VOCÊ AINDA VAI TER UM

"OS CORAÇÕES SEGUEM EMPOBRECIDOS"

Impressionante como "a propaganda é a alma do negócio".

Aposto que se você abrir todos os jornais, os grandes, que encontrar na sua frente, mais a Veja, a Exame e a Época, vai achar propagandas da Hyundai.

De marca coreana de segunda, agora virou símbolo de status para a classe média emergente.

Tá certo que a qualidade dos carros melhorou muito, o design também e os preços são atraentes. Mas daí para construir uma boa imagem tem um caminho enorme, traçado por milhões de reais gastos em publicidade nos últimos anos.

Por isso esse fenômeno da Hyundai, que também ocorre nos Estados Unidos, é impressionante. Nos Estados Unidos fazem comparativos de Hyundai Genesis Coupe com Camaro!

Certo ou errado tem um campo enorme entre um e outro. O titular da Caoa - importador e representante da marca no Brasil - sabe bem disso. E os consumidores "Gérson, adoro levar vantagem em tudo" aproveitam. Tudo um grande teatro!

Continua valendo o alerta do Bob: Mentira contínua. Até quando?


Nota: Fotógrafos - pelo menos eu - observam o mundo ao seu redor o tempo todo; andar com uma câmera compacta na mão é uma tentação enorme a clicar tudo que nos causa alguma emoção ou indagação e assim acabam aparecendo posts como esse.

33 comentários :

  1. Olá Paulo,

    Muito interessante o post. Nos EUA, os hoje eficientes e agradáveis veículos da Hyundai simbolizam a compra racional, baseada em custo-benefício, típica de quem não está muito preocupado em impressionar o vizinho.

    Já no Brasil, onde tudo o que vem de fora sofre distorção de valores... Fenômeno agravado pelo importador que, embora inescrupuloso, entende como poucos o coração arrivista da classe média "emerdegente" nativa.

    Que importa se o Santa Fe é importado com conjunto motriz subdimensionado e anunciado com altamente duvidosos 200CV? E daí que as revisões são verdadeiras extorsões realizadas em intervalos risíveis para um veículo moderno? Por que se importar com as descaradas mentiras dos anúncios?

    O importante é ficar "bem na foto" com vizinhos e transeuntes e "impor respeito" no trânsito enquanto se tagarela ao celular parado(a) em fila dupla.

    Este é o Brasil, da ignorânica em todas as classes sociais, do arrivismo arrogante da classe média que tira leite de pedra para fingir que é rica, do "finge que me engana que eu finjo que acredito".

    Um país onde os bolsos podem até estar mais cheios, mas onde os corações seguem empobrecidos, vazios.

    Abraços,
    Fernando Silva

    ResponderExcluir
  2. PK,

    Rapaz, me assustei, em pleno dia de Natal o titulo do ppost parece até rogação de praga, Voce ainda vai ter um! Tá doido, eu não! Hahahaha
    Ah, sei, nunca diga nunca. Então tá, no dia que fizerem um coupe, V8 tração traseira e o motor tendo apenas um unico comando de valvulas central no bloco e as valvulas acionadas através de varetas e balancins! Aí eu compro.

    ResponderExcluir
  3. Fernando Silva,

    Você captou exatamente o que eu penso, mas não consegui expor em palavras.

    "os corações seguem empobrecidos"

    Se me permite vou adicionar isso como sub-tiluto.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Há de se reconhecer um outro fator: quem compra esses carros andava até a pouco tempo atrás de pequenos e populares e quer subir um degrau. A Huyndai consegue êxito também a partir do momento que os veículos nacionais "de massa" em sua grande maioria vão ficando pior a cada "geração" (outro termo que virou marketing).

    Aqui na Europa um Huyndai é uma compra racional, bom pacote por preço competitivo. A qualidade vem melhorando. O design um pouco melhor também. Mas ainda assim, acho o Huyndai i30 fraquíssimo em design, em proporções, juro que já tentei vê-lo "bonito" mas não dá.

    Como alguém deixa de comprar um Focus pra levar um i30?

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo, numa análise mais detalhada o I30 realmente não tem um design coeso e refinado.
    Ele é apenas um pouco diferente.
    A frente não tem nada de mais, parece antiga, carro de anos atrás.
    A traseira é bem diferente, mas falta alguma integração melhor entre as linhas. A maçaneta do porta-malas integrada ao logo também fica perdida no design.
    A lateral até que é interessante. As rodas, que levantam o design de qualquer carro, são ricas, com os apliques cromados, o que ajuda muito no visual.

