CORES POPULARES, GÉRSON PRATA OU GÉRSON PRETO?


"Cores" mais populares no Brasil   fonte: DuPont

Que o prata e o preto são as cores mais populares no Brasil, já é sabido. Sempre achei que isso fosse mais uma tendência formada a partir da "Lei de Gérson", aquela em que todos devem levar vantagem em tudo, sempre. Nesse caso a vantagem seria na hora da revenda. Então não se compra a cor desejada e sim aquela que apresenta a maior vantagem, facilidade de revenda. Algo mais ou menos assim.

Também já escutei outra teoria menos convincente a respeito da falta de colorido nos nossos carros. Como vivemos em um país tropical, rico em diversidade e com um colorido natural bem intenso, não precisamos de cor nos nossos carros.

A DuPont - um dos maiores fornecedores de tintas automobilísticas do mundo - acabou de distribuir seu relatório anual sobre cores dos veículos. Esse relatório mostra que o prata e o preto são as duas "cores" mais populares no mundo. A soma das duas cores representa 50% do total global. No Brasil a soma das duas representa 58%. Na Coreia do Sul esse percentual chega a 59% e na China a 64%. Com certeza a China faz a média mundial subir.

As outras duas outras "cores" mais populares no mundo são o branco e o cinza, que somados representam 36% do total. Ou seja, 86% de todos os carros do mundo não são coloridos! Acho que esse fenômeno pode ter outras explicações além da Lei de Gérson.

Puro achismo meu, pois não tenho embasamento algum para minha conclusão. Acho que como carros são bem duráveis, com os quais na média fica-se pelo menos dois anos, as pessoas os preferem em cores mais neutras ou básicas, que combinem com todas as ocasiões e situações do cotidiano. É mais ou menos como comprar roupas. Se pudéssemos comprar apenas uma camisa a cada dois anos provavelmente a grande maioria compraria uma camisa branca, e não vermelha ou laranja. Do mesmo jeito as mulheres comprariam um vestidinho preto. E assim vai, um  terno preto, uma calça jeans e uma camiseta branca. Tudo básico, que combina com qualquer coisa.

Mas no caso das roupas podemos variar com muita frequência. Então somos conservadores na cor dos nossos carros e nos colorimos de acordo com a situação ou estado de espírito, variando nossas roupas.

Veja a cor mais popular em cada região/país.

Mundo: prata - 26%
Brasil: prata - 33%
Rússia: preto - 21%
India: branco - 29%
China: prata - 33%
Coreia do Sul: prata - 33%
Africa do Sul: branco - 35%
América do Norte - branco - 21%
Europa: preto - 24%
Japão: branco - 28%












PK

52 comentários :

  1. No Brasil, o fenômeno das cores, pode ser explicado pelo prço do veículo ... as cores básicas, são mais baratas .. já a pintura metálica (mais veriedade de cores), tem um acréscimo de, no mínimo R$ 1.000,00 no preço final e as pinturas perolizadas, tem um acréscimo de, no mínimo, R$ 1.500,00 no preço final do veículo ... na verdade, esta "distinção", se deveu ao famoso "plano cruzado" (lembram-se do congelamento de pelos em 1986??) .. na época, como era proibido aumentar o preço, os fabricantes criaram mecanismo para elevar o preço das mercadorias ... daí surgiu a cobrança do frete no veículo, das variações de pinturas, etc ... quem estiver disposto a pagar mais na hora da compra, tem a disposição mais cores ... o valor de revenda é relativo, pois as concessionárias não se importam com a cor e as agências, agem sem uma regra geral (já estive em agência que não aceitava carro branco ou vinho) ...

    Geraldo

    ResponderExcluir
  2. Fico com os Norte Americanos e vou de branco.

    ResponderExcluir
  3. Mas no Brasil depois do vermelho vem bege/marrom?

    E no Japão o Branco é cor de carro modificado! Talvez tenha ligação com o uso da cor em carros de corrida so país.

