AQUATRED. POR QUE MORREU?



Por volta de 1994, comprei um Chevette L 1.6 ano 1993 quase novo, com 7.000 km.

Esse modelo era apenas o Junior, desprovido do horroroso motor 1-litro, um fracasso total fruto da ansiedade da GMB em ter um carro de 1 litro antes do lançamento do Corsa.

Permaneceu toda a redução de custo exagerada, dentro e fora, e estendida ao item mais importante de um carro, os pneus. Veio com Firestone S-211, em uma medida tão ridícula que nem gosto de recordar.

Desnecessário dizer que, após a primeira garoa e uma derrapada a 45 km/h em uma curva lisa, aberta e plana, fui direto a um revendedor de pneus para conhecer de perto o lançamento da Goodyear, o Aquatred.

Já havia lido sobre ele em alguma revista estrangeira, que não me recordo qual era, e entendi ser uma ótima opção para uso no molhado, não deixando muito a desejar no piso seco.

Aproveitando a promoção de lançamento, 60 reais cada pneu, pedi os 4 de uma vez, e meia hora depois tinha um novo carro nas mãos.

Engraçado como são as coisas. Enquanto a maioria das pessoas não gosta de chuva, eu agradeço cada vez que elas ocorrem, tanto para lavar um pouco a poluída atmosfera de São Paulo, quanto para me divertir, exercitando mais ainda a condução suave e sem trancos em nenhum comando do carro.

Para isso, me baseio em um texto de José Luiz Vieira em uma edição da revista MOTOR 3 de 1980, intitulada " O bom motorista é o motorista macio", uma diretriz que sempre tive como método para dirigir qualquer coisa.

Poucos dias depois, a tão esperada precipitação veio, os pneus já lixados de sua camada externa mais nova e lisa, com cerca de uns 100 km rodados, e a mesma curva onde quase rodara a 45 km/h foi feita com absoluta tranquilidade a quase 60 km/h, mostrando que tinha feito a escolha certa.

Vi pouquíssimos carros com esse pneu, e ele logo desapareceu do mercado. Coisas inexplicáveis para quem usou o pneu e constatou sua eficiência.

O que terá acontecido?

JJ

39 comentários :

  1. Lembro deste pneu no Santana 1987 do meu pai. Era muito bom. Outro pneu que considerei muito bom na epoca foi o Eagle GT+4. Se nao estou muito enganado, o Aquatred foi substituido pelo Eagle Ventura. Pneus eu já experimentei quase tudo.

    ResponderExcluir
  2. Não sei o motivo de ter sido descontinuado, pois era excelente, até melhor que o sucessor dele, o Eagle Ventura, também desaparecido. O sumiço deve ser fruto do mundo politicamente correto, onde se divertir dirigindo na chuva é um pecado quase mortal...

    ResponderExcluir
  3. JJ,
    O post me fez lembrar de outro, onde o Bob Sharp falava do pneu Dunlop SP. http://autoentusiastas.blogspot.com/2010/05/cantando-na-chuva.html

    Pra galera que não leu, é um post excelente.

    Realmente é fascinante a eficiência destes pneus.

    Abs

    ResponderExcluir
  4. Qual era a medida do pneu original? Você manteve-a ou comprou de outra?

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. JJ,

    O Aquatred da Goodyear saiu de linha há alguns anos, em seu lugar foi lançado o Assurance TripleTred, baseado na mesma tecnologia. Ouvi bons comentários sobre esse pneu, mas não sei se chegaram a lançá-lo no Brasil.

    ResponderExcluir
  7. Mister Fórmula Finesse11/10/10 08:38

    Penso que a diretriz básica foi continuada em uma evolução do pneu mas com outro nome; talvez o marketing tenha avaliado que o nome deveria ser trocado, que focar o produto em apenas um estilo de utilização - mesmo sendo versátil na realidade - poderia afastar potencial compradores...etc.

    ResponderExcluir
  8. Talles Wang11/10/10 10:15

    Caro Juvenal,

    Fiquei com dúvidas:

    Esse carro era o 1.6 ou o 1.0?

    Se era o 1.6, vinha com o 165/70-R13, se 1.0, vinha com o 155/70-R13.

    O aquatred começava com o 185/60-R14. Então além dos pneus você mudou os aros, se não me engano colocou os "bolinha do Gol", com a calotinha do chevette.

    Os Michelin, assimétricos, cujo modelo e nome não me lembro, hoje em dia,não seriam também, tão eficientes quanto o aquatred?

    Talles Wang

    ResponderExcluir
  9. Adoro o AutoEntusiastas, como me lembro da infância!

    Então, me lembro que enchi a paciência do meu pai para ele colocar esses pneus no carro, agora não me lembro se ele estava com o Opala, com o Monza ou já com o nosso Chevette. Só lembro que fiquei fissurado nos Aquatred. Mas o velho siplesmente ignorou, ele gostava demais dos GPS.

