J3 TURIN: CARRO BARATO?

Recentemente o MAO levantou a questão de quão barato realmente é o novo JAC (aqui) e o comparou com o Focus que comprou há um par de anos atrás pelo mesmo valor. Questionou a necessidade ou desejo de alguns equipamentos oferecidos como itens de série no J3, e que levando isso em conta, o carro não é tão barato assim.

Aproveitei o gancho e fui dar uma pesquisada nos preços,.O J3 Turin (sedã) custa R$ 39.900,00 em versão única. No site da Renault o Symbol, já testado pelo BS e pelo AK, na versão Expression, a R$ 38.990,00 com boa parte dos equipamentos de série oferecidos no J3 Turin. Se não me falha a memória, essa versão era oferecida com o motor 1,6-litro de 8 válvulas, mas agora consta no site que a motorização padrão é o ótimo 1,6-litro de 16 válvulas e 110/115 cv.


Na lista de opcionais, freios ABS por R$ 1.590,00 e rádio com MP3, comando por satélite e computador de bordo por mais R$ 850,00, perfazendo um total de R$ 41.430,00. Se levarmos em conta que esse é o preço sugerido no site e que é até comum encontrarmos unidades oferecidas por valor mais baixo nos concessionários, acredito ser possível levar um para casa com R$ 40 mil.

Vejo muita propaganda da Renault com promoções do Clio, Logan e Sandero, nas versões mais baratas. Fizesse a Renault o mesmo barulho que a JAC fez, para divulgar o Symbol em versão mais equipada, o honesto carrinho sairia da pífia marca de 700 carros vendidos por mês. Parece que a JAC vendeu mais que isso em poucos dias, tal o rebuliço causado pela novidade.

 Espero que os carros JAC se firmem como mais uma opção em nosso mercado, pois só com mais concorrência teremos carros com melhor custo-benefício; senão mais baratos, pelo menos melhor equipados. Mas hoje, não pensaria duas vezes em comprar o Renault, afinal eles fabricam carros há mais de um século. E fica a pergunta: O JAC é tão barato assim ?

AC

27 comentários :

  1. Olá Alexandre, você diz "Espero que os carros JAC se firmem como mais uma opção em nosso mercado." A sua atitude é louvável, aumentar a competição beneficiando o consumidor. Mas também está na hora de começar a taxar a importação de veículos vindos de paises cheios de subsídios (vide Coréia), que dão a volta ao mundo e chegam mais barato que os fabricados aqui. Não digo que devamos voltar ao protecionismo e ao mercado fechado de antigamente, mas também não é para liberar indiscriminadamente, há muitas empresas que praticam concorrência desleal.

    ResponderExcluir
  2. Os compactos 'premium' mais feios do mercado estão na mesma faixa de preço Symbol, Passion, Tiida Sedan. Além deles o Fiesta custa o mesmo que o carro do Faustão.

    Só os doidos que compram na volks que devem estar gostando do preço.

    ResponderExcluir
  3. Johnconnor(old rocker)10/04/11 09:52

    Acho que a comparação entre o Renault Symbol e o J3 Turin foi muito feliz no sentido de mostrar que podemos achar carros bem equipados a preços honestos entre os fabricantes já estabelecidos aqui no Brasil.Que empregam mão de obra brasileira,pagam impostos ao governo e movimentam uma série de empresas no setor de auto-peças.Ou seja geram riquezas,criam infraestrutura e reinvestem parte de seu lucro em nosso pais.Fora que na minha opinião comprar um automovel chines hoje em detrimento de um nacional do mesmo preço seria como trocar o certo pelo duvidoso afinal ainda não esqueci da Lada,Daewoo,Daihatsu,Mazda,etc,que logo na abertura das importações venderam grandes quantidades de carros no mercado nacional e depois deixaram o país abandonando os proprietários a própria sorte,sem peças e assistencia técnica.Por essas e outras hoje é possivel se comprar um Daewoo Espero 1995 completo e bem conservado por R$7.000,00 emquanto um Chevrolet Vectra GLS 1995 Custa em torno de R$12.000,00(detalhe os dois usam a mesma mecanica)

    ResponderExcluir
  4. Deixando o patriotismo de lado, escancara mais ainda que os chineses só fizeram barulho dizendo que trariam carros baratos e agora oferecem preços normais. Quem ta começando deveria oferecer mais por menos. Agora se ficar na mesma do mercado nacional, esse é infinitamente melhor.

