No uso: VOLKSWAGEN RED UP! I-MOTION

Fotos: Paulo Keller


Faltava avaliarmos o VW up! I-Motion, de câmbio robotizado. Por ocasião do lançamento no final de abril, o Bob o dirigiu num breve teste e escreveu post a respeito, no qual são dados todos os detalhes do câmbio, e agora, decorrido pouco mais de um mês, chegou o momento ver como se comporta esse câmbio no uso diário, inclusive na estrada. A versão que a Volkswagen cedeu ao Ae para teste é um red up! I-Motion 4-portas.

Parece que o Ae vinha “cantando a bola”, quando ao longo de posts sobre alguns “modelos mil” (1.000 cm³) preconizamos que um câmbio robotizado ou automático seria bem-vindo nesses modelos, já que potência, na prática, não lhes falta; o que falta é quem saiba extraí-la do motor. Em outras palavras, tem muita gente que não sabe reduzir marcha para subir giro, sendo que outro tanto acha que “o motor vai estourar” se ele funcionar em rotação alta, o que não tem nenhum fundamento. O leitor do Ae, cujo perfil é de um entusiasta que entende como funcionam os automóveis, difere de grande parcela dos motoristas. Todos nós temos parentes, amigos, conhecidos, que só acham que um carro “anda bem” se ele responder rápido mesmo estando em giro baixo, quando, na verdade, um carro anda mal ou bem se na sua faixa teoricamente boa ele não tiver a resposta que se espera.  

I-Motion, simples de usar


O câmbio robotizado assume o papel do motorista que sabe cambiar, colocando a marcha certa no momento certo, e assim ao motorista desligado de assuntos de motores só caberá acelerar, e isso todos devem saber fazer. Se nem isso, acelerar, essa pessoa souber, então que ele vá de carona e desista de guiar.

O bom do I-Motion é ele ser um opcional do up! disponível independentemente de qualquer outro e não parte de um pacote com itens que você não faz questão e muito menos deseja pagar por eles. Ele custa R$ 2.800,00. Só a versão básica take up! não é oferecido com esse câmbio, seja o de duas ou o de quatro portas.

Outra vantagem do câmbio robotizado é que ele também economiza combustível para um motorista que não tem intimidade com automóvel. Mais uma vez, o leitor deve conhecer muita gente que estica marcha sem necessidade, por exemplo, mantém 2ª marcha quando bem poderia estar em 3ª ou até mesmo em 4ª, e nessas lá vai o consumo para cima. O software do robotizado, que “conhece” bem o motor, entendendo que você só quer ir calmo e manter a velocidade no plano, logo sobe marcha para colocar o motor em giro baixo. Isso foi explicado no lançamento, o mapa de trocas de marcha foi escrito para proporcionar esse efeito. Resumindo, ele poupa quando é para poupar e gasta quando é para gastar. 

O câmbio robotizado ajuda o motorista comum a obter um desempenho melhor

Vale esclarecer que este câmbio robotizado do up! não é o mesmo usado no VW Fox 1,6, por exemplo. O do Fox é fabricado na Argentina e este, na Alemanha. Entre as diferenças, este não tem a tecla “S”, que o câmbio argentino tem e o comando de troca de marcha é elétrico em vez de eletroidráulico.

O câmbio robotizado de uma só embreagem, a meu ver, tem uma única vantagem sobre o de duas embreagens ou o automático epicíclico: custa menos. Suas trocas não são tão prontas quanto as desses outros, porém, como estamos falando em carros de preço mais acessível, como é o up!, ele tem sua utilidade também para aqueles que têm que enfrentar o anda e pára no trânsito congestionado. Para isso ele se presta muito bem, vai bem no trânsito, poupando o motorista das trocas de marcha e do mais trabalhoso, que é usar a embreagem.

Mas suas trocas de marcha são demoradas, mais do que nos câmbios manuais. Sendo assim, se estamos numa tocada suave em descidas não há o tal “soluço”, aquele momento em que a breve desaceleração — provocada pela demora na troca — faz nosso corpo se projetar um pouco à frente. Já numa subida essa demora provoca uma desaceleração maior, então o “soluço” é mais evidente. Nas acelerações fortes, acelerador a fundo, o “soluço” é mais pronunciado.

Outra característica dos câmbios robotizados da Volkswagen é não ter o creeping, o avanço lento. No plano, ao parar num sinal, por exemplo, mesmo sem o pé no freio a embreagem fica totalmente acionada e o carro permanece parado, ao contrário do câmbio Dualogic Plus da Fiat, também de uma só embreagem, que ao tirar o pé do freio a embreagem começa a acoplar e o carro avança lentamente.  

Direto e fácil de usar

Na estrada, fiquei mais satisfeito com o câmbio ao fazer as trocas manualmente. Um toque na alavanca para a esquerda muda do modo D (drive) para M (manual). Aí ele obedece à alavanca (toque à frente para subir marcha, para trás, reduzir), mas assume a troca colocando marcha mais longa ao serem atingidas 6.500 rpm — ou reduz quando a velocidade está muito baixa para a marcha em uso. 

Um truque que peguei para as trocas manuais atenuou bastante os “soluços”: antes de comandar a troca na alavanca, dar uma pequena aliviada no acelerador e só então dar o comando de troca. Com isso ela se torna perfeitamente suave, o que me leva a crer na possibilidade de que um aprimoramento no software dessa robotização possa melhorar a operação. Se eu a faço direito, por que o software não pode? 

Um conjunto muito bem feito

Gostei muito do carro em si. Não é só “bonitinho”, um “carro-design” para agradar a vista. Ele é robusto, silencioso e bom de chão, agarrado. Os pneus, coreanos Hankook 185/60R15, são de razoáveis para bons. Incomoda serem importados, pois numa futura provável troca de só um par deles surge a dúvida de se acharemos outros iguais. Seria mais tranquilo para o consumidor se os pneus fossem nacionais. Rodas de 13 e 14 pol. também equipam outras versões do up!.

O motor agrada e bastante. Sobe de giro com facilidade e se mantém em giro alto sem alarde. Pode-se manter boa velocidade na estrada sem que seu ronco invada a cabine, mesmo que a 120 km/h esteja a 4.200 rpm. Bom de viajar. Boa retomada, bom torque em baixa. E gostei do seu ronco.

