NISSAN MARCH 1.6SV

Fotos: Divulgação Nissan


Depois que o AE andou no March 1.0S e no Versa SL, faltava ver que tal é o March de motor maior para fechar o círculo de avaliação desse pequeno japonês bem-recebido no mercado brasileiro aasim que chegou em setembro do ano passado. Primeiro veio o 1,0 e dois meses depois, o 1,6.

A versão testada é a SV, intermediária da lnha, antecedida da S e sucedida pela topo SR. Em relação a esta, só falta à SV o conjunto aerodinâmico (os tradicionais defletores de pára-choque dianteiro e traseiro, de teto traseiro e minissaias), ponteira de escapamento cromada, retrovisores personalizados da versão e rodas de alumínio em cor titanium, mais escuras que na cor natural do material. 

O 1.6SV custa R$ 37.390,00, R$ 2 mil menos do que a SR e R$ 2.100,00 mais que a básica 1.6S. Para a SV o único opcional é a pintura metálica, R$ 720,00, cnco cores disponíveis.

Tudo o que foi dito sobre o hatckback 1.0S e o sedã Versa SL está nos textos marcados com atalho. Mas há algumas diferenças, a principal delas o desempenho, combinação do peso de um e motor de outro. Os dados de fábrica mostram aceleração 0-100 km/h em 9,5 segundos com álcool e 9,9 segundos, com gasolina. Ou seja, decididamente esperto e, graças ao porte pequeno, apenas 3.780 mm de comprimento, ágil no trânsito. É leve, 964 kg.


A velocidade máxima é expressiva, 191 km/h com qualquer combustível. Aliás, a potência de 111 cv a 5.600 rpm e o torque de 15,1 m·kgf a 4.000 rpm são com álcool ou gasolina, é indiferente. São 8,68 kg/cv, relação peso-potência atraente.  Mas foi dirigindo-o que encontrei o inesperado: a 120 km/h (reais, pelo GPS) o motor está a 3.800~3.900 rpm. A 124 km/h, 4.000 rpm. Tal como no 1.0S!. 

Analisando relações de marcha e diferencial, é tudo igual ao Versa, que a essa velocidade está a 3.450 rpm, como, aliás, a maioria dos carros de motor 1,6-litro. A única diferença é a medida dos pneus, 185/65R15 no sedã e 175/60R15 no hatchback. Por si só o pneu de diâmetro 5% menor seria responsável por elevar o giro para 3.600 rpm, mas resta uma diferença inexplicável, a menos que o conta-giros estivesse marcando a mais, o que é pouco provável. A rotação elevada confere ao se notar o motor "ardendo", combinado com uma invasão de ruído bem grande, como observado no 1.0S.
 

De qualquer maneira, ambas as questões – giro muito alto em velocidade de autoestrada e pouco isolamento acústico – são simples de resolver pela Nissan, e esperamos que o faça, pois o carro tem qualidades. E se a fábrica for mexer no carro, por favor, espelho plano na esquerda, não: motorista não tem nada que afastar as costas do encosto para poder ver toda a retaguarda à esquerda. Aproveitar o ensejo e raspar, por favor, o patrulheiro aviso no da direita de que "os objetos estão mais perto do que parecem". Se quiserem adicionar repetidoras dos indicadores de direção nas laterais, a segurança do tráfego agradecerá. E uma faixa degradê no topo do pára-brisa vai bem no Brasil (e no México, onde o carro é fabricado, ensolarado como o Brasil).

Entre as qualidade, o motor Nissan com bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando acionado por corrente e 16 válvulas e variador de fase na admissão que é dos mais suaves, mal se nota seu funcionamento quando em marcha-lenta e é bem liso em alta rotação. Tem grande elasticidade, é bem agradável. O câmbio tem engates leves e fáceis, mas a primeira marcha "canta" quase como se fosse um par de engrenagens de dentes retos (notado bastante no 1.0S e pouco no Versa). Não afeta durabilidade, mas desagrada; corrigir é fácil.

A agilidade no trânsito mencionada resulta também do incrível diâmetro mínimo de curva: apenas 9 metros. Como isso facilita vida do motorista na hora de manobrar para uma vaga num estacionamento de centro de compras, por exemplo! Outro grande auxílio é o da direção, elétrico, com uma regressividade de assistência perfeita. O volante de 370 mm de diâmetro e três raios é bom de pega, embora pudesse melhorar em estilo.

A suspensão, com subchassi na dianteira, concilia bem estabilidade e conforto de rodagem. O March é bom e previsível de curva e apresenta subesterço discreto, mínimo; o mesmo para a rolagem em curva.

O computador de bordo, embora difícil de operar por se precisar apertar um botão no quadro de instrumentos passando a mão por dentro do aro do volante, é outro auxílio precioso ao indicar quilometragem total, duas parciais, dois tempos de trecho, dois consumos no trecho, velocidades instantânea e média, e autonomia. Por falar em consumo, pelo computador é de 1 litro por 10,5 km em autoestrada e 1 L/9 km na cidade, com álcool. Pena mesmo é o tanque de apenas 41 litros, especialmente ao rodar com álcool.

Visão do interior do March sem as portas e sem a coluna central (já existiu carro assim, como o Fiat 1100 e o Simca 8, do final dos anos 1940), mostrando o espaço interno

Resolvidos todos os pequenos problemas – todos fáceis, repito – o March 1,6 será mais bem-vindo ainda e poderá conquistar uma legião de admiradores bem maior.