    ResponderExcluir
  4. O prmieiro carro 0km que eu comprar, já está decidido, vai ser vermelho!
    Eu não aguento mais ver carro da cor prata!
    Mas pelo que eu escuto da boca de amigos, a maioria que compra preto, é porque gosta mesmo, mas a maioria que compra prata é pensando na revenda mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Ainda que não sejã fã de prata e de preto, faço uma distinção aqui: evito a todo custo um carro preto, mas aceito um carro prata. Acho que um carro preto, em nosso clima tropical, é loucura... Daí eu considerar autênticos fornos esses carros populares, sem ar condicionado e com pintura escura.
    Minha mulher ia comprar um Focus ainda na garantia, preto e com interior em couro preto! Tanto enchi o saco dela que ela desistiu do carro e saiu em busca de outra cor. Aliás, alguns carros parecem existir apenas em prata ou preto, como o próprio Focus!
    Carros pretos são dos menos seguros em condição de baixa visibilidade - outro motivo para evitá-los. Carros pretos também deixam muito evidente qualquer sujeirinha na pintura (ao contrário dos prateados).
    Por isso tudo, acho prata bem "menos pior" que preto. Acho que amarelo cai muito bem em alguns modelos, gosto bastante de vermelho sólido, de alguns tons de verde e aprecio bastante o bobsharpiano branco.

    ResponderExcluir
  6. Pior que as cores externas , são s opções de acabamento interno, simplesmente não mais existem, já tivemos interiores bege , interiores em jeans, interiores em azul , hj temos o mesmo tom nas cores com diferenças de acabamento em bujigangas, como portacopos e puxadores de porta.

    ResponderExcluir
  7. Analisando as cores prediletas dos brasileiros: o vermelho tem uma saída significativa nos modelos populares, enquanto que acredito que o marrom/bege esteja nesta posição - pouco acima do verde e do azul - graças ao "champagne", já que há uma parcela considerável de carros novos desta cor.

    ResponderExcluir
  8. Carlos Eduardo22/12/10 11:59

    Meu carro (novo fox) é vermelho, se tivesse opção teria pego amarelo ou aquele azul puxado para o roxo (blue jazz).

    Preto e prata nunca :)

    ResponderExcluir
  9. Acredito que esse gosto por carros pretos seja um fenômeno de origem paulistana. E pelo que tenho observado, parece que vem ganhando adeptos em outras partes do Brasil. Isso é lamentável, já que o preto aumenta a temperatura interna dos veículos e reduz a sua visibilidade no trânsito, conforme mencionado em comentários anteriores.

    ResponderExcluir
  10. Meu carro é prata, mas meio pro bege, uma cor "champagne", mas o motivo é outro e passa desapercebido na maioria dos textos sobre cor: CALOR
    Cores como branco e prata tendem a refletir o calor e amenizam um pouco o trabalho do A/C.

    Não peguei prata/prata pq na hora de escolher meio que vi talheres inox ali hahahahah Aí peguei o prata/bege.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Homem-Baile, você falou em Focus, entrei em um concessionária para comprar um e o vendedor teve a cara de pau de me dizer que só tem preto e prata, as outras cores do catalogo são só para constar.
    Tentei de tudo para comprar um Focus azul e não consegui, acabei desistindo.

    ResponderExcluir
  12. Temos que incluir aí também o fator Tostines. Quando fui comprar meu carro, do modelo escolhido, apenas o preto e prata a pronta entrega (15 dias). Nas demais cores o prazo era de 60 dias. Como não sou fã de carro preto, fiquei com o prata.

    E para colaborar com o post do Homem-Baile, certa vez entrei no pátio da concessionária que recebe os carros sinistrados... um verdadeiro cemitério de carros na maioria bem novos. A cor campeã em acidentes, numa quantidade incrivelmente maior que as outras: preta.