Muito econômico. Com gasolina, na cidade fez entre 13 e 15 km/l, dependendo do tráfego, sendo que 12 km/l só quando o tráfego está desesperador. Na estrada fez entre 16 e 18 km/l. Já com álcool fez, na cidade, entre 9 e 10 km/l e na estrada 12 km/l. Na prática, quase não se nota a diferença de 7 cv de potência máxima entre abastecido com gasolina ou álcool (75 cv com gasolina e 82 cv com álcool, ambos a 6.250 rpm). Aliado a isso o tanque de combustível é dos bons. São 50 litros, o que lhe dá uma autonomia na estrada de pelo menos 900 km quando com gasolina. Dá para ir de São Paulo ao Rio de Janeiro e voltar com um tanque. No up! alemão o tanque é de apenas 35 litros, a VW fez bem em aumentá-lo para o Brasil, pois usando álcool ficaria inviável.

O 1-litro é excelente em economia


Os freios de todos as versões do up! são a disco ventilado na dianteira e a tambor na traseira. Bons freios, boa freada, plenamente satisfatórios para a proposta.

Curiosamente, segundo o fabricante, a velocidade máxima do up! com câmbio I-Motion é maior do que com câmbio manual, sendo 168 km/h para um e 165 km/h para outro (o Bob explica por que no post dele). Atinge a máxima em 5ª marcha. Já na aceleração de 0 a 100 km/h, o manual leva vantagem, fazendo-a em 12,4 segundos, enquanto que com I-Motion leva 12,8 segundos (álcool). A diferença é devida ao maior tempo de troca de marcha do I-Motion

Para quem conhece a rodovia, o exemplo serve como um parâmetro: subi a serra da Rodovia dos Imigrantes a 100 km/h reais e, como havia bem pouco tráfego, ele a subiu inteira em 5ª marcha e sem esforço algum. Eu o deixara no modo automático justamente para ver como o câmbio se comportaria, e estávamos em dois adultos e bastante bagagem, banco traseiro rebatido e esposa liberada para carregar o que bem quisesse (como se elas precisassem de nossa autorização para isso...). O fato de ele em nenhum momento necessitar reduzir para a 4ª marcha me fez concluir que isso se deveu a dois fatores: 1) o motor tem boa potência em rotações médias, 2) a 4ª e a 5ª poderiam ser mais longas, assim ele atingiria sua velocidade máxima em 4ª marcha e a 5ª ficaria para "descanso" em viagem.

A posição de dirigir é excelente, o volante tem regulagem só de altura, porém mesmo assim fica na distância certa; o banco do motorista também tem ajuste de altura. Os mostradores dão leitura fácil, a direção, com assistência elétrica variável, é rápida e tem bom peso, os comandos estão todos à mão e são simples e intuitivos, sendo que logo nos acostumamos com eles e nem olhá-los precisamos para os acionar. Sua visibilidade é excelente e ele é um carro cujo ambiente é arejado e agradável, não ficamos enfurnados. O mostrador multimídia sobre o painel não atrapalha a visão do pára-brisa. Todo fabricante deveria tomar esse cuidado, destinando um local apropriado para a colocação do GPS, já que se vê muitos motoristas colocando-os nos piores lugares possíveis. O console central é pequeno e não se intromete, o que deixa bom espaço para as pernas. Em suma, nota-se uma cabine cuidadosamente estudada.

Interior muito agradável

Incomoda o zumbido da bomba de combustível. É realmente alto. Seria bom isolá-la melhor. Seria bem-vinda a faixa degradê no pára-brisa. O espaço no banco traseiro deixa a desejar, porém é o que se espera de um carro desse porte.  O porta-malas de 285 litros é suficiente para a proposta e, além do mais, com o encosto do banco rebatido cabe um bocado de bagagem.

No uso dia a dia o up! I-Motion mostrou-se prático, tipo do carro urbano que encara uma estrada sem restrições e, melhor, consumindo pouco combustível.

AK



Mais fotos:


Será que a porta de carga toda de vidro seria mais vistosa?

Porta-malas de 285 litros, adequado, maior que o do modelo alemão, de 250 litros

Ao fundo, a "torre de controle" de Araçariguama  que o vento derrubou

O up! diante do Vickers Viscount de Araçariguama  em seu repouso eterno

Bob e Paulo trabalhando

Bancos bem projetados, bom apoio do corpo




FICHA TÉCNICA VOLKSWAGEN UP! I-MOTION


MOTOR
Instalação
Dianteiro, transversal
Material do bloco/cabeçote
Alumínio
Configuração / N° de cilindros / n° de mancais
Em linha / 3 / 4
Diâmetro x curso
74,5 x 76,4 mm
Cilindrada
999 cm³
Aspiração
Atmosférica
Taxa de compressão
11,5:1
Potência máxima
75 cv a 6.250 rpm (G), 82 cv a 6.250 rpm (A)
Torque máximo
9,7 m·kgf a 3.000~3.800 rpm (G), 10,4 m·kgf a 3.000~3.800 rpm (A)
N° de válvulas por cilindro
4
N° de comandos de válvulas /localização / acionamento
2 / cabeçote / correia dentada
Formação de mistura
Injeção eletrônica multiiponto no duto
Gerenciamento do motor
Bosch ME 17.5.24
Rotação de corte
6.800 rpm
ALIMENTAÇÃO
Combustível
Gasolina e/ou álcool
TRANSMISSÃO
Câmbio / rodas motrizes
Transeixo robotizado / dianteiras
N° de marchas
5 à frente e uma à ré
Relações de transmissão
1ª. 3,643:1; 2ª. 2,143:1; 3ª. 1,361:1; 4ª.0,959:1; 5ª 0,796:1; ré 3,615:1
Relação do diferencial
4,812:1
FREIOS
De serviço
Hidráulico, duplo circuito em diagonal, servoassistido, ABS
Dianteiros
Disco ventilado, Ø 256 mm
Traseiros
Tambor Ø 200 mm
SUSPENSÃO
Dianteira
Independente, McPherson com subchassi, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira
Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo
Pinhão e cremalheira: assistência elétrica
Diâmetro mínimo de curva
9,7 metros
Relação de direção
15,5:1
N° de voltas entre batentes
2,9
RODAS E PNEUS
Rodas
Alumínio, ,5,5Jx15
Pneus
185/60R15
PESOS
Em ordem de marcha
953 kg
Carga máxima
417 kg
DIMENSÕES
Comprimento
3.605 mm
Largura sem / com espelhos
1.645/1.910 mm
Altura
1.504 mm
Distância entre eixos
2.421 mm
Bitola dianteira/traseira
1.423/1.424 mm
AERODINÂMICA
Coeficiente de arrasto (Cx)
0,361
Área frontal
2,07 m²
Cx x A
0,747
CAPACIDADES
Porta-malas
285 litros
Tanque de combustível
50 litros
DESEMPENHO
Velocidade máxima
166 km/h (G), 168 km/h (A)
Aceleração 0-100 km/h
13 s (G), 12,8 s (A)
Aceleração 0-1.000 m
35 s (G), 34,8 s (A)
Retomada 80-120 km/h, 5ª
16,7 s (G), 16,4 s (A)
CÁLCULOS DE CÂMBIO
Velocidade por 1.000 rpm em 5ª
28,8 km/h
Rotação a 120 km/h em 5ª
4.166 rpm
Rotação à velocidade máxima. 5ª
5,833 rpm
GARANTIA
Termo
3 anos integral,  5 anos para perfuração de chapa
MANUTENÇÃO
Revisões (km)
10.000 km
Troca de óleo do motor (km/tempo)
10.000 km/6 meses





EQUIPAMENTOS DE SÉRIE UP!
take up!
move up!
high up!
black up!
white up!
red up!









