NOTÍCIA: FORD LANÇA REVISTA PARA OFICINAS INDEPENDENTES


Revista Motorcreft


A Ford, pela sua área de peças, começa a distribuir uma revista especial para 43 mil oficinas independentes do Brasil. Chamada Motorcraft, a marca de peças de reposição da Ford, a primeira edição da revista será entregue no dia 20 de dezembro, o "Dia do Reparador".
A publicação foi desenvolvida com conteúdo especial para esses profissionais, incluindo ofertas de mais de 30 peças, além de informações técnicas. Numa ação especial, a Ford realizou, em parceira com o jornal Oficina Brasil, uma seleção de oficinas independentes que vão receber gratuitamente ferramentas, como chave de fenda, chave de boca e brocas, da linha Ford Tools.
"Escolhemos o Dia do Reparador para demonstrar o reconhecimento da Ford a esses profissionais que têm uma grande importância no mercado de pós-venda automobilístico. Na realidade é uma homenagem e o aprofundamento de um trabalho de relacionamento muito próximo com as oficinas independentes",  afirma Antônio Taranto, diretor de Serviço ao Cliente da Ford América do Sul.
Linha Motorcraft
As oficinas independentes representam um segmento com grande participação nos serviços de reparação automobilística. São 43 mil oficinas incluídas na ação da Ford. Cada uma atende em média 76 carros por mês, o que representa um volume de mais de 3,2 milhões de serviços realizados mensalmente.

Exemplo de utilidade da revista

"Nesse cenário é importante que as oficinas independentes atendam seus clientes com peças originais, garantindo a qualidade do serviço desses profissionais. Na Ford, a Motorcraft é a marca que identifica as peças de reposição garantidas, numa vasta lista que inclui desde óleos, filtros e fluidos a velas, cabos até componentes dos sistemas de motor, suspensão e freios", ressalta Antônio Taranto.
A Revista Motorcraft visa mostrar as principais vantagens das peças originais, como a garantia de qualidade e a fabricação dentro das especificações da Ford para atender os requisitos de desempenho e originalidade dos veículos. Além da tranqüilidade e satisfação do cliente com o serviço, as peças de fábrica oferecem aos reparadores facilidade de instalação e maior produtividade.(Ford)

21 comentários :

  1. Como fazer para receber ou assinar essa publicação. Acho fundamental ter acesso a documentação oficial da fábrica. Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Bragatto
    Acho que você pode começar pelo SAC da Ford ou fazendo contato via site dela. Mas vou perguntar formalmente à Ford como interessados podem ter a revista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo!!! Aguardo ansioso a resposta.

      Excluir
    2. Também gostaria de receber essa revista, especialmente por ter pouco conhecimento de mecânica, e querer adquirir algum conhecimento nesse campo. Por sinal Bob, ou qualquer autoentusiasta, conhece alguma publicação que tenha boas informações técnicas, de preferencia que auxiliem um novato a aprender

      Excluir
    3. ótimo Bob, eu como usuário de motor Rocam 1.0 e 1.6 a 10 anos sempre senti necessidade de uma publicação oficial a respeito de reparação, esses motores já estão se despedindo do mercado mas sem duvida deixaram saudades seja pela manutenção simples, seja pela resistência ou até pelo desempenho da versão 1.6, resumindo gostaria de ter a revista.

      Excluir
  3. Corsário Viajante18/12/13 20:08

    Ótima iniciativa, a longo prazo isso pode resultar também em menor desvalorização, pois tornaria a manutenção mais conhecida e praticada de melhores formas, significando carros mais inteiros da marca por aí. Tenho um carro mais rodado e sei como é difícil manter eles rodando para quem é leigo.

    ResponderExcluir
  4. Bem interessante a iniciativa, ao meu ver, o mercado de reparação não concorre diretamente com as concessionárias, pois estas são usadas, quase na totalidade por quem ainda tem o veículo em garantia, pois após esse período os preços são proibitivos. Seria bom também reduzir o preço de peças "originais" e aproximá-los dos preços de mercado, tenho certeza de que venderiam muito mais e possivelmente aumentariam sua margem de lucro no total, mesmo baixando a margem por unidade.

    Acredito que, se a iniciativa der certo e perdurar por vários anos, tende a melhorar a imagem da empresa junto ao mercado de reparação e até conservar os veiculos de sua marca rodando mais tempo, ao serem melhores reparados, melhorando a percepção do mercado quanto à durabilidade de seus produtos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corsário Viajante18/12/13 23:02

      Isso é engraçado. Eu tenho VW, de verdade, eu ADORARIA manter meu carro com peças originais, inclusive ficaria feliz de poder contar com mão de obra da VW.
      Mas é impossível, as peças e serviços custam em média três vezes mais caro que peças boas do mercado paralelo... É impossível, se trocar as velas e cabos de velas vai quase 1/4 do valor do carro!

