GALAXIE, O GRANDE BRASILEIRO

Domingo é dia de descanso. Então esse post é bem visual e de palavras suficientes para contextualizar as imagens a seguir.
Aconteceu óntem o lançamento do livro "Galaxie, o grande brasileiro", da Editora Alaúde, num encontro de Galaxies e outros Fords realizado na concessionária Ford Frei Caneca e com apoio do Clube Ford V8.
Estive lá trabalhando...





































37 comentários :

  1. e pensar que tantos foram destruidos para fazer picapes...

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Belíssimos carros, mas principalmente, uma aula de fotografia!

    Ficou muito legal a foto do Maverick dourado com o garotinho passando do lado (até rimou), bem sacado.

    Abssssss.

    ResponderExcluir
  4. E que pedal do freio hein, gostei!

    ResponderExcluir
  5. Aquele vermelho com teto branco e roda raiada ficou lindo ! Sem desmerecer os demais.

    ResponderExcluir
  6. E que trabalho Paulo, que trabalho !
    E pensar que vários desses foram destruídos em corridas de demolição, junto com Dodges e Opalas. Quanta estupidez nesse mundo.

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito chegado a essas banheiras, mas curti um bocado a qualidade fotográfica... Esse tal de Paulo Keller tá mandando ver!

    Agora, a pergunta que não quer calar: na foto de plano geral, tem um Wartburg entre o Fiat Brava vermelho e a Blazer?

    ResponderExcluir
  8. Antônio Martins14/09/09 01:49

    Hoje mesmo eu vi um, estava todo original, apenas duas coisas estravagam o carro, os vidros "filmados", e o fato do cidadão rodar a 30 km/h numa via de 60km/h, onde era impossível ultrapassar. Sua foto dos pedais é muito interessante, em um país onde automáticos eram raros, aquele baita pedal de freio era sempre comentado.

    ResponderExcluir
  9. Paulão, mais uma vez um maravilhoso trabalho !!!
    Não sou muito chegado a transformações em antigos, em especial se tratando de Galaxies, mas reconheço que aquele LTD Landau 1971 em estilo Rat Rod ficou magnífico !!
    Muito legal ver que o GRegson terminou o seu Maverick Grabber americano, e vários Galaxies de grandes amigos paulistas...
    Valeu pelas imagens, Paulão !!!

    ResponderExcluir
  10. Jason, é um Wartburg mesmo. Só você e o dono dele para reconhecerem esse carro. Um 3 cilindros dois temos do jeito que você gosta.

    O carro é do Flavio Gomes e está impecável.

    Obrigado pelo comentário.

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  11. Mario Cesar,

    Obrigado pelo elogio!!

    PK

    ResponderExcluir
  12. Amigo Paulo Keller, obrigado pelo apoio na divulgação e pela presença, que imagino foi um esforço!!!!! rs

    Foi um evento costurado pelo Clube do Ford V8, Amigos do Galaxie, Editora Alaúde e Ford Frei Caneca Brooklin.....ficou lindo mesmo,até por que se Deus e brasileiro, São Pedro é Fordeiro!

    abs

    Paul William Gregson

    ResponderExcluir
  13. Paulo, muito obrigada por sua presença e pelo belíssimo registro do evento.

    Sou fã do seu trabalho!
    Um beijo,

    Laura Nahat
    Editora Alaúde

    ResponderExcluir
  14. Um carro muito interessante. As fotos estão excelentes!

    Parebéns!

    DdS

    ResponderExcluir
  15. Mister Fórmula Finesse14/09/09 10:34

    Você é um artista Paulo! Os carros são maravilhosos, maverick americano, um outro nem tanto com rodas não originais....um galaxie customizado (humm), mas a pergunta que não quer calar? qual o motivo da existência daqueles RÍDICULOS dados de pelúcia em um monte de carros antigos ou customizados? Ainda não entendi o motivo desse atentado....

    ResponderExcluir
  16. Rodrigo Laranjo14/09/09 10:38

    Porque ninguém divulga um acontecimento desses? Eu faltaria no trabalho para ir lá!

    ResponderExcluir
  17. Mister Fórmula,

    Taí uma coisa que eu também gostaria de saber. Pensei nisso enquanto fazia a foto dos dados. No evento havia pelo menos uns 4 carros com os dados.

    Obrigado pelo comentário.

    Abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  18. Rodrigo,

    Vou tentar avisar antes dos próximos eventos.