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  6. AG,

    Do jeito que o cerco está forte acho que esse prazer você não vai ter.

    PK

    ResponderExcluir
  7. Hyundai?? i-30??? Tucson???

    Tudo porcaria...

    Riqueza de espírito mesmo seria comprar um maravilhoso Chevrolet Agile, esse sim um carro de design lindíssimo, super seguro e vendido nos principais países desenvolvidos, coisa que a Hyundai nunca conseguiu fazer com seus carrinhos "mixurucas".

    A propósito Sr. Paulo. O Hyunday Genesis Coupé venceu o Camaro no comparativo?

    Nem quero entrar na discussão sobre a propaganda da Hyundai ser ética ou não, mas taxar a marca de "segunda linha" é meio forte hein!

    Se a Hyundai fabrica veículos de segunda linha, o que a Chevrolet fabrica aqui no Brasil???

    Abraços,

    ResponderExcluir
  8. Bento, você exemplificou exatamente o que eu escrevi e penso. Pra quem tava acostumado com Agile, o i30 é um sonho.

    Aqui na Alemanha, Hyundai é no nível de Opel por exemplo. Não é segunda linha não. O novo ix35/tucson é muito bem feito por exemplo.

    Minha opinião geral sobre a Hyundai aqui e no Brasil é que eu prefiro a Kia, que é mesma coisa mas com um design bem mais refinado. Convido a comparar o i30 com o C'eed daqui. É comum ver mais Kias nas ruas.

    Ah, a saber, a KIA aqui na Europa dá 7 anos (isso mesmo) de garantia... e alguns modelos Hyundai também. Eles são ousados e estão ficando bons. Acho que só falta entusiasmo agora.

    ResponderExcluir
  9. Bento,

    Não falei que os carros da Hyundai são ruins e os nacionais são bons.

    Meu ponto foi mas relacionado a imagem, e como se produz uma imagem.

    Em defesa dos nacionais, sem entrar no mérito se estão ganhando muito dinheiro ou cobrando mais por menos, são frutos de grandes investimentos no país e utilizam mão de obra local.

    Tem mais, preço quem define é o mercado. Enquanto estivermos pagando o que nos pedem e continuarmos comprando Agile e oque quer que seja vão continuar cobrando.

    Quanto a matéria do Camaro vs Genesis não lí. Já sei que os Hyundai são bons e não acho que comparativos sejam muito úteis. Cada um de nós escolhe um carro por razões pessoais, racionais ou emocionais. Portanto dar vitória a um modelo ou outro similar não me diz muita coisa.

    PK

    ResponderExcluir
  10. É,taxar os carros da Hyundai de carros de 2ª linha é bem forçado mesmo.Se comparados ao que temos aqui pelo mesmo preço,ou estão no mesmo nível ou são superiores.A Hyundai e a Kia estão passando atualmente o mesmo que Toyota e Honda passaram a pouco tempo,e logo se solidificarão em nosso mercado.A unica coisa que atrapalha e pode ser chamada de 2ª é o representante da Hyundai no país,o grupo CAOA.

    ResponderExcluir
  11. O Tucson conseguiu desbancar o Civic como sonho de consumo da classe média emergente deslumbrada.

    Enquanto Tucson, Civic e Corolla forem "carro de patrão", então, macacada, a bananalândia é mesmo aqui.

    ResponderExcluir
  12. Pedro Henrique, ninguém taxou os carros atuais da Hyundai de segunda linha. O ponto do post não foi esse.

    Há dez anos atrás os carros da Hyundai eram de segunda linha. Hoje não mais. Fizeram a lição de casa muito bem.

    PK

    ResponderExcluir
  13. Marcelo Augusto25/12/09 21:08

    Qual o problema em se ter um carro desta marca?

    Melhor ter um produto de qualidade a preço justo do que ser um puxa-saco do grande General e andar de Vastra.

    Obs: não tenho carro coreano.

    ResponderExcluir
  14. Não tem problema nenhum em comprar o melhor SUV do mundo!

    PK

    ResponderExcluir
  15. Falta de ética é coisa antiga na propaganda, e não só de automóveis.

    O que mais me chateia no marketing enganoso da Hyundai é que ele não precisaria existir para vender os veículos. Mesmo não sendo os melhores do mundo como ela apregoa, são carros que tem qualidades e são honestos, coisa que muitos fabricantes nacionais sequer oferecem ao consumidor.

    Como o PK disse acima, os coreanos aprenderam muito bem a lição de casa. Tal como os nipônicos fizeram a algumas décadas atrás e com certeza os chineses farão num futuro próximo...

