NOVIDADES NOS EVENTOS DE CARROS ANTIGOS

Fotos: autor
Chegar ao pórtico de Águas de Lindóia por anos representou o inicio da temporada antigomobilista

O ano 2014 promete ser o "ano da mudança" no que diz respeito ao automóvel antigo. O amigo leitor do AUTOentusiastas não precisa pensar que num ato errado perdemos o tempo correto da notícia e estamos publicando a informação pertinente ao início do ano só na segunda quinzena de abril. Aacredite este é o momento correto de compilar às informações sobre o universo do automóvel antigo.

Logotipo do Encontro Paulista de Automóveis Antigos, que por quase duas décadas era conhecido como "Encontro Paulista de Automóveis Antigos de Lindóia"




Tradicionalmente, por anos a fio, a temporada do antigombilismo iniciava-se com Lindóia, mais precisamente com o "Encontro Paulista de Automóveis Antigos" que por quase duas décadas teve como base a cidade de Águas de Lindóia, a estância hidromineral que fica localizada no estado paulista quase divisa com o sul de Minas Gerais. O evento quase sempre se realizava no feriado de Tiradentes (21/04), mas de alguns anos para cá vinha alternando entre Corpus Christi (em anos ímpares) e o Dia do Trabalho (01/05). Tudo para aproveitar melhor os feriados, algo conveniente quando se viaja com um automóvel que possui mais de 30 anos e espera-se que faça a viagem no máximo de tempo que possível, assim não força o conjunto e aproveita-se as — cada vez mais raras -— oportunidades de desfrutar o tempo com o automóvel antigo.


Logotipo da Sociedade Feminina de Automóveis Antigos, organizadora do "Encontro Paulista"...

... que em 2014 está de casa nova, a cidade turística de Campos do Jordão, SP

Até que os pórticos se parecem, será que passar por aqui também representará um "recomeço"?

Neste ano, a organização do evento decidiu que era hora de mudar a sua base. O encontro nasceu em Águas de São Pedro e a idéia era que fosse itinerante, mas acabou se aconchegando em Águas de Lindóia. Em 2014 a altitude será ainda maior e toma como cidade-sede Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira, a 1.600 metros de altitude, ante os 945 metros de Águas de Lindóia. O "point" chique do inverno paulistano será o abrigo da 19ª edição do Encontro Paulista de Automóveis Antigos, entre 01/05/14 e 04/05/14. Uns elogiam outros criticam, mas pelo que temos notado, mais uma vez todos vão.

A estimativa das autoridades locais é que, no dia mais movimentado, o evento atraísse 300 mil pessoas

Em algumas edições entre automóveis inscritos para exposição, venda, não-inscritos e de visitantes fossem mais de dois mil automóveis antigos na cidade

Colecionadores e antigomobilistas do Brasil inteiro sabiam que nesse encontro havia a maior possibilidade de encontrar as peças necessárias para seus carros antigos

É claro que a prefeitura de Águas de Lindóia não seria tola de perder o evento que movimenta a cidade e traz muito dinheiro à toda a região, afinal de contas a estimativa é que aproximadamente 300 mil pessoas "visitem os carros antigos" no dia de maior movimento (normalmente os sábados à tarde), isso sem contar expositores, vendedores de peças, vendedores de automóveis, os familiares, os que se hospedam nos hotéis. Imagine quanto isso não representa no volume de dinheiro movimentado no comércio local e das cidades aos arredores. Pois é, deve ser algo significativo, tanto que durante o feriado de Corpus Christi a cidade abrigará um encontro de automóveis antigos, organizado pelo Domingos Abonate, conhecido no meio antigomobilista como Mingo, o organizador do maior evento antigomobilista mensal da capital paulistana, popularmente chamado de "Estação da Luz" (sempre nos primeiro domingo de cada mês).

Mingo e seu filho Júnior, que bravamente, organizam o evento mensal da Estação da Luz...

... que ocorre todo primeiro domingo do mês na capital paulistana, agora vão organizar Lindóia também

Também durante o feriado de Corpus Christi, como ocorre sempre nos anos pares, a cidade de Araxá, em Minas Gerais, nas dependências do Hotel Tauá (mais conhecido como Hotel do Barreiro) será novamente palco do Fiat Brazil Classic Collection (mais conhecido como Encontro de Araxá), organizado pelo Veteran Car Club de Minas Gerais. O evento tem como maior foco os grandes clássicos mundiais, carros que são cobiçados no mundo inteiro e muito antigomobilista nem sonha com a presença de algumas dessas máquinas em terras tupiniquins. Se por um lado dois eventos grandes na mesma data pode criar um "racha", também pode ser uma forma de democratizar de acordo com às preferências de cada um qual o destino que será seguido.

