PRATICANDO O AMIGOMOBILISMO

Fotos: autor

Tradicional visão: o evento de Santos, organizado pelo CAAS

Vamos falar aqui sobre eventos de carros antigos, mas não espere saber sobre quantidades, os mais raros, os vencedores: o intuito dessa postagem é mostrar o evento paralelo que cada antigomobilista pode participar, isso torna o ato de viajar e ir até os encontros muito mais divertido para o colecionador, sua família e também para aqueles que apenas admiram os automóveis históricos. Nenhuma palavra define melhor essa prática do que a criada pelo Ervin Moretti: amigomobilismo.

Volkswagen Sedã 1300, ano 1974, propriedade de Ervin Moretti, criador do termo amigomobilismo
O fusquinha do Ervin Moretti é conhecido como "Horácio", presença marcante e constante nos eventos

Participei, de maneiras diferentes, do XVIII Encontro de Automóveis Antigos de Santos (de 23 a 25 de agosto) e do XV Encontro Nacional de Pick-Ups, Caminhões e Automóveis Antigos (7 e 8 de setembro). O primeiro no litoral sul paulista, o segundo, em Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, numa distância aproximada de 200 km da capital. Um acontece num pavilhão coberto com dez mil metros quadrados, o outro toma toda a pequena cidade (a segunda menor do estado). Em comum é que nos dois lugares é possível curtir o evento em família e com amigos.

Mário Ferretti, o maior incentivador da marca Studebaker no Brasil, é outra presença constante, em Santos com um Commander 1952, optou por salvar o carro fazendo um hot rod
Em Águas de São Pedro, Ferretti optou por levar uma Pick-Up 1955, também hot rod; seja com os customizados ou com originais, o colecionador é conhecido por ser um sujeito "boa praça" e cheio de amigos
Na última postagem, comentei como foi descer e subir praticando o comboio, comentei que fui com o meu Corcel II GT 1979, não contei é que ele voltou de lá premiado, mas o melhor do evento – sem dúvida alguma, não foi subir a serra com um troféu, mas sim chegar em casa com um sorriso no rosto e já com saudades da bagunça entre amigos. Ficamos no hotel mais simples da cidade litorânea, fica longe do mar e bem próximo do evento, mas todos ficam lá, isso faz com que as instalações simples e rústicas virem aposentos divertidos. Enquanto não estávamos "zanzando" entre os carros, firmamos ponto de encontro na barraca do clube, que virou o point do evento. Entre os salgadinhos – dos mais baratos –, refrigerantes, água e bebida estavam as esposas em conversas de "meninas" crianças brincando e os sócios dos clubes dando risada e falando sobre carros.

Para Santos levei o Corcel II GT, mas ele está longe de ser o foco principal, a não ser por tê-lo estacionado ao lado de um dos "points" do evento,...
...a barraca do clube, lugar fácil para as famílias se reunirem e botar o assunto em dia,...
... divulgar produtos do clube e o próprio evento acaba ficando em segundo plano: o foco se torna a confraternização, o real sentido de um clube
Durante o dia a confraternização, indo e voltando do hotel, bate-papo, à noite acontece a parte social do evento: a festa. Jantar com baile, muita música, mas vale mesmo pela farra entre amigos. No domingo, durante a premiação um almoço, mas a refeição fica em segundo plano, porque entre o anúncio e outro de quem levou o caneco, a comemoração dos amigos faz o troféu ser uma pequena parte do reconhecimento. Todos saímos do evento com uma vontade: Vamos fazer isso, novamente e logo.

La Salle 1937, carro difícil de se encontrar, apelidado de "Baby Cadillac", vira motivo de conversa entre amigos
Durante a premiação, toda e qualquer pompa é esquecida, a diversão fica no foco, daí a falta de definição da foto
Perdoem-me às péssimas fotos, mas cliquei às pressas, sem luz e no meio do tumulto, acredito que vale pelo registro, com camisas amarelas o pessoal do Reumatismo Car Club, uma turma animada
Na semana seguinte já estávamos, todos, criando planos para a nova viagem, dessa vez o destino seria Águas de São Pedro. Um amigo da turma, Luiz Quibao Jr., que guarda um Karmann-Ghia na sala, tem uma casa de veraneio em São Pedro, cidade com nome parecido de onde acontece o evento, a uma distância de apenas cinco quilômetros. A casinha é simples, mas para nós é o palácio perfeito para acomodar os loucos por automóveis antigos e as respectivas famílias. Dessa vez não fui com nenhum antigo, usei um Fiat Doblò Adventure que estava disponível para testes. Sem querer acertei na escolha, os seis lugares foram usados entre as duas cidades e para carregar as peças que a gente acaba comprando para nossos antigos.

