MENTIRA BURRA


Que fique bem claro: não tenho nada contra a marca sul-coreana Hyundai. Pelo conrário, são carros excelentes, de nível mundial. Ainda não dirigi "a nova sensação da Hyundai", o i30, mas desconfio que seja ótimo. Mas o que não dá para engolir é a enxurrada de mentiras veiculadas em anúncios pelo importador oficial Caoa.
Pior ainda é quando a mentira é burra. Dizer que "o melhor do mundo é também o melhor do Brasil" é de uma burrice inominável, já que o mundo inclui o Brasil. Ou não?
Se fosse ao contrário ainda seria admissível, "o melhor do Brasil é também o melhor do mundo". Mas, fora isso, quem é Quatro Rodas para afirmar ser o produto o melhor do Brasil? Pode dizer que é o carro do ano, a escolha dos leitores, da redação ou citações do tipo, mas nunca se imbuir da autoridade para outorgar títulos de melhor do país. Terá a Caoa distorcido a opinião de Quatro Rodas em seu favor?
BS

42 comentários :

  1. Engraçado. Já está ficando normal ler sobre reclamações e fatos absurdos sobra a Caoa.

    ResponderExcluir
  2. Fato!

    Aqui na concessionária hyundai de Curitiba (leia-se, do grupo CAOA), o atendimento é horroroso. Vendedores às moscas, sentados e observando o comportamento de quem chega interessado em conhecer melhor o carro cuja marca eles representam e deixam que o mesmo vá embora sem nenhum questionamento. Soma-se a isso, o fato de quando eu fui la conhecer o Azera, e na época, o Tucson, os carros estarem trancados.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Bob sobre os carros. Ultimamente a Hyundai tem vendido bem e vendido ótimos carros, já que passou o tempo que se associava carros coreanos à vans. Com sorte até teremos um esportivo relativamente barato, como o Genesis por aqui e isso seria uma grata surpresa.

    O problema é a questão da imagem da marca pela importadora. Com o status que a marca tem obtido pelo mundo inteiro me surpreendo como a CAOA não levou um bom puxão de orelha sobre esse caso. Por quanto tempo isso vai se arrastar?

    ResponderExcluir
  4. Estamos no Brasil.

    Enquanto o pessoal continuar acreditando nessas propagandas e comprando, para que mudar?

    Se quem compra Tucson e Azera já se acha poderoso, imponente e milionário, tem mais é de engolir essas propagandas idiotas mesmo. É o que esse tipo de consumidor merece.

    Brasileiro come arroz com feijão, mas arrota caviar.

    ResponderExcluir
  5. Glauco, só acabaria se a própria Hyundai assumisse a operação brasileira.

    ResponderExcluir
  6. Fato é que o consumidor compra esse produto também pelo efeito "vizinho".

    "O vizinho tem um, precisamos comprar um igual". E de boca em boca o carro vai ganhando fama e status. Isso é mais sentido em SP.

    A propaganda tenta, mas não convence o consumidor.

    Basta lembrar daquela série de propagandas da Ford nos anos 1990 (1995 ou 6, salvo engano) em que usaram o ator Pedro Cardoso para mostrar as vantagens dos Ford sobre os concorrentes, não ajudou muito nas vendas.

    Que a Caoa segure as pontas no pós venda, pois quem fala muito dá bom dia a cavalo.

    ResponderExcluir
  7. Francisco Neto09/01/10 14:22

    "Terá a Caoa distorcido a opinião de Quatro Rodas em seu favor?"

    Não duvido. Vide o Prêmio de Carro do ano 2010, segundo a AutoEsporte: Agile?

    Realidade distorcida esta em que as revistas "especializadas" vivem.

    ResponderExcluir
  8. O que me ofendde mesmo nessa propaganda atual, é dizer que o Tucson é o melhor entre TODOS os carros.
    Quer dizer que um Tucson é melhor que um X5, um ML, um Cayenne???

    CONAR já!

    ResponderExcluir
  9. Bob,

    Em sua edição de dezembro de 2009, número 599, a revista Quatro Rodas elegeu o Tucson o melhor carro na categoria "Peruas e utilitários esportivos leves", à frente da Palio Weekend, Ecosport e Spacefox. Na classiicação geral do carro ficou na 12ª colocação (o ranking está na página 85 da revista).