    ResponderExcluir
  13. Temos que incluir aí também o fator Tostines. Quando fui comprar meu carro, do modelo escolhido, apenas o preto e prata a pronta entrega (15 dias). Nas demais cores o prazo era de 60 dias. Como não sou fã de carro preto, fiquei com o prata.

    E para colaborar com o post do Homem-Baile, certa vez entrei no pátio da concessionária que recebe os carros sinistrados... um verdadeiro cemitério de carros na maioria bem novos. A cor campeã em acidentes, numa quantidade incrivelmente maior que as outras: preta.

    ResponderExcluir
  14. Tive um Marea vermelho Alpine e hoje tenho um Novo Uno também vermelho Alpine.

    Gosto dessa cor, não compro carro pensando em vender, mas entendo quem assim o faz.

    Até as locadoras de veículos como a Localiza por exemplo, tem mais de 90% de sua frota na cor Prata, isso facilita a venda do carro mais tarde, sem contar que a cor prata raramente mostra riscos ou sujeira.

    A cor preta eu acho muito bonita, mas em nosso clima não dá, esquenta muito, isso em contar que qualquer sujeirinha vc tem que ir lavar o carro, qualquer risquinho aparece e tal.

    ResponderExcluir
  15. Guilherme M.22/12/10 12:55

    Carro preto não me agrada, e prata também não. Branco, se o carro tiver mascaras negras e rodas grafitadas fica show. Mas se tiver com os faróis simplinhos e "supercalotas", passo.
    Gosto de cores bem exóticas, como o Amarelo Indianápoles e o Laranja Spot (que infelismente saiu de linha) da Fiat. Gosto bastante do Azul dos Opel OPC, e daquele Branco da Alfa Romeo, que dependendo da luz fica azulado, púrpura ou amarelado, a mesma cor do Uno Cbrio.

    ResponderExcluir
  16. Carro preto não é só loucura como disse o Homem-Baile, para o nosso clima é burrice. Aliás o ideal seria o branco, mas por esta ser a cor de taxi em alguns grandes mercados como SP e BH. acaba sendo preterida nesses locais.

    ResponderExcluir
  17. Jorge,
    Escreva para a Ford e faça um escarcéu (ou um ex-Corcel, sei lá). Meta a boca na concessionária! Como representante credenciada pela marca, é obrigação dela disponibilizar para o consumidor toda e qualquer especificação oferecida pela fábrica. E, nesse ínterim, procure outra concessionária. Mas jamais aceite um carro de uma cor que você não quer.
    Qualquer carro zero no patropi é um investimento pesadíssimo - tanto que a própria Ford já anda dizendo que carro acima de R$ 50 mil é "premium" (só porque o New Fiesta básico custa R$ 52 mil). Então, é imprescindível que, por esse investimento, você não receba absolutamente nada aquém do que deseja e procura. Boa sorte!
    PS - Hoje, vi um Chery Face azul metálico. E não é que o danado é simpático? Pelo menos nesse aspecto, os chineses estão melhores que a Hyundai, que só vende carros nas duas famosas "cores"...

    ResponderExcluir
  18. Tenho um carro cinza e outro branco. Como só compro carro usado, a cor importa pouco.

    ResponderExcluir
  19. Aléssio Marinho22/12/10 13:32

    A lista dos meus carros e cores:

    Escort Hobby 1.6 Alcool 93 - Prata e cinza
    Del Rey 86 - Azul
    Corsa 4P 96 - Branco
    Uno Cabriolet 87 - Vermelho
    Palio Ex 2001 - Branco
    Celta 2001 - Prata
    Fiesta 2003 - Preto (nesse fui voto vencido)
    Escort Hobby 1.6 Alcool 93(outro) - Vinho e cinza
    Fiesta Sedan Street 2002 - Branco
    Scenic 2000 - Verde (vulgo azeitona)
    Logan 2009 - Prata