Só conhecendo os antigomobilistas é que sabemos, por exemplo, que o De Soto 29 e o Charger 71 são de um casal, que juntos curtem os automóveis antigos
Nas barracas de peças, motivos de sobra para lotar o porta-malas de itens para aquele carro em restauração
Na casa do amigo Luiz Quibao, em São Pedro, a costela no bafo para um almoço entre amigos, acompanhado de boas risadas
No meio do caminho, há uma casa que vendo todo o tipo de antigüidades ou, como nós chamamos, "as tralhas que a gente gosta". Há até dois carros antigos na entrada, uma Chevrolet Brasil e um Land Rover Defender ou, pelo menos, o que sobrou deles. Carlos Falcão, que estava, conosco, se encantou com um televisor Philco-Ford dos anos 1980. Enquanto isso, na casa em São Pedro corriam os preparativos para o jantar: uma costela "preparada no bafo", um processo que demora horas para fica pronto – mas o prato acaba em pouquíssimo tempo!
A picape e o Land Rover estão à venda, junto com uma infinidade de objetos....
... dentro do comercio de antiguidades, que é "o tipo de tralha que a gente gosta"
Carlos Falcão testando a TV Philco-Ford de 20 polegadas
Em paralelo, em Águas de São Pedro, diversos veículos antigos estavam expostos tanto na praça próximo ao Grande Hotel, quanto no salão municipal que durante o evento – tradicionalmente é batizado de "Salão das Pick-Ups". Lá ficam alguns dos veículos-destaque do encontro. Particularmente, dividi minhas escorridas de baba entre o Plymouth Duster ostentava sua simplicidade da carroceria compacta (para os yankees, claro) sem luxos e nem excessos de ornamentações, mas com um belo V-8 big block 440 Magnum de 375 cv, e um Mercury Cougar XR7 1968, que na minha humilde opinião superam em muito, no quesito beleza, os irmãos Ford Mustang.

Plymouth Duster, motor Magnum 440 big block, espartano e potente
Mercury Couger XR7, desempenho mais modesto com acabamento refinado, também no "Salão das Pick-Ups",...
... mas na ala principal, são as caminhonetes de todas as épocas que enfeitam o recinto
Ainda no "Salão", bem no hall de entrada, caminhonetes de diversas épocas contam à sua maneira como os utilitários evoluíram. Como nem só de extrema originalidade vive o homem, então fica evidente que modelos mais "ousados" também são bons em roubar a cena, no gramado. Mas o evento de "São Pedro", como é conhecido, tem por tradição os quiosques cheios de amigos no mais puro ágape fraternal, seja tomando um sorvete, bebendo uma cerveja ou comendo um lanche, sempre entre família e bate-papo sobre automóveis.

Brilhando ao sol, o cavalo-mecânico Kenworth mostra que a beleza é aumentada com acessórios cromados
Na sombra do quiosque do nosso amigo Du, o lugar se transforma em nossa base
Preço honesto, produtos bons e o principal: família e amigos reunidos
Entre um automóvel e outro, por aqui ou por ali, uma coisa é certa: todos os eventos de automóveis antigos têm uma série de eventos paralelos. Podemos optar em ver apenas os carros ou toda a cultura que eles carregam. Curtir o que acontece nas praças principais ou aproveitar todo o final de semana, curtir sozinho ou em boas companhias, aos antigomobilistas desejo que encontrem sempre a alegria em conhecer eventos e fazer cada vez mais amizades, aproveitar cada momento da viagem, envolver as famílias.E, claro, praticar o amigomobilismo.

Portal de entrada, no gramado de Águas de São Pedro, a cidade é conhecida como "A Capital da Pick-Up Antiga"

PT

35 comentários :

  1. Otimo texto, Portuga !! Parabens !!! Realmente o convivio com os amigos e os "carros velhos" sao a nossa gasolina para encarar o dia a dia ! forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso Marcão,
      nosso combustível é a amizade, sem isso tirar o carro da garagem perde a graça.

      Excluir
  2. Realmente o fim de semana foi incrível! Que venham os próximos! Pois é a Magia de nosso Filhos de Lata que serve de Argamassa para a União de Amigos, que muitas vezes até se reconhecem como Irmãos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quibao,

      Que venham mais finais de semana como estes mesmo! Nos reconhecemos como Irmãos, porque é verdadeiro, justo e perfeito. Que venham mais finais de semanas como este!

      Excluir
  3. Portuga.
    Parabéns pela sensibilidade em captar o espírito que todo encontro de autos antigos deveria ter: amizade, cordialidade e respeito.

    Esta é a filosofia do Clube de Autos Antigos de Taubaté - CAAT há 26 anos.