BS


FICHA TÉCNICA NISSAN MARCH 1.6SV

CARROCERIA
Arquitetura
Hatchback, 4 portas, 5 lugares
Coeficiente aerodinâmico (Cx)
0,33
Área frontal (estimada)
2.30 m²
MOTOR
Tipo
Dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, duplo comando por corrente, 16 válvulas, variador de fase na admissão, flexível em combustível (gasolina e álcool)
Diâmetro e curso
78 x 83,6 mm
Cilindrada
1.598 cm³
Potência (ISO 1585)
111 cv a 5.600 rpm (gasolina ou álcool)
Torque (ISO 1585)
15,1 m·kgf a 4.000 rpm (gasolina ou álcool)
Taxa de Compressão
10,7:1
Sistema de injeção
Eletrônica multiponto seqüencial,acelerador eletrônico
TRANSMISSÃO
Tipo
Transeixo manual, 5 marchas, tração dianteira
Relações das marchas
1ª 3,721:1; 2ª 2,048:1; 3ª 1,393:1; 4ª 1,029:1; 5ª 0,821:1; ré 3,545:1
Relação do diferencial
4,067
SUSPENSÃO
Dianteira
Independente, tipo McPherson com subchassi, braço triangular, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora
Traseira
Eixo de torção, mola helicoidal e amortecedor pressurizado
DIREÇÃO
Tipo
Pinhão e cremalheira com assistência elétrica variável
Diâmetro mínimo de curva
9 m
FREIOS
Dianteiros
Disco ventilado (260 mm de diâmetro)
Traseiros
Tambor (203 mm de diâmetro)
RODAS/PNEUS
Rodas
Alumínio, 15 pol.
Pneus
175/60 R15H
DIMENSÕES
Comprimento
3.780 mm
Largura
1.665 mm
Altura
1.528 mm
Distância entre eixos
2.450 mm
Bitola dianteira/traseira
1.470 / 1.475 mm
CAPACIDADES/PESOS
Porta-malas
265 litros (VDA)
Tanque de combustível
41 litros
Tanque auxiliar de partida a frio
0,5 litro
Peso em ordem de marcha
964 kg
DESEMPENHO/CONSUMO DE COMBUSTÍVEL
Velocidade máxima
191 km/h
Aceleração 0-100 km/h
9,9 s (gasolina)/9,5 s (álcool)
Consumo cidade (NBR 7024)
13,3 km/l (gasolina)/8,8 km/l (álcool)
Consumo estrada (NBR 7024)
18,8 km/l (gasolina)/13,3 km/l (álcool)
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Intervalo de revisão
10.000 km
Garantia
3 anos, sem limite de quilometragem


EQUIPAMENTOS DO NISSAN MARCH 1.6SV

CONFORTO E COMODIDADE
Abertura e fechamento das portas, abertura do porta-malas através de controle remoto
Acabamento dos bancos em tecido
Acelerador eletrônico
Acionamento do alarme através de controle remoto
Ar quente
Ar-condicionado
Banco do motorista com regulagem de altura
Computador de bordo
Console central com 3 porta-copos e porta-objetos
Conta-giros
Desembaçador do vidro traseiro com temporizador
Direção com assistência elétrica variável
Mostrador digital de quilometragem total e parcial
Pára-sóis com espelho de cortesia
Porta-luvas com tampa
Porta-malas com iluminação
Portas dianteiras com porta-objetos e suporte para garrafa
Retrovisores externos de regulagem elétrica
Tampa de combustível com abertura interna
Tomada de 12 V integrada ao console central
Travas elétricas das portas e porta-malas
Vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico
Volante de três raios com regulagem de altura
APARÊNCIA
Grade frontal com acabamento cromado
Retrovisores externos na cor da carroceria
Retrovisores externos rebatíveis
Revestimento das portas dianteiras em tecido
Rodas de liga leve de 15” e pneus 175/60R15H
SEGURANÇA
Alarme de advertência sonoro para chave no contato e lanternas acesas
Alarme perimétrico
Alça de teto para o passageiro
Apoios de cabeça dianteiros com regulagem de altura (2)
Apoios de cabeça traseiros com regulagem de altura (2)
Bloqueio de ignição através de imobilizador do motor
Bolsas infláveis frontais para motorista e passageiro
Cintos de segurança dianteiros com pré-tensionadores
Cintos de segurança traseiros laterais de 3 pontos retráteis e central de 2 pontos
Limpador de pára-brisa com 9 velocidades (com controle intermitente ajustável)
Limpador traseiro com controle intermitente
Maçanetas internas de abertura das portas cromadas
Travamento automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento
SISTEMA DE 'ÁUDIO
4 alto-falantes
Rádio CD Player com função MP3 e entrada auxiliar
CORES
Sólidas: branco Aspen, preto Premium
Metálicas (opcionais): prata Classic, cinza Magnetic, vermelho Fuji, laranja Califórnia, azul Egeu


157 comentários :

  1. Acho o conjunto deste carro muito atraente, me lembra o falecido - e ótimo - Clio 1.6 16v. Teria um destes facilmente se oferecesse câmbio automático ou automatizado de pelo menos 5 marchas. O nosso trânsito exige isto, infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem as más línguas que o Clio 1.6 16v não faleceu, apenas fez uma plástica radical e trocou de identidade. Agora se chama Symbol, he, he, he! E concordo: o Clio 1.6 16v era ótimo.

      Excluir
  2. Esse motor não é Renault não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, esse motor é mais moderno do que os 1,6 usados nos Renaults e até na nissan Livina, mais potente e feito de alumínio, com corrente, ao invés de correia dentada dos 1,6 da reanult!

      Excluir
  3. Anônimo 01/07/12 12:49
    É Nissan mesmo. Renault só o 1,0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ummm...
      Interessante, morria e não sabia.
      Obrigado!

      Excluir
    2. Mas não é esse 1.6 16V que está no Symbol?

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Antes de chamar os outros de otário, vá primeiro aprender a escrever...

      Excluir
    5. Liberou a furia do caps lock!