    Vejam que pra mim cor de carro não importa muito. O que me importa realmente é se a cor combina com o carro. Acho que o desenho de um Fiat combina mais com o vermelho, assim como o de um Chevrolet com um cinza. De todas as cores a mais universal é a branca, combina e valoriza qualquer desenho. Isso é o que importa, valorizar o desenho e o seu estado de espirito.
    Já esse negócio de associar branco a taxi é bobagem. É pretexto de desvalorizar o carro na hora da revenda. Acho que deveriam padronizar as cores dos táxis em todo o país, (alô Contran!!!) e de amarelo, afinal é a cor que mais se destaca entre todas as outras. Somente no RJ é que usam essa cor, e de todos os taxis do BR, a mais esquisita é aquela que usam em Porto Alegre cujo nome ninguem me contou até hoje...

    ResponderExcluir
  20. Marz, Champagne sim explica do bege/marrom.

    Mas pelo pelo menos é bonito. Champagne é uma cor tão de tiozão...

    Outro dia vi um Corolla verde claro! Aí reclamam que a cor não vende...é claro!

    A GM tinha q vender mais carros naquele azul matiz mto louco!

    Pelo menos ultimamente vejo vários FIATs vermelho ou amarelos.

    ResponderExcluir
  21. Tenho um carro verde e um preto.

    Meu próximo será vermelho.

    Já tive carro prata. É sem graça.

    ResponderExcluir
  22. Eduardo,

    Já eu não gosto do champagne não... hehehe... e se você observar, o azul e o verde geralmente são tonalidades de prata também: prata esverdeado, prata azulado... é difícil você ver carros novos com estes tons mais puros. É uma pena, pois nos segmentos dos médios pra cima fica só nisso mesmo, prata, preto, cinza e branco.

    ResponderExcluir
  23. Ainda penso que falta boa vontade por parte das montadoras.
    Se você escolher na palheta braco-prata-cinza-preto, terá várias opções de finalização, como sólida, fosca, perolizado, metálico ou P.U.
    Mas se como eu tentou inutilmente uma variação na linha azul, amarelo, vermelho (verde então foi expurgado como praga), terá uma missão bem ingrata, e mesmo que consiga, longe da sensação de realização ou prazer na cor que buscava.
    Exceção e elogios faço a (sempre) corajosa FIAT, sempre motivada a quebrar paradigmas, que faz as cores amarelo e vermelho PU (nos Stilo, Punto e Bravo) serem um colírio aos olhos, neste mundo cinza e sem graça.
    Ah, é verdade: tem os esforços da Volks com o Fox e Cross Fox, com número expressivo nas ruas coloridos de vermelhos, amarelos e laranja, além dos primeiros Ecosport 2.0 amarelo sólido.

    Altos impostos, acabamento medíocre, desempenho pífio e falta de opção de cores - parece até que estamos vivendo na antiga União Soviética ou Alemanha Oriental.

    Abraço
    Sérgio Barros

    ResponderExcluir
  24. Outra justificativa para cores sóbrias em carros além da temperatura é a facilidade de reparo. Repintar cores sólidas como o branco e preto é fácil e barato. Quando partimos para metálicas como o prata, a coisa já se complica. No sol a diferença de tom pode ser gritante. Pior ainda em carros de pintura perolizada. O Corsa de um amigo ralou o capô e não tinha como retocar, tiveram que repintar o capô inteiro, porque perolizada quando é retocada destaca muito mais o 'remendo' com o passar do tempo.

    Queria muito ter um carro com uma cor diferente, forte. Mas pra mantê-la impecável, só num carro de final de semana mesmo. Pra quem precisa usar o carro todo dia e se importa com arranhões e etc tem que se contentar com cores sólidas.

    ResponderExcluir
  25. Meu carro atual é vermelho e o meu próximo carro será vermelho.

    Sairia do vermelho para ir p/ branco, ou azul.

