SUSPENSÃO REBAIXADA


Passava ontem por uma rua do bairro da Vila Maria, em São Paulo, quando vi este Omega com suspensão rebaixada. Achei tão absurdo que parei e fiz a foto com o celular. O André Dantas estava comigo, estávamos indo à gráfica que produz o FlexCalc para tratar de assuntos referentes ao nosso calculador de escolha de combustível.

Fico imaginando o que se passa na cabeça de alguém ao andar com um carro sem suspensão, pois do jeito que está este Omega não existe mais curso de compressão. A menos que os pontos de fixação da suspensão à estrutura fossem alterados, o que não acredito ter sido o caso neste exemplo.

Algum tempo atrás seguia à minha frente uma S10 tão rebaixada que o veículo ia aos pulos nas irregularidades normais do asfalto.

Ontem me contaram que havia em São Paulo (não sei se ainda há) uma oficina que rebaixava a suspensão sem retirar as molas. Com o carro no elevador, era usado maçarico de solda oxi-acetilênica para destemperar alguns elos de mola...

É possível rebaixar a suspensão, mas o carro precisa passar por uma inspeção e receber certificado de segurança, de acordo com uma bem-vinda resolução do Contran.

BS

100 comentários :

  1. o pessoal gosta de estragar o carro, coisa de moleque que não tem noção do que esta fazendo, ainda por cima com insulfilm escuro, só faltou o engate para reboque atrás, definitivamente, a ignorância não tem limites

    ResponderExcluir
  2. sem contar que com nossas vias esburacadas, cheias de quebra-molas, com paralelepipedos mal colocados, o pobre do carro deve levar constantes pancadas por baixo,
    conheço um sujeito que tem o carro rebaixado e anda sem protetor de carter, chamei ele de maluco, ele não me disse nada, hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Bob,
    Ontem estive num centro automotivo e tinha um Omega lá para ser cortado um elo de mola. Esses carros estão naquela fase de decadência, antes de virarem peças de coleção, e como já ocorrera com o Opala Diplomata, estão indo parar na periferia onde o gosto por máquinas rebaixadas e filmadas predomina entre os jovens. Claro que tudo é feito da forma mais barata possível, daí a falta de critério técnico.Agora imagina a manutenção desses carros, a adaptação de peças de outros modelos....abraços

    ResponderExcluir
  4. sera a ignorância do povo, profissionais cada vez mais incompetentes e desqualificados, empresas mal gerenciadas e administradas, um mal do século XXI? ou isso é apenas uma desgraça que assombra o Brasil?

    ResponderExcluir
  5. sem contar o seguinte né, cá entre nós, Omega não é um carro de manutenção barata, o sujeito rebaixa o carro, vai afrouxar toda a suspensão, acabamento e etc, por fim, vai terminar de destruir um carro que ja não é tão novo...

    ResponderExcluir
  6. João Carlos07/07/09 10:49

    no final das contas são uns pobre coitados que nem sabem o que estão fazendo, a ignorância ja faz parte da cultura do povo

    ResponderExcluir
  7. Rodrigo Laranjo07/07/09 10:52

    Eu sempre quis entender porque rico, que mora geralmente em bons bairros com asfalto lisinho, compra SUV e pobre, que mora na "perifa", onde o asfalto é péssimo, rebaixa o carro pra atolar no asfalto.

    Que me perdoe os postos Ipiranga, mas aquela história de "Apaixonado por carros como todo brasileiro" é balela pura. Brasileiro não gosta do carro, brasileiro gosta de aparecer, e o carro é só um meio para isso.

    ResponderExcluir
  8. Marlos Dantas07/07/09 11:13

    Lamentável...
    Um sujeito desse não tem o mínimo de respeito pelo carro e nem mesmo pela própria segurança!
    Destemperar o metal... Será que eles sabem o que significa isso?
    Infelizmente as autoridades de trânsito "deixam passar" estas aberrações. Durante a vistoria de licenciamento anual, num posto do Detran aqui do RJ, havia um Omega tão rebaixado quanto este da foto, porém, com rodas 17” (ou 18”). A princípio o veículo, devido ao rebaixamento, não poderia receber o licenciamento 2009, mas depois de uma “conversa” com um dos responsáveis do posto, o carro foi liberado (e a documentação 2009) sem nem ter sido vistoriado.

    ResponderExcluir
  9. Bob,
    só pela foto não dá para saber, mas pode ser que esse carro tenha suspensào a ar, que pode ter a altura variada quando necessário, isso já está se tornando um pouco comum, mas esse tipo de modificacão me dá azia, de qualquer forma.

    ResponderExcluir
  10. Tremendamente pertinente o último comentário do Rodrigo Laranjo.

    Esse caso me lembrou o de um VW Saveiro que vi tempos atrás. De tão rebaixado, os cones em que sua suspensão são apoiados estavam se ragando como papel, por conta dos constantes impactos que recebiam sem dó nem piedade.

    Ao perguntar a respeito do porquê fazer uma coisa dessas com o carro e apontei o defeito, as respostas foram chocantes: primeiro, que o Saveiro era um veículo com "vocação esportiva" (quando sua caçamba faria supor ser um utilitário), e em relação ao dano, "é só soldar que fica novo".

    Vocês acreditam que uma simples solda é capaz de deixar um carro com tamanho dano seguro novamente? Nem eu.