ABS + EBD
x
x
x
x
x
x

Acionamento elétrico dos vidros dianteiros


x
x
x
x

Ajuste de altura do banco do motorista
x
x
x
x
x
x

Ajuste de altura do volante


x
x
x
x

Alav. de câmbio/freio estac. couro sint. native



x
x
x

Alça de teto para o passageiro dianteiro

x
x
x
x
x

Alerta de frenagem de emergência
x
x
x
x
x
x

Alerta sonoro de faróis ligados
x
x
x
x
x
x

Alerta sonoro/visual de cintos desatados
x
x
x
x
x
x

Apoios de cabeça traseiros c/ aj. alt (2)
x






Apoios de cabeça traseiros c/ aj. alt (3)

x
x
x
x
x

Ar-condicionado



x
x
x

Bancos em tecido c/ faixa couro sintético native


x
x
x
x

Bancos em tecido c/ faixa couro sintético native com costura diferenciada



x
x
x


Bolsas infláveis frontais
x
x
x
x
x
x

Carcaça dos retrov. ext. cor do veículo

x
x
x
x
x

Chave-canivete

x
x
x
x
x

Cintos diant. c/ pré-tension. e limitador carga
x
x
x
x
x
x

Cintos traseiros 3-pontos retráteis (2)
x
x
x
x
x
x

Coluna central c/ apliq. preto bilhante, ext.
x
x
x
x
x
x

Console central com porta-copo
x
x
x
x
x
x

Detalhes int. painel c/ acab. efeito cromado

x
x
x
x
x

Encosto do banco traseiro rebatível
x
x
x
x
x
x

Espelhos ext. c/ aj. elétr. e repetidoras ind. dir.


x
x
x
x

Espelhos externos com ajuste int. manual
x
x





Espelhos externos em cor efeito cromado



x
x
x

Faróis com máscara escurecida

x
x
x
x
x

Faróis e luz traseira de neblina


x
x
x
x

Fixação Isofix p/ banco infantil com tira sup.
x
x
x
x
x
x

Frisos laterais em efeito cromado



x
x
x

Imobilizador de motor
x
x
x
x
x
x

Keyless, sist. alarme com controle remoto


x
x
x
x

Limpador de pára-brisa com temporizador
x
x
x
x
x
x

Limpador/lavador/desembaçador traseiro
x
x
x
x
x
x

Luz de cortesia dianteira, no teto (1)
x
x





Luz de cortesia dianteira, no teto (2)


x
x
x
x

Maçanetas das portas na cor do veículo

x
x
x
x
x

Painel c/ revest. texturizado cinza dublin

x
x
x
x
x

Painel c/ revestimento colorido


x
x
x
x

Palhetas de limpador aerodinâmicas
x
x
x
x
x
x

Pára-sol do passageiro com espelho
x
x
x
x
x
x

Pisca3
x
x
x
x
x
x

Porta de carga c/ fechadura elétrica a botão
x
x
x
x
x
x

Porta-copos traseiro
x
x
x
x
x
x

Porta-malas com ajuste variável de espaço

x
x
x
x
x

Porta-objetos nas portas dianteiras
x
x
x
x
x
x

Prep. sist. áudio c/ fiação e antena de teto

x
x
x
x
x

Relógio digital

x
x
x
x
x

Rodas de aço, pneus 165/80R13, calotas nice
x






Rodas de aço, pneus 175/70R14, calotas bristol

x





Rodas de alum. "berlin", pneus 185/60R15



x
x
x

Rodas de alum. "São Paulo", pneus 185/60R15


x
x
x
x

Sensor de estacionamento traseiro


x
x
x
x

Soleiras das portas com apliques em alumíno



x
x
x

Tampa do tanque de combustível com chave
x
x
x
x
x
x

Termômetro externo digital

x
x
x
x
x

Tomada 12 V no console central
x
x
x
x
x
x

Travamento elétrico de todas as portas


x
x
x
x

Volante com aplques em preto brilhante


x
x
x
x

Volante em couro sintético native e apliques em preto brilhante



x
x
x











take up!
move up!
high up!
black up!
white up!
red up!

EQUIPAMENTOS OPCIONAIS UP!







Acion. elétr vidros diant. e travas do 4-portas
700






Acion. elétricos vidros e travas do 2-portas
620






Ajuste alt. volante e dir. assist. elétrica

1240





Ajuste alt. volante, dir. assist. elétrica, rodas de aço c/ pneus 175/70R14
1240







Aquecimento
460
460
460




Ar-condicionado
2750
2750
2750




Chave-canivete, aj. elétrico espelho c/ repet., alarme contr. remoto keyless, trav. elétr. portas diant/tras, acion. elétr. vidros diant.

1100






Faróis e liz traseira de neblina

270





Kit prep. p/ sist. infotrenimento e nav., e sist. de áudio para "maps and more"

620
620
100
100
100


Módulo "black" - painel c/ capa preto ninja, roda alum. 15 pol. "berlin" pneus 185/60R15



0
0
0


Módulo "white" - painel c/ capa branco cristal, rodas "berlin" brancas, pneus 185/60R15



0
0
0


Módulo "red" - painel c/ capa vermelho flash, rodas "berlin", pneus 185/60R16



0
0
0


Revestimento bancos couro sintético native

670

670
670
670

Painel com revest. colorido branco cristal


0




Painel com revest. colorido prata egito


0




Painel com revest. colorido prata lunar


0




Painel com revest. colorido vermelho flash


0




Pintura especial amarelo Saturno
1550
1550
1550




Pintura metálica
1030
1030
1030




Porta-malas c/ ajuste variável de espaço
190






Prep. p/ sist. áudio com fiação e antena teto
330






Quatro alto-falantes e dois tweeters
230
230
230




Rodas de aço e pneus 175/70R14
250






Rodas de alumínio c/ pneus 175/70R14

480





Sensor de estacionamento traseiro

330





Sist. áudio AM/FM/CD, Bluetooth, MP3 etc.
530
530
530




Total opcionais
9880
11260
7170
770
770
770




107 comentários :

  1. Carlos Eduardo12/06/14 12:16

    AK, será que esse zumbido da bomba de combustível não é na verdade do cambio?
    Já ouvi alguns fiats com dualogic que fazem um barulho bem alto quando abre a porta, esse barulho é do cambio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos Eduardo, ou é bomba de combustível ou é uma vespa que ficou presa no tanque, porque o zumbido vem de lá.