      Excluir
    6. Nissan marca duvidosa, essa foi boa... lol

      Excluir
    7. Outro lixo de comentário, me admiro "essa" pessoas que escrevem, antes "deveria" saber ler e escrever direito, ou é bobagem sem limite. Está cheio desses ótarios duvidosos pra comentar.

      Excluir
    8. Quem acha esse carro um lixo, merece mesmo é andar de gol...
      O March 1.6 é otimo. Troquei o meu gol por um March 1.6 e estou encantado. E olha que tive 4 gols... (pra nunca mais).
      Melhor ainda é que a fábica do Rio já deve entrar em funcionamento por esses dias.
      Lembrando que, em breve, teremos outras belas opções, como o HB.
      As enganadoras VW, Ford, GM e Fiat, vão continuar perdendo espaço no mercado, e pior, na admiração dos novos e conscientes condumidores.
      Demorei, mas acordei.

      Excluir
    9. Anônimo02/07/12 10:54 não fale assim do gol ele é um carro com outra proposta ,por isso o march é melhor do que ele .
      Fabio .

      Excluir
  4. Gostei bastante deste Nissan, mas para mim ficou devendo um quadro de instrumentos mais completo e o ABS, se bem que já li em algum lugar que o ABS virá em breve. Só que por mais R$2.000,00, mesmo tendo espaço traseiro menor (que no meu caso, não é importante) e motorização inferior mas perfeitamente adequada ao uso que faço do carro, não teria a menor dúvida: pegaria um Fiat 500 Cult em vez de um March.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quê ABS, Mr. Roda-Presa, se tu nunca passas de 30km/h? Na faixa esquerda, atrasando até caminhões.

      Excluir
    2. Pelo jeito, a fuga do jardim-da-infância foi em massa: a turma toda escapou, he, he!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. Pena vir sem ABS e o chash test no latin cap ter sido tão ruim, bem diferente do vendido no mercado europeu.

    ResponderExcluir
  6. Bob,

    Em relação ao desempenho, e muito arisco mesmo? O conforto de marcha e bom? E a sonoridade do motor nas esticadas, há algum toque esportivo e estimulante?
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago
      Sim para tudo o que você perguntou.

      Excluir
    2. Acho que deve lembrar o Corsa GSI

      Excluir
    3. Sou mais o meu poderoso Chevette S/R

      Excluir
  7. A versão SR agora tem um pacote extra, chamado "SR Premium", que contempla o ABS.
    Melhor seria se fosse ao menos opcional em todas as versões, mas já é um começo. Em 2014 vai ter.. rs

    Essa caixa bastante curta deve fazer dele um carro bem divertido nos track days, mas na estrada deve ser meio cansativo o motor girando alto o tempo todo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thales Sobral
      Para pista é perfeito – ou como quinta de um seis-marchas...

      Excluir
  8. João Celidonio01/07/12 15:17

    corte sujo ou limpo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corte sujo, a cerca de 7000 rpm. Percebi isso ontem pela primeira, ao dar uma super esticada na 3ª. Não sei a rotação precisa. Pode ser os mesmos 6750 declarados do 1.0.

      Excluir
  9. Antônio Martins01/07/12 16:00

    Não acho que tudo isso seja pequenos problemas para uma marca tradicional como a Nissan. Nem os chineses estão dando essas mancadas, todos tem lente convexa esquerda, repetidores das setas e faróis com regulagem de altura. E essa do quase cantar em primeira marcha é o fim do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antônio Mattins
      Eu não disse que são pequenos problemas, mas que são fáceis de resolver, e são mesmo.

      Excluir
    2. Colado da última frase do post:

      "Resolvidos todos os PEQUENOS problemas – todos fáceis, repito – o March 1,6 será mais bem-vindo ainda e poderá conquistar uma legião de admiradores bem maior".
      Bob Sharp na última frase de seu post sobre o nissan march 1.6

      Excluir
  10. João Celidônio
    Sujo, porém discreto, que dá para perceber mas não incomoda. Ocorre a 6.500 rpm.

    ResponderExcluir
  11. Antônio Martins01/07/12 16:20

    Meu cálculo deu 33,36 em quinta. 120 reais a 3.597 rpm. Os 3.6000 que vc falou. Tá muito estrando isso, conta-giros "roubando" pra mais igual velocímetro eu nunca vi. Tô falando, nem chinês dá dessas mancadas, e começaram a fazer carros ontem...

    ResponderExcluir
  12. Antônio Martins
    Pois é, com o câmbio igual ao do Versa, que está a 3.450 rpm a 120 km/h. Como os pneus do March 1,6 são menores 5% que os do Versa, a rotação iria para 3.600 rpm, mas nunca 3800~3.900 rpm. Obviamente, há algo errado, mais provável o diferencial ser mais curto do que o informado. Vou apurar com a Nissan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antônio Martins01/07/12 23:19

      Olhei no site do méxico e o diferencial tá igual.

      Excluir
    2. Bob, eu tenho um Vectra que é a mesma coisa. A rotação que leio no painel não bate com o calculo da transmissão. Não sei, mas o mais provável é que o diferencial não seja o que veio informado no manual. Calculando com outro diferencial, que inclusive ja foi utilizado pela marca, o calculo da exato.
      Acho muito sinistro não se poder mais confiar no manual do fabricante. Não sei o que está acontecendo no mundo. A relação de transmissão pra mim é fundamental, influindo fortemente na decisão de compra de um automovel.
      Abraço
      Rafael S.

      Excluir
    3. Rafael
      De fato, isso é muito chato e, como você diz, relação de transmissão é um ponto forte de decisào para quem conhece automóvel. Vou apurar o que acontece com o March 1,6 e depois informo.

      Excluir
    4. Bob Sharp, a Nissan deu algum retorno a respeito da transmissão?
      Será que há esperanças de uma 5a. marcha mais longa nos March 2013/2013?