    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
  11. Mister Fórmula Finesse07/07/09 11:39

    Triste fim de um carro que já foi (e ainda serve) como referência em engenharia e qualidade, lembro de toda a aura de sonho que envolvia o Omega Cd no seu lançamento, a maravilhosa cobertura que Bob Sharp fez na Quatro Rodas da época (a sala de espelhos...), era o absoluto, o onipotente e recém laureado novo chevrolet. A Autoesporte também conseguia marcas incríveis com o carro escapando dos parcos 1.800 metros da reta de Limeira, causos e lendas foram criados em torno desse carro que agora caminha igualmente veloz para as mãos desses maloqueiros que não entendem nada além de muitos décibeis em seus aparelhos de som para despejar funk e "proibidões" pelos ouvidos alheios. Essa mania de rebaixar carros eu sinceramente não entendo, detona o projeto original, não acho que melhora o visual do carro e o torna perigoso em mãos pouco hábeis. A algum tempo, escolhendo uma saveiro para um familiar, andei em uma dessas que por via de regra estão sempre rebaixadas, e rebaixada sem critério é claro. Pulava muito no calçamento e andando forte nas curvas conhecidas, é possível perceber que as entradas nas curvas são mais velozes visto que a carroceria rola menos, mas que ao cutucar os limite, a perda de aderência vem de forma bem mais abrupta de que a suspensão original, e estranhos movimentos parasitários começam a ser transmitidos sutilmente (de ínicio) para as mãos e pés do condutor...pode causar problemas em que não consegue estabelecer o seu limite, enfim...não gostei nem um pouco da diribilidade dessas suspensões "esportivas".

    ResponderExcluir
  12. De novo o canto das sereias. "Quanto mais, melhor". Absurdo.

    Vejam como não existe critério técnico real no rebaixamento.

    O Omega possui uma geometria de suspensão traseira que faz os pneus apontarem para dentro da curva quando há rolagem de carroceria nas curvas. Isso aumenta o raio da curva para o mesmo ângulo de esterçamento das rodas dianteiras, e melhora a estabilidade em alta velocidade.

    Rebaixado sem critério do jeito que está, as rodas traseiras vão apresentar forte convergência, desgastando rapidamente os pneus.

    É. Parece que essa molecada e essas oficinas "entendem muito" de suspensão...

    Lástima.

    Depois eu que sou chato...

    ResponderExcluir
  13. Mister Fórmula Finesse, justamente por ter sido um símbolo de status no passado e ter manutenção cara que esses carros vão parar na mão da molecada.

    O alto custo de manutenção joga o preço do carro para um patamar que a molecada pode pagar, e o brilho já fosco de status ainda impressiona nos bairros mais afastados.

    Há 10 anos a molecada tinha Opala, agora tem Omega.

    Mas não são só esses carros.
    Já vi muito BMW e Alfa Romeo dos anos 90 nas mesmas condições pelas mesmas razões.

    ResponderExcluir
  14. Antônio Martins07/07/09 12:22

    O maior problema é a retenção de tráfico que gera estes carros, justamente o contrário do que seu visual "esportivo" quer demosntrar.

    ResponderExcluir
  15. Ele (ela?) precisa concertar a porta...

    ResponderExcluir
  16. Já passei por isso.

    Tive minha época de carro rebaixado, tanto com um fusca, com suspensão catracada, quanto com uma elba, com 2 elos a menos na frente e feixe traseiro retrabalhado, além de amortecedores com maior carga.

    Hoje não cortaria mais as molas, isso, confesso, é uma bela duma cagada, mas acredito que feito um trabalho com um maior critério técnico, usando molas e amortecedores apropriados, poderia-se unir um visual mais "esportivo" sem alterar negativamente a geometria do carro ou sua estrutura.

    Obviamente, não estou falando do carro "socado" como esse da foto, que mal se locomove, mas, por exemplo, trazer o carro a uma altura que pudesse favorecer, inclusive, o consumo.

    Meu carro anterior (Ipanema) e o atual (Novo Ka), mantive na altura original porque suas suspensões me atendiam e atendem a contento.

    ResponderExcluir
  17. Bob.

    Se não me engano,e acho que estou bem certo, o novo Código de Transito proíbe qualquer alteração do sistema de suspensão, que venha a modificar as características originais de fábrica. Mas parece que poucos sabem sobre isto, ou seja, não acompanharam as mudanças na legislação de trânsito que ocorreram. Alguém confirma meu posicionamento com relação a questão?

    ResponderExcluir
  18. estragar um carro tao confortavel...
    isso virou lixo, lixo para andar, lixo para olhar... uma pena...

    ResponderExcluir
  19. Carlos Galto07/07/09 13:28

    Dói só de olhar...
    Tive um Monza hatch com a frente rebaixada em um elo. No dia seguinte coloquei outras molas originais pois ficava enjoado com tanto pulo sem o carro melhorar nada em curvas...
    Esse Omega tá com cara de suspensão a ar sim, o que não deixa de fazer com que o seu dono mereça tomar UM TIRO em cada dedo!!!!

    ResponderExcluir
  20. Diego M. Debesaitys07/07/09 13:34

    E pensar que um dia esse Omega já foi zero km...

    ResponderExcluir
  21. o mais engraçado ou irônico é que se talvez o dono tenha visto o Bob tirando a foto deve ter pensado:
    - o cara curtiu minha caranga, é nóis na fita e no dvd!
    hehehehhe!