      Excluir
    2. Zzzzzzz......
      Eu ia entrar logo com Neocid ou Detefon no tanque
      Jorjao

      Excluir
    3. Oce ta veio Jorjao!
      Neocid minha mae usava para lavar minha cabeça ...
      Acabava com os piolhos que eu pegava na escola
      He he he

      Excluir
    4. A K parabéns pela matéria/vídeo. Concordo com o Carlos Eduardo(12:16 dia 12/06), tive uma spacefox imotion, quando se abria a porta fazia barulho. Embora o sistema do up! seja elétrico, tem como investigar junto a vw.

      Excluir
    5. Antonio, o zumbido é da bomba.

      Excluir
    6. Uma forração mas espessa deve acabar com este problema .

      Excluir
  2. O Up é um carro de entrada sim mas arrisco dizer hoje que ele é um dos melhores carros fabricados por aqui, e com certeza o melhor dentro da Volkswagen. É incrível parar pra pensar no avanço do segmento dos 1.0 nos últimos 20 anos, basta lembrar que há exatamente duas décadas o que a VW oferecia era o simples e extremamente despojado Gol 1000 de primeira geração, que tinha como vantagem acho que só o fato de ser econômico e extremamente girador, acho que até mais que o EA827 1,6. Eu não consigo achar nenhum problema sequer no jeito que fizeram esse carro, acho que alguns equipamentos que faltam e o espaço traseiro reduzido são nada mais do que o resultado de seu posicionamento do mercado (nesse departamento, acho que só faz falta os cintos com regulagem de altura). Arnaldo, apenas uma observação, no post você mencionou que o preço do câmbio ASG é de 2800 mas no vídeo que era de 2100, qual o preço correto? Gostei muito da avaliação e principalmente da observação muito pertinente que os carros 1000 se beneficiam muito desse tipo de câmbio, concordo plenamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Davi, é R$ 2.800,00, mesmo. Me desculpe, na ocasião do vídeo eu tinha pego informação errada.

      Excluir
    2. Que isso Arnaldo, esse tipo de coisa acontece! Obrigado pelo esclarecimento.

      Excluir
    3. Corsário Viajante12/06/14 13:39

      Também penso assim, e vou além, até então a maioria dos carros de entrada eram versões ultra-empobrecidas de carros defasados, como G4, Mille, Celta, Clio, etc.
      O Up sinaliza uma nova safra de carros de entrada pensados para serem de entrada.

      Excluir
    4. Rafael Ribeiro12/06/14 20:06

      No site da VW o preço é de R$2.100 mesmo.

      Excluir
    5. Isso mesmo Corsário, acho que o único carro que nasceu com um viés popular mas também bastante moderno (ainda mais pra época) foi o Corsa, em 1994. Tanto que gerou um rebuliço no mercado que até hoje é difícil de se ver.

      Excluir
  3. O Best Cars, na minha opinião, acertou ao chamar esse carro de Up ao invés do "up !" nos textos. A leitura fica muito ruim do jeito que a VW definiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Uno também tinha essa grafia, "Uno!"

      Excluir
    2. Daniel
      Não acho que o Best Cars tenha acertado nisso. Esse é o nome do carro, com ponto de exclamação, e deve ser respeitado.

      Excluir
    3. Luiz AG
      Só nos primeiros anúncios, depois ficou apenas Uno.

      Excluir
    4. Lucas dos Santos12/06/14 23:19

      Daniel,

      Concordo que o sinal de pontuação atrapalha a leitura.

      Ao meu ver, no entanto, o problema não está no Ae grafar o nome do veículo com o ponto de exclamação, mas sim o nome do veículo conter esse sinal de pontuação.

      O mesmo vale para "Rede TV!", "avast!", "Yahoo!" etc.

      Excluir
    5. Eu tbm acho que o Ae peca nessa parte. Veja, é nome próprio, portanto inicia-se com letra maiúscula. Diversos outros carros são apresentados pelas fábricas com seus nomes, ora com todas minúsculas, ora com todas as letras em maiúsculo, alguns até mudam a padronagem de lançamento em lançamento, e nem por isso o Ae os coloca como a fábrica os apresenta. É sempre com primeira letra maiúscula.
      Já o ponto de exclamação, no meu entendimento, acaba prejudicando a leitura, pois é um sinal gráfico, que denota uma mudança de entonação, uma interpretação da leitura. Penso que, no meio do texto ele deveria ser evitado.

      Excluir
  4. Corsário Viajante12/06/14 12:21

    Se roubassem meu carro e tivesse que comprar outro, sendo realista, acho que acabaria com um Move Up 2p com ar-condicionado, direção elétrica e travas.
    Daria uma olhada no novo march e até uma nova olhada no Etios, mas acho que acabaria com o Up mesmo.
    Ótima relação de desempenho x economia, ainda mais para mim que hoje já não faço questão de chegar primeiro, embora ache fundamenal conseguir acompanhar o trânsito sem muito esforço, coisa que não conseguia dirigindo um Uno 1.0 em algumas circunstâncias por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fracamente nao desejaria nem para meu pior inimigo (se eu tivesse um) que seu carro fosse roubado
      Bata na madeira Corsário!

      Excluir
    2. Corsário Viajante12/06/14 15:22

      Hehehe obrigado!
      Falo dessa forma porque hoje seria o único motivo para procurar outro carro...

      Excluir
  5. O áudio do vídeo ficou muito bom, limpo, nítido e sem chiados. Meu ouvido esquerdo adorou!

    ResponderExcluir
  6. Moderno, econômico e eficiente. Mas deveria ser mais barato e mais bonito. O painel é feio demais e nessa cor vermelha, chega a doer os olhos...A traseira, então, parece um furgão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, e eu gostei muito do painel. Achei chique e clean. Todos que entraram no carro gostaram. Achei o painel mais legal dos nacionais. Mas gosto não se discute, não é?