      Excluir
    5. Alexandre
      Mudou o assessor de imprensa de lá, o novo é um amigo que estava na JAC e fiz de novo a pergunta, agora a ele, isso no dia 9/10. Até agora nada. Mas a Fukuda Motorcenter está para desmontar o carro de 60.000 km de Quatro Rodas e pedi ao Fabio Fukuda para que veja o detalhe do par de primeira, se é de dentes retos ou helicoidais. Aí mata-se a charada./ Alteração de câmbio atualmente, com esse fantasma de custos apavorando a industria, não vejo chance de alterarem a relação da 5ª.

      Excluir
  13. Legal! Talvez esse seja meu próximo carro! :)

    ResponderExcluir
  14. Tá aí um carrinho que deve encantar quando dirigido, mas visualmente não me agrada. Uma pena, pois gosto da marca.

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  15. Ficaria melhor com turbo, nitro e supercharger. Tudo junto!! Envelopado de preto FOSCO e com vidros lacrados no insulfilm. Perfeito!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preto fosco lacrado de insulfilm... Manolo detected!

      Excluir
    2. Ah esqueci: Rodas PRETAS Aro 24 (ou maiores) com pneus perfil ZERO!!

      Excluir
    3. Aro 24??? Ah, sei...

      Excluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  17. Esse carrinho é muito divertido. Anda mais que o Veloster!
    Quanto ao desempenho, os dados estão corretos? Para mim que ele tinha velocidade máxima menor e aceleração maior, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anda mais não... anda muito mais!!

      Veloster perde até de Uno 1.4

      Excluir
    2. Até Chevette ganha do Veloxter

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  18. Mas que surpresa agradável, um motor com corrente de comando.
    Pensei que tal qual o 1.0, este também fosse equipado com motor Renault. É um carro que me interessa, talvez não tenha todos os mimos do Fiat 500 mas pelo menos é 5 portas e o desempenho deve ser mais interessante.
    Bob, o que você acha do acabamento interno deste March? É um pouco mias aceitável? O 1.0 me passou uma sensação de pobreza similar à do Celta (sim, ele de novo!).

    ResponderExcluir
  19. Acredito que seria interessante a Nissan lançar uma versão esportiva do March e pelo jeito não precisaria de muitas mudanças: uma suspensão mais rígida e talvez uns 20mm mais baixa. Nunca dirigi um March, mas sempre tive a impressão de ser um carrinho bem arisco mesmo. Os pedais permitem um punta-tacco com ergonomia? Como é a latência do acelerador eletrônico neste 1.6?

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Bob, inclua na lista aquele quadro de instrumentos do Versa SL, por favor.

    É uma coisa tão simples e que muda bastante a percepção do veículo pelo condutor, não creio que custa muito mais caro pra empresa equipar todos os veículos com ele.

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. Definitivamente não gosto desse carro... é feio demais (como todo Nissan, salvo a Frontier), têm uma relação de câmbio ridícula para o belo motor que têm e para piorar, foi horrível no Latin N Cap....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Nissan Z, e o 300 ZX (fora de linha) não tem nada de feios!! Pena que não trazem p/ cá.

      Excluir
  24. Helcio Valvano01/07/12 18:57

    Esse carro não me encanta visualmente não, mas de fato só falta uma relação de marchas mais longa, p/ se caracterizar como uma grande opção p/ mim. Motor e peso estão mais do que bem casados p/ assegurar um bom desempenho de qualquer forma, desnecessária relação tão curta...

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sou Admin. aqui ,porem com certeza removeria comentarios como seu se o Bob permitisse, por que ninguem e Obrigado a ler esse tipo de falta de educacao que voce postou.

      Excluir
    2. Anônimo 01/07/12 19:03
      Ih, a boneca ficou nervosa! Aprendeu até a falar palavrão!
      A grosseria da boneca vai ficar mais alguns minutos para que todos entendam por que o comentário dessa besta foi removido.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Nervosinha
      Liberdade de expressão é para cidadão, o que você decididamente não é.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    6. Bob vc poderia criar uma área de FORUM aqui, onde pra comentar tinha q ser CADASTRADO. Que tal?

      Excluir
    7. É ISSO AÍ BOB, PAU NAS BONECAS!!!!!!!!!!

      Excluir
    8. BOX66601/07/12 19:44 ,Box ,não é só os anônimos que falam coisas de baixo calão no blog .abrcs ,Fabio.

      Excluir
  26. Lorenzo Frigerio01/07/12 19:23

    É incrível como as coisas avançam: um carro de 964 kg de peso com um disco dianteiro de freio de 260 mm. O Santana de 1994 em diante tem 256 mm, o anterior tem 239 mm. E o Calibra 16V de 150 cv, capaz de 220 km/h, também tem 256 mm! Tanto que no meu fiz um "upgrade" para 288 mm, pois a medida original é ridícula.
    Ah! E minha Grand Caravan 1997, com suas quase 2 toneladas, só tem 276 mm, freios por sinal patéticos.
    Agora, dada a relação peso/potência do carro, esse diferencial merecia um alongamento para, tranquilamente, uns 3,30:1, talvez até 3,2:1. Aumentaria absurdamente o conforto de marcha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses freios eram adequados para a época.
      Além disso, minivan não foi feita pra correr!!

      Excluir
    2. Lorenzo Frigerio02/07/12 12:36

      Box, não tem nada a ver com correr. Não se freia só em alta velocidade; às vezes o trânsito na estrada está fluindo e pára de repente. Carro pesado tem que ser bom de freio.
      Meu Charger R/T também tem discos (originais) de 276 mm, pesando quase 500 kg a menos. E já não é lá essas coisas para frear.

      Excluir
  27. GOSTO MAIS DO FORD KH 1.6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Anônimo
      No AE se respeita carro de qualquer marca e não se admite termos de baixo calão. Você também será excluído, em seguida.

