NOTÍCIA: HARLEY-DAVIDSON FECHA 2013 COM LUCRO

A Harley-Davidson acaba de divulgar seu balanço global do último trimestre e do ano de 2013, confirmando a tendência de incremento já observada ao longo do período. A empresa registrou aumento de vendas globais de 4,4% no ano passado, enquanto o lucro cresceu 17,6% em comparação a 2012, exibindo um crescimento contínuo e saudável de suas operações.

O lucro líquido no quarto trimestre de 2013 foi de US$ 75,4 milhões, de um faturamento total de US$ 1,19 bilhão. Em iguais meses de 2012, o lucro líquido foi de US$ 70,6 milhões, com receita consolidada de US$ 1,17 bilhão. O lucro por ação teve aumento de 9,7%, chegando a US$ 0,34, devido, principalmente, ao forte resultado das operações no segmento de motocicletas, incluindo uma receita maior e um gasto operacional menor em relação ao mesmo período de 2012.

No balanço total de 2013, o lucro líquido da empresa foi de US$ 734 milhões e o faturamento, US$ 5,9 bilhões. Como comparação, 2012 alcançou lucro líquido de US$ 623,9 milhões, em receita consolidada de US$ 5,58 bilhões. O lucro por ação no ano passado foi de US$ 3,28, 20,6% a mais do que os US$ 2,72 de 2012.


“Sem dúvida, 2013 foi um ano extraordinário para a Harley-Davidson. Nós anunciamos motocicletas surpreendentes, como o Projeto RUSHMORE e a Street, celebramos nosso aniversário de 110 anos com nossos clientes em todo o mundo e registramos crescimento financeiro. Nenhum destes resultados seria possível sem o grande esforço de nossos funcionários, concessionários e parceiros, trabalhando como um time único e seguindo com o objetivo de alimentar os sonhos de liberdade de nossos clientes”, afirma Keith Wandell, chairman, presidente e executivo-chefe da Harley-Davidson, Inc.

Vendas de motocicletas aumentam 5,7% no trimestre
Concessionários em todo o mundo venderam 45.875 novas motocicletas Harley-Davidson no quarto trimestre de 2013, aumento de 5,7% comparado às 43.405 comercializadas no mesmo período de 2012. As revendas americanas faturaram 27.387 motos zero, incremento de 6,3% sobre as 25.753 vendidas entre outubro e dezembro do ano anterior.
 
Nos mercados fora dos Estados Unidos, concessionários entregaram 18.488 novas motocicletas durante o último trimestre de 2013, volume 4,7% superior às 17.652 unidades negociadas em igual período de 2012. A América Latina teve uma redução de 2,8% no trimestre.
 
Em 2013, os concessionários venderam 260.839 novas motos Harley-Davidson em todo o mundo, aumento de 4,4% comparado às 249.849 comercializadas em 2012. Os Estados Unidos tiveram incremento de 4,4%; Ásia-Pacífico, 9,8%; América Latina, 13,1%; e Canadá, 4,6%. Na região de EMEA (Europa, Oriente Médio e África), houve queda de 1%. (Harley-Davidson)

2 comentários :

  1. Para quem já esteve perto da bancarrota, isso é muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Reflexo da expansão em mercados emergentes. Um exemplo foi a criação do Rio Harley Days, em 2011.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.