      Excluir
    2. Ainda bem, caro Arnaldo. Parabéns pela - como sempre - ótima avaliação.

      Excluir
  7. Sobre o carro eu particularmente não gosto, muito menos desse cambio, prefiro o manual. Arnaldo, onde é esse lugar com esse aviões ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um avião. Araçariguama. Aquele desastre caído lá da primeira foto é uma escultura horrorosa que veio abaixo. Está a uns 300 metros do avião.

      Excluir
    2. Disseram, faz um tempo, que esse Viscount foi o mesmo que serviu ao presidente JK, mas creio que isso seja apenas lenda.

      Excluir
    3. Esse lugar, em Araçariguama, é algum museu aeronáutico? Arnaldo, dê essa dica p/ nós. De repente, é um passeio legal p/ nos fazer pôr o carro na estrada e ver de perto máquinas interessantes.
      Antônio do Sul.

      Excluir
    4. Vai saber....

      Excluir
    5. Anônimo 12/06/14 13:14
      Era, de fato, o avião presidencial utilizado por Juscelino Kibistschek e a Vasp tinha uma frota de Viscounts. Voei algumas vezes neles.

      Excluir
    6. Antônio do Sul, não acho que tenha museu aeronáutico por lá, não. Acho que tanto o avião quanto aquela estátua esfrangalhada são "obras úteis e grandiosas" de políticos de lá.

      Excluir
    7. Obrigado, Arnaldo. Então, aquilo virou um ferro-velho...Esse lugar é algum aeroporto que foi desativado?
      Antônio do Sul

      Excluir
    8. Não, Antonio, não vimos aeroporto nenhum. Só estávamos dirigindo quando vimos lá um avião espetado em cima de um morro, só isso. Poderia ser um navio também, ou um trem, mas era um avião.

      Excluir
    9. Foi uma excentricidade de um prefeito que só não foi maior do que a de um "gênio" que esteve à frente da prefeitura de Bocaiúva do Sul, no Paraná, que resolveu fazer um aeroporto p/ disco voador.
      Então, descaracterizaram um avião de valor histórico, que serviu ao presidente Juscelino Kubistchek, p/ fazer um cinema...que hoje não funciona...Gastaram muito (acho que mais no transporte do que na compra) p/ descaracterizar um bem que merecia estar num museu...
      Antônio do Sul

      Excluir
    10. Aeroporto pra disco-voador??!!
      Essa, Antônio, é pra meter o prefeito numa camisa de força. Mas, afinal, ele acabou fazendo ou só ficou no projeto que nem obra do PAC?

      Excluir
    11. Avião - Araçariguama SP
      No alto de um Morro de Araçariguama pode ser encontrado um avião. Quem passa pela Rodovia Castello Branco na altura da cidade de Araçariguama consegue vê-lo. O local se chama Praça Santos Dumont.
      Assim como na cidade de Pedreira até os anos 90, em Araçariguama um avião foi colocado em uma parte alta da cidade para visitação. Quando eu cheguei na praça, o local estava vazio, mas logo começou a aparecer diversas pessoas. Dizem que este era o avião reserva de Juscelino Kubitschek.
      Antes o avião era utilizado como cine-avião e podia se visitar o interior deste, porém vândalos fizeram uma tentativa de incendiá-lo e felizmente foi possível salvá-lo. Desde então, este foi restaurado e só pode se visitar a parte exterior. Além do avião, na praça tem um Torre Eiffel miniatura.
      No morro ao lado pode ser encontrado o Desbravador da Esperança que era um boneco gigante de lata, mas que infelizmente desabou. Atualmente, ele pode ser visto deitado no morro. Não esta tão claro como foi que ele desabou, uns dizem que foi um vento forte, outros que foi falta de manutenção.
      Também há uma capela e um boneco do Don Quixote e seu cavalo de lata e um outro cavalo para podermos subir e tirar foto.
      O local é super legal e vale a pena ser visitado.

      Excluir
    12. Sinceramente, não sei, Arnaldo. Logo depois, a imprensa não deu mais destaque. Outra desse maluco foi tentar proibir a venda de preservativos na cidade p/ ver se aumentava a população...
      Antônio do Sul

      Excluir
    13. Araçariguama foi notícia na última eleição municipal, quando o atual prefeito se reelegeu com 100% dos votos válidos.
      Tem uma escola lá que foi construída a um custo de R$ 2 milhões e tem mais rachadura que castelo de filme da Hammer.

      Passei a infância lá quando ainda era distrito de São Roque.

      Excluir
  8. Excelente post, Arnaldo. Observo que a cada novo lançamento, exite uma preocupação - já virando uma tendência - em criar carros 'agradáveis' de se dirigir, independente da faixa de preço. Interior bem estudado, comandos no lugar certo e de uso intuitivo, boa visibilidade e acabamento correto fazem toda a diferença.

    ResponderExcluir
  9. Louvável a disponibilidade deste câmbio num carro de entrada. Logo mais teremos o Uno dualogic e certamente os outros fabricantes também terão essa comodidade em seus "milzinhos". Só lamento a falta do creeping no up!. Por que disso? Já que é pra fazer, faz direito! Andei com uma Palio Weekend Dualogic das primeiras (sem creeping) e senti falta do sistema no anda-e-para do trânsito e nas manobras. A Fiat se atentou a isso e resolveu o problema. Ora, a VW vai esperar uns anos pra lançar o I-Motion "plus"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que faz falta um assistente de partida em rampa, tanto no imotion como em alguns automatizados da fiat. Em um teste do carblog a um tempo atrás, eu comentei sobre isto, e ele questionaram a vw sobre não disponibilizar este recurso no up! Segundo a vw, isto reduziria a vida útil da embreagem, o que é estranho, já que a fiat está adorando cada vez mais este recurso nos câmbios automatizados.

      Excluir
    2. Carros do Portuga
      Não ter creeping é decisão corporativa. Na Alemanha também não tem. Considero um erro.

      Excluir
    3. Renato
      Assistente de partida em rampa não faz a menor falta em carros de dois pedais, basta manter imobilizado freando com o pé esquerdo. Creeping, a explicação da Volkswagen não convence, uma vez que a embreagem só começa a acoplar e patinar depois que o freio é solto.

      Excluir
    4. Em termos de tecnologia e modernidade, o up! é incomparável ao Uno.

      E olha que sou dono de Fiat. Não é fanatismo por VW.

      Excluir
    5. Mesmo não sendo necessário eu acho a VW poderia oferecer o HSA como opcional. Muita gente que compra um carro automatico (ou um que tenha a mesma pretensão) é motivada pelo fato de poder dirigir sem se preocupar com o tipo de terreno (plano ou aclive).