      Excluir
  28. Se a Nissan resolver esses probleminhas, talvez eu adquira um no futuro.
    Parece pouco, mas penso que a faixa degradê no topo do pára-brisa e vidros verdes, são necessários em qualquer carro.

    Este Nissan, me faz lembrar do Clio 1,6 16V hatch que tive. Hoje eu sei que nunca deveria tê-lo vendido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O March não tem vidros verdes???

      Excluir
    2. Alexandre,
      A indústria toda adota vidros verdes faz um bom tempo. Se não fossem nos March que andei eu teria notado.

      Excluir
  29. Uma das melhores relações preço-desempenho-consumo do nosso mercado (talvez a melhor...)

    ResponderExcluir
  30. A Nissan pode fazer carros ótimos de mecânica e tals. Mas todos são horríveis, exceto o Z. Das picapes aos SUVs, sedãs (cruz credo!), minivans e hatches, parece que eles se esforçam para ter o design mais esquisito e feio do mercado.

    ResponderExcluir
  31. Tenho saudades do cambio do Alfa 2300, aquilo era uma quinta marcha overdrive. Alguém lembra?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reynaldo
      Fisicamente era overdrive, a quarta era direta (1:1), mas o efeito era quinta plena, máxima nela.

      Excluir
    2. Obrigado Bob, desconhecia!

      Excluir
  32. Mancada mesmo essa transmissão tão curta... já que um dos motivos para alguém comprar o 1.6 em vez do 1.0 seria exatamente por um maior conforto de marcha na estrada...

    Agora, sobre os retrovisores, eu pelo menos ainda prefiro o esquerdo plano, desde que seja grande o suficiente. Mas talvez seja só uma questão de acostumar com o convexo.

    Apesar dos números iguais, dá para sentir alguma diferença dependendo do tipo de combustível (por exemplo, se fica mais áspero no alcool)? E, como perguntaram acima, e o acelerador eletrônico, tem algum "lag" que chegue a incomodar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre
      Espero que a Nissan resolva esse problema de giro em velocidades de viagem rapidamente, pois alguma coisa errada tem. /Depois qe você se acostumar com o convexo vai ficar perdido quando dirigir um carro com espelho plano no seu lado. /O carro estava com álcool e o motor é bem suave. Não senti diferença no Veras, mesmo motor, mas abasteci com gasolina. /Acelerador, tudo como deve ser.

      Excluir
  33. Marcelo Junji01/07/12 22:39

    Hoje em dia tem muito carro com pouco motor para o seu peso.
    A Nissan têm motores adequados para todos os seus carros, e na Fiat, por exemplo, falta motor, deveriam providenciar um 2 litros. Esquisito é o que a Citroen vai fazer com o c3 picasso, vão dar outra opção de motor, mas o novo motor vai ser menor, piorando ainda mais a relação peso-potência.

    ResponderExcluir
  34. Aléssio Marinho01/07/12 23:29

    Bob,

    Estou usando o March 1.0 da minha mãe por uns dias. Estou surpreso com o carro. Mesmo usando o D4D Renault a calibração que a Nissan aplicou no motor é muito diferente da original, com um funcionamento mais suave e progressivo.
    O carro transmite uma solidez e conforto bem superior aos outros compactos da categoria.
    Sem contar a economia. Como gasta pouca gasolina!
    Concordo com a sua opinião de que falta espelho convexo no esquerdo. E diria mais, deviam mudar a localização da tomada de força do interior, praticamente no pé do carona; toda hora o passageiro esbarra a perna e desliga o aparelho sem querer. Não gostei dos pneus Maxxis, chineses que equipam o carro. Sua borracha é muito mole e gritam a toa. Imagino como deve ficar mais firme que já é com bom jogo de Firestone.
    De resto, fiquei fã do carrinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pessoal reclama só porque é pneu chinês. Se fizer um teste cego vão chamar urubu de meu loro.

      Excluir
    2. Anônimo, você tem um Nissan? Não parece. Eu tenho e achei exatamente a mesma coisa que o Aléssio Marinho. E no forum do Nissan Clube todo mundo reclama o mesmo.

      Excluir
    3. Aléssio Marinho02/07/12 10:52

      Anônimo 02/07/12 03:41

      Uso pneus chineses no meu Logan, da marca Nankang e eles são bem melhores que os Maxxis, são muito silenciosos, comparáveis a um Firestone, marca que gosto muito, mas com assistência muito ruim na minha cidade. Por isso o meu comentário.
      Escolhi essa marca pelo índice de desgaste, 540 e temperatura e tração A, valores que considero importantes para trafegar no estado que moro, Pará. Os Goodyear originais chegaram os 50.000 km em petição de miséria. Espero que os Nankang chegem a esta quilometragem num estado melhor que o jogo anterior uma vez que enfrentamos temperaturas superiores a 35º no verão amazônico, inverno no resto do país.

      Excluir
  35. Eu uso pneus Maxxis em meu Gol, tava com goodyear antes. Gostei do preço e fui de Maxxis, quando posso esperimento novas marcas. Gostei e voltarei a usar quando tiver que trocar. Esta marca não é muito conhecida mas tem bons produtos com menores preços que as tradicionais.

    ResponderExcluir
  36. Uso o Maxxis AR550 na minha 190E 2.3 16v e funcionam muito bem,na Scenic tb,cheque a calibragem e o alinhamento...Bob, vc esqueceu de dizer que o carro tb não tem marcador de temperatura,somente a luzinha sem vergonha....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maluhy
      Caramba que carrao que vc tem hein.
      Adoro esse modelo de Mercedez ..
      Lembra-se da vitoria do Senna em 84 numa dessas

      Excluir
    2. Concordo com você Maluhy pra mim economia porca ,não compraria o carro por causa disso.
      Fabio .