    ResponderExcluir
  5. O Chery QQ por 24k com os equipamentos que supostamente vai oferecer vai sair "barato"...

    ResponderExcluir
  6. Não pode ser tão barato mesmo, toda esse publicidade com o Faustão e tudo deve ter custado muitos olhos puxados das caras achatadas dos chinas...

    PS: lembrando que a Renault ainda dá 3 anos de garantia com revisões a preços fechados a cada 10kkm ou 1 ano.

    ResponderExcluir
  7. Entrei no site da Renault e vi que a linha Symbol está com um plano de financiamento de 60% de entrada e saldo em 12x sem juros. Ainda acho o pós venda da Renault um tanto abusivo quanto ao preço de peças mas há a opção do mercado de auto-peças que já fornece itens do Clio. O único problema é ficar refém da Renault durante 3 anos. Mas ainda assim, prefiro o Symbol a uma aposta chinesa.

    ResponderExcluir
  8. Marconi,

    eles ainda pecam nas peças mesmo. Outro dia precisei de um interruptor da porta traseira do Scenic, 70 reais por um simples interruptor de plástico.

    Mas já acho muita coisa em uma loja especializada em Renault, Peugeot e Citroen. Paguei 70 reais em uma lanterna traseira para o Clio, acho barato.

    Achille,

    será que dá para bancar subsídios por tempo indeterminado ? De qualquer modo, 55 mil reais em um Ecosport ou Palio Adventure, é bem caro. Tem muita gordura no preço, que venham importados com melhor custo/benefício. Aliás, nessa faixa, vamos ver como se sairá o Renault Duster.

    ResponderExcluir
  9. visite
    http://metalentejo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Barato não é. Mas esse carro aí paga 35% de imposto de importação, além de todos os outros tributos incidentes sobre o Symbol.

    O Symbol poderia custar bem mais barato.

    E quanto a subsidios, vcs tão loucos.As margens de lucro praticadas no brasil já são as mais altas do mundo. Sem contar que TODOS os fabricantes tem subsidios, seja recebendo o terreno do Município, não pagando IPTU durante um tempão, energia eletrica muito mais barata, e vcs ainda querem mais subsidio?


    Marco

    ResponderExcluir
  11. Athayde Patreze10/04/11 15:31

    A Renault te coragem de vender Clio/Symbol/Sandero/Logan com ar-condicionado fazendo uma economia de 30 reais num filtro de cabine. Instalar como acessório? Não dá, vem lacrado, só na gambiarra.

    Uma impresa que quer ganhar em cima do ignorante consumidor brasileiro em itens "invisíveis", imagina o mais vêm por baixo dos panos...

    O chinês de 37 mérreis não fez essa economia. Mas quem dá valor? Ninguém.

    Vendo de perto o "chinguilin", nota-se até limpadores de pára-brisa Bosch, com a última palavra em tecnologia. Mas quem dá valor? Ninguém

    Se eu fosse vender carros aqui pensaria como as grandes: já tenho nome mesmo, então vendo menos por mais, e os consumidores ainda dizem obrigado, Deus lhe pague!

    ResponderExcluir
  12. O JAC pode não ser tão barato quanto dizem ou fazem parecer, mas é infinitamente mais bonito que o Symbol, por sinal, a Renault está pecando muito no design dos seus veículos atuais, talvez devessem pagar algum consagrado centro de design pra darem uma revisada no estilo, o último renault bonito que vi foi o Megane Grand Tour.

