pelo trio formado por Tom Kirstensen, Marc Gené e o brasileiro Lucas de Grassi.
Os dois Audi R-18 e-tron quattro cruzam juntos a linha de chegada (Foto Audi Motorsport)

Em terceiro, a cinco voltas do vencedor, o Toyota TS040 Hybrid, piltotado por Anthony Davidson, Nicolas Lapierre e Sébastién Buemi. Os dois Porsches 919 Hybrid estiveram no grupo da frente nas primeiras seis horas, mas tiveram problemas e terminaram em 37º e 38º, 348 e 346 voltas.

Em quinto na classificação geral e primeiro na sua classe, a LMP2, o Zytek Z11SN-Nissan, 23 voltas atrás, e 13º na classificação geral e 1º da classe LM GTE Pro o Ferrari 458 Italia, 339 voltas, uma à frente do segundo na classe, Chevrolet Corvette C7, por sua vez uma volta mais que o terceiro, o Porsche 911 RSR.

Em 17º na classificação geral e primeiro da classe LM GTE Am, com 334 voltas, o Aston Martin Vantage V-8. O Nissan Zerod RC, elétrico, só deu cinco voltas devido a problemas no carro.

BS

(Atualizado em 15/06/14 às 15h40, inclusão de foto da chegada)

6 comentários :

  1. Pois é Bob, mesmo para a Porsche os muitos anos de ausência das pistas acabaram pesando.

    ResponderExcluir
  2. O retorno da Porsche, por si só, foi algo mágico, apesar dos resultados. Imagino seu a Ferrari também retornasse, seria uma época espetacular para o endurance.

    ResponderExcluir
  3. Eu torci para a Porsche, e nas primeiras horas eu ate achei que ia dar, mas vai ficar pro ano que vem.

    ResponderExcluir
  4. Daniel San15/06/14 19:52

    Digno de nota foi o aplauso da equipe da Audi quando o Porsche 919 retornou à pista, numa emocionante demonstração de respeito. Senso esportivo é isso aí.

    ResponderExcluir
  5. A Porsche de longe possui o sistema híbrido mais interessante - conforme relatado aqui mesmo no AE. E por incrível que pareça, os defeitos apresentados no Porsche pouco (ou nada) tem a ver com o sistema de alimentação: em um dos carros quebrou a bomba de óleo, e no outro o câmbio. Le-Mans confirmou que a equipe possui um longo caminho pela frente para desenvolver seus protótipos, mas que a equipe está sem dúvida no caminho certo, dada as voltas na liderança e a excelente classificação para a prova.
    E tão animador quanto ouvir o nome Porsche em Le-Mans, foi ter ouvido novamente o nome da Ligier. Eu estava com saudades desta equipe, que até conseguiu fazer bonito em Le-Mans neste ano, mas a maior experiência da Zytek Z11SN pesou a favor da equipe.

    ResponderExcluir
  6. Eu já acho que, apesar dos contratempos, a Porsche mandou muitíssimo bem no seu retorno, e que nos próximos anos a competição irá ficar interessantíssima.

    Fecho com o Daniel San, o aplauso da equipe Audi quando o Porsche retornou à pista foi sensacional.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.