O evento de Araxá, tem como principal diferenciador o destaque aos grandes clássicos mundiais e...

... é uma oportunidade de, nos anos pares, admirar carros que são cobiçados no mundo inteiro
Araxá também será palco das eleições da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos), os presidentes dos clubes filiados votam no candidato que tem o perfil mais afinado com sua filosofia e a nova administração terá dois anos para mostrar serviço, com direito a reeleição. Assim como acontece com a nação, o segmento do automóvel antigo também elege seus representantes e até o momento dois candidatos foram apresentados. De um lado, Sérgio Massa, que tem sido visto nos ralis de regularidade da instituição; do outro, Roberto Suga, que há anos tem excelente relacionamento em todos os tipos de eventos e com uma infinidade de clubes.

A FBVA, que tem por obrigação defender no âmbito nacional os direitos dos automóveis antigos, terá sua eleição em Araxá, MG, durante o evento.
De setembro em diante tudo parece começar à sua habitual normalidade, pelo menos no que diz respeito aos grandes eventos de automóveis antigos — os que têm projeção nacional. No feriado da Nação (07/09) está programado o Encontro nacional de Pick-ups, Caminhões e Carros Antigos, mais conhecido como "Encontro do Pick-ups Club", em Águas de São Pedro. Um paraíso para os antigomobilistas, também estão programados os eventos de sempre no Rio de Janeiro e nos meses que seguem espalhados pelo Centro-Oeste, Nordeste e Sul. Daí para frente, e pelo visto, mais uma vez a vida segue seu rumo naquela calmaria gostosa de sempre, esperando que o movimento do automóvel antigo permaneça em marcha constante, ganhando espaço e opções diversificadas para todos os gostos e públicos, sem discriminação!

Encontro do Pick-Ups Club, no interior paulista, em Águas de São Pedro,...

... o lugar que recebeu a primeira edição do Encontro Paulista de Automóveis Antigos hoje é a capital da Caminhonete....

... um lugar bom para passear e relaxar, um marco de que o ano prossegue na calmaria e sossego que se espera ao hobby do automóvel antigo.
PT

26 comentários :

  1. Falando em mudanças, uma que eu gostaria de ver aqui no Rio, seria a mudança da exposição anual (Setembro) do Forte de Copacabana, para o Riocentro, na Barra da Tijuca. Explico. O Forte é descoberto. Quando chove, atrapalha, quando não chove, o sol inclemente castiga. Isso sem falar no vento forte, que pode incomodar tanto com chuva, quanto com sol. Outra coisa é que o Forte não tem estacionamento para o público, e estacionamento é coisa que tem de sobra no centro de convenções do Riocentro. Creio que por essas razões, seria um local muito mais apropriado para o evento, embora se perdesse a vista panorâmica do mar, da praia, e da Avenida Atlântica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor Gomes19/04/14 13:26

      Não sei como está agora, mas no Riocentro o calor era insuportável. Ao menos na praia de Copacabana o vento refresca um pouco. Não sei pq eles tiram o gramado de lá e colocaram aquele cimento sem graça.

      Apesar de Lindóia "ter perdido" o encontro de antigos, em agosto será realizado lá o Civic Nation 5, que tem se firmado como encontro nacional de Hondas, visto que na edição anterior não tinha espaço para todos os carros que foram ao encontro. Tudo bem que o tamanho dos eventos são incomparáveis a princípio, mas o Civic Nation é recente e vem aumentando o número de visitantes e participantes, tal como o Bubble gun treffen, o encontro de Volks também realizado em Águas de Lindóia.

      Espero poder ir em todos um dia.

      Excluir
    2. Mr. Car
      Pois eu sou muito mais inteligente que voce
      Ao invés de pedir a mudança para o Rio Centro eu auguraria aos organizadores que fizessem 2 eventos anuais: Forte Copacabana e Rio Centro com intervalos de alguns meses entre eles logicamente. Acho que acuidade comporta e merece a duplicação dessa exposição
      He he he!
      Tchau

      Excluir
    3. Victor: nas vezes que estive no Riocentro, não senti esse calor todo que você fala.
      Anônimo 19/04/14 13:29 hs: eu sou mais inteligente. Pediria então, dois eventos no Riocentro, he ,he, he!

      Excluir
  2. Portuga
    Adoro antigos e ja fui a Lindoia algumas vezes
    Me perdoe o comentário mas esse evento vai acabar com Camoa do Jordão!
    Vão escangalhar a pequena e charmosa cidadezinha
    Por favor faca alguma coisa a respeito!
    Help!