      Excluir
    6. Eduardo Silva13/06/14 11:38

      A gente percebe que o marketing e a preguiça ganharam quando até mesmo os autoentusiastas precisam de ajuda para sair em rampa. Com um automatizado!

      Excluir
    7. Eduardo Silva
      Pois e...

      Excluir
    8. Neste caso, eu penso que vale aquele ditado: se é para fazer o serviço "pela metade" (como é o caso desse cambio automatizado) eu prefiro fazer todo o serviço "sozinho" (utilizando um câmbio manual). O que é uma pena, já que a tal revolução de uma câmbio automatizado em um carro 1.0 de entrada (o que faz bastante sentido tanto pelas características do câmbio como pela proposta dos carros 1.0), acaba também ficando pela incompleta.

      Excluir
    9. Eduardo Silva13/06/14 17:11

      Não conheço esse ditado, caso exista também o acho estúpido. Eu aceitaria de bom grado uma ajuda em metade de um trabalho que tenho a fazer.

      E o que eu tenho a ver com isso? Tenho que fatalmente isso será obrigatório qualquer dia por causa de pensamentos assim. Dirigir é cada vez mais uma tarefa para medíocres, não requer habilidade, atenção, concentração, cuidado, nada. Qualquer um pode sair por aí alugando a faixa da esquerda. As propagandas estimulam você a comprar um carro que tenha "GPS integrado com redes sociais" para que você possa se distrair cada vez mais na direção. Mas tudo bem, vem o governo e obriga o uso do ABS e Airbag para te ajudar quando você, distraído, vir em cima da hora um carro parado na sua frente.

      Antes era bom ter ar-condicionado, aí ficou obrigatório ser digital, agora o mínimo é que seja "dual zone". Como se alguém tivesse isso no sofá de casa.

      Meu carro é manual, minha mulher, que também tem um manual, frequentemente me elogia em saídas de rampa, principalmente as mais cascudas, porque faço uso do punta-taco. Quando ela acha que está frio do lado dela, ela fecha a saída do ar, pronto, fica até mais gelado para mim.

      Excluir
    10. Sobre o câmbio automatizado (mais especificadamente o imotion), acho irracional pagar mais caro por uma tecnologia que não resolve o que muitos consideram uma das maiores dificuldades que as pessoas tem com o câmbio manual (ainda mais em carros de baixa cilindrada). Dificilmente escuto alguém reclamar das trocas de marcha no trânsito em pista plana, entretanto, não são poucas, comparativamente, as pessoas que dizem que não gostam de parar nos sinais que ficam em lombas. Isto está longe de dizer que estas pessoas não possuem habilidade para arrancar em lombas. Eu, por exemplo, com o meu carro 1.0 dificilmente tenho dificuldade nas arrancadas em lombas utilizando somente os pedais, mas isto não quer dizer que eu ache a melhor experiência do mundo na direção de um carro. Tanto que não fico por aí "caçando" lombas. Se algumas vezes eu puder evitá-las, tenho certeza que o meu bolso agradecerá.

      Sobre o ditado, já escutei muitas vezes e ainda continuo escutando bastante no meu dia a dia. Vai ver que é porque tive sorte de conviver com pessoas que geralmente "fazem a diferença".

      Excluir
    11. Ademais, seguinte a sua lógica, vamos exigir novamente carros com somente 3 marchas, câmbios sem anéis sincronizadores e cintos de segurança de somente dois pontos. Afinal, carro não é para ter conforto e agilidade e sim para mostrar para os outros que sabemos dirigir...

      Excluir
    12. Eduardo Silva14/06/14 12:28

      Ok Renato, não é fácil interpretar mesmo, daqui a pouco você vai sugerir que voltemos às carroças - supondo que esta seja a minha idéia.

      Compre um Ford, pode ser o Fiesta, eles têm o recurso. Está aparecendo ostensivamente no programa autoesporte, parece que você faz parte do público alvo. Tem um monte de gente que faz a diferença aparecendo lá.

      Excluir
    13. Tudo bem Eduardo Silva, sua insatisfação com o mundo moderno está anotada. Para o melhor motorista do Brasil isto tudo é coisa para fresco mesmo. Vai ver que é por isto que os carros da VW são os melhores. Afinal, oferecem tecnologias incompletas e/ou defasadas (principalmente nos carros de entrada) a preços altos pensando nos motoristas "cabra-machos" que temos no Brasil.

      Excluir
  10. Só não gostei do detalhe em vermelho no VW das rodas, ficou meio overkill pro meu gosto.

    De resto, torço para que esse carrinho encontre seu devido lugar ao sol... ele merece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa e a famosa roda " ralo de banheiro "
      Feíosa mas ajeitada

      Excluir
    2. Corsário Viajante12/06/14 15:21

      Também não gostei da rodas coloridas das versões de topo. EM todas, ficou com cara de aftermarket.

      Excluir
    3. Acho que isto tem a ver com a idéia da VW de fazer o up! o sucessor do fusca antigo.

      Excluir
  11. Kkkk... Ia perguntar mesmo onde é esse lugar cheio de destroços retorcidos. Parece cenário de filme de guerra, ou dos Transformers.

    ResponderExcluir
  12. Hoje, feriado em São Paulo e... cadê as ciclofaixas e os cicloativistas???

    Será que o prefeito do PT finalmente admitiu que essas ciclofaixas só estorvam a vida dos paulistanos ou apenas não quer estorvar a presidenta em sua visita à cidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feriado..?
      Meus lados aqui tá pegando fogo !
      Me orgulho em morar, onde todo brasileiro gostaria de estar morando hoje!
      Viva !
      Toninho do Itaquera

      Excluir
    2. Aff !!!!!!!

      Excluir
  13. Parabéns pela excelente matéria! Embora eu sempre poste como anônimo, acesso diariamente o site, o melhor do Brasil com certeza! Gosto muito dessa maneira de extrair a potência na melhor faixa de rotação, não curto muito esse esquema de ficar preocupado com "potência média", torque em baixa e coisa e tal. Se os cavalos existem alí na faixa de rpm, não importa onde eles esteja, se me deram uma alavanca de câmbio junto com o carro, eu vou buscá-los, seja onde for. Depois dessa matéria, me bateu uma vontade de comprar um up kkkk.

    ResponderExcluir
  14. Marcus Lahoz12/06/14 15:20

    Boa análise, gostei do texto. O UP realmente é um carro bacana, gostei demais dele quando vi na loja para venda.

    Com este modelo, a VW dá um passo adiante da concorrência.