    ResponderExcluir
  13. Tem é mais que ter concorrência no mercado mesmo, com preços baixos.
    Muitos preços estão altos porque ninguém ousou cobrar mais barato, não foi necessário até então.

    Isso acontece com os mais diversos itens. É só comparar alguns preços praticados no eBay e no Mercado Livre, por exemplo. Tem item que custa US$6 no eBay com frete é vendido a R$40 no ML, sem frete.

    ResponderExcluir
  14. Olavo Fontoura10/04/11 20:15

    Athaide Patreze, eu dou valor sim, para os itens que você citou. São essas pequenas diferenças que fazem um carro melhor que outro. Aliás, você ajudou a colocar um pouco de luz sobre o assunto.

    Esse Renault Symbol não dá pé não. Carro terceiro mundista e maquiado na cara dura. Poderia-se chamar Clymbol, já que não passa de um Clio com botox...

    ResponderExcluir
  15. Essa comparação aí foi melhor escolhida do que a do Focus x J3.

    ResponderExcluir
  16. E o Fiesta hatch 1,6l? Não merece uma comparação com o indigitado J3?

    ResponderExcluir
  17. Athayde Patreze11/04/11 01:31

    Outros detalhes: regulagem de altura de faróis; luz de neblina traseira. Pena que o povo não sabe usar. Agora, faról de neblina? Opa, esse dão a vida pra ter um... como item de design.

    ResponderExcluir
  18. Ótimo que comprem esses carros chineses e assim façam os carros nacionais ficarem mais baratos e/ou mais equipados.

    Agora, eu não compro um desses "china" não, hehe.

    ResponderExcluir
  19. O Symbol é mais um exemplo de um bom carro, mal vendido. Entre ele e o JAC não penso duas vezes. Deixe os "cobaias" comprarem o chinesinho, que daqui a uns 5 anos, eu penso neles...

    ResponderExcluir
  20. Concorrência é sempre bom, etc etc.
    Mas as pessoas não pensam nem pesquisam e não perceberam que os JAC não tem custo x benefício tão bom. Normalmente são 2 ou três mil reais mais em conta, o que, para muitos, não seria decisivo numa compra.
    Pode comparar com Fista, Sandero, etc etc...
    Vale o risco? Aí cada um que sabe...

    ResponderExcluir
  21. Uma coisa que me assusta é o fato das pessoas assinarem seus cheques sem o menor receio do que os espera, ou seja, compram no escuro. Têm ponto de vendas até em shopping center(!) e o que vejo de pedido sendo tirado não é brincadeira. Será que o sujeito que compra não fêz um mísero test-drive? Será possível conhecer a fundo o produto apenas vendo-o exposto num pequeno e simplório estande num shopping? Será que o carro é tão bom assim a ponto de se poder adquiri-lo sem o menor receio de arrependimento? São perguntas que me faço, pois, se fosse comigo, faria questão de ter as respostas, uma vêz que o meu dinheiro é ganho de maneira muito suada.

    ResponderExcluir
  22. FGV
    Terst-drives são mesmo reveladores. Eu, por exemplo, acabei descobrindo que sou o único em 160 milhões de brasileiros que não compraria um Gol por conta de um desses testes de direção.
    Symbol vende pouco. Mas há duas ou três grandes explicações dentro da própria concessionária: o Logan e o Sandero acabam mordendo parte do mercado consumidor oferecendo mais espaço interno, acabamento ainda aceitável, e várias qualidades do premium a preço muito parecido.