    ResponderExcluir
  22. Só para relatar o que uma suspensão rebaixada faz eu fazia cobrança junto com um chefe quando trabalhava em uma contabilidade. Ele tinha um Mille EP Vermelho Madri e adorava fazer gracinha em posto de gasolina, especialmente quando tinha uma frentista. A gracinha predileta dele era colocar o carro em ponto morto, desligar o motor e deixá-lo rolar até parar em frente a bomba sem frear.
    Um dia, o Mille comprado zero quilometro foi para a revisão e o meu chefe pegou o carro do filho dele, um Uno 1.5 R turbinado e com corte nas molas. Digamos que o carrinho era inconstante em baixa e indócil em alta. E na hora de abastecer ele resolveu fazer outra dessas gracinhas em um posto de gasolina. Acredite, apesar do angulo de inclinação do posto ser algo quase inexistente, simplesmente os meus rins pediram demissão e a frentista não entendeu o porquê de dois adultos passando mal em um carro que vinha andando normalmente em uma avenida. E o pessoal reclama que a suspensào do Mille é dura e desconfortável. E o moleque não aprendeu, tanto que ele tinha um Gol quadrado turbo e para andar na cidade era um exercício de logística e localização. Se acabasse aparecendo algum quebra-mola ou valeta no caminho, era por uma roda, depois outra, desce devagar e ainda raspava o fundo. E como todo turbo de oficina, era inconstante nas baixa rotações e chucro nas altas...

    ResponderExcluir
  23. Eu comprei meu carro rebaixado, porém o carro não chegava na frente da minha casa sem raspar nas lombadas, além de que fiquei impossibilitado de usar a garagem. Felizmente o antigo dono que realizou esta modificação andou pouco com ele, não causando danos estruturais. Mas é horrível pra andar na cidade, na estrada e a estabilidade nem é tão favorecida assim.

    ResponderExcluir
  24. A máxima para carro rebaixado, é o ganho em estabilidade e beleza.

    Já abusei um bocado com uma Parati 1.0 16V que eu tinha, na entrada de Alphaville, juntamente com um amigo meu com uma Parati 1.6, rebaixada e com rodas 16".

    Era incrível a diferença entre eu e ele fazendo a entrada. Enquanto eu entrava "forte" a 105 km/h, ele no máximo entrava a 95 km/h.

    Certa vez peguei o carro dele para ver se era o piloto que fazia a diferença... Não! Não mesmo! Ele entrou ainda mais rápido que eu na curva com meu carro e eu quase perdi o carro dele!

    Depois disso, em 3 dias o carro dele estava com molas originais novamente e ele dizendo que tinha "desiludido" de carro rebaixado.

    ResponderExcluir
  25. Olha.... Não tem nem o que falar.
    Eu teria que tentar ser mais ignorante do que quem faz isso pra expressar o que eu penso.

    ResponderExcluir
  26. E para piorar a situação, essas coisas modificadas pioram ainda mais o trânsito... Principalmente quando se deparam com os "dejetos viários" (lombadas) travam todo o trânsito que vêm atrás simplesmente por que têm de passar extremamente devagar sobre elas. Isso quando não invadem a pista lateral para conseguir vencê-las.
    Estupidez pura...

    ResponderExcluir
  27. Devo ser um "ET", mas não me sinto nem um pouco atraído por carros rebaixados. Aberrações como esse Omega da foto, dão arrepios! Só de pensar que o dito cujo deve estar usando umas bolsas de ar no lugar das molas originais então, melhor deixar pra lá senão a gente pira!

    E o pior é que a "otoridade" em suspensão deve estar achando que conseguiu "aprimorar" ainda mais a já excelente suspensão do Omega, incrível...

    ResponderExcluir
  28. Só não se falou acima de outro aspecto fundamental: o cara só roda assim, como quer, e só faz a adaptação que lhe dá na telha porque não há fiscalização.

    Há radar para rodízio, há radar para fiscalizar velocidade, há lombada eletrônica e "concreta", mas não há fiscalização.

    Só vale o acochambro. Seja das molas, seja das leis.

    ResponderExcluir
  29. Brucemann,
    E isso mesmo, ninguém fiscaliza carro socado.

    ResponderExcluir
  30. Delmiro,
    Bem lembrado. Esses carros prejudicam muito a fluidez do trânsito.

    ResponderExcluir
  31. Chiavaloni,
    Essa sua história mostra bem como as pessoas estão equivocadas nessa questão de altura de rodagem. Muito boa.

    ResponderExcluir
  32. Anderson,
    O cara não viu tirar a foto, mas que teria sido engraçado, sem dúvida.

    ResponderExcluir
  33. Aziz Neto,
    Rebaixar é permitido, mas o carro precisa ser submetido a inspeção por oficina ou órgão credenciado pelo Detran do estado, receber um certificado de segurança e ter a alteração registrada no documento. É resolução do Contran. Só assim o carro passaria por eventual fiscalização.
    O que não pode de maneira alguma é alterar-se o diâmetro da roda completa.

    ResponderExcluir
  34. Bob,

    Da mesma forma que não se pode alterar o diâmetro externo do pneu em um carro de passeio, porquê jipes podem andar com aquelas aberrações, muitas vezes para fora do paralamas, com rodas deveras maiores que o conjunto original e com uma suspensão que permitiria qualquer Oscar Schmit ficar em pé de baixo do veículo?

    Alguém conhece alguma excessão na lei para os Jipes ou eles também vivem na "clandestinidade"?

    ResponderExcluir
  35. Ivo Junior08/07/09 09:05

    Isso é triste, centenas de engenheiros do mais alto nível (Opel) projetam um veículo para ser top e cai nas mãos de pivetes sem miolos... Logo um Ômega, cujo projeto é um primor de engenharia.

