ACA COMPLETA 110 ANOS

ACA completa 110 anos








O Automóvil Club Argentino, um dos mais antigos do mundo, fundado em 11 de junho de 1904, comemorou esta semana 110 anos de existência e segue firme no país vizinho, onde ocupa um espaço que em nosso país é preenchido em grande parte pelas seguradoras de automóveis.

O imponente prédio do ACA na Av. del Libertador, 1850, em Buenos Aires

Com uma sede majestosa em uma das áreas mais valorizadas de Buenos Aires, o prédio da entidade oferece não apenas serviços ao motorista comum como também uma ampla biblioteca com ênfase em registros do automobilismo de competição e um imponente museu. Nesta seção estão expostos desde modelos do século 19 até vários dos carros de corrida usados por pilotos argentinos no Exterior e outros usados em provas nacionais com acesso livre ao público.


Exposição de carros de corrida no ACA


Além de uma gestão baseada na prestação de serviços o ACA consegue ainda hoje manter o apoio — institucional, é verdade — a pilotos argentinos que tentam carreira internacional e também promove competições clássicas e incentiva o esporte de maneira prática. Um desses eventos é o Grande Prêmio Histórico da Argentina, que reúne mais de 230 carros em suas edições menos concorridas. Um exemplo que bem poderia ser seguido entre nós…

WG

4 comentários :

  1. Carlos Miguez - BH14/06/14 12:32

    Verdade seja dita: 90% dos argentinos são Auto-entusiastas fervorosos ! ! ! ! !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Eles, via de regra, não só apreciam veículos em geral, como também viagens rodoviárias. A estrutura para quem viaja em rodovias é excelente (para padrões do terceiro mundo) em quase todo o país, embora também esse setor esteja sofrendo com a crise econômica que eles estão atravessando. Quase todo o lugar tem o seu autódromo e mesmo onde a pista é de terra é bem-feita e geralmente tem junto uma pista de arrancada ("picada", como eles chamam). O ACA é praticamente uma "instituição nacional" e tem hotéis de viagem e postos de combustível da bandeira YPF espalhados por todo o país, com desconto e vantagens para sócios, como banheiro exclusivo e pagamento por cartão de crédito (que ninguém mais aceita por lá). Sem falar que lá eles usam gasolina de verdade, e não "etanolina"...

      Excluir
  2. É sempre bom saber como as coisas funcionam em outros lugares.
    Gostei da matéria.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. O Brasil precisa de algo assim.

    As entidades daqui não fazem mais do que emitir carteirinhas.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.