    Com relação ao cambio, vi vários depoimentos de quem comprou com este tipo e 95% gostam, aprenderam a usar e estão muito satisfeitos; inclusive chego a pensar que ele é melhor que um automático de 4 marchas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tecnologicamente, está muito acima da média.É um carro que poderia ser exportado daqui p/ qualquer país desenvolvido. O problema é a relação custo benefício: equipando a versão mais simples com ar-condicionado e direção com assistência elétrica, encosta em preço no Etios, que vem com motor 1.300 e que somente não está acima da média em aparência. No mais, o Toyotinha é muito bom de dirigir, muito robusto e tem um pós-venda reconhecidamente melhor do que o da Volks. Na próxima geração, se capricharem na embalagem, vai incomodar os populares das quatro grandes.
      Antônio do Sul.

      Excluir
  15. Obrigado pela avaliação AK.

    Como dono de um Mille que tem uma proposta que me atende e me agrada, o up! parece ser o carro que trouxe para estes tempos tudo aquilo que o Uno prometeu e cumpriu em 1984 e continuou oferecendo até o governo decidir por nós como devemos comprar nosso carro.

    O up! me agrada pois parece uma evolução em todos os aspectos sobre o Mille, coisa que a Fiat não conseguiu fazer com o Novo Uno, carro que coleciona críticas inclusive de pessoas que já desmontaram todos os parafusos que compõem um. Se por algum motivo eu tivesse que trocar meu Mille hoje, iria de up! sem nem pensar.

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito do up! em suas versões mais completas, mas faltou o TSI 1.0 para valer os quase R$ 42.000,00 que pedem. por ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mr. Car
      Estou enganado ou voce estava postando comentário as 16:56 , ou 4 minutos antes da seleção entrar em campo??
      Não acompanhou o jogo?
      He he

      Excluir
  17. 18 Km/l de na estrada, com umas boas esticadas, subidas de serra. e ainda não entendo a bronca com os flex... Poderia ser melhor, sim, se o nosso tivesse menor altura do solo e consequentemente o mesmo cx do europeu, e 5 mais longa. o Up tem peso e potência para um autêntico 4+E, com velocidade máxima em 4a. e 5, para baixar o giro em viagens. Se assim fosse, seriam 20 Km/l sem cuidados com o acelerador. Resta esperar o Novo Ka, que parece ter atributos suficientes, para empatar ou até superar essa eficiência. A briga vai ser boa! - Jesus do Nascimento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A bronca com os flex é justamente essa: se ele fosse só gasolina seria mais de 20 km/l na estrada, e com álcool, talvez uns 16. Se ainda melhorassem o câmbio, melhoraria mais ainda.

      Excluir
  18. Video muito bom, apesar de longo nem notei os mais de 12 minutos passarem. Só um pedido, nos próximos elevem um pouco mais a câmera para poder ver as curvas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Henrique, você tem toda a razão. Já notamos isso também e vamos corrigir. Obrigado.

      Excluir
    2. Lucas dos Santos13/06/14 19:24

      Henrique e Arnaldo,

      Nem me incomodei com a câmera baixa neste vídeo. Achei que tinha sido proposital, para mostrar melhor a alavanca de câmbio, hahaha!

      Excluir
  19. Arnaldo,quando sai o teste do a3 sedan que vimos nas fotos do post do i30?

    ResponderExcluir
  20. 1) Estranho a decisão da VWB ter usado a caixa SQ100 do up! europeu em vez de usar a solução brasileira consagrada (MQ200 mais robozinho da Magneti Marelli). Fica parecendo uma daquelas importações desnecessárias que por vezes vemos na indústria brasileira. Se em um up! cabe uma MQ200 sem problema algum, perguntaremos por que não caberia uma MQ200 com robozinho e já pensada para o grau de exigência do brasileiro que obrigou a Marelli a melhorar sobremaneira os automatizados monoembreagem daqui. Creio eu que sairia mais barato, mesmo com a hidráulica da solução nacional. Em que pese o cofre apertado, ainda assim perguntaremos se a MQ200 robotizada ocupa mesmo tão mais espaço que uma SQ100;

    2) Já sentei atrás do up! e digo que ele não é assim tão apertado (salvo se for alguém muito alto na frente). Dou destaque para a qualidade de acesso ao banco traseiro. É mais fácil entrar e sair da caixinha de fósforo do que de um Santana 4p (que tem aquela portinha traseira estreita e de pouca abertura);

    3) Ainda assim, acho que a bola está muito cantada para a Ford trucidar o menor dos Volks, pois bastará ela ter uma versão do novo Ka com a transmissão de duas embreagens PowerShift a preços parecidos e o estrago estará feito. Se for como vi pelo Fiesta, seria matar pernilongo a tiro de canhão e fazer a VWB quebrar a cabeça para ver como montar uma DSG de sete marchas em seu menor modelo.

    ResponderExcluir
  21. Mario Henrique13/06/14 00:09

    Avião:
    Havia um destes no alto do morro em Pedreira - SP, egresso da VASP. Em dado momento, chegaram a me cobrar para entrar dentro dele, possível golpe do vigia. Ai, uns moleques tocaram fogo e perda total. E cadê o vigia?
    Curiosidade: O sistema de comunicação era em código Morse!
    Não tenho certeza, mas acho que o avião presidencial está no Museu Espacial do Campo dos Afonsos - RJ. Vale o passeio, se possível fora dos dias de eventos, para melhor apreciação!

    ResponderExcluir
  22. João Carlos13/06/14 04:51

    Bob , Arnaldo.

    Já pensaram em avaliar um carro assim, digamos, "fora de moda". Então, eu vejo muitas ofertas do Fiesta Rocam 1,6 (34 mil reais, zero). O carro tem espaço, porta-malas, e custa menos que os "da moda" que oferecem menos.

    Vi que vocês já fizeram um "no uso" do Golf prestes a se despedir do mercado. Acho que minha sugestão seria válida. Se for muito bola fora, pode desconsiderar minha mensagem.

    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado, gostei da sugestão.

      A QR fez algo nesse sentido na edição deste mês, uma matéria com 5 carros "Plano C", aqueles que ninguém considera mas podem ser um bom negócio.... até lembrei do Bob por causa da Palio Weekend Trekking, que ele já havia testado.

      Excluir
    2. João, Carlos, há pouco fiz um Palio Fire e esse não carro da moda, tal qual o Fiesta Rocam. Tudo interessa.

      Excluir
    3. Gostei também. Carro é carro. Se é bom, pode ser uma boa aquisição por esse preço. Lembro que quando o Corsa saiu de linha, com motor 1.4, também saia nessa faixa, já com AC e DH.