    Já tive carro rebaixado, foi para experimentar, no início do curso de engenharia. Não gostei, piora consideravelmente o desempenho dinâmico do veículo. Só é bom em pista, onde tem pouca ondulação e ambiente controlado, mas DEVE ser acompanhada da troca do conjunto molas/amortecedores, a fim de manter a frequência natural da suspensão perto de 2Hz (para corrida, onde o projeto original devia estar perto de 1 Hz - conforto), pois pressupõe rodar em velocidades altas (pista, não rua). Natural que o carro fique quicando nas ruas com ondulações e buracos, pois somente cortar as molas aumenta a constante de mola (k), onde os amortecedores não mantém a relação de amortecimento ideal para a nova mola e, enfim, a "suspensão efetiva" do veículo acaba indo para os pneus (que geralmente são trocados por rodas maiores e pneus menores, o que endurece ainda mais, não sendo felizmente o caso desse Ômega). Tudo pela "aparência"... Agora, outro "crime" é passar de lado na lombada, pois gera elevada torção na carroceria, causa de muitos para-brisas trincados. Para rebaixar efetivamente, é preciso redimensionar toda a suspensão (componentes e geometria - muda o centro de rolagem), bem como o conjunto roda/pneu, a fim de manter as características originais, coisa que engenheiros de fábrica realmente quebram a cabeça para fazer, pois mexe em um parâmetro, penaliza vários outros. Isso que recebemos é o resultado de muitas simulações e experimentação (pilotos experientes), então quem está errado afinal? Fazer um carro baixo para raspar nas lombadas? O mais certo é pegar um carro mais baixo e "duro" de fábrica (esportivos em geral e a família Bluemotion da VW). Desculpem o tamanho do texto, me empolguei... rs. Abraço.

    ResponderExcluir
  36. Caro Ivo,

    Nem precisa desculpar. Se todo mundo escutasse os engenheiros não teríamos essas aberrações pós apocalíptica "Mad Max".

    ResponderExcluir
  37. Ivo e demais: desculpem a pergunta de leigo, mas cortar a mola altera sua constante?

    Li há alguns dias um artigo em um site (que infelizmente perdi o link) que dizia justamente o contrário: cortar a mola não alteraria sua constante, só faria com que a suspensão chegasse aos batentes com mais frequência, por não ser mais rígida como deveria para lidar com o curso mais reduzido resultante. Com a palavra, os mestres aqui do blog.

    Se reencontrar o link do artigo coloco aqui posteriormente.

    ResponderExcluir
  38. Achei:

    http://craig.backfire.ca/pages/autos/cutting-springs

    ResponderExcluir
  39. Italo,
    Vi o site. É estranho que ali se afirme que cortando espiras a constante não se altera. A mola helicoidal pode ser considerada uma barra de torção enrolada em que cada seção torce-se em relação à outra. É sabido que quanto mais curta a barra de torção, maior é a sua constante (mais dura), em torque por grau neste caso. Mas foi bom tocar nesse assunto, vou me aprofundar nele.

    ResponderExcluir
  40. Ivo Junior08/07/09 13:26

    Obrigado pela ajuda Sr. Bob.

    Nas molas helicoidais, existem basicamente duas configurações: as cilíndricas (diâmetro externo constante, utilizada em vários carros e motos), e as molas de seção constante (popular barril, pelo formato).

    Na prática, nas molas cilíndricas, há variação da constante de mola (resistência à deformação) quando cortamos ela, pois diminui o "comprimento da barra de torção", como o Sr. Bob disse. Muda pouco, mas o suficiente para o carro ficar mais "arisco", pois o amortecedor é geralmente o mesmo (precisaria de mais carga).

    Já nas molas tipo barril, na prática você tem duas ou três molas em série ("empilhadas"), onde cada uma tem uma constante de mola (K) diferente. Assim, é preciso calcular o K equivalente da mola (trata-se como um conjunto de molas => 1/Keq = 1/k1 + 1/k2 + 1/k3), onde você deixaria a suspensão mais arisca, tendo ainda como "bônus" o risco de a mola escapar do prato e causar um acidente. Lembro de um cara que cortou uma mola barril dessas em 2001 num Fiesta Zetec 0 km, onde a mola (cortada) escapou do prato em uma ondulação da estrada e rasgou o pneu, jogando o carro para a valeta. Por pouco o infeliz não se matou. E ainda quis pedir garantia!!!

    Por isso, se for necessário rebaixar o veículo, é sempre aconselhável procurar kits de suspensão preparados pelas montadoras, pois terá um conjunto um pouco mais "esperto" que respeite as características de projeto do veículo.

    O mesmo vale para o pessoal que instala gás no carro, onde substituem as molas traseiras para compensar o aumento de carga. Se o projeto das molas for feito com critério, ok, senão tem o risco de fazer a traseira ficar muito dura e o carro escapar de traseira ao forças as curvas (oversteering). Neste caso, lá vão os coitados dos engenheiros mexerem na dianteira para compensarem a "caca" que o pessoal fez, e assim vai...

    A exemplo do Sr. Bob, vou procurar material para ajudar a esclarecer as nossas dúvidas, pois estamos sempre aprendendo. Por isso frequento ese blog, tenho aprendido muito. Abraço.

    ResponderExcluir
  41. a constante elastica se altera no momento em que, entre outros fatores, diminuimos ou aumentamos o número de espiras,
    A constante elástica da mola é definida pela equação:

    C = Gd
    -------
    8 Dm³xn

    onde:
    C = constante elástica
    G = Módulo de elasticidade transversal
    d = diâmetro médios da espira
    n = total de espiras ativas

    ResponderExcluir
  42. melhor,
    constante elástica é igual a:

    Gd/8Dm³xn

    onde:
    G = Módulo de elasticidade transversal
    d = diâmetro médios da espira
    n = total de espiras ativas



    portanto, diminuindo o número de espiras (n) ou cortando a mola, aumenta-se a constante da mola

    ResponderExcluir
  43. retificando

    G = Módulo de elasticidade transversal
    d = diâmetro da barra
    Dm = diâmetro médio da espira
    n = total de espiras ativas

    ResponderExcluir
  44. Anderson,
    Eu e o blog agradecemos sua colaboração. A dúvida acaba matematicamente aí. Tirando espiras aumenta a constante.

