AGILE

Astão circulando na internet fotos do interior do novo carro da GM, o Agile.

Numa primeira impressão acho que o conjunto realmente ficou atraente. Mesmo a qualidade das fotos não sendo boa, dá para notar que a percepção de qualidade do interior melhorou. O design está interessante. Me parece mais rico e bem feito. A continuidade do desenho das portas com o painel demonstra a preocupação em se fazer algo atraente.

O ar-condicionado com mostrador digital contribui para essa percepção. Embora pela foto imagino que o ajuste da temperatura não seja automático, pois não existe indicação de temperatura no display.

O desenho do volante ficou muito bom. E a iluminação do display central com relógio, hodômetro e temperatura, em azul, também melhora a percepção, desde que a iluminação dos instrumentos acompanhe o azul.

Mas depois de um olhar mais atento posso fazer algumas observações sobre pontos que acho importantes.

A ergonomia do painel central poderia ser melhor. O rádio fica muito baixo, quase escondido. Todo o conjunto de acionamentos do rádio e ar-condicionado poderia ser compactado, trazendo o rádio mais para cima, mais próximo da linha de visão do motorista. E assim até aumentar o porta-trecos na frente do porta copos. Daria pra fazer isso sem diminuir o tamanho os comandos do A/C e aumentando os comandos do rádio, que são muito pequenos. Uma explicação para o design das fotos é que a GM optou por manter o posicionamento desses equipammentos conforme o modelo de origem, o Corsa anterior. Soluções como essa ajudam a manter os custos baixos e a viabilizar o projeto.

Outro ponto que ainda não digeri são os mostradores. Aqui hove muitas concessões de função em nome do estilo. As escalas, do velocímetro e conta-giros, são irregulares. Difíceis de olhar num primeiro momento. O ponteiro do conta-giros desce ao se aumentar a rotação. Intuitivamente esperamos que o ponteiro suba. Apesar de eu achar que dá para se acostumar com isso, acredito que função deva vir em primeiro lugar. No entanto, entendo que isso torna o desefio dos designers em inovar muito mais difícil.

De qualquer maneira, não acho que a maioria das pessoas vai se incomodar com isso. Muito reclamamos dos carros nacionais, mas nossa indústria é muito capaz, criativa e adaptada à nossa realidade. Eu pessoalmente prefiro apostar em modelos como o Agile, e fazer todas as críticas construtivas possíveis, a apostar em coreanos importados sabe-se lá como, ou nos ultramodernos e incompráveis como o City.


fonte: es.autoblog.com
mais fotos: argentinaautoblog.blogspot.com

Nota: na Argentina a GM fez um concurso onde as pessoas que enviarem fotos dos protótipos do Agile flagrados nas ruas concorrem a um Nintendo Wii - elnuevochevrolet.com

29 comentários :

  1. Paulo, achei a idéia do velocímetro bem interessante. Valorizaram a faixa de velocidades onde o veículo mais trafegará prejudicando a quase inútil escala entre 160-200km/h. No entanto, em outras fotos que rolam pela internet, há a forte suspeita de que o volante está deslocado. O que é bem ruim.
    No mais, achei um tanto estranha a posição da maçaneta na porta. Olhando, parece que será ruim de manipular.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Laranjo21/08/09 10:15

    O carro em si parece que vai ser legal, mas sinto por ser mais um popular.

    Eu queria mais carros médios pelo menos. Um carro onde ar condicionado, direção assistida e vidros elétricos não fossem opcionais.

    Eu sei que tem o fator PREÇO, mas isso não justifica. O que mais encarece carro no Brasil é LUCRO e IMPOSTO, e não luxo...

    ResponderExcluir
  3. Mister Fórmula Finesse21/08/09 10:16

    Também estou bem curioso em relação a esse lançamento da Chevrolet Brasil.

    Volante bem interessante mesmo, vai lembrar os modelos usados no Cruze e nas Silverados americanas.

    Acho que os belos comandos do ar condicionado digital chamam mais a atenção do que um possível rádio colocado mais acima, quem sabe o suprimento do porta objetos embaixo do som ou uma tampa sobre ele com acabamento um pouco mais esmerado em curva (dobradiça embaixo e escondida) fechariam melhor o console central. Como esse rádio têm o design muito simples, acho que optaram pelo apelo melhor do ar digital. Claro que fica ruim para sintonizar...

    Os mostradores centrais são realmente inusitados, é uma ousadia que a Volks aplicou de forma errada no seu Fox, mas acho que no Agile vão fazer sucesso, parece algo meio vintage....um esforço real e sair do lugar comum.