    ResponderExcluir
  26. Acho que hoje em dia existem 3 categorias de carros (e por consequência, de tipos de consumidores): os aventureiros, os esportivos e os sofisticados. Essa última acho que justifica a tendência de preto e prata, a idéia de sofisticação. Antigamente essas eram cores praticamente exclusivas de sedãs luxuosos. Hoje em dia todo carro pequeno quer passar a idéia de sofisticação. O passo seguinte foram os carros pequenos copiando os médio e grandes, com cromados, apliques, copiando detalhes do design e tentando parecer maiores do que são. Não é a toa que os sedãs pequenos fazem tanto sucesso no Brasil. É passar a idéia de ser algo maior e mais sofisticado do que realmente é. Pode reparar que só sai do preto e prata os aventureiros e os esportivos. E ainda sim há os que pensam na revenda e compram um Civic SI prata ao invés de vermelho.

    ResponderExcluir
  27. Eu só tive veiculos brancos e vermelhos até hoje. Lembro que um vizinho invejoso desdenhou de meu saudoso Voyage GL branco que vivia dando espancos em seu Escort cinza escuro 1.8 Autolatrina : "- que merda , vc comprou um taxi!"
    Meu próximo veiculo vai ser azul, já ví Punto e Fox em azuis maravilhosos.

    Por outro lado, amigo meu muito do mulherengo comprou um Stilo preto por ser mais discreto " queria um amarelão, mas ir a um motel num desses seria a mesma coisa que usar crachá".

    Preto eu não teria nunca. Qualquer risquinho aparece e esquenta demais.

    ResponderExcluir
  28. Guilherme M.22/12/10 15:18

    É estranho a Ford não oferecer mais opções de cores para o Focus, pois para o New Fiesta o leque ja ta bem expressivo. E não é com as inúmeras variações de cinza, prata e champagne. Ja vi nas ruas New Fiesta Azul, Verde e até Fúcsia! E em tons vivos e não o prata azulado, branco esverdeado...
    Aléssio Marinho, não bastasse os taxis aqui de Porto Alegre serem um laranja com aparência de vermelho desbotado (parecido com o "vermelho" que a Volks aplica no gol, que na verdade é um rosa escuro), eles ainda tem de ter parachoques pretos, você não sabe como é estranho ver o Siena 4 com parachoques pretos.
    Pior mesmo é a revenda, pois da pra ver na cara que o carro foi taxi, e não uma mera desconfiança pelo carro ser branco. Geralmente, o taxista aqui em POA aaba tendo que vender o carro um pouco abaixo do valor pois o futuro proprietário vai pintá-lo depois.

    ResponderExcluir
  29. Tem um ponto que pesa na escolha da cor, para muitos: A espera.

    As vezes uma cor diferente significa encomenda, significa fila, significa demora.

    ResponderExcluir
  30. acho carros brancos normalmente bonitos, especialmente esportivos brancos...é gosto. Um porsche branco? nada mal!!

    Pena que aqui em SP, numa idéia de algum cretino, virou padrao para taxis, e consequentemente, a cor desvalorizou..
    Taxis amarelos, como em tantas outras cidades, seria ao meu ver muito mais coerente...

    ResponderExcluir
  31. Olá, eu gosto do Corolla Bege Aurora. Ficou incrivelmente belo.

    Agora, curto muito os tons de Cinza Vulcan da linha VW.

    Agora, depende do carro né! Poxa, um Camaro Prata? Não cola muito!

    ResponderExcluir
  32. Não compro carro pensando em revenda.

    ResponderExcluir
  33. Kevin de La Noya22/12/10 18:55

    Gostei dessa pesquisa! Fiquei mais tranquilo em saber que o resto do mundo também é composto de Gersons...

    ResponderExcluir
  34. jopamacedo, quem compra carro pensando em revenda deveria ser proibido de ler esse blog.

