HÁ 30 ANOS

Da revista Veja de 2 de janeiro de 1980 numa retrospectiva de 1979.

O Gol recém-lançado foi dado como um fracasso devido ao seu motor 1.3.

Quem diria...
E a Fiat arrojada desde sempre, líder de mercado.

10 comentários :

  1. Engraçado mesmo!

    "O Landau vendeu exatamente 305 unidades."

    O que são 305 unidades hoje?!

    ResponderExcluir
  2. Clésio Luiz29/08/09 18:44

    Estranho, eu podia jurar que o Gol tinha sido lançado em 1980.

    ResponderExcluir
  3. Seria há 20 anos se a reportagem fosse em 1989 e não 1979; portanto são 30 anos.

    ResponderExcluir
  4. Rodolfo,

    Por que foi me avisar?! Estou mais velho do que eu imaginava.

    Valeu. E desculpe pelo erro.

    PK

    ResponderExcluir
  5. Foram rápidos os alemães para perceberem a "caca" e consertarem...

    Sucesso, mesmo 30 anos depois.

    PS: Eu sempre acreditei que a família BX poderia ter nascido com mecânica "a água", mesmo que a 1.500cc.

    305 unidades de um carro tão caro, como era o Landau acho até bom! Se houvesse um carro da mesma estirpe ainda, creio que nem 100 unidades/mês seriam vendidas. Imaginem com quem algo assim concorreria hoje em dia!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Chiavaloni, foram rápidos nada, lançaram com o 1300 1 carburador, depois 1300 a álcool 2 carburadores com o estepe na mala (depois aprenderam com um mecanico de uma autorizada a colocar o estepe invertido na frente de novo!)que era um cocolhão,depois em final de 81 1600 a ar com 2 carburadores e finalmente em 84 primeiro com o GT usando o 1800 "bielinha" e depois em 85 o MD 270 1.6 ,que em 86 tanto o 1.8 como o 1.6 foram substituídos pelos motores AP " bielões" ...5 anos para colocar um motor decente no Gol,depois não quer tomar coça da Fiat...

    ResponderExcluir
  8. Pois é, por pouco a VW não enfiou os pés pelas mãos com o lançamento do Gol. Por isso ninguém acreditava que o carro seria um sucesso alguns anos depois.

    Bons tempos aqueles, ter a venda os Galaxie/LTD/Landau, nossos últimos representantes dos automóveis V8 nacionais (o Dodge Dakota R/T era um picape, então não conta...)

    ResponderExcluir
  9. Quem, como eu, teve a oportunidade de dirigir o Gol a ar e o a àgua pode ver a diferença gritante entre os dois, deixando, é claro, o comportamento dinâmico de fora, o que sempre foi bom no modelo. Inclusive me lembro de um mecânico de São Paulo que adaptou um motor 1,5L do Passat num desses Gols a ar quando a VW ainda nem pensava em promover tal mudança que selaria de vêz seu destino. Se não me engano, o camarada teve a idéia depois do lançamento do Voyage que, no início, era exatamente com essa mecânica.

    ResponderExcluir
  10. Parece que o anderson não entende de automoveis de luxo. 305 unidades são um resultado muito bom, principalmente naquela época de inflação, onde os bens dobravam de valor todo o mes. O Landau foi por decadas o mais caro carro produzido no Brasil. De ums estudada antes de opinar erroneamente, amigão!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.