O MICHAEL SCHUMACHER QUE POUCOS CONHECEM

Foto: telegraph.co.uk


O porquê da comoção em relação ao Michael Schumacher e seu estado de saúde. Com certeza o mundo estará mais triste se perdermos esse incrível ser humano.

Michael Schumacher foi um gênio nas pistas, ele sempre passou uma imagem de austeridade e seriedade, foi competitivo ao extremo, passou por várias polêmicas em sua carreira na Fórmula 1 como todo gênio desse esporte.

O texto a seguir me foi passado por amigo de Belo Horizonte, Fernando Glufke. O autor é desconhecido e achei que merecia ser compartilhado com os leitores do Ae.

Schumacher possui uma fortuna estimada em € 600 milhões, mas poucos conhecem o ser humano, um lado importantíssimo dele que ninguém conta. Schummy é embaixador da Unesco, doou mais de US$ 1,5 milhão para projetos ligados à educação e ao esporte, incluindo alguns no Brasil. Financiou sozinho a construção de uma escola para crianças pobres no Senegal, além de contribuir para melhorias da própria cidade de Dacar. Também sozinho construiu um hospital especializado em amputados para apoiar as vítimas da guerra de Sarajevo, a capital da Bósnia e Herzegovina.

Em Lima, no Peru, fez o "Palácio para os Pobres", centro de ajuda para as crianças de rua, com alimentação, educação, cuidados médicos, roupas e abrigo. Para as vítimas do tsunami que atingiu a Ásia em 2004, Schummy doou nada mais nada menos do que US$ 10 milhões, a maior doação individual de um esportista. Para a Fundação William J. Clinton, em prol das crianças com HIV, malária e pobreza, foram mais US$ 5 milhões. Para enchentes que devastaram a costa européia, mais US$ 1 milhão.

Schumacher foi pessoalmente visitar as vitimas do terremoto na Costa Rica, onde se emocionou bastante e deixou mais uma doação de 1 milhão de dólares para as vítimas.

Schumacher adotou uma cadelinha que vivia andando pelos boxes de Interlagos faminta e muito magra, apelidou ela de Pulga (Flea,  em inglês), levou-a ao veterinário, cuidou dela e levou a cadela abandonada para viver com ele e a família na Alemanha. Pulga virou uma espécie de celebridade, pois ele a levava para tudo que é circuito nos finais de semana de corridas.  Na foto abaixo, Schummy e Pulga dando uma voltinha em Ímola, em San Marino.


Schummy e Pulga, em Imola (foto album.sofeminine.co.uk)

Força, Schumacher, o mundo está do seu lado, torcendo mais uma vez. Hoje chegaram notícias de que você piscou os olhos e reagiu a estímulos, dentro do processo de acordar da sedação. Você há de sair inteiro dessa.


BS

21 comentários :

  1. Não conhecia esse lado do Schumi. Então além um dos maiores pilotos da história, ele também é uma pessoa extremamente generosa. Espero que o Schumi sobreviva e se recupere , o mundo precisa de mais seres humanos como ele.

    Eduardo

    ResponderExcluir
  2. Esse era o piloto de fórmula 1 favorito do meu pai.

    Ele era torcedor fanático do Schummy.

    ResponderExcluir
  3. Desconhecia esse lado humanitário deste grande piloto. Ótimo artigo, força Schumi.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto isso a praga do Sarney continua firme e forte.

    Infelizmente, só percebemos a grandeza de alguns seres humanos quando eles não podem receber nossas homenagens. Tomara que Schumacher volte, mesmo que seja só para receber nossos aplausos.

    ResponderExcluir
  5. Sou fã incondicional desse cara, fantástico piloto e grande ser humano!!!
    Torcia pra ele desde a Jordan, o cara era diferenciado.........
    Não dá para dizer se ele foi o melhor de todos os tempos, mas entre os 10 ele com certeza está, ao lado de Clarck, Senna, Piquet, Gilles, Fangio......

    Força Schummy!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Engraçado... A gente só ouve as pessoas falarem mal do cara... Que era sem escrúpulos e etc...

    Tem nego doente que acha até que ele foi responsável pela morte do Senna.

    Na realidade as pessoas gostam muito de julgamento... Apedrejamento... Mas no final ninguém sabe é de nada da vida de ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou e disse, Igor!

      As pessoas não conhecem os caras pessoalmente e fazem esse julgamento. Já vi gente falar que odeia o Schumacher porque quando o Senna morreu, "ele estava pressionando o Senna". É o cúmulo da ignorância! Eu me lembrava sim das ações humanitárias do MSC, e do carinho que ele sempre teve com o Massa e com muita gente boa. Acho-o um grande sujeito, e um profissional excepcional!