      Excluir
    3. No Celta tinha essa luz e colocaram de volta o ponteiro ,isso é coisa da nissan que fez o mesmo no livina ,o Ka tambem é assim ,irrita quem gosta de interação dos controles do carro com o motorista.

      Excluir
    4. Depois falam mal do painel do gol g4!

      Excluir
    5. Coloca logo um painel de honda Biz no carro! pronto .

      Excluir
    6. Garganta de Biela04/07/12 13:37

      Não dá, a GM já está fazendo isso antes com o Sonic e Cobalt!

      Excluir
  37. Maluhy
    Nem BMW tem termômetro de água, há tempo. Não considero demérito ter só luz, por isso nem comento mais existência ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas Bob ,e se a luz tiver mal contato,pode acontecer ,no caso do marcador por ponteiro se ele não se movimentar saberá que algo está errado ,já a luz...
      Abraço a todos ,Fabio .

      Excluir
    2. Essa é fácil, é só conferir se todas as luzes-espia acendem quando liga a ignição.

      Mas de qualquer forma é importante essa luz ter um "limiar de acendimento" adequado. Não como em alguns carros em que quando a luz acende é porque a junta do cabeçote já queimou...

      Excluir
    3. Aléssio Marinho02/07/12 18:16

      Anônimo 02/07/2012 13:22

      Hoje não se usa mais lâmpada incandescente como luz espia. Somente led.
      Dificilmente essa indicação vai falhar um dia.

      Excluir
    4. Mesmo assim não gosto de luzes no lugar de ponteiros ,fico imaginando uma Ferrari ou um Porsche com painel totalmente digital , monótono.
      Fabio.

      Excluir
    5. Fabio
      Caso a lâmpada queime, outro instrumento assume a função, passando a piscar. Além disso, os termômetros de hoje são feitos para ficar estabilizados em 90 °C. Só mexem quando for haver superaquecimento, da mesma maneira que a lâmpada ao se acender. Os termômetros como os conhecemos não existem mais.

      Excluir
    6. Obrigado pela explicação ,um abraço até a próxima .
      Fabio.

      Excluir
    7. É verdade o nome correto é termômetro não me lembrava ,me fez lembrar meu pai ficar bravo com a Variant II dele por não ter um termômetro ,muito engraçado !obrigado a todos pelas informações e explicações ,abraço a todos a até a próxima .
      Fabio .

      Excluir
  38. Bob, uma das coisas que me intrigava na documentação técnica do March, no site da Nissan, é que o motor é o mesmo (HR16DE) e tinha as mesmas especificações que o do Versa, no tocante aos números.

    Mas, no Versa, consta que este teria o CVVTCS, e o March não.

    O que não faz sentido, dado que o variador de fase faria diferença na performance do motor, no tocante à potência, em tese. Ou não?

    E aqui no seu artigo você diz que o motor do March tem variador de fase na admissão. O do Versa tem na admissão e na escape?

    Esclaresça melhor por favor se há diferença ou não entre o HR16DE do March e do Versa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis Santos
      É o mesmo motor nos dois. Variador só na admissão.

      Excluir
    2. Então porque diabos a própria Nissan especifica o Versa com CVVTCS e o March não?!?

      Versa:

      Cilindrada e Cilindros:
      1,598 cm³, 1.6L, 4 cilindros e acelerador eletrônico

      Válvulas:
      16 válvulas, CVVTCS*

      March:

      Cilindrada e Cilindros:
      1.598 cm³, 4 cilindros e acelerador eletrônico

      Válvulas:
      16 válvulas

      Excluir
    3. Luís Santos
      Erro de ficha técnica. Os motores são iguais.

      Excluir
    4. Bob, desculpe retomar este assunto antigo. No forum do March do Nissan Clube (http://nissanclube.invisionzone.com/index.php?/forum/13-march) um participante afirma, categoricamente, que houve um upgrade não creditado no motor 1.6 16v do March "nacional". Segundo ele, nas primeiras versões vindas do México, o motor tinha variação de comando de válvulas somente na admissão. É o que o seu texto informa. Mas, posteriormente, o motor passou a ter variação no comando de válvulas tanto na admissão quanto no escape!

      Sabe alguma coisa sobre isso? Tem como confirmar com algum contato na Nissan?

      Excluir
  39. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o que vc ta fazendo aqui?
      perdendo seu tempo?
      sei pai sabe que vc tá na internet?
      vá perder a hora da escola...

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Anonimo 02;07-12 10:30hs
      Cara
      Para voce uma boa dose de Lexotan, Camisa de Forca e internacao num Hospicio.

      Excluir
  40. Bob, com este post sobre o 1,6 agora falta apenas um na minha lista de desejos, teste de um Cruze, para deixar vosso blog ainda mais completo.

    ResponderExcluir
  41. A conclusão resume a Nissan do Brasil: tem ótimos carros, mas todos sempre tem alguns "poréns" que acabam enchendo o saco e afastando clientes.
    Bom exemplo é a Livina, que inexplicavelmente AINDA não tem regulagem de altura do banco.
    Não dá para entender como a Nissan acerta no "atacado" e erra tanto no "varejo"...

    ResponderExcluir
  42. O espaço interno deste carro é bom ,porque parece meio apertado,me fez lembrar da minha antiga ipanema que quando ia engatar a quinta marcha, se não tomasse cuidado ,batia a mão na perna do passageiro ,assim como do corcel .
    abraços ,Fabio .

    ResponderExcluir
  43. Não gostei me lembra o "novo" uno ,pocket rocket chama-se Golf.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não há novo uno que pegue esse foguetinho do march 1.6
      seja por potencia.
      seja por peso.
      uno fail.

      Excluir
    2. Golf brasileiro é um grande pocket rocket mesmo, melhor ainda se for o 1.6

      Excluir
  44. Tae um carro q irei comprar p/ minha esposa...mas c/ motor 1.0

    A Nissan tem um portfolio interessantíssimo de motores aki no Brasil.