    Já em suas propagandas a Hyundai afirma que o Tucson foi eleito pela revista "O melhor carro, à frente de todos os modelos de todas as marcas", o que mostra que a Caoa e a Z+, sua agência de publicidade, estão mentindo descadaramente para o público brasileiro.

    Em tempo: a revista Quatro Rodas afirma que seu prêmio é dado por voto popular, num questionário aplicado aos donos dos veículos em questão.

    ResponderExcluir
  10. O Tucson não é nem melhor do que seu irmão Sportage.

    ResponderExcluir
  11. João,
    Nem precisa ser proprietário de carro de qualquer marca para votar. E a revista não elege, apenas publica resultado de uma eleição. Picaretagem da grossa mesmo.

    ResponderExcluir
  12. Francisco Neto,
    Você tem razão quanto ao primeiro lugar de Autoesporte para o Agile, mas esta revista nunca disse que o Chevrolet é o melhor do Brasil.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. A Hyundai faz bons carros, mas - algo duro de dizer, mas alguém precisa dizer - o Tucson de geraçao antiga vendido aqui pela CAOA é um lixo. Quem duvidar, que garimpe na net qualquer comparativo da Car & Driver americana. Por exemplo:

    http://www.caranddriver.com/reviews/comparisons/08q1/2008_toyota_rav4_vs._honda_cr-v_nissan_rogue_ford_escape_and_five_more_compact_suvs-comparison_tests

    De 9 carros, o "melhor do mundo" ficou em oitavo. E olha que essa porcaria de SUV enfrentou apenas Toyotas, Hondas, Nissans, Mitsubishis, Jeeps, Saturns, Fords e Suzukis. Ganhou apenas do Jeep Liberty. Imagine se o Tucsonzinho enfrentasse as marcas alemas???

    ResponderExcluir
  15. Artur.Y,
    É exatamente como você disse, funciona assim em muitos casos.

    ResponderExcluir
  16. Joel Gayeski,
    Há um sem-número de açoões no Conar, mas este órgão não é judiciário.

    ResponderExcluir
  17. Não é querendo ser racista ou qualquer coisa "sinônima".

    Mas produtos vindos desta parte da Asia, "cheira coisa barata/ruim". São feitos para serem baratos e ponto final.

    Em um mercado cada vez mais competitivo, onde cada centavo é disputado a tapas por montadores, tudo que é muito barato cheira "gambiarra", para mim.

    Unfortunely...

    ResponderExcluir
  18. Meus Caros, a pergunta que não quer calar: NINGUÉM toma providências?

    Não é possível, quando irão parar com essa mentirada?

    Maurílio.

    ResponderExcluir
  19. Imagino que o i30 deve ser excelente. Vi os números do desempenho do bicho e gostei: 0 a 100 em 9,5 num carro com menos de 200 km rodados. Acho que não deve em qualidade para carros de qualquer origem. Para dizer a verdade, acho que essa fama de carro alemão é lenda. Foi-se o tempo. Tanto que assim que tem-se hoje BMW made in China. Acho que esse papo de carro alemão é pretexto para arrancar mais dinheiro dos compradores. Vejam o BMW 120, por exemplo. Mais de 100 paus naquela marmota que mal tem 150 cv? Faz-me rir!

    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  20. ops, corrigindo o post acima: imagino que o i30 deve ser excelente,pelo que custa. E quanto aos alemães, obviamente são excelentes, mas custam muito caro.

    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  21. A Hyundai ou a Kia,não me lembro no momento,está oferencendo 7 anos de garantia em seus carros na Europa.Quem faz isso sabe o que vende e confia em seus produtos.

    No Brasil,acredito que o maior problema está no pós-venda e nas propagandas da CAOA.Se um dia essa sair do jogo e a marca lançar um carro mais barato no país,tem chances de se tornar uma das grandes aqui.

    ResponderExcluir
  22. Francisco Neto09/01/10 20:59

    Realmente Bob, a AE nunca disse que a Chevrolet é a melhor do Brasil. Mas também não acredito mais nos testes comparativos nem de uma (AE) e nem da 4R.

    Como vc falou no post, não esta se discutindo a qualidade dos produtos vindos da Ásia. Isso já é uma outra questão.

    Sua observação e a de todos aqui é a insistência da Hyundai em afirmar que o Tucson é o melhor carro e que a marca asiátiocamelhor marca Segundo o J.D. Power e também da 4R ou de qualquer outra publicação afirmar que uma marca é a melhor do Brasil. É deprimente.

    Será que a própria marca não se toca?