    ResponderExcluir
  35. Carro prata é sem graça, preto então nem pensar, aliás, carro preto no Brasil é uma grande burrice, no meu estado, Ceará, deveriam dar um prêmio para quem tem um carro dessa cor tamanho o sacrifício que o dono passa, não é brincadeira o calor aqui, e o ano todo, para vocês terem idéia ontem vi o site do Cptec/Inpe que dava 80% de probabilidade de chuva, nem pingou e o calor continuou infernal, imagina ter um carro preto em um estado que tem bem mais de 300 dias de sol por ano !.

    ResponderExcluir
  36. mas não precisa ser um corsa piquet da vida

    ResponderExcluir
  37. Aléssio Marinho22/12/10 22:18

    Faivic;

    O Corsa Piquet é bonito, assim como o Uno R e até o Fiorino foi pintado de amarelo. Interessante é o Ranger CS vermelha, assim como os Fiestas e KA. Ficam bonitos nessa cor.
    Como disse, a cor combina com o desenho e o estado de espírito do dono.
    Duro foi lembrar de um sujeito aqui da cidade que pintou um SLK antigo de amarelo gema de ovo, e ainda saia berrando aos 4 ventos que era a cor da moda...
    Agora o que doi na alma é o Peugeot Partner preto fosco que vi agora a pouco...
    Xuning na veia!

    ResponderExcluir
  38. Aléssio Mari22/12/10 22:21

    Certa vez perdu um óculos de sol dentro de um Palio branco.
    Só que estava o pátio da Fiat em Betim com 300 carros iguais. Em qual procurar? hehehheeh

    ResponderExcluir
  39. Tem certeza que não inverteram o gráfico do Brazil (com Z mesmo) com o da China???? Em SP deve ser uns 35% prata, 35% pretos, 20% cinzas e os outros 10% das outras cores... Que dureza! Felizmente o meu é marrom.

    ResponderExcluir
  40. Claude de Javel23/12/10 09:10

    A pesquisa se fosse feita no Rio de Janeiro indicaria em terceiro lugar o Amarelo Java. Dá só uma olhada no Google Earth focando Copacabana, o centro, ou outro lugar do Rio.

    ResponderExcluir
  41. Preto e branco nem pensar, não gosto mesmo. Prata aceito, mas acho comum demais. Gostaria que as coisa fossem como nos anos 70, com uma imensa variedade de cores e diversas tonalidades de cada uma delas. Outra coisa que alguém citou, e que me incomoda demais, especialmente nos modelos básicos: a falta de opções de interiores. gostaria de poder escolher do bege ao marrom, um cinza bem claro, azul (também variando na tonalidade), ou vinho, sendo que o azul é minha paixão: nada foi mais espetacular aqui no Brasil, que aquele interior monocromático azul claro que a Chrysler usou no Charger R/T. Era ao mesmo tempo, belíssimo, sóbrio, e requintado.

    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  42. Sua teoria está totalmente superficial.

    Para vc analisar isso, teria que chegar a questões culturais e a mentalidade contemporânea que está se formando no mundo. Reflexo da mentalidade das pessoas.

    E sim, há algo errado.

    Veja esse site e pergunte-se se não faz sentido o que ele fala:
    www.olavodecarvalho.org

    ResponderExcluir
  43. Essas pesquisa sao boas, pra derrubar muitos mitos.
    Inglaterra, a cor mais vendida era o azul, ate 2009, mas nao o azul chamativo, mas azul escuro, quase cinza.

    ResponderExcluir
  44. Tinha o Verde Emerald da Fiat que confundia todo mundo, afinal dependendo de onde se via, exergava uma cor diferente (já ouvi Preto e Azul além do Verde).

    Aquele laranja do lançamento do Punto mesma coisa, de um lado eu via laranja do outro vermelho.

    ResponderExcluir
  45. A pesquisa da Du Pont seria mais esclarecedora se fizesse distinção entre preferência de cor do consumidor - pessoa física, em relação às compras de frotistas. Mas pense bem, um carro popular "seminovo" (Gol, Palio, Celta, Logan) de cor prata, com quilometragem um pouco alta, embreagem dura, com placa do Paraná, Minas ou Tocantins, já é visto com desconfiança e até como mico: ô, esse carrim aí já foi da Hertz, Unidas ou Localiza...