    PK

    ResponderExcluir
  19. Paul W. Gregson,

    Obrigado você por escrever o livro e deixar documentado toda a história do maior carro brasileiro.

    Obrigado pela visita também.

    Um abraço.

    PK

    ResponderExcluir
  20. Dino Dragone14/09/09 11:21

    Paulo,
    Obrigado pela presença e parabéns pelos registros q ficaram belíssimos. Vc tem mais fotos deste lindo dia? Seria possível vc nos conseguir um CD com elas para eu guardar de lembrança?
    Obrigado novamente, forte abraço.
    Dino Dragone

    ResponderExcluir
  21. Eu até que gostei das rodas do Maverick dourado, a única coisa que não gostei é que parece que ele tem um daqueles grampos que prendem o capô

    ResponderExcluir
  22. PK,
    só para reforçar o coro: lindas fotos. parábens.

    Mr. Finesse,

    já imaginou o tanto que aqueles dados, balançando de um lado para o outro, prejudicam a visão periférica?

    Abraço.

    Lucas

    ResponderExcluir
  23. Mister Formula,

    O lance dos dados surgiu como uma espécie de 'senha' nos EUA, quando alguém queria tirar racha nas ruas, pendurava esses dados no retrovisor interno, isso nos anos 50...
    Claro que alguém veio por aqui e achou que o tal adereço viesse a enriquecer os carros antigos, e trouxe essa mania pra cá...
    Vamos combinar que Galaxie pode ser tudo, MENOS carro pra tirar racha...Nem na década de 80, quando houve um verdadeiro morticínio desses modelos, dificilmente a gente via Galaxies rachando nas avenidas (os preferidos eram Dodge e Maverick), daí a inconsistência desses dados de pelúcia dependurados...Aposto que nem o dono deve saber do motivo deles, rsrsrsrsrs !!!!!!

    ResponderExcluir
  24. Não há pergunta sem resposta (ou versão) com internet. Dizem ser um amuleto de pilotos da 2a guerra.

    Procurem: Fuzzy dice

    Na internet ou wikipedias.

    Mas que isso poderia ficar apenas na história, poderia...

    MM

    ResponderExcluir
  25. Mister Fórmula Finesse14/09/09 11:38

    Lucas e Paulo: é verdade, carros tão aristrocáticos não merecem esses dados cafonas....atrapalham a visão, são horrendos, sem sentido...etc, etc

    Entrei em um Landau esses dias e apesar das generosas dimensões externas como ele veste bem ao volante né? Não precisei fazer uma única regulagem para me sentir muito confortável no posto de condução e para falar bem a verdade, internamente - o que impressiona mais é a largura - o espaço é acanhando em relação ao imenso cofre do motor e do porta malas. Seu câmbio automático também tem uma operação muito leve que exige tato com a delicada e delgada alavanca....um carro muito bem feito no final das contas.

    ResponderExcluir
  26. Mister Fórmula Finesse14/09/09 11:46

    Obrigado Mário César e MM....realmente vivendo e apredendo, tudo tem uma origem apesar que esses dados hoje em dia são um verdadeiro acinte a tais carros.

    A internet é maravilhosa mesmo, ontem olhando a foto de um hot rod americano baseado na carroça funerária original que serviu Dodge City, fui buscar na net referência ao cemitério de Boot Hill - que deu nome ao carro maluco de motor 427 - e descobri o cemitério mais famoso do velho oeste; como adoro história e carros (como tudo está interligado não?,)foi um pequeno digestivo cultural muito interessante mergulhar naquela época das diligências e das carroças dos pioneiros...(avós das station wagons)

    ResponderExcluir
  27. Amigos,

    Desculpem mais nao resisti a isso.

    Chamamos os dados de Fuzzy Dice aqui nos USA.

    A razao, que poucos conhecem, e a seguinte: Na 2 guerra mundial os pilotos de cacas e bombardeios levavam dados nos seus cockpits para dar sorte na missao.

    Na decada de 50, apos a guerra veio a moda de se vender acessorios para carros e dai os dados pendurados nos espelhos retrovisores.

    Porem isso e proibido hoje em dia porque tira a visao.

    Ja os Mexicanos gostam de penduram outras porcarias e o pessoalzinho de Samoa costuma pendurar uns enfeitos que parecem cabecas de indios da cultura deles e ainda piora a visao.

    Mas esta ai a explicacao. Veem dos pilotos da Segunda guerra.

    Num Corvette 1959 ate que fica legal desde que em tamamho menor.