    O tempo das 4 vacas sagradas (VW, GM, Ford e Fiat) aqui no Brasil acabou. Hoje fabricantes franceses, japoneses, coreanos e até mesmo chineses estão se matando para conseguir uma parcela nas vendas, mesmo que isso se traduza em propagandas como a que a Hyundai faz.

    Cabe a nós consumidores usar os neurônios e separar o joio do trigo.

    Forte abraço a todos,

    Bento

    ResponderExcluir
  16. PK
    O problema é a Caoa, com o aval da Hyundai -- só pode ser, a julgar pela montanha de dinheiro gasta em comerciais de tevê -- forçar a barra comparando o i30 com o BMW 1, fora mentir descaradamente com o tal de "melhor do mundo" e, recentemente, "melhor do Brasil". Há muito trouxa por aí que acredita nisso.

    ResponderExcluir
  17. Marcelo Augusto25/12/09 23:17

    A Caoa deveria partir para a mesma tática com a Subaru.

    Dá até desgosto ver tanto Impreza encalhado a preço muito baixo, sem nenhum "entusiasta" pra comprar.

    ResponderExcluir
  18. Estas distorções são puramente ignorancia mesmo. Tanto cultural quanto de aceitar a carga de impostos a que somos submetidos, desde um pãozinho até um avião.
    Faço um pedaço da minha parte: não compro carro zero km.
    Como está, Hyundai é considerado carro de luxo. Só mesmo nesse pobre País.

    ResponderExcluir
  19. Ridículo comparar i30 com Série 1. E tem gente que da trela ainda e teima em dizer que ele é melhor que o bávaro de tração traseira.

    ResponderExcluir
  20. Na boa, essa fotografia soa preconceituosa. Dá a impressão que é de alguém muito abastado que vê a "classe média emergente" de cima para baixo.

    Aceitar coreanos fazendo carros deve ser tão difícil quanto aceitar que a classe média brasileira está aumentando. Essa mesma classe média malhada por todos os lados...

    ResponderExcluir
  21. JJ, fechei contigo, hahahaha, tenho 4 mercedes pelo preço de uma C200K " nacional" de 130 paus e estou bem servido!Andei nm Santa Fé semana passada, interior bacana, mas o motorzinho é frouxo de dar dó ,engraçado,todos os Hyundai tem Tip mas as caixas são 3+E????o Tucson V6 por ser mais leve anda bem , mas mesmo assim....e pensar que por 48 paus vc coloca na garagem uma E430 99 zerada ou uma 540i...

    ResponderExcluir
  22. Sem nome, não é o problema de coreano fazer carros , eles no balanço evoluíram muito,tem bom custo/benefício, a pepa é os caras se acharem por cima de todos, que os carros deles são os melhores do mundo , não é bem assim que a banda toca , peguem um carro desses e analisem friamente , eu não vejo a Toyota e a Honda dizerem que o carro dela é melhor que A ou B, que ganhou premio tal, são ótimos carros (não tem como comparar um Camry com um Azera),vendem bem ,sem propagandas enganosas para pegar pelo pé " a classe média emergente" ,pois quem já emergiu respira ar puro há mais tempo,hahahaha,compra carro com C maiúsculo .....Um Entusiasta realmente acha o Agile o carro do Ano????Nego quer empurrar sardinha para dentro da nossa goela e temos que achar que é caviar??Ah,tá.....

    ResponderExcluir
  23. Na verdade a grande maioria da população é medíocre, ou mediana se preferirem.

    São eles que pagam caro e esperam semanas para receber as "novidades", por mais feias, caras e que provavelmente terão os erros inicais de projeto a serem ajustados.

    Pagam caro por carros sem itens de segurança, mas que venham com toca cd MP3 e que sejam "melhores" que o do vizinho.

    Compram carros como o City que não vale o que custa, e nem bonito é (NMHO), mas que ostenta uma marca reconhecida, esquecendo as outras ótimas opções disponíveis no mercado.

    São eles que dirigem achando que são os únicos na estrada ou nas ruas, mudando de faixa sem dar seta, ou com farol alto onde não há necessidade, parando em fila dupla, estacionando de maneira irregular ocupando mais de uma vaga, andando na esquerda igual à lesma, que bate a porta no carro do outro sem se importar...

    Enfim, são os que se contentam com menos e fazem menos do que deveriam fazer como consumidor ou cidadão.

    ResponderExcluir
  24. Alexboni,

    O post é mais ou menos sobre isso.

