ADEUS BLOCO VELHO





Semana passada meu pai ligou:
- Estou limpando a casa aqui. Encontrei um bloco B18 (Volvo PV 544). É seu? Posso jogar fora?
Eu lembrei daquele bloco, e do carro também.
Eu tinha 13 anos e um amigo do meu pai tinha um Volvo 544 de 1962. Cheio de corrosão. Andava, mas era para jogar no lixo. Posso comprar? -- perguntei. E o meu pai disse que sim! Colocamos o carro no jardim e eu brinquei um pouco com ele.
Depois de um tempo comecei a desmontar o carro, totalmente. Não lembro por que, mas acho que sonhei fazer algo com ele. O carro estava podre mesmo.
Na verdade nada foi feito, mas desmontar um carro inteiro foi uma boa escola para aprender como um carro é feito e como funciona, e às vezes meu pai me mostrava como e por que funcionava isso e aquilo.
Agora, uns 30 anos depois, ele encontrou o bloco do motor, e eu pensei: dá para fazer algo com um bloco velh? Ah, o barquinho que fica no lago, seria bom ter um peso maior na boia onde o barco fica preso.
Aqui na Suécia é normal prender os barcos a uma boia, presa ao fundo do lago com algo pesado. Agora tem gelo no lago. Será que dá para entrar no lago, de carro, com o bloco no porta-malas? Então é só fazer um buraco no gelo e o bloco está no lugar certo, bem fácil.
Mas, pode ser que o bloco pode sujar a água no lago? Meu pai fisse que o bloco estava totalmente nu, sem cárter, e seco, não poderia ter problema.
Eu já sabia que tinha mais de 20 centímetros de espessura de gelo no lago, e isso significa que dá para andar de carro por cima.
Só que havia nevado bastante, e fica meio dificil conduzir com uns 15 ou 20 centimetros de neve por cima do gelo. Mas eu consegui entrar no lago, e com boa velocidade, cheguei no ponto certo sem ficar parado.
Começamos a fazer um buracão com barras de ferro duro, deu bastante trabalho furar o gelo.
Mas, logo depois chegaram uns pescadores com uma broca para gelo, grande.
- Oi ! Podemos pegar a broca emprestada?
- Sim, sim, sem problema.
Os pescadores nos ajudaram, achando legal furar o gelo para um motor velho.
Tudo ficou muito mas fácil do que usando as barras de ferro. Dali a pouco o gelo se quebrou e o bloco afundou como o Titanic.
Espero que o bloco descanse em paz.
HJ

9 comentários :

  1. Final bacana pra algo que tem historia na sua vida. Agora sempre q vc ver a boia vai lembrar do bloco, e do carro, e das suas historias com o carro. Parabens!

    ResponderExcluir
  2. História maneira!
    Deu dó do bloco afundando... hehehe

    ResponderExcluir
  3. Sandoval Quaresma09/02/10 10:37

    poluição do meio-ambiente.

    ResponderExcluir
  4. HJ,
    muito interessante essa história.
    Vai ser legal saber como estará esse bloco daqui mais 30 anos. Fotos subaquáticas serão legais de ver.

    ResponderExcluir
  5. HEHE que historia hiem ! e que frio nessas fotos ! rs

    abraços

    Fernando Gennaro

    ResponderExcluir
  6. Hans,

    Grande fim para e seu Volvo...ô treco útil, ein?

    MAO

    ResponderExcluir
  7. Carlos Galto10/02/10 11:30

    A pergunta que não quer calar... Conseguistes sair sem problema do lago congelado e com uma camada grossa de neve depois???

    ResponderExcluir
  8. Talles Wang10/02/10 22:13

    Puxa...

    Se fosse em Portugal, primeiro jogaria o bloco no fundo do lago, normalmente.
    Depois é que você iria mergulhar lá ebaixo para poder amarrar a bóia.

    Ha, ha, ha...

    Agora,
    Faço minhas as palavras do Galto aí em cima...


    Tallwang

    ResponderExcluir
  9. Galto e Talles,

    Sair sem problema? Saimos sim mais foi um bom esporte. Como o carro só é FWD e não 4WD, as rodas traseiras ficam meio grudadas na neve funda. Girar o carro com velocidade baixa era dificil, tive que balancar para frente e para tras muitas vezes. Quando o carro entrou nas marcas das rodas de quando entramos no lago, consegui aumentar um pouco de velocidade e eu consegui subir pela rua de novo.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.