    Muitos anos depois, quando eu já estava com o Chevette, tentei colocar Eagle Ventura, porém não consegui na medida 175, então coloquei GPS3 Sport.

    Esse final de semana estive em São Paulo para assistir ao show do RUSH, na verdade, na sexta-feira. Fui de Omega e substituí os P6000 por Michelin Pilot Primacy.

    ResponderExcluir
  10. Sobre pneus e chuva, um que considero bom é o Barum Bravuris de primeira geração que, a exemplo do Aquatred, tem banda em V. Quando o pus em um Corsa que eu tinha, deu para notar bem a diferença, ainda mais pensando no quão sensível à chuva é aquele carrinho com qualquer que seja o pneu montado.
    Porém, pelo que dá para ver no próprio site da Barum (divisão da Continental), o referido pneu já está em processo de descontinuação, uma vez que já há o Bravuris 2.

    Outro detalhe que considero extremamente positivo do pneu em questão é seu silêncio ao rodar. Se pensarmos que quase não se ouve o barulho dos pneus do Corsa (a ponto de no próprio manual a GM avisar que o ruído dos pneus fica predominante quando se estiver a 120 km/h), qualquer que seja a borracha nele montada, ao montar quatro Bravuris a coisa ficou ainda melhor.
    Fora isso, o preço é muito bom para pneus de perfil 60.

    ResponderExcluir
  11. Talvez o desenho pouco convencional deste pneu dificultou suas vendas. Lembro-me que o sulco central era muito profundo, e isso causava estranheza. Mas em minhas experiencias, nunca vi um pneu tão eficiente no molhado como o P400. Eu e um amigo brincávamos de que P400 no chão e Rain-X no parabrisa era o `Kit Chuva`.

    Abraço

    Lucas crf

    ResponderExcluir
  12. Durou o que tinha que durar.
    Não duvido da qualidade do pneu, mas se sai de linha é porque não vendia.

    É como o motor a ar da VW, excelente para climas quentes e secos, de manutenção simplificada, mas mesmo assim saiu de linha.

    ResponderExcluir
  13. Dos pneus que já forma lançados no Brasil o melhor de todos na chuva foi o P7000 da pirelli,
    alem de ser muito bonito, o tiraram de linha e nao colocaram outro no lugar, pois p P7 nao tem desenho direcionado para chuva, tive uns 3 jogos num santana 2.0, lembro até hoje de entrar extremamente rápido nas curvas da forma como entrava no seco e ficar agarrado no chao, quem não conhecia achava que ia rodar,
    sem contar que sua resistência à aquaplanagem era extraordinária, até hoje nao tive um pneu assim pra chuva, e eu dou muito valor a isso.

    ResponderExcluir
  14. Vamodoido e Tales,
    o carro era 1.6. Eu havia dirigido o Junior com o 1 litro, e fiquei horrorizado, jamais compraria aquela aberração.
    A medida não me recordo mesmo, mas era tão absurdamente horrível para o porte do carro, que me parecia 145.
    Não troquei rodas, mantive aro 13 original, e se não me engano, o Aquatred era 175/70.

    ResponderExcluir
  15. Talles,

    O Chevette L era 1,6 l conforme o Juvenal disse no texto, a GM aproveitou a brecha legislativa pegando carona no Fusca e Kombi que eram 1,6l e obtinham a redução de impostos como os demais 1,0l. Durou de Abril a Dezembro de 1993, quando saiu de linha. Pegaram o acabamento do Junior e puseram o motor 1.6/S das demais versões, além do friso estreito de borracha na lateral. O DL 1.6/S tinha a medida 175/70 R13 e o Junior e L 1.6 155/80 R13, isso de fábrica. Abraço

    ResponderExcluir
  16. Raphael Hagi,
    a foto da roda do Chevette me lembra minha época com esse carro que troquei os pneus. Coloquei vários itens nele, que a GM tirou: sombreira que dobrava para a janela lateral, console de assoalho, para-brisa verde degradê.
    Procurei muito por esse modelo de roda, mas nunca achei a preço comprável.

    ResponderExcluir
  17. Thiago,
    ótima informação: 155/80 R13.
    Tinha apenas certeza de que era a mesma medida do Junior.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  18. Me lembrou o desenho do Toyo DBR que recentemente coloquei no meu carro.

    ResponderExcluir
  19. O P7000 citado pelo Leonardo era muito bom mesmo.

    Hoje em dia quem quer pneu para chuva deve comprar o Michelin Pilot Exalto, pra essas condições ele é o melhor de todos os disponíveis entre as linhas mais "premium".