    ResponderExcluir
  45. sou totalmente contra isso !!!!!

    ResponderExcluir
  46. Ivo Junior08/07/09 15:27

    Obrigado Anderson e pessoal.

    Agora temos as equações, rs. :)

    Abraço.

    ResponderExcluir
  47. Obrigado a todos, agora quem vai convencer o gringo que o artigo dele está furado. :)

    ResponderExcluir
  48. Não querendo ser "tecnochato", mas já sendo. Não será um site em que "qualquer fulano" escreve o que quer, que vai me convencer. Pelo menos não para um assunto que já não há o que mais "pesquisar"...

    ResponderExcluir
  49. Ivo Junior e Anderson com observações muito boas!

    Muito obrigado pelo excelente conteúdo pessoal!

    FB

    ResponderExcluir
  50. Resumindo a missa, quer rebaixar?
    ok, mas compre molas e amortecedores esportivos, e de qualidade!

    ResponderExcluir
  51. alterar a suspensão de veículos de carga é permitido. por isso tantos saveiros, montanas e cia rebaixados.

    ResponderExcluir
  52. Bob.
    Dei uma olhada na Resolução Contran 292, e no Artigo 8º ítem IV, ao meu entendimento, proíbe a alteração de qualquer característica de mola. Mas de fato o Artigo 6º diz exatamente o que Você citou. Abs.

    ResponderExcluir
  53. Bob, isso deve ser suspensão com molas a ar, há vários carros adaptados assim. Na altura em que está esse carro para na primeira valeta ou lombada... se chegar até lá.

    ResponderExcluir
  54. Bem-vindo ao blog, FS.
    Não, pelo jeitão de abandono não parecia mola a ar, não.

    ResponderExcluir
  55. ahh gente vamos fazer um favor a si proprios, o que tem haver roda de maior polegada com algo proibido? NADA
    é logico que esse Omega ae é susp ar ou no minimo rosca.
    e ate onde eu sei nao tem nada de proibido rebaixar carros, sou fanatico por isso acompanho todas as noticias e a ultima noticia que obtive foi a de legalização dos mesmos!
    ou seja, Cerveeja! vamos bebemorar e rebaixar nossos carros!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  56. Xará;

    Ao invés de bebemorar, aproveite o tempo e estude o básico sobre geometria, sistemas de suspensões e áreas correlatas. Não será mais que o tempo de umas poucas bebedeiras.

    Aí sim tu entenderás a besteira que dissestes.

    Ps: Se jantes de aros maiores não fossem problemas, a indústria automotiva não reduziria seu diâmetro desde as primeiras rodas de madeira e a F-1 utilizariam aros bem maiores que os atuais de 13" de diâmetro.

    ResponderExcluir
  57. Esses que ficaum falamdo de suspenção
    são um nerdi filho da puta naum gostão de carros e ficaum falamdo
    de quem gosta eles naum tem nada de fica se metendo na vida dos outros seus filho da puta...

    ResponderExcluir
  58. Que dialeto é este, cara-pálida?

    Estamos aqui para discutir, sadiamente, automobilismo, técnica e história automotiva.

    Se vc não tem idéia de quem são os bloggers que aqui fazem este, volte fazer felações para "Xip Fuzi" e amiguinhos tuners, ao invés de importunar os que sabem o que estão dizendo.

    Maldita inclusão...

    ResponderExcluir
  59. hiury olha para mim cara rebaixado e muito legal eu gosto .. caro se compara com roupas que nòs usamos uns gostan de cores totalmente diferentes de estilos ....sò claro tambem acho que tem ser adquados para cada cituaçao .......quanto rebaixar se fiser uma suspençao adquada bem trabalhada com segurança ...aprovo comfirmo amo carrro rebaixado e nao sou nem uma criança inconsequente temos que respeitar o gosto dos outros .... e procurar entender oque è certo para uns è errado para outros ....ba e meu automovel ta c suspençao original mas logo vou rebaixar trabalhar sua suspençao e legalizar ....nao adinta andar com automoveis autos ou de qualquer fòrma mesmo asssim colocan as pessoas em risco ...aposto que vc que tem um automovel auto que critica os carros rebaixados ja colocou em perigo pessoas ..e outra coizinha a maioria dos carrrros rebaixados andan de vagar eos carrros autos andan mais rapidos ..... e a propórçao de acidentes maior è de carrros autos .....entao antes da critica estude pencccccce ...sou formado em engenharia automobilistica ,,,,, hehehhehehe

    ResponderExcluir
  60. Eu também gosto de CARAS rebaixados...

    <_<

    Maldita inclusão...

    ResponderExcluir
  61. Acho o seguinte:O carro é meu faço o que eu quero,se alguem paro pra ve se ta feio, ridiculo,uma bosta ou da hora, é pra isso mesmo pra chama atenção,se vc não gosta, não tem condições de dar manutenção pra rebaixar o seu,(pelos gastos, pelas esmirilhadas do fundo do carro, por tudo que um carro pregado no chão vai te gastar um tempinho no mês)pega o seu jeep e continua sua trilha.. isso não é pra quem que ou pra quem pode, isso é pra quem gosta... e tenho dito.. o meu é na fixa ainda não levanta nem a pau saio raspando tudo,e manes como quem fala besteiras que não tem peito de soca o seu vem comentar asneiras de rebaixados.vão soldar + uma mola no de vcs pra levanta + um poco..