      Excluir
  5. Excelente iniciativa da Ford, tão criticada pela escassez de informações disponíveis aos reparadores. Espero que não seja apenas uma "lembrancinha de fim-de-ano", mas que venha também acompanhada por ações concretas como faz a Fiat (Reparador Fiat) ou a BMW (Parceiros na Qualidade: http://www.parceirosnaqualidade.com.br/bmw/sobre.php)

    ResponderExcluir
  6. Lembro-me de já ter tocado neste assunto aqui no blog, criticando justamente a falta de fornecimento de informações dos fabricantes às oficinas independentes. Parabéns à Ford pela iniciativa.

    http://www.autoentusiastas.blogspot.com.br/2012/07/respeito-pelo-consumidor.html

    ResponderExcluir
  7. Lorenzo Frigerio18/12/13 22:17

    Empresa americana é empresa americana... lembro que a VW "censurou" seus próprios manuais de serviço na biblioteca do SENAI - Ipiranga, proibindo sua fotocopiagem. O curso de transmissão automática era feito sobre o câmbio do Santana, e a mesma proibiu o uso de seu material no curso. Foi necessário lançar mão dos manuais do Versalhes. Nos Estados Unidos, podem-se comprar manuais de serviço originais na Bentley Publishers; no Brasil é tudo "segredo de Estado", a opção não existe.

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto da iniciativa da Fiat ao disponibilizar o reparadorfiat.com.br mediante um breve cadastro on line. Lá você poderá ver os esquemas de montagem de todos seus carros, com os respectivos códigos e descrições de peças. A PSA também tem serviço semelhante através do servicebox.peugeot.com e service.citroen.com

    ResponderExcluir
  9. Boa iniciativa. De fato, como o Lorenzo falou acima, é extremamente difícil conseguir manuais com as próprias fabricantes. Tratam mesmo como Segredo do Estado.

    E como explica a foto do manual, é bem fácil trocar a correia dentada. Troquei a de um motor 1.0 Fire facilmente. O porém foi que o motor era de bancada e havia uma peça que informa quando o comando está alinhado com o virabrequim. Ver o motor rodando depois disso foi muito gratificante.

    Tenho um alternador antigo da Motorcraft, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KzR, a foto não é da correia dentada. : /

      Excluir
  10. Mecânico Anônimo19/12/13 10:39

    Tomara que essas publicações abranjam defeitos de fato, e não somente substituição de itens de desgaste normal, como correias, velas, filtros, fluídos... Quanto às ferramentas manuais Ford, não são extamente brindes que deixem mecânicos felizes da vida, são mais de uso doméstico e hobby, não são para uso profissional...

    ResponderExcluir
  11. Muito bom, parabéns à Ford pelo feito.
    A GMB possui o www.reparadorchevrolet.com.br e qualquer um pode ter acesso a ele, basta se cadastrar no site. Só acho que eles poderiam incluir mais modelos na lista, como o Monza e Opala.

    ResponderExcluir
  12. Ótima iniciativa, a Ford está de parabéns! Que continue com a política de oferecer produtos interessantes a um preço atraente e agora também os manuais de reparação de seus veículos.

    ResponderExcluir
  13. Grande sacada, chega de tapar o sol com a peneira ("leve seu carro sempre nos distribuidores...") como se alguém fosse levar um carro com 80-100 mil km numa concessionária. Meu tio fez um orçamento de revisão de 80 mil km de um Focus mk 1: 15 mil reais ("ficou caro pois tem que trocar o ar condicionado" .. ah, tá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corsário Viajante19/12/13 18:24

      hahaha essa é ótima! O exagero fica claro, mas um carro desses o mecânico nem olha, já condena suspensão, correia, disco, pastilha, tudo que puder, sem nem olhar. E qualquer questionamento será respondido com o famoso "aaaaahhhh mas nesta quilometragem já é hora de trocar né, pense na SEGURANÇA!!!!!!"

      Excluir
    2. Tem concessionária bandida por aí hein? Fiz a revisão de 70k no meu Focus MK1,5 na concessionária aqui de Brasília e ficou em 600 reais..

      Excluir
  14. Legal a iniciativa, mas o doído é ver o preço de algumas peças originais Motorcraft nos concessionários Ford... Como proprietário de dois modelos desse fabricante, sei bem como são essas coisas. Só compro peças Motorcraft nos casos críticos, em que similares no mercado de reposição não apresentem a mesma qualidade, confiabilidade ou durabilidade das Motorcraft.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.