    ResponderExcluir
  3. Mr Car,
    Concordo com tudo o que escreveu, mas vamos lembrar que fazer um evento no Riocentro implicará em ter de desembolsar um dinheiro, que provavelmente, desfalcará o clube realizador.
    O evento de Santos, era maravilhoso, nos moldes descritos por você, porém, custava muito ap CAAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso te dar certeza, Portuga, mas suponho que o espaço do Forte também não seja cedido de graça. O Riocentro tem uma taxa grande de ociosidade, e se a Prefeitura for esperta, poderá cobrar o mesmo que o Forte cobra dos realizadores da exposição, ou não muito mais. Por pouco que entre nos cofres do município, já é melhor que nada, he, he! Questão dos organizadores sondarem e ver se existe possibilidade de um acordo bom para ambos os lados. O fato é que o Forte é um local que deixa a desejar, apesar da localização em ponto nobre. Outra coisa sobre o evento, é que deveria ter maior divulgação, bem como outros eventos de antigos no Rio. Praticamente só quem é ligado nesse negócio de carro antigo é que fica sabendo, mas não o grande público de modo geral.
      Abraço.

      Excluir
    2. Mr. Car,

      A grande vantagem do Forte, a meu ver, é a facilidade de chegar. De carro, pode-se estacionar naquele hotel que era o antigo Bingo Arpoador (o estacionamento é para não-hóspedes, também e custa R$ 12,00 para ficar a tarde toda). Aqui da Zona Sul, a facilidade de transporte para lá também é fácil, e de outros pontos da Cidade pode-se chegar de metrô sem problemas (meus amigos vem de metrô).

      Ir com a esposa também é mais tranquilo, basta fazer um lanchinho na filial da Colombo que funciona no Forte, e como é lugar bonito para fotos, as mulheres vão sem problemas.

      No Rio Centro, a dificuldade de transporte é o tema. Dificílimo de chegar sem carro. E de carro, fica fácil somente para quem mora em determinadas regiões de Jacarepaguá (como Taquara e Freguesia), Barra e Recreio. Fora que lá, sem ar e ventinho fresco do mar, fica um inferno de quente. Fui a uma exposição de Tunning lá e o calor beirava o insuportável.

      Sem contar o estacionamento. Nada menos que R$ 30,00 a R$ 40,00...

      No Rio estamos mal de locais para esse tipo de evento...

      Leo-RJ

      Excluir
    3. Mr Car,
      Sempre que precisei usar o Forte de Copacabana usei gratuitamente.
      Recentemente gravei com o diretor Padilha lá, nada precisei pagar.
      Acredito que para os eventos de cunho cultural, cpmo é o carro antigo, seja igual.

      Excluir
  4. Sinto muito mas não vou para campos de jordão, e muitos conhecidos também não. A cidade é muito elitista, com acomodações e alimentação muito caras, somente para pessoas relamente endinheiradas, além do local reservado para os carros em campos ser muito menor.

    ResponderExcluir
  5. Boa matéria PT, pelo que tenho conversado com os amigos antigomobilistas, o coração anda dividido. Por um lado a tradição fala mais alto, por outro há os adeptos do encontro mais "família", sem tanto oba oba.

    Convite de ambos eventos:
    Lindóia 2014: http://www.retroauto.com.br/images/Encontro_Aguas_de_Lindoia_2014.jpg?563
    Campos do Jordão 2014: http://www.encontropaulistadeautos.com.br/Figuras/Encontro%20de%20autos.jpg

    E amanhã teremos o mensal do Parque da Mooca, estaremos mais uma vez lá.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel e Portuga, não encontrei a informação que se refere a data do encontro de Lindoia..., vocês saberiam me informar? Grato!

      Excluir
  6. Nada mais normal a transferência desse caro evento para Campos do Jordão. Os paulistas são sem dúvida alguma talvez os maiores colecionadores de carros antigos, e com poder aquisitivo maior. Portanto na minha modesta opinião , acho correta a mudança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou paulistano
      Mas o pessoal de Minas Gerais tem os melhores carros do pais!
      Vale a pena ir ao encontro de Araxa que ocorrera nesse ano

      Excluir
  7. Portuga, a gente se tromba por ai. Grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Desculpem a franqueza, mas realizar eventos em locais como Campos do Jordão é o caminho mais certo para elitizar ainda mais o antigomobilismo, que já não é algo, digamos muito popular. O alto custo de estadia, alimentação, etc., afastaria ainda mais aqueles cujo poder aquisitivo não é tão alto e que poderiam, com sua presença, prestigiar ainda mais os automóveis antigos e sua história. A não ser que a intenção seja realmente afastar o "povão" dos eventos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje em dia já acredito que isso tenha se tornado uma meta. Lamentavelmente, dificultando (propositalmente) o acesso daquele dono dum Fusquinha 196... (restaurado lentamente conforme o orçamento permitia e focando somente nos (louváveis também, porque não?) colecionadores que chegam de carretas e portanto tem melhores condições financeiras...