    ResponderExcluir
  62. Sim!

    "O carro é meu! Faço o que quero! Se alguÉm paroU para VER se ESTÁ..."

    Tah bem à altura do texto...

    MALDITA INCLUSÃO. :)

    ResponderExcluir
  63. ola
    estas pessoas que falam mau de carros rebaixcados esta equivocadas pois andao em carros populares rebaixados, isso sim eh uma desgraça compra um uninho ai na esquinha e rebaixa agora compra um carro importato, o conforto eh super diferente, eu tinha um gol socado, era uma merda mesmo rebaixado comprei um golf nossa que diferença pode estar socado mas o conformto ainda eh bem melhor, e tenho varios amigos com carro rebaixado , e anda com carro popular eh uma merda mesmo

    ResponderExcluir
  64. bandooo de caretaaaaaaaaaaaaa
    nao sabem o q e bom,e outra nao precisa ser pobre pra ter carro rebaixado...por exemplo minha dakota e colada no chao,,mas sempre tem uns idiotas q nao curtem e tal..fazer o q neh

    ResponderExcluir
  65. cada um faz com seu carro o q quiser,,bando d invejosos q nao sabe o q e a moda realmente....

    ResponderExcluir
  66. "cada um faz com seu carro o q quiser,,bando d invejosos q nao sabe o q e a moda realmente...."

    Cada um faz com seu carro o que quiser.(PONTO - E um só...) Bando dE invejosos qUE nÃo sabeM o qUE É moda realmente...(Reticências são três pontos, não quatro.)

    Caramba! Bateu uma inveja mesmo. De ser vagabundo o suficiente para não conseguir redigir um texto básico.

    Quanto mais conhecer de moda, e todos os fatores físicos que envolvem sistemas de suspensão...

    ResponderExcluir
  67. realmente vc naum conec a lingua da net kra...
    mas concordo q cada um faz com sua caranga q bem intender e tals mas de um modo mais seguro

    ResponderExcluir
  68. Hahaha!

    Estude, filho... ESTUDE!

    Depois seja homem para argumentar e defender seus argumentos. Percebe-se que seus conhecimentos são pífios, somente pela maneira como escreves...

    O dia que "vc" estudar com bons livros - nada de Google, Wikipedia e afins - "vc" entenderá o quão bobo "vc" é, imaginando que conhece algo sobre sistemas de suspensão.

    Tome isto como uma crítica construtiva.

    ResponderExcluir
  69. ola eu sou mineiro aqui na minha cidade eu custumo afazer isso com os carros neste final de semana vou socar um omega 4.1 cd com painel digital todo completo eu adoro fazer isso >como se dis aquele velho ditado rebaixar e arte raspar faz parte abraco !!!!!

    ResponderExcluir
  70. Boa noite amigos entrei por acaso nesse blog e acabei lendo algumas coisas que concordo e outras meio estranhas.Trabalho com suspensoes especiais com ar rosca molas esportivas e pude ver o tremendo preconceito com veiculos rebaixados,amigos vcs estao redondamente enganados e terrivelmente equivocados com relaçao as pessoas que usam esse tipo de suspensoes,por que esteriotipar pessoas que gostam de uma determinada coisa com muleques,marginais pobre de periferia isso no minimo uma descriminaçao ridicula e absurda pois tenho como clientes medicos advogados juizes policiais jovens abastados como jovens da periferia que lutam para comprar seu carro e deixa-lo a seu gosto.Com relaçao ao produto nem tudo que engenheiro de fabrica coloca em um projeto e o melhor pois nao se esqueçam que estamos em uma era capitalista e o que vale e o custo se tem alguem aqui nesse blog que conhece um pouco existem suspensoes especiais que custam o equivalente a um carro sao entao nao julguem,claro que existem loucuras como destemperar uma mola ou ate cortã-las mas pode ter certeza que existem maneiras de um carro ficar muito melhor que um original de fabrica.E outra coisa o carro e de cada um propriedade privada portanto os seus donos fazem dele o que bem quizer infelizmente as leis sao ultrapassadas e ainda punem quem rebaixam um carro sendo que deveriam punir pessoas que realmente fazem barbaridades no transito o que com certeza nao sao as pessoas que socam seus carros pois nem se eles quizessem conseguiriam ok abraços a todos espero que as pessoas vejam com outros olhos quem rebaixa um carro pois carro baixo nao anda desfila

    ResponderExcluir
  71. pow depois desse ultimo comentario,nao se precisa falar mais nada.E bem isso mesmo,as pessoas presisam deixar de lado seu preconceito,e cada um faz o que bem entender com seu veiculo.

    ResponderExcluir
  72. Bob,

    Sou seu fã de carteirinha e um dos editores do blog Motorpásion Brasil.com.br

    Cito sempre você lá nos meus textos, que as vezes são um tanto quanto polêmicos.

    Deixo o link de uma matéria que fiz sobre suspensão a ar e os perigo que é utilizar esse tipo de acessório.

    As pessoas do Brasil não entendem que o que proíbe a utilização de suspensão rebaixada não é o estrago que vai fazer no carro e sim o asfalto que temos para rodar.

    Qual é o trabalho de uma suspensão amigos? Manter o pneu com o máximo de contato com o solo possível, porém em um carro rebaixado, que tem a frequencia de funcionamento da suspensão modificada, ao se passar por uma irregularidade, nada garante que os componentes devolvam a roda ao solo o mais rápido possível, em posição normal e favorável a direção seguida.