    ResponderExcluir
  45. Bob Sharp (ou demais colegas)...
    Qual a melhor opção para o March, 1.0 S + Pacote Roda 2013 ou 1.6 S 2013? Diferença de R$ 2.600).
    Apenas para informação, estarei saíndo de um gol 99 1.0 Special (bom carro para as propostas da época)..rsrsr.
    Um abraço, grato pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Golzinho é pau pra toda obra...
      Eu ficaria com 1.6.

      Abraço Ed

      Excluir
    2. To pegando o 1.6 SV... recebo proxima semana. A diferença é mto pouca em valores, e o carro se comporta completamente diferente com o motor mais esperto.

      Excluir
    3. Valeu...
      Divirta-se com o novo carro..

      Abraços..

      Excluir
  46. Anônimo 02/07/12 19:21
    Em princípio, o 1.6 S é um carro mais rápido, mas o 1.0 S anda muito bem também. Porém, se você puder suportar este gasto a mais, pegue o 1.6.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu comprei o sv, depois que testei os dois (1.0 e 1.6).
      estou muito satisfeito.
      achei a suspensao do 1.6 mais durinha.
      sera que foi impressao minha?

      Excluir
    2. Valeu bob....
      grande abraço..

      Excluir
  47. Faltou uma sexta marcha ai...

    Uma sexta que mantesse 2500rpm a 120km/h

    ResponderExcluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. comprei um march 1.6.
    estou muito satisfeito.
    lamento apenas a falta do abs.
    espero que este item seja disponibilizado nas "css" para instalacao, a um preco praticavel, visto que nao e' luxo e sim seguranca...
    embora, por ser leve, o freio segura muito bem (mas, pode travar, naturalmente)

    ResponderExcluir
  50. Sei que esta postagem é sobre o March 1.6SV, mas, para quem já teve contato com o 1.0S e o 1.6S, por favor me ajudem com uma dúvida: é verdade que esses carros não possuem nenhum tipo de alarme, estando esse só presente da versão 1.6SV para cima?

    Pois, se for isso mesmo, mancada da Nissan, pelo menos na minha opinião...

    ResponderExcluir
  51. Essa diferença na rotação não pode ser devido a diferença de qualidade, ou mesmo do tipo de combustível ? (alcool/gasolina)

    ResponderExcluir
  52. Anonimo 09/07/12 01:23
    O combustível não interfere nessa questão. Já consultei a Nissan a esse respeito e aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bob,

      Você teria alguma notícia dessa rotação de carro 1000 num veículo 1600?

      Excluir
  53. Sobre o 1.6 SV nas concessionárias será que o cliente pode optar por pneus mais largos tipo 185 pra o bichinho colar no chão sem uma diferença de preço absurda ou tem que engolir os pneus chineses estreitos deles? 185 vai aumentar um pouco o consumo né? mais é o preço por mais segurança.

    ResponderExcluir
  54. O negócio é o seguinte, eu quero comprar esse carro, estou apaixonado pelo modelo MARCH SR, e vou pegar um para mim, (vou dar na troca meu Polo 1.6 sedan 2003), mas cedo ou, acredito eu, pouco mais tarde.
    Só tem um problema, fui na NISSAN hoje, aqui no Rio (cidade maravilhosa), e o vendedor me disse que não há nenhum modelo march para vender, nem previsão de entrega. Vocês não tem ideia de como eu me senti frustado.

    o vendedor me disse que tinham carros retidos no Porto.

    Alguem pode me responder o que está acontecendo, de fato ?

    É alguma jogada de mercado ? É pressão da concorrência ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é verdade. Minha prima está há 50 dias aguardando e o carro já está no porto de Paranaguá, retido, esperando que a Dilma resolva as novas taxas do acordo de bilateralidade entre Brasil e México (onde é produzido). Corre até o risco do carro chegar com valor maior que o contrato.

      Excluir
  55. Eu tenho um Nissan 1.6 SV desde abril e realmente este é o melhor carro da categoria. Já tive outros 1.6 mas nenhum foi igual ou mesmo se aproximou do Nissan 1.6.

    ResponderExcluir
  56. Possuo um March 1.6 SV com 5000 quilometros, acho a relacao de marcha perfeita para a estrada, por volta de 3600 rpm a 120km/h, importante lembrar que trata-se de um motor com 16 valvulas, que gosta de girar alto, sendo inclusive arisco a partir dos 3500 rpm...

    ResponderExcluir
  57. bob, alguma atualização no March para os anos seguintes ou vai continuar do jeito que está?

    ResponderExcluir
  58. João Celidônio Ayres
    Ainda não se fala em atualização no March. A última foi na primavera do hemisféro norte de 2010, portanto são dois anos e meio apenas.

    ResponderExcluir
  59. Tenho um 1.6 SV e fiz a troca dos pneus originais e horríveis da Maxxis 175/60 por pneus 185/60, mais altos que os de fábrica e um pouco mais baixos que os do Versa (185/65). A dirigibilidade ficou 100% melhor, com mais estabilidade, conforto e silêncio de rodagem.
    Além disso, talvez pelo pequeno "alongamento" das marchas, o carro também parece estar mais quieto.

    ResponderExcluir
  60. Tenho um. Não vou aguentar nem um ano com ele. Suspensão dianteira muito mule, tornando o carro até perigoso. Qualquer irregularidade na pista bate no final do curso. Tive dois Clios: melhor estabilidade só em esportivos. Pena não ter airbag, que fosse opcional. Abs., Augusto

    ResponderExcluir
  61. Eu peguei um SR Premium. no Dia 07/12/2012, o carro está com quase 1000 km rodados.