    Só gostaria de ver um pouco de tecido, de veludo de boa qualidade nas laterais, de carpete um pouco mais felpudo no chão, de plásticos de tato mais agradável e não parecidos com capas de dvd (duros e ocos), das colunas preenchidas com material mais macio e forradas de espuma para a manutenção do silêncio mesmo após muito uso. Gostaria de ver padronagens mais claras também, o fim da ditadura do interior preto e combinações monocromáticas como dos antigos escorts, del rey, monzas SLE, opalas e tantos outros, mas acho que já estou pedindo demais, talvez eu ainda não tenha me acostumado com o padrão Lego de interiores que assolam nossos carros de baixo a médio preço atuais.

    Vamos aguardar!

    ResponderExcluir
  4. "Só gostaria de ver um pouco de tecido, de veludo de boa qualidade nas laterais, de carpete um pouco mais felpudo no chão, de plásticos de tato mais agradável e não parecidos com capas de dvd (duros e ocos), das colunas preenchidas com material mais macio e forradas de espuma para a manutenção do silêncio mesmo após muito uso"

    Nos anos 80 e 90 a GM, para mim, era sinônimo de luxo e conforto. Muito por causa dos bancos e revestimentos com tecidos aveludados.


    Na verdade eu tinha reparado na maçaneta e acabei esquecendo de comentar. Concordo com a colocação.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Paulo,
    Achei bastante pertinentes suas observações e concordo totalmente com elas.
    Aposto bastante no sucesso do novo carro, mas também observo que há muitos detalhes que podiam estar melhores,como fruto de um bom planejamento e boa estrutura 'planning x produto'.
    Esse rádio... bastava ver que Palio já tem um sistema muito mais comunicativo e o Gol tem o rádio em posição bem melhor... Se aqui há os big three, VW, FIAT e GM, como posicionar-se em último nesse quesito?
    Por que abriram mão disso é que me intriga...

    ResponderExcluir
  6. Rodrigo Laranjo21/08/09 10:34

    Ei!!!

    Uma coisa que notei agora e me animou um pouco!!!

    Reparem na alavanca de seta: PILOTO AUTOMÁTICO!!!

    ResponderExcluir
  7. ..."mas acho que no Agile vão fazer sucesso, parece algo meio vintage....um esforço real e sair do lugar comum."

    Muito bom! Achei ousada a iniciativa da GM. Conhenhamos, muito melhor do que a VW com os seus carros onde o conservadorismo impera, talvez com o medo de não agradar. A diferença entre o painel do Gol G3 para do atual é sutil.

    Seria bom se esse Agile fizesse sucesso. Não porque eu ame alguma empresa, mas acho que um pouco de concorrência sempre faz bem. E um estilo mais ousado merece seu lugar ao Sol.

    ResponderExcluir
  8. Nico acima da lei21/08/09 10:58

    O interior passa a impressão de ser de um carro de 30 anos atrás...

    Não gostei

    ResponderExcluir
  9. Mister Fórmula Finesse21/08/09 11:26

    É isso mesmo Paulo, se catarmos na net uma foto da forração interna da porta de um Monza SL/E ou Classic do final dos anos 80 vamos perceber claramente o quanto de estudo e material de ótima qualidade foram gastos para fazer aquela composição; em uma época que ainda era raro os comutadores elétricos nos puxadores das portas (que começaram a vir na família top do escort e verona)...o mesmo na família opala e mesmo os chevettes vinham com farta quantidade de espuma nos bancos e tecidos bem agradáveis ao toque. Interior preto e bancos que parecem de madeira (com exceção honrosa dos magníficos gols gts),não eram muito comum como vemos hoje.

    Existia essa preocupação da Gm no nível de conforto dos seus carros, o consumidor sabia exatamente o que esperar: carros de certa forma "caretas" no molejo mas que vestiam confortavelmente e eram sólidos e duráveis. Questão de filosofia, como cada uma das outras três grandes marcas seguiam as suas próprias na época...

    Hoje o interior de um Vectra C não têm a aura de conforto dos mais antigos (dá quase para machucar a mão nas rebarbas do porta objetos), o Prisma é francamente pobre e mais uma série de exemplos.

    Que o Agile ao menos seja referência no seu modesto segmento, que traga um pouco mais de capricho ao sofrido consumidor brasileiro.

    ResponderExcluir
  10. Esse painel todo ficou com um quê de New Civic, é nítida a inspiração.

    E esse conta-giros vai fazer os motoristas acelerarem até 5 mil giros "sem culpa", pois parece que para o ponteiro chegar ali é um movimento natural.

    No mais, é bom ver algo assim criado aqui, fugindo do lugar-comum e trazendo essa riqueza para um nicho popular.