    ResponderExcluir
  23. As propagandas (e as montadoras) de automóveis sempre mentiram à vontade sobre as "qualidades" dos veículos, não entendi bem o porquê do espanto.
    Abs.

    ResponderExcluir
  24. Bob, a propósito disso gostaria de saber se houve alguma manifestação do CONAR em resposta à denúncia que você apresentou contra a Caoa em 10/12/09.

    ResponderExcluir
  25. Lei de Gerson , Não vou comprar um Bmw serie 1 , Vou de I30 que levo mais vantagem

    ResponderExcluir
  26. Quem quiser comprar um Hyundai, por mim, tudo bem, cada um faz o que quiser com seu dinheiro.

    Só depois não venham reclamar que tá gerando muito gasto, que as revisões são caríssimas, e, se quiserem vender, terão que vender por um quinto do que valia quando novo, porque ninguém vai querer uma bomba dessas.

    ResponderExcluir
  27. A CAOA, se não me engano no ano 2000, aprontou feio com os cliente RENAULT, quando simplesmente deixou de importar os veículos...

    Há uns 2 anos disseram que iam importar os jipes NIVA e também nada apareceu até agora.

    Não confio!

    ResponderExcluir
  28. o problema nao e hiunday e sim caoa
    este sr carlos alberto oliveira andrade faz o que quer na industria automobilistica nacional
    no nordeste domina com a ford,em sp tem um monte de concecionarias de varias marcas
    este sr detonou a subaru no brasil,peca de subaru nao existe e quando existe e mais caro que pecas de porsche,fora a propaganda enganosa que este sr coloca no mercado
    e o brasil fica a merce destes espertalhoes

    ResponderExcluir
  29. Bob,

    Resguarde-se, seu coração não merece ESSE caso

    Desde que o mundo é mundo uns caras acordam de manhã e ... se estrepam !!!! ,por mais que sejam avisados da fria...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  30. Mister Fórmula Finesse11/01/10 08:25

    Certo Bob, existem diferenças simplesmente abissais entre "melhor do Brasil" e "mais votado do Brasil"...ainda mais que nem precisa ser dono do carro para votar. É revoltante mesmo esses títulos!

    ResponderExcluir
  31. "só acabaria se a própria Hyundai assumisse a operação brasileira."

    Concordo plenamente com o Bob.

    O grupo Hyundai-Kia está perdendo tempo e dinheiro deixando suas marcas nas mãos de Carlos Alberto de O. Andrade e José Luiz Gandini.

    Meu pai tem um Kia Cerato que apresentou um problema na caixa de direção e é solenemente ignorado e até debochado pela representação brasileira da Kia.

    As duas marcas chegaram ao cúmulo de brigar entre si - no episódio em que a CAOA afirmou que a Kia era a divisão "mais barata" da Hyundai - e trocarem farpas nas propagandas.

    Empresas irmãs como as duas da PSA.

    Eles vendem carros ditos "premium" mas o atendimento e a comunicação não são nada premium.

    ResponderExcluir
  32. Nesse tipo de casos existem dois problemas:
    1º - O CONAR é um orgão de regulamentação puyblicitária, sim. Apesar de ter uma grandiosa influência nas propagandas, ela não é um orgão fiscal público, o que daria maiores poderes à esses, mas que também deixaria a censura provavelmente mais rígida e tiraria alguns bons comerciais de circulação. Bem, o povo que teme censura sabe do que falo.

    2º - Enquanto não houver punição (e retirar um comercial de circulação já gera algum prejuízo) como retratação da marca e anunciante em rede nacional, através de qualquer mídia, abusos como esse continuarão a se extender.


    Como o Bob concordou antes comigo, parei e pensei: Se a CAOA revende esses carros pelo baixo preço e ainda ganham lucro, a Hyundai/Kia deveria tomar o controle de suas ações no Brasil. Mantendo os preços atuais a taxa de lucro iria aumentar, já que não teria ninguém no meio para redirecionar as vendas e tomar parte da grana para sí.

    Sinceramente torço pra que isso ocorra o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  33. Na minha modesta opinião, acho que a questão central aqui se chama: arrogância.

    Vejamos: segundo o dicionário Michaelis:

    arrogar (ar.ro.gar) (lat arrogare)
    vtd 1. Apropriar-se de, tomar como próprio.
    vtd 2. Dir Receber legalmente como filho (um homem emancipado).
    vpr 3. Atribuir-se indevidamente, tomar como seu: Arrogar-se o direito de mandar.