      Excluir
    4. Esse Fiesta é muito mais espaçoso que o novo. E muito mais "arejado", menos enclausurado que os carros atuais de linha de cintura alta e vidros minúsculos; esse up! é exceção entre os modernos.

      Pra quem não liga em estar "in" e quer ficar na Ford, é melhor negócio.

      Excluir
  23. Bom dia! Excelente matéria!
    Tirem uma dúvida por favor: eu possuo um palio fire 1.0. Como pego muito estrada, sempre trabalho de 4000rpm pra cima, até cerca de 6000rpm, principalmente nos longos trechos de serra. Isso é muito prejudicial ao motor?
    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo do Palio, não é prejudicial. Ele foi feito para trabalhar nesse regime sem problemas.

      Excluir
    2. Uma vez dei um "esticão" no meu milzinho, e o carona me disse com dó no coração: não judia do motorzinho, não. Hahahaha...

      Fico sempre de olho no nível, prazos e trocas de óleo. Isso feito, não há perigo nenhum. Abs!

      Excluir
    3. Perguntas como a do anônimo do Palio surgem por matérias problemáticas como essa:
      http://revistaautoesporte.globo.com/Revista/Autoesporte/0,,EMI238288-10337,00-MOTOR+PODE+SER+ACELERADO+BASTANTE+PARA+RENDER+MAIS.html

      Excluir
  24. Esses bancos provam que o Passat na década de 70 era uma inovação mesmo .

    ResponderExcluir
  25. O que era aquele aviso sonoro que ficava toda hora tocando?
    Falta de combustível ?

    ResponderExcluir
  26. Voces tavam descendo a lenha naquela estradinha.. hein!?
    Goste!
    He he

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tocando rápido e sem barbarismos.

      Excluir
    2. "Estradinhas" como aquela é que dão prazer em dirigir.

      Excluir
  27. Belo teste, filmagem, fotos.

    Balança bastante na estrada .

    O carro que filmou nos minutos finais tinha MUITA sobra em curva , qual carro era?

    ResponderExcluir
  28. Anônimo 13/06/14 19:37
    Não balança mais nem menos que outros carros e é excelente de curva. O carro-câmera era um BMW 320i Active Flex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bob,

      BMW 320i Active Flex ,obrigado. Que carro espetacular e bem guiado.

      No aguardo do teste dele também.

      Excluir
  29. Excelente matéria AK! Com relação as revisões são 10.000 km ou 6 meses, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Por quê os demais fabricantes realizam as revisões com 10.000 km ou 1 ano?
    Obrigado. Gutemberg.

    ResponderExcluir
  30. Antônimo do Anônimo13/06/14 23:10

    Ronquinho bonito do motor!
    Vídeo show de bola!

    ResponderExcluir
  31. Adoro as matérias do AK, mas, fiquei impressionado como ele é ruim de volante, Não consegue se manter na faixa por muito tempo. Assustador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 14/06/14 11:35
      Com esse comentário vê-se que você não tem noção do que é dirigir. Seu carro devia ter alguma identificação externa para, caso encontrado no trânsito, ficar-se (bem) longe dele.

      Excluir
    2. Quem é ruim de volante, o carro ou o AK?? Hahahahaha

      A estrada estava vazia, e ele comia as bordas da pista contrária pra fazer um traçado melhor pra uma tocada rápida, só isso...

      Excluir
  32. Não, Bob. Não há nem adesivos no meu carro. Aliás, gostaria de ter um tipo "Leitor Ae", mas depois do meu comentário acho que só me mandariam um estampado com "Roda Presa". rsrs
    Mas, não se preocupe, se eu ver o AK dirigindo em direção contrária pode acreditar que paro meu carro no acostamento, de imediato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Arnaldo e quem dirige bem jamais invadirá a faixa contrária se vier carro. Portanto, você não precisará parar no acostamento.

      Excluir
    2. Brincadeira minha, Bob. O anônimo 14/06/14 13:07 também explicou mutio bem. Entendido; Avaliação, pista livre, oportunidade de explorar e conhecer os limites do carro. Nada de errado com a pilotagem do AK e mais ótimo post. Oportuno também.
      O UP! trouxe muitas inovações para a categoria, mas, vem recebendo críticas infundadas de quem provavelmente nem entrou no carro. O Post mostrou, como de praxe, as muitas qualidades desse carrinho com muita competência. Aliás, o formato de Ae está irretocável. Os vídeos complementam a parte textual com louvor. Desde então, quando me interesso por um carro, prefiro só fazer um test drive depois de ler os posts e assistir os vídeos de avaliação daqui. É que, em geral, o tempo e os locais disponíveis nessas oportunidades que temos de guiar o carro restringem muito nossa avaliação. Ainda não o fiz para o UP!, mas farei em breve. E é quase certo que será meu próximo carro. Pois, gosto de carros pequenos, ágeis, simples, racionais e que transmitam prazer ao dirigir, sem esquecer a segurança. Por outro lado, não exijo alto desempenho num carro para o uso cotidiano e, os números do UP! me parecem bons para meu uso e modo de dirigir. Na parte mais subjetiva, adorei o interior do carro e gostei muito do design. E quanto ao preço, o que tem gerado as maiores críticas que ouço, comparativamente não acho que esteja fora da realidade brasileira, quando leva-se em conta a relação custo benefício. Afinal modernidade e qualidade cobram seu preço.

      Excluir
  33. Brincadeira minha, Bob. O anônimo 14/06/14 13:07 explicou bem. Está entendido. Pista livre, para sentir e explorar as reações do carro. Nada de errado na pilotagem do AK nessa situação. Valeu, ótimo post.
    O UP! vem recebendo muitas críticas infundadas por quem nem chegou perto do carro. o post, como de praxe, mostrou qualidades e defeitos com competência. O formato de Ae está irretocável, os vídeos são um grande diferencial, ótimos e esclarecedores complementam com louvor os textos. Voltando ao UP!, quase certo que esse será meu próximo carro.

    ResponderExcluir
  34. Anônimo 14/06/14 13:37
    Certo, era brincadeira. Assim, desculpe-me então pelas respostas ríspidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há do que se desculpar
      Nos leitores também gostamos quando vc da a quem merece respostas a Lá Sel. Saraiva!
      He he he !

      Excluir
    2. Anônimo 14/06/14 15:34
      No meu exame de motorista em 17/12/60 por muito pouco não fui reprovado, ao perder um monte de pontos por "falta de controle do veículo nas curvas" — um pequeno trecho em "S" que eu "retifiquei"...

      Excluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.