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  25. Já que o assunto é a propaganda,qual o objetivo dessa série nova da VW onde a omissão (pra não dizer mentira),parece ser o produto principal ,onde no primeiro filme ,após ser perguntada sobre a fidelidade nos ultimos 50anos a companheira ,decide mostrar o carro que está dentro da sala, e o vizinho que sentiu falta do passarinho e foi perguntar ao dono do suspeito resposavel pelo sumisso do animal de estimação ,que também mostra o carro novo a fim de mudar de assunto, coisas de marketerios!

    ResponderExcluir
  26. Tata,

    Essa eu não ví ainda. Mas de maneira genérica eu odeio marqueteiros!

    PK

    ResponderExcluir
  27. Alexboni, Paulo

    O que tem haver a marca do carro com dirigir mal? Nada.

    Um dia inda para Campos do Jordão, cruzando muito acima da velocidade máxima da via, rodando pela faixa da direita, nem precisei sair dela para duas ultrapassagens. Eram um Porsche e um BMW alugando a esquerda só porque estavam acima do limite da via.

    Há motoristas ruins em carros de "entusiasta" e em carros de "uso diário". Pela porcentagem de carros vendidos, tem mais nó-cego em carro "de entusiasta", e ainda andam mais devagar do que eu no meu simples e "nada entusiasta" Peugeot 206 1,6 16v.

    Quem faz o carro é quem dirige.

    ResponderExcluir
  28. Anônimo,

    Um 206 1.6 16V é altamente entusiastas!!!! Dá pra brincar bastante com um desses.

    Acho que falamos o mesmo que você!

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  29. Fábio Lins27/12/09 09:42

    Sempre recebo na minha caixa de e-mails as atualizações do blog e leio todos, mas essa é a primeira vez que posto um comentário. Gostei do que o PK escreveu e do comentário do Alexboni, pois penso exatamente a mesma coisa. A única coisa que não gostei foi o título que o PK deu, apesar de a Hyundai ter evoluído muito nesses últimos 10 anos. A probabilidade de eu comprar um carro dessa marca é praticamente zero, então o título desse post do PK espero nunca se aplicar na minha vida.
    Mas voltando ao assunto do perfil de compradores desses carros, na minha opinião o problema não ocorre só com carros coreanos, mas com outros modelos específicos de várias marcas. Carros que hoje dão status a classe média na faixa de preço de tucson e i30, principalmente civic, fusion e captiva. O motivo que faz com que eu não me simpatize com pessoas que compram esses carros são porque parece que eles estão guiando um bugatti veyron em potencia e status. Meu vizinho tem um fusion e tenhho raiva dele porque aquele carro gigante do lado do meu carro e ainda o cara não tem o maior cuidado na hora de abrir a porta e fica tudo marcado a porta do meu carro, e eu tenho o maior cuidado pra não bater a porta do meu carro no dele, primeiro que pode fazer uma marca na minha porta e segundo que eu não quero estragar a porta dele pois aquilo que eu não quero pra mim eu não faço para os outros.
    Sei que meu lado entusiasta faz com que eu não entenda uma pessoa comprar esses carros (não gosto de SUVs, sedans só se for esportivo de preferência alemão pode até ser um passat, ou um niponico como um subaru WRX 2006 que nesse caso até prefiro a perua), talvez eu não entenda pois raramente compro o MEU carro por motivo racional ou por status, compro pelo prazer ao dirigir que ele vai me proporcionar. Claro que tem a parte ruim como seguro caro (pois é considero um esportivo nacional), consome um pouco mais, e a revenda não é das melhores, esse último não me importa muito pois não penso em vender o carro tão cedo. Mas como disse, o prazer ao dirigir paga tudo isso!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  30. BEM, JÁ FAZ ALGUM TEMPO QUE ACOMPANHO A SAGA HYUNDAI/CAOA AQUI NO BLOG, MINHA HUMILDE E A SEGUINTE.
    1ª- DIGAMOS QUE A CAOA POR LIVRE ESPONTÂNEA E DELIBERADA VONTADE VÊEM PRODUZINDO ESSE ANÚNCIOS MENTIROSOS SEM O CONHECIMENTO DA MATRIZ (O QUE ACHO IMPROVÁVEL, POIS A ÁREA DE COMUNICAÇÃO EXISTE PARA INTERVIR NESSA ÁREA, AINDA MAIS SENDO DE SEU PORTE),MAS ESTAMOS NO BRASIL ONDE COISAS PIORES ACONTECEM E NINGUÉM PAGA PELO CRIME QUE COMETEU (BRASILIA TÁ CHEIO DESSES CASOS)ISSO DEMONSTRA A FALTA DE CONSIDERAÇÃO PELO MERCADO QUE PRESTIGIA A MARCA.
    2ª- A MATRIZ SABE, MAS COMO AS VENDAS BATEM RECORDE ANO A ANO ELES NÃO INTER VÊEM PARA NÃO (ATRAPALHAR )PREJUDICAR AS VENDAS.
    BEM, SE FOR A 1ª, REALMENTE A CAOA APRENDEU A FAZER MARKETING, POIS A SUBARU QUE E UMA MARCA MUITO MAIS CONCEITUADA E QUE TEM PRODUTOS BEM MAIS REFINADOS NUNCA ESTEVE EM TAMANHA EVIDÊNCIA NO BRASIL COMO A HYUNDAI ESTÁ,PELO QUE ME LEMBRO NUNCA VI UM COMERCIAL DE TV REFERENTE A SUB´, O CONHECIMENTO QUE TENHO FOI ATRAVÉS DE REVISTAS ANTIGAS E SITES, MUITOS VÃO DIZER QUE O VALOR DO SUBARUS SÃO MAIS ALTOS, MAS ISSO NÃO FAZ SENTIDO POIS ELE ENTREGA MUITO PELO SEU VALOR A MAIS, O PRODUTO QUE A HYUNDAI PRODUZ E SEM DÚVIDA MUITO BOM E NÃO FICA DEVENDO AOS PRODUTOS DITOS NACIONAIS, A COISA SE COMPLICA QUANDO A COMPARAÇÕES COM PRODUTOS ALEMÃES, JAPONESES, AMERICANOS QUE TEEM O DESENVOLVIMENTO, CREIO EU MAIS REFINADO NÃO SÓ NO DESING MAS PRINCIPALMENTE NA MECÂNICA. UM DIA ELES CONTRUIRAM SEUS CAMAROS, GTR'S, SLS E NÓS VAMOS APLAUDI-LOS POR ESSE FEITO, MAS SE A 2ª QUESTÃO PREVALECER MUITOS COMO EU DEIXARÃO DE CONSUMIR SEUS PRODUTOS POR QUE MENTIR PARA VENDER UM PRODUTO BOM NÃO E ACEITÁVEL MAS E MENOS GRAVE SE UM DIA ELES LANÇAREM UM CARRO CHEIO DE PROBLEMAS DE SEGURANÇA E NEGAREM COM SEU MARKETING MENTIROSO COM VÊEM FAZENDO E PRA FINALIZAR SE FOR A 1ª, A HYUNDAI DEVERIA DAR UMA DURA E MANDAR ELES PARAREM DE VEICULAR ESSA MENTIRADA DESLAVADA QUE SÓ VAI CAUSAR INDIGNAÇÃO AO CONSUMIDOR ENTUSIASTA QUE SABE O QUE DE BOM E AUTOMÓVEL, ABRAÇO A TODOS E UM FELIZ 2010 PARA TODOS E QUE 2010 NOSSOS DESEJOS ENTUSIASTAS SE REALIZEM!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  31. Fabio Lins,