    ResponderExcluir
  11. Essa do ponteiro do conta-giros indicar mais rotação descendo é perfeita para o Jack Palance: "No Brasil, um fabricante de automóveis criou um conta-giros em que o ponteiro desce à medida que a rotação aumenta. Acredite...(uma longa e enfisêmica arfada)...se quiser". A holeritite na GM do Brasil está mais braba do que eu pensava!

    ResponderExcluir
  12. Aquela maçaneta na posição em que esta logo vai quebrar.
    Não se tem alavanca nenhuma para abrir a porta...

    ResponderExcluir
  13. Esse Nico, tsc tsc, tsc...onde você estava a 30 anos atrás ? em algum planeta mais avançado do que a Terra ?

    ResponderExcluir
  14. Gostei do mostrador central no painél, números grandes e claros. E também do mostrador no conole central apesar o problema citado de ergonomia. O Corsa I serve a minha fámilia muito bem a muito tempo, mas porque não usaram a plataforma Corsa II com sub-chassi? Esse modelo vai ficar entre o Corsa II e o Celta? Ou a GM vai extinguir o Corsa II? Se eu tivesse um Corsa II, como me convencer para trocar por um Agile? (realmente ele é "bonitinho" mas...) Estou curioso para ver de perto. Como os fabricantes perdem a cada lançamento a oportunidade de lançar um produto melhor, então não devemos esperar um acabamento superior ou algo acima do "padrão".
    Um abraço

    ResponderExcluir
  15. Nico acima da lei21/08/09 15:11

    Juvenal, vai dizer que o painel e o volante não se parecem com o do Monza?

    ResponderExcluir
  16. Junior VAMODOIDO21/08/09 17:37

    Voce disse tudo Alberoni. Eficiência não pode se confundir com inovação, evolução. Não é porque o Corsa B é bom(eu gosto muito) que tem que se perpetuar. E não troco meu Corsa C 1.8 nem a pau por esse Agile...

    ResponderExcluir
  17. painel de CG125

    ResponderExcluir
  18. Bob,
    nao seja quadrado (ou redondo?)! num conta-giros circular tradicional, depois da metade da escala o ponteiro tambem desce, certo? e é nessa faixa que nos divertimos!!!!! :-) grande abraco, RT.

    ResponderExcluir
  19. Marlos Dantas22/08/09 00:29

    O formato do velocímetro e contra-giros é interessante, bela fuga do padrão arredondado... Uma pena terem instalado o contra-giros com escala "invertida".
    A posição dos difusores centrais do ar condicionado é boa. Não entendo o por quê da Fiat, geração após geração, não elevar a posição dos difusores do A/C dos seus carros.

    ResponderExcluir
  20. All,

    O que eu notei é que o gatilho da porta é exatamente igual ao da Corvette C3.

    Chevy RULEZ!!!!

    MAO

    ResponderExcluir
  21. VAMODOIDO,

    No fim das contas o que importa é que seja bonitinho, ninguém entende de plataforma mesmo. Vamos esperar a avaliação, quem sabe a GM fez algum milagre. Vamos ver se a GM faz jus ao alarde que ela mesma criou.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  22. Ao menos o ponteiro do conta-giros se desloca no sentido horário, para rotações crescentes.

    Não sei se é pela qualidade das fotos, mas o plástico do interior me parece bem simples, assim como o acabamento em geral, nada de especial frente aos futuros concorrentes. Um pouco de tecido na forração das portas não faria mal a ninguém. Tão pouco "mataria" o custo de produção...

    ResponderExcluir
  23. A GMB adora "prástico".
    Os carros de agora tem mais plástico que os meus carrinhos Hot Wheels.

    ResponderExcluir
  24. Nico acima da lei23/08/09 20:00

    O Jovenal achou jovial este painel. Só pode estar pinel.

    ResponderExcluir
  25. Mister Fórmula Finesse disse...
    ...final dos anos 80 vamos perceber claramente o quanto de estudo e material de ótima qualidade foram gastos para fazer aquela composição; em uma época que ainda era raro os comutadores elétricos nos puxadores das portas (que começaram a vir na família top do escort e verona)...

    Os Unos já usavam botões dos vidros elétricos nos puxadores de porta, como exemplo, o 1.5R de 1987.

    Com relação ao Agile, não me agradou nada esse painel. Os motoboys irão gostar..

    ResponderExcluir
  26. Nico acima da lei24/08/09 10:46

    paineldehonda100ccdetected!

    ResponderExcluir
  27. Bob ,nego aqui compra Ecasport com aviso no quebra-sol que se o boneco abusar o cocolhão capota, vai se surpreender com mais o que?Nem Kombi tem isso....

    ResponderExcluir
  28. Só achei este display do ar-condicionado uma enganação, pois ele não é um controle eletronico automatico, como o do Astra, Polo, Punto...
    O Astra, apesar de "velhinho" ainda tem muitas virtudes...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.