COMO VISTO NA INTERNET

No último final de semana de junho realizou-se mais uma etapa do Oktane Track Day. O evento mais uma vez foi um sucesso, levando centenas de entusiastas ao Autódromo de Jacarepaguá para um dia de deleite e pura diversão.

Os Track Days no Rio de Janeiro já existem há quase 10 anos. Durante esse tempo diversos formatos foram tentados e acredito que hoje o formato está maduro. O nível das pessoas é excelente, sem baderna, sem carros rebaixados ou coisas do gênero. Uma reunião de verdadeiros entusiastas em seu ambiente perfeito, uma pista.

Os aficcionados em Track Days do Brasil (sim, eles existem) passaram anos babando nos fóruns europeus nos relatos e nas fotos dos eventos que aconteciam por lá.

Pois bem, reparem as fotos abaixo. Talvez seja exagero dizer que o nível é o mesmo que o deles, afinal os europeus tem animais criados apenas para esse finalidade,”track day cars” de nascimento, contudo estamos chegando lá. Estamos aqui no Rio de Janeiro, com um evento bastante próximo do que sempre vimos na internet.























Contudo, como o evento não é reservado a carros caros e esportivos, qualquer um pode colocar o carro para andar. Seja com 80 ou 800 cv, a diversão e o aprendizado é inigualável. A potência bruta não é fator determinante. Posso citar o colega, dono de um automóvel alemão de mais de 400 cv, tração integral e bastante pesado que também é proprietário de um pequeno francês de 700 kg e 100 cv. Ele não tem dúvidas na hora de escolher com que carro vai para o Track Day. O francês é pouco mais lento (sim, pouco mais lento) que o monstro alemão, mas infinitamente mais divertido.

Para saber mais:

No Rio: http://trackday.oktaneclub.com/
Em SP: http://trackday.ndaracing.com/

As fotos acima são de autoria dos fotógrafos:
Lucas Studart
Tiago Costa
Rodrigo Pessoa

20 comentários :

  1. Aqui no RS tem também! www.guaporetrackday.com.br . A 3a edição é em agosto desse ano.

    ResponderExcluir
  2. Acredito que os TD's são, sem dúvida alguma, um passo importante em termos de educação.
    Além disso, sei que os TD's são uma maneira de acabar com os rachas de rua, porém, os custos atuais tornam o TD inacessivel para a grande maioria.
    O dia em que tivermos TD's à 50 US$ e com boa freqüênca (como é lá fora), o impacto será muito maior.
    O custo da inscrição, somado com custos de manutençao preventiva e variaveis como pneus (pq os "de rua" se deterioram facilmente nessa situação)entre outros, leva a brincadeira para a faixa das centenas altas.

    ResponderExcluir
  3. Junior VAMODOIDO09/07/09 16:52

    Olha a Chevettera lá!!!

    kkkkkkkkkkk

    Alguém pode me informar se acontece esse tipo de evento aqui em São Paulo? E fica na faixa de quantas centenas altas o preço da brincadeira?

    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  4. Carlos Eduardo09/07/09 17:50

    Em SP tem o da NDA e o da Fasp, os 2 são em interlagos.

    ResponderExcluir
  5. André Andrews09/07/09 18:18

    Vic Rodriguez,

    que carro é o "pequeno francês com 700kg e 100cv" ?

    ResponderExcluir
  6. Isso, Audi RS2 mexida x Citroen AX GTi original.

    ResponderExcluir
  7. esse Citroen ax parece com o fiesta antigo e o peugeot antigo, mas ele tem 800kg e não 700kg como disse o Vic,
    alguem ja colocou esse citroen ao lado do Ka xr pra ver quem leva?
    seria um belo comparativo

    ResponderExcluir
  8. Belo post! Nota 10 esse blog, parabéns. Belíssimas as fotos dos companheiros, fiquei muito feliz em colaborar. Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Seriam muito parelhos.
    Na pista o Nilo acaba virando mais rápido mas ele usa rodas tala 9 com pneus 235 de F3, aí é sacanagem pq os Kas andam de Potenza G3 185/60 ou no máximo slicks 185/565-15.

    Mas é MUITO difícil escolher entre os dois. O AX é mais hardcore pq não tem ar condicionado, não tem dh, consegue ser muito mais claustrofóbico do que o Ka, etc. Difícil escolher. O Nilo gosta de Ka e ama o AX, eu gosto de AX e amo Ka hahaha

    ResponderExcluir
  10. pois é, se a gente fosse pensar só na relação peso x potência o AX deveria levar pois tem 5 cv a mais de potência e é praticamente 150kg mais pesado.

    ResponderExcluir
  11. corrigindo, o AX tem 5cv a mais e é 150kg mais leve

    ResponderExcluir
  12. se fosse pensar somente em peso x potência declarados pelo fabricante o Prisma 1.4 deveria andar mais, ou pelo menos junto com o Ka 1.6 e na prática isso não acontece nem em sonho

    ResponderExcluir
  13. Marlos Dantas10/07/09 20:34

    Como abordou o Gian, os custos de um TD para um cidadão "comum" ainda são proibitivos.
    Eu, desempregado, nem posso pensar em ter essa fantástica experiência agora...