    Meu pai teve 4 Galaxies entre 500, LTD e Landau. Sempre dirigi esses carros, mecanicos e automaticos. Adoro esses carros mas particularmente adorava a trasmissao mecanica.

    Grande abraco.

    ResponderExcluir
  28. Scheidecker,

    Muito bem lembrado, lembro de ter lido algo sobre os Fuzzy Dices, e os pilotos da WW II, e também sobre o tal 'código' de honra dos rachadores de ruas e estradas...
    Quanto aos Galaxies, eles sempre me deram extremo prazer e gosto ao dirigir...Comecei bem, com um LTD da primeiríssima safra, ano 1969, azul-claro metálico, mecânico, com ar condicionado.Comprei esse auto em 1997 para levar a minha ex-esposa à igreja, e depois viajarmos em lua-de-mel, que foi de SP capital até o Espírito Santo, circulando pela Rio-Santos,e posteriormente pela BR-101.
    Viagem de um mês inesquecível, e torrei toda a grana da minha "gravata" com a gasolina do LTD, mas ele correspondeu, sequer furou um pneu...
    Interessante que tive mais alguns Galaxie, LTD e Landau, e também guiei outros tantos de amigos, e sempre tive grande familiaridade com os seus comandos e tamanho...
    Sempre serei fã incondicional desse que foi o mais americanizado automóvel já produzido nesse país...

    ResponderExcluir
  29. Vocês tem dado em casa?

    ResponderExcluir
  30. Tive 2, um 500 73 todo podre que eu usava para ir trabalhar qdo comprei meu primeiro apto , foi o que o dinheiro deu (acho que foi uns 500 reais,hehe) , depois achei um Landau 81 que foi da diretoria das Lojas Pernambucanas aqui do RJ, tinha 80000km, novinho, excelente automóvel , foi um dos carros que eu fiquei por pouco tempo e me arrependi de vende-lo....

    ResponderExcluir
  31. José Netto15/09/09 10:52

    Tive a oportunidade de adquirir o livro com antecedência, pois morando em Pouso Alegre, MG, não consegui participar do lançamento.
    As fotos do livro, são tão maravilhosas como as que foram tiradas no evento, e a história contada no livro, é duplamente rica, pois mostra a parte técnica e também os detalhes. Possuo dois Galaxie, um 62 e um 78, e posso com isso afirmar que ele foi, e sempre será o mais glamoroso de todos carros produzidos aqui no Brasil. Paul, seu livro está á altura do Galaxie....parabéns

    ResponderExcluir
  32. Anderson, também gostei da foto do maverick dourado com o gatoro! Não por seu meu filho, mas que ficou show de bola, ficou!! abraço, Manzoli

    ResponderExcluir
  33. Acabei de comprar o livro em uma banca de jornais, por R$ 44,90.

    Mais um para minha coleção, que aos poucos estou montando. esta Editora está fazendo muito pelo antigomobilismo nacional.
    Parabéns à todos os envolvidos!

    ResponderExcluir
  34. Um primo era motorista de diretoria. Tinha dois carros à disposição: Um Mercedes e um LTD. Adivinha qual era o seu favorito?
    Nunca esquecí ele estacionando aquela banheira, virando o volante com uma das mãos!!

    ResponderExcluir
  35. Ze Madalena BH/MG01/05/10 22:07

    Tenho um GALAXIE ano 1967 !!!
    Minha paixão !!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  36. Assisti no Youtube alguns vídeo que mostram alguns cemitérios (ferro velho) onde se encontram vários Galaxies que estão simplesmente totalmente podres e irrecuperáveis. Porém, nota-se que existem algumas peças desses carros apodrecidos que poderiam ser aproveitadas para ajudar na restauração de algum Galaxie e ajudar na preservação do Galaxie. As oficinas especializadas em Galaxie e um grupo ou associação que defendem a preservação do Galaxie poderiam começar a ir nestes lugares e pegar todas as peças boas dos Galaxies e armazenar tudo isto num lugar. Depois quando alguém precisasse dessas peças, poderiam ser vendidas pelo correio. Divulguem está ideia e vamos ver se alguém pode se interessar por este assunto que seria um grande paço em direção da preservação dos últimos Galaxies que felizmente ainda existem no Brasil.
    Tenho um Galaxie Landau 1979 (cor: cinza executivo)
    Ass. Herr Lord VAGNER LUIZ PIMPAO von BERSA.
    Blog: lordpimpao.blogspot.com
    E-mail: palhacinhopimpao@msn.com

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.