    ResponderExcluir
  46. Minha última compra foi um carro preto, até porque a versão só sai preto perolizado. Concordo que carro preto não é o ideal para um país tropical, mas em SP é aceitável e acho muito bonito quando limpo.
    Na compra anterior (atual carro da minha irmã) minha mãe que escolheu a cor, Peugeot champagne. Esta cor varia muito da marca, o champagne da Peugeot é muito bonito, inclusive bem mais bonito que o prata na minha opinião, mas tem alguns champagnes por aí, que não dá! Pela minha garagem já passaram muitas cores, Gol vermelho perolizado (um cereja lindo!), Santana vinho perolizado (demais!!!), Uno azul claro metálico (que eu odiava a cor, não o carro, a cor mais vendida no Mille, mas o meu era 1.5, acabou se tornando um, digamos, "vira-lata raivoso em pele de cordeiro"), um Voyage GL grafite que era bem invocado também... Ahh e a churrasqueira prateada (gol turbinado)... entre outros
    Ainda não tive carro verde, nem azul... veremos na próxima.
    Quanto ao vermelho sólido da VW, não é única marca que tem este tom rosa, a GM também, já vi tanto Corsa desbotado ridículo.
    Quanto à visibilidade, carro prata no meio urbano em dia de chuva também parece que some na "paisagem"...
    Carro branco, na minha garagem foi Gol BX do meu pai(rs*), só compraria caso seja uma opção de ótimo padrão ou com apelo esportivo. Quem não gostaria de ter um... sei lá... BMW branco!!! ããã?

    ResponderExcluir
  47. É absurdo termos tantos carros escuros (interna e externamente) num país tropical como o Brasil! Os indianos e sul-africanos que estão certos...Outro tabu é combinar com com tamanho e proposta de carro, acho que isso não cabe mais no contexto social que vivemos atualmente, prova disso é que não é blasfêmia nenhuma o Fusion ser pintado em branco perolizado, o branco Sibéria, além de ficar muito bonito.
    Infelizmente os fabricantes privilegiam apenas um ou outro modelo, como é o caso da Fiat com as cores do Novo Uno, a VW com a palheta do CrossFox e a Ford com aquele belo púrpura do novo Fiesta.
    Talvez a cor mais injustiçada seja o roxo e até hoje lamento que a Ford não tenha levado adiante aquele tom (não sei o nome oficial da cor) usado no Ford Ka...

    ResponderExcluir
  48. Aos que disseram que o Focus só é vendido preto e prata há erros na informação:

    1 - Existem sim outras cores para venda, o verde e o azul são lindões, principalmente se for na versão Ghia, mas como são muito escuros se confundem com o preto, principalmente o Azul.

    2 - A Ford tem a péssima mania de denominar outras cores como Prata, tanto que na palheta do Focus são 3 "tons", o dourado (que ela chama de Prata Atenas), o prata alumínio (Prata Geada) e um cinza amarelado (Prata Madrid).

    Eu estou no meu terceiro Focus (Ghia 2009) e é o segundo Prata Atenas, por sinal adoro esta cor.

    Estou a caça de uma Explorer ou Ranger desta cor.

    ResponderExcluir
  49. Mas a palheta do Focus não segue o padrão preto? hahaha... brincadeira...

    O azul e o verde realmente são muito bonitos!!! Quando vi o azul pensei... "É esse!"

    Abs

    ResponderExcluir
  50. Essa estória que carro preto esquenta mais que um branco é que é burrice! Isso já foi inclusive tema daquele programa "detonando mitos". O calor a mais, em razão da cor do carro é DESPREZÍVEL. EM um carro é tão somente um fator psicológico, porque não fará diferença que seja de fato perceptivel.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.