    Uma loucura, o carro é um foguete, até na subida, aqui no Rio de Janeiro - Estrada das Canoas (vai de São Conrado até o alto da Boa Vista, ela é bem íngrime, eu dei quase 80 km/h na ladeira de terceira marcha, (só não fui além por causa das curvas muito fechadas). O carro tem muita força. É até meio perigoso (se vc não for cuidadoso) pois ele alcança uma velocidade esperada em um período de tempo muito menor que os outros 1.6 que eu conheço, até mais que os 1.8 e 2.0.

    Agora ! Tem um detalhe que realmente está me incomodando. Este, definitivamente é um carro para asfalto lisinho, pois a suspensão, apesar de macia em alguns momentos, é muito dura para as irregularidades do asfalto. Deve ser por causa daqueles malditos pneus chineses (MAXXIS) parece casco de cavalo, muito duro mesmo. Estou muito afim de troca-los por 195/55 r 15, diferença de perfil de pneu de apenas 2,25 mm, ou seja, metade de 0,5 cm, mais a marca será um Continental "ContiContact 2" de origem alemã, mem mais macios.

    ResponderExcluir
  62. Parabéns Bob e seguidores. Vcs falam a verdade.
    Tenho um SV 1.6 , gosto muito. Podia ser mais silencioso a 120km/h e ter relações mais longas.
    Acho o pneu muito duro. Posso troca por 195/55 ou 185/60 e mais moles?

    ResponderExcluir
  63. Anônimo 14/02/13
    O alongamento com os pneus 185/60 seria insuficiente para notar alguma melhora, apenas 2,09%. Com os 195/55 seria praticamente nulo, 0,7%, além de piorar um pouco o conforto devido ao perfil 55, mais baixo. Não há muito o que fazer senão mudar a relação de diferencial, mas isso esbarra em problema de haver disponibilidade. Experimente baixar 2 libras nos pneus para melhorar o conforto, desde que o carro seja usado normalmente, sem efetuar curvas em alta velocidade e com até 3 ocupantes.

    ResponderExcluir
  64. Gostei da relação 120km/h próximo do torque máximo do motor!!!! ligeiro

    ResponderExcluir
  65. Para minha filha, comprei em agosto de 2012 um March 1.6S (é o que tinha disponível, ainda paguei R$ 500,00 para trazer de plataforma de Ribeirâo Preto para São Paulo, onde moramos). Com os R$ 2.000,00 que economizei na compra (S versus SV), troquei os pneus Maxxis 165/70 por um jogo de Continental 175/65, sem alterar a relação original e instalei um CD player com Bluetooth. O carrinho é realmente muito bom e muito, muito esperto mesmo. Observei uma coisa, o carro muda bastante o consumo quando abastecido com etanol, passa a gastar muito mais; pelas minhas contas, só é interessante se o álcool custar no máximo 65% do preço da gasolina...

    ResponderExcluir
  66. Constando que este veículo utiliza a excelente marca de pneus Maxxis porém ambas as medidas no aro 14 e 15 são difíceis de encontrar, sendo elas medidas novas no mercado. Na troca dos 04 pneus, se não encontrada a medida original no aro 14, pode ser utilizada a medida 175/65r14 e no caso do aro 15, pode ser utilizada a 185/60r15. Ambas podem ser utilizadas e por serem mais comuns, são mais baratas.

    ResponderExcluir
  67. Magayver196011/06/13 11:03

    Uma dica para quem entende de mecânica: Aumentando o diâmetro das rodas e pneus é o mesmo que aumentar o diferencial, apenas não se esqueçam que ocorrerá erro de velocidade no velocímetro. Isso se o espaço entre a roda e o amortecedor permitir.

    ResponderExcluir
  68. Magayver196011/06/13 13:27

    Cuidado com a troca de pneus: nem todo mundo sabe que cada pneu tem uma característica diferente que variam de acordo com o peso e velocidade máxima permitida. Sem contar que pneu mais largo aumenta a aderência em piso seco mais aumenta a aquaplanagem no piso molhado. Aumenta o consumo por maior aderência ao piso. Tudo tem prós e contras.

    ResponderExcluir
  69. Tenho um SR premium que recebi em outubro de 2012, após 4 meses de espera. Só o uso para viagens pois moro no centro de minha cidade, logo perto de tudo. Considerando que só ando em estrada minhas impressões nem sempre batem com as que li no blog. Gosto da firmeza da suspensão, a qual mantém a estabilidade adequada em altas velocidades, gosto do motor apesar de parecer beber mais que o do Versa de um familiar meu, os controles de som e blue toth no volante, bem como o sistema ABS com EBD e BA, são muito eficientes e convenientes, enfim, não vejo no mercado nacional nenhum 1.6L cujo desempenho na pista, faça inveja a esse March, nem mesmo o moderníssimo e ultra equipado New Fiesta Titanium da Ford.

    ResponderExcluir
  70. Só me desagrada nesse carro o elevado ruído interno em alto giro. Insuportável. Não dá pra ouvir o rádio. Não haveria uma solução fácil pra isso? É no corta-fogo? Se revestir a tampa do motor ajuda alguma coisa?

    ResponderExcluir
  71. Bob, vc consegui as relações corretas desse March? Eu suponho que sejam iguais a do Versa mesmo, mas com diferencial do March 1,0. Não sei se prejudica, mas do modo que está curto estou saindo em segunda na maioria das situações, e também pulando marchas.

    ResponderExcluir
  72. Helio
    As relações são as que estão aí em cima no post.e são as mesmas do Versa. Estou achando estranho você dizer que está curto, pois a primeira alcança 40 km/h, a segunda vai a 73 km/h, a terceira atinge 107 km/h, sempre a 5.600 rpm, rotação de potência máxima.. A 120 km/h em quinta o motor está a 3.700 rpm. Confere com que você observa? Diferencial do 1,0 não pode ser, ficaria curto demais para o motor 1,6.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.