HÁ 30 ANOS


Trinta anos atrás a Chevrolet divulgou este anúncio em revistas e jornais sobre o Corvette 1980.
O anúncio diz o seguinte:

Nesse mundo em constante mudança, algumas coisas perduram.
Um bom vinho tinto, a neblina suave de uma tarde de outono, e o Chevrolet Corvette.
Agora com 26 anos e ainda o único esportivo verdadeiro da América em produção.
Mas tradição pode viver lado a lado com evolução.
Para 1980, ar condicionado, vidros elétricos e direção telescópica são itens de série. Há um novo e intimidante design na frente assim como uma entrada de ar integrada. Um novo spoiler traseiro foi incorporado e há um novo capô, de perfil mais baixo. Luzes para iluminar dentro das curvas foram incorporadas (vejam na lateral do para-choque onde há uma luz branca abaixo do refletor obrigatório).
A grande tradição de dirigibilidade continua: com suspensão independente nas 4 rodas, freios a disco nas 4 rodas, pneus radiais e barra estabilizadora de maior diâmetro na frente - tudo de série.
Porém além da máquina, há o sonho - Corvette e uma estrada aberta. Para milhares, o sonho continua.
Chevrolet.

14 comentários :

  1. Ainda vou ter um corvette!

    ResponderExcluir
  2. Brilhante o jogo de palavras.

    Ao invés de:
    Now 26 years old
    (neste caso é a expressão em ingles para indicar a idade de 26 anos, mas old quer dizer velho)

    Usaram:
    Now 26 years young
    (e young quer dizer novo, ou "jovem por 26 anos")

    Bem legal.

    MM

    ResponderExcluir
  3. Carlitos,

    Você VAI TER um. Já tem o que basta: querer. O resto vai vir, acredite.

    Só se lembre de me ligar quando comprar, vou buscar o carro com você.

    MM,

    Você está corretíssimo, a tradução foi apenas um bonus, o que vale é ler a propaganda original.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Pretendo ir para o Texas no meio do ano (primeira viagem internacional).

    Alugar um corvette, nem que seja por um dia, está nos meus planos!

    ResponderExcluir
  5. Que bela poesia!

    Domingo passado vi um C3 vermelho mais devia ser 70 e poucos. Esse 80 é muito mais bonito.

    ResponderExcluir
  6. Isso ae Mr. Corvette!
    Tem uma frase que acho muito bacana e ao mesmo tenho medo dela!
    "Tome cuidado com o que desejas, pois o que deseja pode se realizar!"

    Bom meu espediente chegou ao fim!
    Gde Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Mister Fórmula Finesse07/01/10 18:04

    Lindo carro, provocação automotiva em estado bruto. Também fui fisgado, quero colocar minhas mãozinhas felizes em um...(1:18????)

    ResponderExcluir
  8. Quando fica o aluguel de um Corvette nos EUA?

    ResponderExcluir
  9. Sr.Corvette!!!!

    Belos textos! O Sr. é o máximo!

    Pessoal do Auto Entusiastas, onde vocês arrumaram esse Sr.Corvette?

    Ele é um patrimônio para todos nós aqui.

    Sr.Corvette divide as fotos dos seus carros com nóis aqui, vai?

    Please?

    Estou vindo aqui todos os dias esperando mais uma do Sr.Corvette e dessa equipe maravilhosa de experts to Auto Entusiastas.

    Parabéns pessoal!

    Sandro.

    ResponderExcluir
  10. Esses Vettes dos começos dos anos 80 são apaixonantes. E bem-vindo, Sr Corvette, seus posts são incríveis!

    ResponderExcluir
  11. Também achei ótimos os posts do Mr Corvette.

    Esse Vette 1980 então, além de matador de formigas, tem um setup de pneuzada muito bonito,parece os carros da Divisão 3

    Parabéns ao AUTOestusiastas.

    ResponderExcluir
  12. Esses últimos C3, com motores amordaçados pela tralha anti-poluição e com a GM tendo que atender aos limites de consumo impostos pelo CAFE, eram emasculados ao extremo. Opções de 180, 190 e 230 hp (sendo que na última, apenas com câmbio automático). Enfim, autênticos cordeiro em pele de lobo. Ainda bem que os Corvettes voltaram a ficar interessantes com o posterior C4, muito melhor em termos de motor e suspensão.
    Abs, Ricardo Montero

    ResponderExcluir
  13. Tenho certa dificuldade em admirar os Corvette, talves por influencia dos reporteres automobilisticos, pois nunca tive um. Afinal, todas as reportagens que jah lih sobre o carro (especialmete em revistas europeias) foram unanimes: Torque, com dirigibilidade muito abaixo daquilo que se pode esperar de um esportivo. Como o que mais me diverte num carro eh justamente a capacidade de " dancar" em pistas sinuosas, o Corvette acaba parecendo uma pessima escolha.
    Uma pena, porque consegue-se exemplares a preco bastante interessante, especialmete os C4.

    ResponderExcluir
  14. 1980 foi a pior época do Corvette, que ainda usava a mesma base de 1963. Por conta do "CAFE", programa de economia de combustível e controle de emissões nos EUA de 1979, os tradicionais V-8 americanos foram broxados para atenderem a norma. A GM fez cagadas de mestre, como o motor V-8-6-4. Esse Corvette não foi exceção. Com números ridículos de potência e torque, o Corvette 80 não passou de uma sombra perto do que fora na era dourada dos muscle-cars.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.