    Já vi vários carros rodando em minha frente (Infelizmente, ou felizmente, já fui fã de postinho, de ir ver pega, até de correr um pouquinhoo) e já vi muita gente se dando mal porque o carro quicou na curva e perdeu aderência.

    Grande abraço a todos,

    Rosalvo Neto
    Editor Motorpásion Brasil
    www.motorpásion.com.br

    ResponderExcluir
  73. JUMENTOLOGIA:

    Gostan
    Adquado
    comfirmo
    cituação
    suspenção
    automóvel auto
    Caras rebaixadas

    Se Kiser se torna um jegue fali com migo tá?

    ResponderExcluir
  74. JUMENTOLOGIA:

    Gostan
    Adquado
    comfirmo
    cituação
    suspenção
    automóvel auto
    Caras rebaixadas

    Se Kiser se torna um jegue fali com migo tá?

    ResponderExcluir
  75. JUMENTOLOGIA:

    Gostan
    Adquado
    comfirmo
    cituação
    suspenção
    automóvel auto
    Caras rebaixadas

    Se Kiser se torna um jegue fali com migo tá?

    ResponderExcluir
  76. Não pode ter dó!! O gostoso é a rastar, e o bobo passa e tira foto!!

    ResponderExcluir
  77. txtkos

    Purke tudu juntu eh ceparadu i çeparadu eh tudu juntu ?


    Bando de iletrados! Só não afirmo que todas as pessoas que gostam de carros "rebaixados" são retardados, pois no meio dessa "plantação de joio" deve haver algum trigo!

    Se mal sabem escrever, o que será que eles entendem de dinâmica de veiculos?

    Inpreççionanti...

    ResponderExcluir
  78. Bem, fazer o quiser com carro porque comprou... acho que não é por aí... até porque fosse assim, ninguém precisaria ter habilitação e tampouco emplacar o veículo... existem regras para que tanto os seus direitos como os dos outros sejam respeitados... Não acho bom generalizar ou crucificar quem gosta de carros rebaixados, gosto é que nem aquele orifício, cada um tem o seu, mas, tem que estar DENTRO DA LEI, ou seja, vistoriado no INMETRO e com inscrição na observação do CRLV... Lógico que os "temperados" e os "gambiarros" ficam de fora, pois reprovam de cara na vistoria técnica. Quer rebaixar, faça uma coisa de "responsa", não faça m... Desculpem pelo longo post...

    ResponderExcluir
  79. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  80. Eu soco no chão mesmo! olha meu video no youtube,stilo sem mola.

    ResponderExcluir
  81. Cada um faz do seu carro o que quer e eu acho carro rebaixado muito loko ja tive muitos mas hj tenho familia e nao rebaixo mais.

    ResponderExcluir
  82. Esses caras que criticam os carros rebaixados são um bando de velho,só por que na época deles num tinha isso agora ficam ai criticando,achu que pensam poxa carro rebaixado é bonito,mas eu como jah passei da idade fica estranho rebaixar meu carro..O certo é so vcs curtirem nois passando e as formigas que se abaixem e as lombadas que desviem..

    ResponderExcluir
  83. meu esses caras que falam que carro rebaixado é de veio queria encontrar esses veios filhos da puta que não sabem viver adrenalina ,eu sei porque eles falam isso por que não tem condições de manter
    fala na minha cara seus troxas do caraio
    esta porra desse omega é meu seus merdas
    gls suspensão a ar e os caraios som que da pau nesses trios eletricos do carnaval
    seus cuzão

    ResponderExcluir
  84. Nossa...

    Que homem brabo!

    Atrás do teclado...

    *rs*

    Só falta colocar o falo à mostra, para "provar" a todos o quão brabo é... *rs*

    Afff...

    Cada um que aparece.

    APzeiro de carteirinha...

    ResponderExcluir
  85. Vocês dizem que carros rebaixados são para muleques de periferia que não entendem nada sobre a mecânica e as consequências de um carro rebaixado! Pode até ser que seja isso mesmo, mas e dai? Os "muleques de periferia" compraram os carros e até pagam impostos por isso, Exemplo o IPVA, então é de livre escolha deles o que vão fazer com o carro! Gosto cada um tem o seu, se vocês não gostam de carros rebaixados e se julgam superiores à esses muleques, por que agem com tanta infantilidade de ficar criticando e ofendendo os caras ? GOSTO CADA UM TEM O SEU, ENTÃO ELES FAZEM O QUE QUISEREM COM SEUS CARROS. Não critiquem e não ofendam as pessoas se vocês se julgam tão inteligentes e superiores a nós, Os muleques de periferia que gostamos de de carros rebaixados. E pra finalizar, sera que só os muleques assim gostam de carros rebaixados ? Não, Muita gente que tem muito dinheiro faz isso, não só periferia, Um exemplo disso é essa BMW, Dêem uma olhada e não critiquem mais. http://www.myride.com.br/2012/01/04/bmw-320i-com-rodas-aro-19-8/

    ResponderExcluir
  86. Simplesmente vcs naum sabem o que falam!!
    Rebaixa o carro quem quiser!!!!
    Estamos em um país com leis retrógradas, carros podem ser apreendidos por simples modificações é um absurdo!!! Por que isso naum acontece nos EUA ou Europa, o tunning é abertamente aceito nesses lugares!!!
    E quanto aos equipamentos de fábrica, ficou comprovado que a maioria dos carros produzidos na America-Latina são de material inferior e naum oferecem a mesma segurança que os Europeus, ou Norte-americanos.
    Equipamentos de tunning geralmente são importados dessas nações e consequentemente têm mais durabilidade e resistência do que as porcarias produzidas pela industria nacional. A máxima do CONTRAN foi proibir as suspensões a ar!!! auhhuahuahua
    O Brasil é uma merda mesmo no quesito legislação!!!
    E vcs continuem a andar com esses seus carros de vovô, sem sal, e que naum da nem vontade de andar!!!
    trocam de carro sempre mas naum os modificam, o carro perde a graça. Sou mais ter um omega tunado e rebaixado do que um Gol g5 canela seca!!!