    ResponderExcluir
  14. Passei meu Ka totalmente original no dino de rolo com 42.000km, bicos que nunca tinham sido limpos, filtros já bem velhos, etc... Totalmente original e com gasolina comum e bateu 108hp.

    Esses dias teve um Ka 1.6 09/09 já amaciado queimando cana que bateu 130hp...

    E não é mágica de dino pq é o mesmo que todo mundo que conhece/gosta de carro no Rio costuma usar. Normalmente carros originais ficam bem dentro dos valores declarados, mas percebe-se que alguns determinados modelos de carro sempre vem com mais hp do que o declarado, fato provado por várias unidades diferentes de um mesmo modelo que passam pelo mesmo dino.

    Mas independente de "quem anda mais", TrackDay é para DIVERSÃO. E, nesse quesito, AX GTi e Ka XR são duas máquinas difíceis de bater quando se considera apenas os carros de massa.

    ResponderExcluir
  15. Villa,
    reza a lenda que os Ka Xr de 2001 a 2003 tem um coletor de escape dimensionado e uma injeção mais esperta, é comprovado pelo catalogo da Ford que este modelos possuem o coletor de escape e injeção de código diferente, coletor de escape igual ao do Escort rocam

    ResponderExcluir
  16. melhor dizendo, de 2001 a 2002, em 2003 ja muda...

    ResponderExcluir
  17. Coletor de escape é igual em todos, a diferença é que na porção final dele, na junção com o catalisador, os 2001 tem a saída 1/4 de polegada maior. Os 2002 pra frente são com a saída menor, mas nada que uma dremel não resolva.

    A injeção realmente tem diferença, os 2001 normalmente são um pouco mais espertos.

    Nos Kas novos, os 08 são beeem mais broxas do que os 09/09, também por causa da injeção. Mas o coletor deles é de ferro fundido e não dimensionado.

    ResponderExcluir
  18. Legal o debate sobre os carros, mas falando sobre trackdays, é uma experiência fantástica, sobretudo para entusiastas que gostam de desenvolver a tocada.

    Em clima de diversão, dá pra aprender muita coisa lá dentro, todos que andam amadurecem nesse sentido, nem que seja pouco. Acaba sendo inevitável uma conduta mais madura nas ruas. Você sai conhecendo muito mais sobre você e sobre o carro.

    Recomendo!

    :D

    ResponderExcluir
  19. Não é a toa que não se tem "...baderna, carro rebaixado ou coisas do genero..." (sic), so o custo de inscrição beira os R$500, fora gasto dos pneus e combustivel (o que seria mais irrisório se o custo de inscrição fosse mais acessivel) so acho ruim o tom discriminatorio do post em relação a quem tem carro rebaixado, parece que TODOS os que tem esse tipo de modificação no veiculo são taxados como baderneiros ou presepeiros, o que não é verdade, deve-se separar o joio do trigo, separar aquele anormal que simplesmente corta as molas no maçarico, monta no carro e sai andando do que procura uma melhor aderencia e controle do seu veiculo, mesmo em condições normais de condução, muitos buscam um simples prazer no dirigir do dia-a-dia com um carro com alguma modificação, outros fazem por pura falta de senso, rodas gigantes com pneus ultra finos nas nossas ruas esburacadas, suspensão praticamente sem molas (ou quando REALMENTE não as tem) motor turbo-nitro-aspro-power-ranger-megatron quando nem mesmo o individuo tem sequer noção do que é um alternador, ESSES devem ser banidos das pistas, circuitos ou mesmo do asfalto de nossas ruas, são ESSES tipos que acabaram com muitos grandes encontros Brasil a fora, lembro de um grande e bom encontro de carros antigos em Charitas, Niteroi aqui no RJ, o Biela Quente, começou a chegada de um monte de imbecis que denegriram a imagem do encontro dando cavalos de pau e fritando pneus, a propria Oktane era um clube que tinha encontros promovidos no Museu de Arte Moderna do RJ com VARIOS carros modificados (turbos, aspirados, discotecas motorizadas e rebaixados inclusive) e acabou por causa de presepeiros, mas seus adeptos dos carros rebaixados e modificados que, hoje correm no TD do RJ, alguns iam nesses encontros e se divertiam, acho que haveria outras maneiras de se barrar aqueles que querem zonear a brincadeira alheia, evitaria tambem que muita gente, que AMA acelerar, fosse pra rua pra queimar sua adrenalina e combustivel ou ficasse em casa se frustrando por que não tem um lugar digno pra tal com um preço mais camarada, muitos cansaram da modalidade "meu motor é mais forte na reta" e querem se aventurar em curvas, pra esses so há duas alternativas, curtir um kart indoor ou ir pra rua e a maioria que conheço (e conheço alguns, pois fui assiduo frequentador de encontros) escolhe a segunda opção, eu mesmo escolheria a segunda pela maior descarga de adrenalina, hoje me contento com o kart, tenho mulher e filha e meu carro já não é tão potente assim. Desculpem pelo texto biblico, mas é a opinião sincera de um entusiasta que não tem bala na agulha pra curtir sua terceira paixão (pois a primeira é minha filha e a segunda, minha esposa) que é acelerar. um abraço a todos e sr. Vic Rodriguez, espero que meu comentario, o faça mudar seus conceitos, procure quem CURTE DE CARRO PREPARADO e não os presepeiros de plantão.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.