    Aldo

    Obs.: pessoal do Reumatismo é nota dez. Grandes companheiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Aldo,

      Realmente o pessoal do Reumatismo é nota 10, aliás, mais que isso... eles são nota mil. Concordo contigo sobre a filosofia do CAAT, um pessoal unido e disposto onde tenho grandes e bons amigos.

      Excluir
  4. Adorei o Kenworth! Imagino que a cabine dele deva ser maior que meu quarto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo Freire,

      Tanto o "sleepbox" do Kenworth, quanto do Peterbilt são grandes e espaçosos. Nos EUA pode-se escolher entre diversos modelos, alguns tem o dobro, até o triplo do tamanho desse da foto. Suspeito que os tamanho "extra large" sejam maiores que muitos apartamentos da atualidade.

      Excluir
    2. Eu vi uns desses monstros em Orlando. Uma minivan parece um Smart Fortwo perto deles. E eles andam incrivelmente rápido pelas freeways.

      Excluir
  5. querido Amigomobilista Portuga: maravilhoso texto, escrito com bastante propriedade pois, tanto em se tratando de carros antigos como de amizades, você é um Mestre. Seu profissionalismo e carinho a todos contagiam, deixando extremamente contente por ter sido mencionado nesta sua matéria. Creio que o termo Amigomobilista até já existia, mas tive a felicidade de dar-lhe vida e trazer o assunto ao dia a dia ao meio dos carros antigos. Parabéns e agradecemos a amizade. Flavia, Ervin e Horácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, Ervin e Horácio, meus amigos.

      Se o termo "amigomobilismo" realmente existia, ou não, pouco importa. O importante mesmo é que você o concretizou e com tamanha sabedoria que fica inegável não lhe dar os créditos por essa palavra do neologismo que já deveria constar em dicionário.

      sou um mero Aprendiz, quero aprender todos os dias e para sempre. Saiba que aprendo muito com vocês. Obrigado pela amizade e pelo amigomobilismo.

      Excluir
  6. Parabéns por manterem a memória, principalmente, dos antigos nacionais sempre viva. Acho muito legal quando essa exposições não se prendem apenas aos modelos raros, e dão oportunidade àqueles antigos que fizeram, (e ainda fazem), parte das nossas vidas. Não sou colecionador e muito menos tenho "raridades", mas gosto de carros antigos, tenho alguns modelos, e gostaria de saber dos eventos com antecedência para visitar e, quem sabe, também participar. Por favor, disponibilize um canal para tanto. Obrigado e abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JR,

      Mande-me um e-mail e vou te avisando conforme as datas chegarem. Venha participar e - o mais importante - se divertir.

      Excluir
    2. Tem uma página muito boa que se chama HotPA, lá têm uma agenda bem extensa com diversos eventos.
      http://www.hotpa.com.br/pages/dev/Eventos.aspx

      Excluir
  7. Cara....La Salle não é difícil de encontrar só não, é difícil até mesmo de sonhar.......Plymouth Duster é show de bola. Olhando para esses faróis é que acho mais horroroso ainda esses faróis puxados que eles estão com mania de colocar nos carros hoje em dia. Para mim, adooooro os faróis do SONIC da Chevrolet por causa disso. Outra coisa, não sei se sou somente eu, mas o parabrisa traseiro está ficando cada vez menor e mais alto. É só também comparar com os carros um pouco mais antigos.....em tempo: OLHANDO PARA OS FUSQUINHAS, CADA VEZ MAIS ME DÁ RAIVA DE QUEM DIZ QUE O FUSCA NÃO É UM CARRO SEGURO POR CAUSA DAS COLUNAS....Já viram quantos hoje em dia tem colunas mais grossas que o Fusca???? vamos indo...um abraço a todos eeeeee Bela Matéria!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valdek,

      Cara, concordo com alguns aspectos que você comenta. Quanto ao Sonic não é muito do meu agrado, mas respeito a opinião e admito que é um toque de personalidade dentro da mesmice dos automóveis com desenhos parecidos.

      Excluir
  8. Muito bacana, Portuga!
    A única coisa que eu acho realmente lamentável, que estraga esse meio, são os valores proibitivos para aquisição de verdadeiras sucatas ambulantes. Carros em ótimo estado, então, nem se fala, são privilégio para muito poucos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Seria um problema maior quem pede pelos "preços proibitivos" ou quem paga esses preços? Mas se pagam por isso seria realmente proibitivo?

      Discordo de que carros em ótimo estado sejam para poucos, ou eu tive sorte de comprar bons carros a preços de ocasião ou procuro até encontrar o que me agrada e cabe no bolso.

      Minha sugestão é procurar o que se quer e não se deixar levar pelas "oportunidades impensadas", porque uma hora aparece o que você quer pelo preço que pode pagar.

      Excluir
    2. É uma excelente visão, a sua.
      E realmente o Sonic tem seu toque de personalidade. Teria um se pudesse.