    ResponderExcluir
  87. sao todos uns otarios mesmo...kkkkkk nao sabem nem o q estao falando para os bunitinhos (velhos gaga) pode rebaixar sim eu tenhu um carro q arrasta no chao legalizado no documento (veiculo com suspensao alterada 0.48 cm inicio do farol do soloa) basta ter dinheiro no bolso pagar e legalizar abraçooooo cambada de qbrados (peugeot 307 rebaixado legalizado arrastando no chao e a galera piraaaaaaaaaa) fuiiiiii

    ResponderExcluir
  88. O Xará...

    Vira homem para falar que você tem um 307 rebaixado... Nem carro você tem... "Fui"...

    ResponderExcluir
  89. Dercílio Jr03/08/12 14:06

    O pior é que um "cidadão" desse VOTA, e escolhe nossos dirigentes.....

    ResponderExcluir
  90. Show de bola a suspensão rebaixada! Cada um faz o que quer, e ninguém tem nada haver com isto!

    ResponderExcluir
  91. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  92. Anônimo 06/10/12 23:56
    Engano seu. Todo veiculo faz parte do trânsito e como tal precisa ter dirigibiidade normal, impossível com carros rebaixados a extremos como o da foto. Portanto, os outros têm a ver com isso, sim.

    ResponderExcluir
  93. cara, vocês todos que criticam nao sabem oque falam! a suspensão do carro rebaixado é tão macia quanto a de um carro alto, hoje em dia existem muitos recursos para isso acontecer, eu tenho um clio rebaixadão que nao entra meu pé embaixo da canoa e todo mundo que fala mal eu levo da uma volta e ficam surpresos com a macies tudo!
    isso pode ser uma fase sim mais é a melhor faze da vida de uma pessoa e outra, se você nao gosta é só não olhar!
    você fala mal mas nao tem a minima ideia da felicidade que um jovem tem só pelo fato de ter seu carro rebaixado!
    espera seu filho crescer e comprar seu proprio carro e dai você vai mudar a sua cabeça ignorante que nao aceita nada que nao lhe da algum beneficio!
    estraga? estraga sim mais cada um paga seu preço na hora que resolver vender o carro!
    e você nao precisa se preocupar se esta comprando um carro que jah foi rebaixado, hoje em dia existem muitas lojas de carros especializadas em carros rebaixados! geralmente quando um carro é rebaixado ele ir ficar assim até seu ultimo dia, é como uma tatuagem!
    MUDEM SUAS CABEÇAS E ACEITEM QUE CARRO BAIXO É BONITO E ELEGANTE!
    eu nao falo mal do carro off road, respeito o seu gosto e o seu estilo! entao o minimo que quero e todo mundo quer é respeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se há alguém ignorante aqui é você, caro leitor. Se seu carro não o teve curso de suspensão modificado para compensar o rebaixamento, tê-lo rebaixado e achar que é "macio", é uma ignorância em si mesma; se você acha que felicidade é carro rebaixado, mostra ser ignorante; se você acha que eu e outros membros da equipe de editores não foi jovem um dia, está sendo ignorante; se você que carro baixo é bonito e elegante, é mais ignorante ainda. Desculpe contrariá-lo e chamá-lo de ignorante, mas foi você quem começou. E já que você não sabe, por ser ignorante, quem diz o que quer ouve o que não quer.

      Excluir
    2. Meu carro teve toda a suspensão trabalhada sim e esta legalizado, nao é que vou ser feliz somente se rebaixar meu carro mais sim que com ele baixo eu estou realizando um sonho meu de criança e gosto muito disso! Aposto que se as pessoas que falaram mal ai encima tivessem seus carros rebaixados mas do certo, elas nao estariam falando mal assim! Se o carro pica ou fica ruim e so perde valor de venda, pode ter certeza que o dono sabe disto e esta disposto a arcar com as concequencias! Se acha feio ou nao gosta pelo menos nao postem besteira falando se agente tem problemas na cabeça ou algo do tipo! Cada um faz oque quer com seu carro!

      Excluir
  94. e outra, eu prefiro comprar um carro que jah foi ou é rebaixado do que um carro que jah foi partido ao meio em uma batida e depois soldado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai comprar lixo igual.

      Excluir
    2. Lhe garanto que nao! Quem rebaixa um carro sempre cuida bem e em 90% dos casos os carros sao super inteiros!
      Se você tem medo de comprar um carro que jah foi rebaixado é so olhar num elevador, alguma marca vai ter!
      Hoje em dia o carro rebaixado esta em todo lugar, na favela e cada vez mais nos bairros de "classe a"! Sua bmw corre muito risco de ter sido rebaixada, e tah caindo os pedaços ou te deixa na mão?

      Excluir
  95. http://www.youtube.com/watch?v=op4LqacZ4eg
    seguuuura pessoal que diz que carro rebaixado é de vileiro! eita esses robozinhos do sistema que só acham bonito e certo oque a globo mostra!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.