    Legal que fez o primeiro comentário num post meu! Que honra.

    è isso mesmo. Acho que cada um pode comprar o carro que quiser. Mas algumas (muitas) pessoas são um pouco mais pobres de espírito. Isso me incomodava, mas parece que não adianta nada eu me irritar, pois só eu é que me prejudico. Hoje em dia eu continuo quastionando, mas sem tanta irritação.

    Quanto ao cara do Fusion, cobra dele o retoque na sua porta. Vai ver que o babaca nem percebe o que faz. Aprendi que em situações assim é melhor você falar. Quem sabe o cara se toca.

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  32. Fábio LIns27/12/09 18:02

    Valeu PK!!!
    Já avisei o cara do fusion para ele ter mais cuidado ao abrir a porta, ele pediu desculpas e depois disso nunca mais apareceu marcas no meu carro! Ele é daqueles caras bem desligadão que nem percebe que a porta está encostando em outro carro, pelo menos até agora ele está tendo cuidado.
    Abraços

    ResponderExcluir
  33. Sobre a publicidade da CAOA, não acredito que o sucesso da marca deva a-se a essa estratégia de marketing, esse segmento(suv) sempre foi caracterizado por modismos já tivemos Blazer, explorer,cherokee, fora outros que não me ocorre agora,estava com um amigo inspetor de qualidade aposentado da ford quando travei o primeiro contato com os carros,esse meu camarada é tão chato que exigia que se apertasse as mangueiras do sistena de arrefecimento com torquimetros quando essas apresentavam algum vazamento,foi ele procurar defeitos de acabamento nos veiculos e pra minha surpresa nada achou o que me impressionou conhecendo aquele homem tinhoso...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.