      Excluir
  9. Tenho a impressão de que, em todo o universo autoentusiasta, o antigomobilismo é aquele onde esta palavra melhor define as relações, he, he !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mr. Car

      Acredito que os automóveis são só uma desculpa para ver os amigos, dai a brincadeira de transformar o antigomobilismo em amigomobilismo. O importante mesmo é que o automóvel seja um meio para te levar a conhecer pessoas e lugares.

      Excluir
  10. Portuga Tavares
    Voce poderia avisar aqui no AA quando desses eventos e encontros de carros antigos. pelo menos os principais.
    Acho que muitos , como eu , se animaria a levar a familia e a filharada para ver essas preciosidades.
    O que ocorre que quam nao faz parte desse universo , dificilmente fica sabendo desses encontros.
    Um que sempre e comunicado e a Carreata de Moema . Todo ano o blog comunica e fotografa o evento. O Raly de regularidade em Interlagos tambem e divulgado. Alias varios dos leitores se conheceram pessoalmente nesse evento e tiveram o privilegio de conhecer e conversar com o Bob e o Arnaldo!
    Uma sugestao seria colocar uma especie de calendario com os principais eventos.. talvez por estado ou regiao....nao sei o que acha?
    Outra , seria nos avisar dos eventos que voce vai participar , ai poderiamos bater um papo sobre carros pessoalmente !
    Um grande abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Vou pensar numa maneira de conseguir divulgar esses eventos aqui, de uma maneira compatível com a necessidade e a cara do AE.

      Obrigado pelo toque, realmente pode ser uma boa maneira de praticar a convivência entre os leitores.

      Excluir
  11. OFF-TOPIC...Nada a ver com a matéria, mas já ouviram falar do incrível motor 5 cilindros em V da VW?

    O site é bem interessante:

    http://toptorquebr.blogspot.com.br/2013/04/motores-esquecidos-1-volkswagen-vr5.html


    Ass: Completo - Ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Muito legal, esse motor é um V tão fechado que é quase um I hehe.
      Muito bacana a postagem.

      Excluir
  12. Vou apenas como espectador em encontros de antigos, mas nas poucas vezes que tive oportunidade de conversar com algum proprietário, percebi que existe mesmo uma boa receptividade a quem se interessa pelo assunto. No futuro, quem sabe, eu consiga participar mais a fundo, quando o Opala SS estiver reformado e em condições apresentáveis. Mas até lá ainda vai chão, pois a reforma vai ser extensa (dá até medo de começar, pois o custo não vai ser dos mais baixos...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Road Runner,

      Aproveite enquanto o SS não está pronto e participe dos eventos para fazer amizades e confraternizar nos eventos paralelos que acontecem no entorno do evento, é uma boa maneira de começar a participação e criar amizade com o pessoal.

      Excluir
  13. Portuga, no dia do encontro em Santos - minha cidade - estava de bobeira em casa. Se eu soubesse, teria ido ao evento ver seu Corcel.
    Em 2009 ou 2010, ví um velhinho andando tranqüilo pelo Encontro em Santos, acompanhado de sua esposa, era o Bird Clemente. Perguntei se poderia cumprimentá-lo, saudei-os e fui embora. Não consegui falar nada de interessante, nem tinha caneta e papel pra pedir um autógrafo. Foi emocionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bera,

      O encontro de Santos é bem legal, mas senão me engano foi divulgado nos jornais e telejornais locais. A diretoria do CAAS ainda não decidiu se haverá evento em 2014, se não acontecer será uma pena.

      quanto o Bird é um sujeito fantástico, também sou fã dele e tenho a sorte de ter a amizade desse ícone do automobilismo.

      Excluir
    2. Desculpe, é que não tinha explicado direito. Eu já sabia do evento - todo ano tem - mas estava sem vontade de ir. Se soubesse que você iria, eu teria aparecido por lá.
      Até mais.

      Excluir
  14. Portuga, bela matéria. Por acaso chegou a ver uma D-100 laranja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alextorapassat,

      Não lembro de ter visto a D100 Laranja, mas admiro muito essas pick-ups Dodge.

      Excluir
  15. OLá, Portuga. Aqui MAMÃE HORÁCIA !!!! Parabéns pelo texto, e realmente o que vale é nossa Amizade, e o carinho pelos "papais" dos carros ...Valeu .

    Super beijo . Flavinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Flavinha,

      Parabéns a vocês que fazem a festa ser divertida e dinâmica e por conquistarem às pessoas.

      Excluir
  16. Olá pessoal, sei que é "meio off-topic", mas alguém sabe qual é o volante original dos Fuscas 1300, ano 1979? E Portuga, parabéns pelo ótimo post!

    Richard.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.