A GM NAS MÃOS DE UM ENTUSIASTA



Robert A. Lutz, o Bob Lutz, é o vice-presidente de Marketing e Comunicações da nova GM. Na antiga GM, ele ocupava desde setembro de 2001 o cargo de maior autoridade no desenvolvimento dos carros da empresa, e trabalhava como um guru, dando diretrizes básicas e acompanhando os desenvolvimentos ao redor de todas as divisões mundias que realizavam projetos.
Havia sido anunciado que Lutz se aposentaria no final de 2009, mas a GM voltou atrás, e o manteve em cargo de liderança, já que seus pensamentos são necessários para manter um tipo de contraponto ao que um comitê decide como sendo mais racional. Não que ele seja ilógico, apenas exprime-se de forma direta e sem meias palavras, e com uma grande dose de entusiasmo por automóveis, algo que ele assumidamente é.
Para deixar claro o que pensa, de forma direta, cunhou suas leis, que veremos a seguir.
Esse suíço nascido em 1932 tem uma história vasta na indústria automobilística, tendo antes atuado como fuzileiro naval (marine) de 1954 a 1965, onde pilotava aviões de ataque a jato, tendo obtido o posto de capitão. Há um bom tempo coleciona carros, motos e também tem alguns poucos aviões, inclusive a jato (um Aero L-39 de treinamento e ataque) , que ele mesmo pilota. Filho de diretor de banco suíço, podemos imaginar que dinheiro nunca foi uma de suas preocupações primordiais, e se com essa idade (77 anos) permanece ativo em um cargo de responsabilidade enorme em uma empresa tão complexa como a GM, é de se louvar a vontade de produzir e deixar uma marca positiva na sua história.
Iniciou sua carreira civil em 1963 na GM, e trabalhou na Opel, Ford Europa, e BMW. Após cruzar o Atlântico, ingressou na Chrysler, e depois de participar ativamente da segunda grande recuperação da empresa, foi trabalhar em fornecedores de autopeças, e retornou à GM em 2001.
Nesse tempo todo, alguns carros em que Lutz trabalhou e tomou importantes decisões definidoras de características foram:
Ford Sierra
BMW serie 3
Plymouth Prowler
Dodge Viper
Pontiac GTO, versão americana do Holden Monaro
Saturn Sky
Chevrolets Camaro e Malibu
Cadillac CTS
Buick Enclave e Lacrosse
Antes de retornar à General Motors em 2001, participou do projeto do Cunningham C7, um supercarro americano que não chegou a ser construído.

Mas o produto onde exerceu maior influência, ao menos como guardião do projeto, foi o Dodge Viper. Lutz arriscou o pescoço ao manter uma equipe trabalhando de forma extra-oficial, para aprontar os protótipos visando a aprovação para produção. Isso após a direção da empresa deixar claro que o Viper não era desejável, devido ao custo de desenvolvimento e aos pequenos números de vendas previstas.
Como ele é um executivo entusiasta, apoiou o time criador, até chegar a um ponto em que não era vantagem cancelar o projeto. O que se viu foi o Viper como carro de sonho de meio mundo, fazendo a imagem da Chrysler melhorar muito, após períodos de baixa e falta de confiança quase que totais dos compradores.
Lutz é tido como um executivo de fibra. Mesmo que erre às vezes, tem sempre opiniões firmes, não ficando em cima do muro. Como ele mesmo diz, "frequentemente errado, mas raramente em dúvida".
No seu livro "Guts", listou as sete leis que sempre governaram sua atuação profissional, e deixa muito claro ser um entusiasta do automóvel, que sabe que a maioria dos consumidores não o são mas pagam as contas das empresas. Essas leis foram acrescidas de mais uma na reedição de seu livro, que pode ser facilmente encontrado à venda em diversos sites.
As leis de Lutz são espetaculares, e concordamos plenamente, já que ele conhece o negócio automóvel como um todo: o carro, a indústria, os governos e as pessoas.
Uma de suas frases ótimas se refere aos profissionais que desenvolvem automóveis: "If you pay peanuts, you got monkeys". Numa tradução livre, "Se você paga pouco, terá profissionais sem opinião".

As Imutáveis Leis de Negócio de Lutz:
1- O consumidor não está sempre certo.
2 - O objetivo primário do negócio não é fazer dinheiro.
3 - Quando todo mundo está fazendo alguma coisa, não faça!
4 - Excesso de qualidade pode arruinar você.
5 - Controles financeiros são um mal.
6 - Pessoas que causam problemas por quererem sair do usual são um bem.
7 - Trabalho em equipe nem sempre é bom.
8 - Quando você herda um ninho de ratos realmente grandes, não tente atraí-los para fora com comida. Use um lança-chamas.