      Excluir
  9. Em 2013, as entradas adquiridas antecipadamente para o SEMA Show nos EUA custavam US$25,00, e o estacionamento válido para a tarde toda apenas US$10,00. A hospedagem em hotel 3 estrelas (The Quad Resort & Casino), situado a 1,6Km. do evento, saía a US$69,00 a diária, Em Campos, um hotel 3 estrelas sai em média R$350,00 a diária, Mesmo que o acesso ao evento seja gratuito, o custo para ir à exposição será alto para a maioria. É o caminho mais rápido para a não-popularização dos carros antigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo,
      Não seriam os valores um problema de outra natureza? Neste momento estou no aeroporto esperando minha irmã desembarcar de uma viagem de 15 dias à Africa Sul, custou exatps 1/3 do que custaria ir ao Nordeste do nosso país!

      Excluir
    2. O que quero dizer é que, apesar dos eventos nos EUA serem enormes, os preços são "populares", o que contribui para aumentar o número de visitantes, e consequentemente, valorizar o evento, o que também atrai mais patrocinadores. Se assim não fosse, as feiras americanas não seriam o que são hoje, e todos saem ganhando; o público, com um maior número de atrações, e os expositores, que podem pleitear melhores patrocínios. Mas é claro, isto é algo cujo resultado só se vê a médio prazo.

      Excluir
  10. Entre 1998 e 2013 devo ter ido de umas 12 vezes para Lindoia no bate-volta saindo de Sao Paulo. Facil para chegar, estacionar (aprendi algumas manhas em um ano que fiquei 3 dias) e tudo mais. Neste ano, infelizmente quando soube que seria em Campos do Jordão desisti na hora, pelos motivos já expostos acima. Uma pena. Vou continuar indo para Lindoia nos outros eventos. Renato Ver.

    ResponderExcluir
  11. Apesar dos aumentos de preços que vinham sendo cobrados dos aficionados (nem me refiro aos colecionadores) por veículos antigos anos e anos a fio pelos comerciantes de Águas de Lindóia, tornando os encontros cada vez mais caro em todos os sentidos (estacionamentos, comidas, bebidas, e até sanitários tinham preços "inflados" durante os encontros). Porém acredito que neste sentido Campos de Jordão é o último local no qual deveria ter-se pensado (a não ser que o intuito seja de "elitizar" de uma vez o encontro, tornando-a acessível somente para as classes A, A+ e A++), pois seus custos já são normalmente elevados, imagine-se durante o encontro! Acho também que é necessário que se tome cuidado com uma certa politicagem da qual até na net se lê e ouve a respeito de grupos A, B ou C cobrando "x" (na verdade "X x Y x Z) de prefeituras interessadas em sediar eventos, cobrir custos, "ok", enriquecer ou subsistir as custas dos "antigosiastas" não me parece correto. Penso seriamente em ir a Lindoia, em Campos, certamente não vou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilton. Imagine Campos do Jordao em um feriado prolongado com friozinho chegando e a invasao de paulistanos. Agora imagine esse mesmo feriado prolongado com essa mesma invasao de turistas paulistanos atras de chocolate e foundue, misturada a uma invasao de automobilistas...

      Excluir
  12. Portuga, sei que pose ser delicada a questão pra você, mas gostaria muito de ler (se possível) a sua opinião a respeito da "mudança de ares" de Águas de Lindoia para Campos do Jordão. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Nilton,
      Para mim não é nada delicado, acho que assim como o EPAA não nasceu em Águas de Lindóia ele pode midar de cidade quantas vezes for possível.
      Eu pretendo ir tanto em Campos do Jordão quanto vou em Águas de Lindóia, ao contrário daaioria que se manifestou aqui eu acho que no quesitp hospedagem está maos barato ficar. Campos do que em Lindóia, pelo menos, para mim está ficando mais em conta. No que diz respeito a alimentação e putrps gastos só saberei após o evento ocorrer.
      O que acho estranho é que os mesmos argumentos usadps "contra" Campos são os que vivp lendo e puvindo spbre qualquer outrp eventp em qualquer outra cidade ou estado.
      Tenho uma frase sobre fazer eventos de carros antigos: é igual fazer festa de casamento, não importa o quantp você se esforce sempre sairá alguém falando mal.
      Acho saudável ter eventps como Araxá, O novo de Lindóia, o das Pick Ups em São Pedor e até aquela reunião de amigps no poto de combustível perto de casa, o que vale é usarmos os carros para nos divertir e fazer amigos, esse - para mim - é o real sentido da Cultura Antigomobilista!

      Excluir
    2. Portuga, muito obrigado pela sua atenção!

      Excluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.