    A publicidade de alguns fabricantes "se arrogam" o titulo de "melhor". Quem se declara "o melhor", para mim é arrogante. Quem se imbui de "autoridade" pra outorgar títulos de melhor do país ou do mundo, para mim é arrogante também. Assim como alguns sites que se "arrogam" o título de "autoridade em automóvel" para mim são igualmente arrogantes. Vejo isso como falta de humildade e respeito à inteligência dos leitores, consumidores e clientes.

    No caso da Caoa, a arrogância foi praticada de forma condenável pois cita em seu benefício, distorcidamente, pesquisas ou 'fatos' apontados por imprensa ou revistas, sem deixar claro seus pormenores. Fica a impressão de que o anunciante deseja tirar proveito do desconhecimento do consumidor sobre tais fontes e seus detalhes.

    Acho também arrogante uma publicidade de uma certa marca de carros com atores que imitam sotaque alemão, e que diz que faz "carro mesmo". Então será que as outras marcas não fazem carros, mas apenas produtos que "imitam" carros? Então quem tem um produto de outra marca, não tem um "carro mesmo", mas um "carro imitação"? Condenável também é a idéia que tentam passar, de que por ser 'alemão' seriam melhores, citando a "tecnologia alemã". Arrogância pura! Publicidade burra!

    Pra mim, publicidade desse tipo, ofende a minha inteligência. Desperta, não o desejo de comprar um produto dessas marcas, mas sim o contrário, deliberadamente não comprarei, mesmo que sejam "os melhores".

    ResponderExcluir
  34. Os publicitários estão cada vez piores, mas por que sabem que o consumidor está cada vez mais burro, eles não precisam se dedicar numa campanha pois não é necessário, qualquer porcaria vende hoje em dia. Tem propagandas que ofendem a inteligência de qualquer um e mesmo assim continuam passando e seus produtos, vendendo.

    ResponderExcluir
  35. Realmente o consumismo está exagerado. Hoje o consumidor tem mais opções de compra e os publicitários são bem requisitados.

    Pelo que observei das decisões do CONAR existe seriedade nos julgamentos. O que não existe é limite do anunciante, batendo na mesma tecla da falta de ética.

    ResponderExcluir
  36. Eurico Jr.12/01/10 13:36

    Bob,

    Para você ter uma idéia da esquizofrenia que reina na CAOA: estive numa concessionária para ver o Azera e o vendedor teve a audácia de me dizer que a "madeira" do painel era a mesma utilizada pela Rolls-Royce! Dei uma solene gargalhada na cara dele.

    E pra começo de conversa, nem madeira de verdade é. Apesar da CAOA anunciar que é "rádica" (como se fosse um Maserati Biturbo... hahaha!) e a Quatro Rodas acreditar isso piamente, não passa de plástico, o famoso "faux wood" dos americanos.

    E você tem razão, isso só acaba quando a Hyundai assumir a operação. o que ao meu ver já passou da hora.

    No mais, parabéns pelo blog. Absolutamente sensacional!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  37. Tem que fiscalizar os marketeiros de plantão. A coisa tá apertando no ramo de brinquedos. Acho que não se pode dizer que um produto é o melhor do Brasil.

    Sobre as propagandas da CAOA, acho que tão com a faca nos dentes. Isso é bom pra mudar a imagem de uma empresa sem tanto prestígio quanto as quatro grandes e as duas japonesas, que pra maioria dos brasileiros são o ó do borogodó. Mas aí querer comparar o i30 com a BMW, acho um pouco demais.

    ResponderExcluir
  38. Daniel Shimomoto08/09/10 14:20

    Bob;

    Meu pai é o feliz proprietário de um I30. Aliás, comprado na...CAOA!

    Um carro excelente sem duvida, com bastante recursos mas longe de ser o melhor carro do mundo. Honestamente acho que um Ford Focus Guia faz a mesma coisa por menos dinheiro.

    E na cidade o danado bebe uma gasolina......

    Abraços!

    ResponderExcluir
  39. Daniel Shimomoto
    Isso que você diz apenas corrobora minha opinião sobre o i30 mesmo sem nunca tê-lo dirigido: um belo e eficiente carro.

    ResponderExcluir
  40. Eu acho que apenas uma pessoa que dirigiu quase todos os carros, como o Bob, pode dizer com autoridade qual carro é melhor e qual não é.

    Nesse caso a "democracia" é inútil.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.