    ResponderExcluir
  23. Boa Noite, não estou aqui querendo defender esta ou aquela marca, mesmo porque meu gosto para carro é outro. Mas não suporto comentários sem embasamento. Só podemos comparar um chines j3 com carros nacionais em questão de preço, pois em questão de qualidade, me desculpem os comentaristas ai de cima, o chinês da de 10 a 1. Começar pelo motor com comando de válvulas variável, um Austríaco de última geração, que pode ser comparado somente com os top de linha das japonesas e coreanas, a suspensão traseira independente, o freio ABS de 8° geração(aqui ainda se usa os de 5°)e áté detalhes como os bancos Johnson Controls e as palhetas do limpador Bosh de borracha pura. E isso é só o começo. Agora quem prefere um nacional só para ser mal atendido em concessionárias de fábricas brasileiras, ai podem ficar com o Symbol, o Logan, o Voyage(que ainda acho melhor opção), o Fiesta e esse monte de carro atrasado e adaptado para o pouco exigente consumidor brasileiro.

    ResponderExcluir
  24. City Hunter07/06/11 23:46

    Como "retardatário" nos comentários posso me ater em informações mais recentes.
    A Jac Motors, assim como a maioria das outras marcas "ling ling" estão se esforçando para não cometer os erros que ocorreram com Lada,Daewoo,Daihatsu,Mazda,etc com já citado.além de garantia maior que a média sem limite de quilometragem elas estão instalando suas plantas montadoras no Brasil afim de eliminar o sobrepreço infligido pela taxa de importação e ter aqui um ponto de apoio fixo na américa Latina.
    Quanto a qualidade, apesar da maioria dos nossos nacionais de der projetos europeus, já se constatou que a qualidade do que roda aqui é bem inferior ao que orda lá (mesmo que muitos sejam montados aqui). Quanto a venda em standes em shopping não é novidade alguma entre os nacionais. Estrategia que vem dando resultado, mesmo sendo de bom senso fazer um test drive em qualquer carro que se quer comprar, sejá 0Km ou usado, nacional ou importado básico ou completo.
    Quanto ao Symbol, para mim ele não passa de um Clio sedan guaribado, um projeto defasado e carente de simpatia quanto que o J3 Turin é atual(design italiano), carismatico( dificil ser indiferente a ele e o esportivo que esta para chegar é bastante atraente) e com um custo beneficio coerente. Os Chineses só estão deixando evidente o quanto as montadoras nacionais se acomodaram.
    Fabricantes japoneses e coreanos já foram taxados de carroças e evoluitam ao ponto do que hoje representam em termos de qualidade global. Defeitos nas 1ªs levas sempre ocorreram nos nossos também. Acredito que é só questão de tempo (pouco tempo, pois eles tem pressa de afirmação de seus produtos) para que essa impresão negativa se dicipe.

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Carlos Costa14/01/12 16:48

    O que o JAC J3 Turin tem que os outros não tem: preço R$39.900,00, freio ABS com EBD, airbag duplo, vidros elétricos dianteiros e traseiros, luzes de neblina tras, faróis com regulagem elétrica de altura, sensor de estacionamento traseiro, luzes de neblina dianteira, retrovisores elétricos, volante com regulagem de altura, ar condicionado eletrônico, CD Player com entrada USB, abertura Interna da tampa do tanque de combustível, seis alto-falantes.

    ResponderExcluir
  27. Carlos Costa14/01/12 16:56

    Caro Alexandre Cruvinel, acredito que você está equivocado nesta reportagem. O Symbol Expression que é a versão de saída custa R$39.400,00. É mais barato que o J3 Turin R$400,00, mas lhe falta uma série de itens de conforto e segurança como ABS e EBD, faróis de neblina frente e trás, vidros elétricos traseiros, ar condicionado eletrônico, retrovisores externos com regulagem elétrica na cor da carroceria, Rodas de liga leve aro 15”, faróis com regulagem elétrica de altura, radio CD-Player. Já a versão mais completa, o Symbol Privìlege ainda não possui uma série de item do J3 Turin e custa 47.450,00. O Symbol Privìlege com preço de R$47.450,00 seria o único que poderia ser comparado com o J3 Turin com preço de R$39.900,00 e mesmo assim não possui muitos dos itens de série do sedã da JAC e custa R$7.550,00 mais caro. Então o J3 Turin continua ocupando a posição de melhor custo equipamentos do país.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.