      Volta Schummy!



      Excluir
  7. Sabia que o Schumacher sempre se envolveu em causas humanitárias, mas nunca soube que as doações sempre foram (bem) generosas. Bom saber que o quadro clínico dele está caminhando para o lado bom, dentre tantas notícias fatalistas que andaram divulgando nas duas últimas semanas.

    ResponderExcluir
  8. Schumacher,você venceu na vida,tanto como profissional(um dos melhores do mundo,se não o melhor)como ser Humano generoso e caridoso com o próximo,caso Deus queira levá-lo,deixará muitas saudades!!!Charles Alexandre..........

    ResponderExcluir
  9. Independente de sua carreira, que sempre gera algumas polêmicas em conversas com amigos, achei notório não o fato de uma pessoa pública como ele ter atitudes humanitárias como estas, mas sim ele fazer isso para simplesmente ajudar as pessoas, e não fazer doações e sair divulgando as quantias para se promover de alguma forma. Se mais gente com recursos como ele tomassem atitudes como estas para simplesmente ajudar quem realmente precisa...
    Leandro Lovato

    ResponderExcluir
  10. Para mim, não é nenhuma surpresa. É extremamente comum que os milionários astros da música, das artes cênicas, e dos esportes, façam grandes benemerências. É uma forma de mostrarem que sabem que existe um mundo que não é o de glamour em que eles vivem, e também uma forma de demonstrarem gratidão por tudo que conseguiram. E se um sujeito é grato, e se importa com os outros, não pode ser um cara ruim. É evidente que o alemão é um bom sujeito, mesmo com uma ou outra trapaça (que nem precisava) nas pistas. Além do mais, gosta de cachorro, he, he! Nunca me esqueci de um filme onde havia um personagem muito esquisito, mas que era adorado por um menininho, e por um cão. Dois outros personagens do filme estavam conversando sobre o esquisitão, e então um disse para o outro: se a criança e o cachorro gostam dele, ele não pode ser um cara ruim. Que ele se recupere, e sem nenhuma sequela, é a minha torcida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Extremamente comum com americanos ou europeus. E com os brasileiros? me cite uma celebridade ou esportista milionário (Faustão? Silvio Santos? William Bonner? Alguma dupla sertaneja? um funkeiro?) que faça algo semelhante. Nenhum. Porque o brasileiro é dinheirista demais!

      Ricardo2

      Excluir
    2. Eu não vou citar nada. Há inúmeros exemplos que são de conhecimento público. Se você é um sujeito informado, então vou considerar que não está falando sério quando diz que celebridades tupiniquins não fazem benemerência.

      Excluir
    3. Sem perder muito tempo Ricardo 2, tente se informar sobre a IBK (http://ibk.org.br/) e o Instituto Ingo Hoffmann (http://www.ingohoffmann.org.br/) antes de falar asneiras por aqui.

      Excluir
    4. O maior esportista brasileiro de todos os tempos, Ayrton Senna, era conhecido por sua filantropia também, tanto que ele nos deixou o instituto que leva seu nome.

      Excluir
    5. Isso é óbvio, todo mundo conhece, ao contrário do Schumacher, que praticamente ninguém sabia.

      Excluir
  11. Mr. Car,

    "Dois outros personagens do filme estavam conversando sobre o esquisitão, e então um disse para o outro: se a criança e o cachorro gostam dele, ele não pode ser um cara ruim".

    Não caia nessa!

    Existem muitos homens "bonzinhos" que são extremamente falsos. Também existem muitas pessoas de caráter exemplar, que eventualmente são atacadas e até mortas por cachorros.

    Isso é mito.

    ResponderExcluir
  12. e, ainda por cima, o melhor piloto da F1 até hoje.

    ResponderExcluir
  13. O Podcast F1 Brasil já fez dois episódios sobre a carreira do Schumacher. Vale a pena ouvir. Os brasileiros conhecem apenas parte da história contada pelo Galvão, porém o alemão tem uma bela biografia.

    ResponderExcluir
  14. Só no Brasil que o Schumacher tem fama de mau. Coisa da globo e do Galvão, como o Senna era o herói, resolveram colar a fama de vilão frio e insensível no alemão (além de ensinarem todo mundo a falar o nome dele errado). Com a morte do Senna, foi natural a antipatia contra o Schummy só crescer por aqui. Outra curiosidade: o Schumacher virou até personagem de desenho animado no filme Carros, da Pixar, e ele mesmo gravou as falas em quatro diferentes línguas.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.