google.com, pub-3521758178363208, DIRECT, f08c47fec0942fa0 CUMMINS - AUTOentusiastas Classic (2008-2014)

CUMMINS

Fotos: Instituto Smithsonian
Causou certa polêmica a afirmação do MAO em sua última coluna, dizendo que prefere não torcer para carros movidos a óleo diesel em Le Mans.

Eu discordo dele. Para mim, sendo motor de combustão interna, tá valendo. Ciclo Otto ou ciclo Diesel, o que importa é o conjunto do carro.

O Duesenberg Modelo A da foto acima foi o pioneiro, inscrito pela Cummins para disputar a 500 Milhas de Indianápolis de 1931. Equipado com um motor diesel de 4 cilindros e 5,9 litros, completou a prova em 13º lugar, sem precisar parar para reabastecer. O piloto Dave Evans levou o mecânico Thane Houser a tiracolo e concluiu o percurso em cinco horas e 48 minutos, com velocidade média de 137,9 km/h.

A grande autonomia resultante da maior eficiência dos motores de ciclo diesel se mostrou uma ótima estratégia para corridas de longa duração. A Cummins fez escola.

E não parou por aí: nas fotos abaixo podemos ver outras tentativas da Cummins, mas vou deixar para falar destes modelos em uma outra ocasião.


Bill Cummins em Daytona Beach, 1934.



13 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Há um velho ditado que diz que "se a coisa anda, pode-se correr com ela".

    O Diesel não é pior nem melhor do que a gasolina. Simplesmente hoje atingiu-se um ponto de desenvolvimento em que ele se mostra superior em provas de longa duração.

    O ronco de um motor grande a gasolina urrando na reta é muito melhor do que o barulho abafado de um motor diesel que gira pouco escondido atrás do silvo de turbinas?

    Ou melhor, o Diesel é menos romântico? Aos adoradores de V8 que os viram quando crianças, certamente. Já para uma criança que tem seu primeiro contato com o automobilismo através destes carros, talvez não.

    Curtir o passado, estudá-lo e saboreá-lo no tom da saudade faz muito bem. Porém prender-se cegamente a ele já denota um comportamento envelhecido e ranzinza... Comportamento este que o ser humano questiona quando jovem e depois acaba assumindo como padrão no entardecer de sua vida.

    ResponderExcluir
  3. FB,

    Cummins é algo que não precisa ser discutido. O motor que aparece nas fotos é muito parecido com os 855, talvez inclusive seja um deles. Como é obvio, 855 é o numero de polegadas cubicas de deslocamento, 14 litros. Esse motor não deve nada a nenhum scania ou volvo, e pode perfeitamente se comparar a um V8 DS/DZ de 14 litros. Uma das coisas desse mundo oleoso e mal cheiroso que, junto com todos os GM 2 tempos são um caso a parte. Eu sei que vc é parcial com scanias, eu tb, mas Cummins é outra conversa, felizmente estamos recebendo alguns bem legais por aqui.

    ResponderExcluir
  4. AG

    O Scania D11 é um motor que está no meu coração, mas não sou parcial com Scania não. Gosto muito dos caminhões suecos, mas não é uma predileção especial.

    Por falar em Scania, ela vive um "namoro" com a Cummins desde o início dos anos 90. Já desenvolveram muita coisa juntas.

    FB

    ResponderExcluir
  5. All,

    Diesel is a filthy thing.

    É um óleo, algo viscoso e abominável, que se cair no solo ficará lá para sempre, entrando pelos buracos e sujando tudo.

    Gasolina boa é cheirosa, volátil, algo que se deixada ao ar livre desaparece como um sonho...e queima até no vapor.

    Deixem esse óleo malcheiroso para caminhões.

    Sim, sou chato pra caramba.

    MAO

    ResponderExcluir
  6. Outro dia, saindo do supermercado, enquanto carregava as compras no carro, pude observar um sujeito, que meticulosamente removia coisas de várias sacolas e as depositava nos recipientes de lixo reciclável.
    Projetei de imediato, que o cara tem ou sonha ter um carro diesel. É o objeto do desejo dos eco-chatos. Amanhã terá um elétrico.
    Graças a Deus, minha mãe me fez diferente...

    ResponderExcluir
  7. Carlos Galto16/06/2009 07:45

    O torque de um Cummins diesel nesses pneus fininhos do Special... E dizem que os pilotos atuais são génios.

    ResponderExcluir
  8. Mister Fórmula Finesse16/06/2009 08:39

    Os diesel atuais estão muito desenvolvidos, são preferência mundial no velho mundo e em diversos outros países. Esses motores estão batendo verdadeiros recordes de valores de torque a cada dia que passa, e ficam mais limpos e silenciosos. Têm muito carro esportivo com motor diesel que faria a alegria de qualquer entusiasta, é só experimentar!

    ResponderExcluir
  9. Eu já me sinto feliz com um Detroit Diesel 2 tempos 6-71 ou então os Scania V8.

    Os carros atuais a Diesel são impressionantes. Não se vê mais aquela fumacinha mal cheirosa saindo pelo escapamento. Nem mesmo o ruído de funcionamento se assemelha aos motores Diesel antigos.

    Mas, para automóveis, ainda prefiro os ciclo Otto, a gasolina ou álcool (GNV está de fora...)

    ResponderExcluir
  10. Outro dia vi e ouvi uma Mercedes ML diesel novinha em funcionamento. É de cair o queixo o tanto que o monstrengo é silencioso! Não sou fã dos diesel, mas fiquei impressionado com o silêncio.

    Abraço

    Lucas

    ResponderExcluir
  11. MAO,

    Voce está certo, mas eu gosto de caminhão, certo?

    ResponderExcluir
  12. Há uns mebros desse blog que já trabalharam na Cummins. Era um lugar legal. O ronco dos motores dentro das salas de teste está impregnado em meus ouvidos.

    ResponderExcluir
  13. Apenas gostaria de avisar a todos para não se inscrevevem em programas de seleção de uma grande empresa produtora de motores em Guarulhos pois ela é uma das piores empresas para se trabalhar no Brasil !!!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.