No original inglês,
Lutz's Immutable Laws of Business:
LAW #1: The Customer Isn't Always Right
LAW #2: The Primary Purpose of Business Is Not to Make Money
LAW #3: When Everybody Else Is Doing It, Don't!
LAW #4: Too Much Quality Can Ruin You
LAW #5: Financial Controls Are Bad!
LAW #6: Disruptive People Are an Asset
LAW #7: Teamwork Isn't Always Good
LAW #8: When You Inherit a Really Big Rat's Nest, Don't Try to Lure Them Out With Food. Use a Flamethrower

Temos certeza que Bob Lutz irá fazer um trabalho diferenciado nessa sua nova fase.
JJ

15 comentários :

  1. Já não rolou um post desses ou algo parecido por aqui?

    ResponderExcluir
  2. "Temos certeza que Bob Lutz irá fazer um trabalho diferenciado nessa sua nova fase."

    Deus te ouça, JJ!

    Uma pena ver uma montadora como a GM nas atuais condições.

    ResponderExcluir
  3. Ele está ficando velho, infelizmente.

    Esqueceu completamente da última lei!

    ResponderExcluir
  4. Carlos Galto24/09/09 08:38

    Quando lí o título me veio a idéia...

    Por que não fazem um post com PROPOSTAS para tirar a GM da crise? Coisas superficiais tipo fusão de marcas pouco representativas, novos modelos, reposicionamento de modelos, aproveitamento de plataformas...
    Podem sair opiniões interessantes.
    Fica a sugestão.

    ResponderExcluir
  5. Gostei das frases dele!
    Bem diferente da maioria dos "gerenticuzinhos" que vemos por ai.

    ResponderExcluir
  6. Senti firmeza, SE o Lutz for realmente ouvido... se o comitê dos covardes de sempre continuar mandando, não vai mudar nada...

    ResponderExcluir
  7. emblemática essa setinha escrito "Rescue" e apontando pra ele na cabine...

    ResponderExcluir
  8. Como pode o Sr Lutz salvar a GM se ele estava lá quando afundou?

    Só agora começou a trabalhar? Tava passeando de avião até agora?

    Ele voltou em 2001! Estamos em 2009! 1,2,3,4,5,6,7,8 anos!!!!!!
    Acorda gente, GM quebrou!

    Vai renascer coreana, vender Daewoos. A americana acabou.

    ResponderExcluir
  9. Gasolina batizada no Cunningham C7 dos outros, é refresco!!!

    A GM não quebrará de vez, mas nunca mais será a mesma. A qualidade de seus produtos se foi há muito tempo...

    ResponderExcluir
  10. JJ,

    A GM nunca mais será a mesma, ea grande prova disso é que eles fizeram um leilão do seu acervo de carros aqui no Brasil, fechado, para pouquissimas concessionárias, online, e COLOCARAM FORA mais ou menos 30 carros, todos eles representativos da marca aqui no Brasil, os primeiros e os últimos montados, todos com baixíssima ou nenhuma quilometragem...
    É assim que eles querem mudar o mercado ??
    Cuspindo no prato que comeram ???
    Ordem de Bob Lutz ???
    Jaime Ardila ???
    Detalhe, o preço final do acervo alcançou mais ou menos o valor de 6 Captivas...
    Isso sim é que é desprezar o seu patrimônio, sendo que alguns carros foram DOADOS para serem guardados pela empresa...
    Vai quebrar, G.M.B. ???
    É por essas & outras que fico cada vez mais feliz ao entrar no meu novíssimo Ford Fiesta 1.6, retirado na loja na semana passada...Pelo menos a Ford não veio com esse discurso de manter a sua história, ela é bem mais autêntica !!!!
    Sinto pena e tristeza de tantos funcionários da GMB que vestiam a camisa da empresa, e que sempre foram entusiastas da marca...
    Eu sou um a menos, depois dessa palhaçada...

    ResponderExcluir
  11. JJ,

    Lutz é demais! É o anti-executivinho que não sabe nada do que sua empresa faz.

    Suas leis deixam de cabelo em pé todos os manés que infestam a maioria das empresas.

    MAO

    ResponderExcluir
  12. Mário César, também estou sabendo dessa palhaçada que a GMB fez com o seu próprio acervo.
    Voce poderia informar qual foi a concessionária que arrematou os carros?
    Sempre fui um grande fã dos excelentes carros que a GMB trouxe pra cá, e tenho interesse em alguns deles, para mantê-los impecáveis ad eternum.
    Sabe a que preço essa concessionária os arrematou e por quanto ela os deixa levar?

    ResponderExcluir
  13. Marcelo R.28/01/10 11:45

    "As Imutáveis Leis de Negócio de Lutz:
    1- O consumidor não está sempre certo.
    2 - O objetivo primário do negócio não é fazer dinheiro.
    3 - Quando todo mundo está fazendo alguma coisa, não faça!
    4 - Excesso de qualidade pode arruinar você.
    5 - Controles financeiros são um mal.
    6 - Pessoas que causam problemas por quererem sair do usual são um bem.
    7 - Trabalho em equipe nem sempre é bom.
    8 - Quando você herda um ninho de ratos realmente grandes, não tente atraí-los para fora com comida. Use um lança-chamas."

    Concordo com estas frases.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.