    ResponderExcluir
  20. OLÁ JJ!! Tenho um pedido justo e auto-entusiástico para fazer: Você pode digitalizar, ou transcrever o texto "Motorista bom é o motorista macio" em um documento e disponibilizá-lo em algum link? Fiquei muito curioso sobre o mesmo, e o responsável por isso é você, rsrs, então por favor! Grato.


    Renan Veronezzi VTI

    ResponderExcluir
  21. A menção a exercitar a condução suave me lembrou de um comentário do Bob Sharp no Best Cars, em que ela descreve uma situação (emergência médica) em que foi necessário dirigir de forma rápida e suave, o que o motorista em questão fez majestralmente. Custei um pouquinho a achar, pois foi publicado há mais tempo que eu imaginava (set/2004) mas, para quem se interessar, aí está:

    www2.uol.com.br/bestcars/colunas2/b184b.htm

    ResponderExcluir
  22. Marcelo Augusto11/10/10 22:09

    Essa estória de pneus é sempre a mesma, povoa as rodas e a internet, cada um acha uma coisa, com uma mãozinha do marketing.

    Se fizer um teste cego, vai ter muito urubu sendo chamado de meu loro, e vice-versa. É quase que um efeito placebo.

    ResponderExcluir
  23. Juvenal,

    Durante os mais de dois anos de garimpagem de peças para a restauração do Chevette aqui de casa, por sorte encontrei cinco rodas dessas jogadas num estoque de uma casa de peças aqui de BH. Me fizeram quatro por 750 na época.

    E olha, são lindas viu. Casam direitinho com o Chevette.

    ResponderExcluir
  24. Propaganda é fogo: nós também caímos no " conto do aquatred" , na época compramos um par e ele era igual pato : nadava mal no barro e voava mal no asfalto seco.Freava mal tb.

    Gastou rapidinho a banda e teve que ser descartado antes do fim da vida útil de um pneu convencional.

    Foi substituídos por excelentes unidades EAGLE GT +4 , pneu bom de tudo até 2/3 da vida útil.

    Depois desse, nunca mais achei pneu de reposição que atingissem o nível de excelência que a Michelin alcançou , mantém e aprimora.

    Quer andar na chuva? Michelin Pilot Exalto, atual...

    PS : O S 211 era excepcional no asfalto seco.

    ResponderExcluir
  25. Sempre achei bacana esses Aquatred. Lembro-me que logo após o lançamento fui ver para colocar no Opala de meu pai, mas o preço era razoavelmente mais alto do que os pneus normais. Em época de primeiro emprego, instalei os normais mesmo.

    E por falar em tomar susto no molhado, semana passada levei um susto com os GPS3 no Ka de minha noiva. Havia parado de chover a pouco, mas o chão estava ainda molhado. Ao beliscar o freio antes de uma lombada, o carro travou na boa e, mesmo aliviando o pé do freio, não destravava as rodas. Tive que soltar o pedal de vez e frear novamente. Fiquei tão indignado com o ocorrido que parei o carro e fui ver se havia algo na pista para escorregar desse jeito. Nada, só água mesmo.

    Estou pensando seriamente em aposentar o jogo inteiro, com cerca de 20 mil km, e substituir por Michelin. Também não gostei dos Goodyear Excellence em meu carro. No molhado vai bem, mas no seco, escorrega além da conta, a borracha parece ser muito dura...

    ResponderExcluir
  26. Melhor pneu de chuva que eu já pude testar é o Goodyear Eagle F1, alias ele é incrível tanto no seco como no molhado.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Belo post Juvenal, provavelmente ele foi descontinuado pelo mesmo motivo do Eagle Ventura, tenho um amigo que trabalha na Goodyear e segundo ele os Eagle Ventura pararam de fabricar pois descobriram que os lojistas não recomendavam os Ventura para compra por serem direcionais, um erro enorme pois para fazer o rodizio dos pneus não era necessária virá-los nas rodas como os lojistas estavam informando seus cliente, sendo assim, os lojistas empurravam o NCT5 que até hoje é fabricado, verdade ou mentira, tiraram um gde pneu de linha que segundo meu amigo, foi o pneu que menos registrou defeitos e reclamações da história da Goodyear do Brasil, atualmente eu uso por recomendação dele os Eagle F1 e recomendo com prazer pois o pneus é sensacional ;-)

    ResponderExcluir
  29. O Passarini falou uma coisa corretíssima: a incapacidade que algumas têm de fazer um simples rodízio de pneus radiais: é só mantê-los sempre do mesmo lado do veículo, independente de serem ou não direcionais.
    Sendo direcionais, apenas passarão da dianteira para a traseira e vice-versa, mantendo exatamente o sentido de giro. Mais simples que isso, só dois disso.

    Aliás, surpreende o quanto que nossas oficinas ainda não se adaptaram aos tempos modernos. E nessas vemos pessoas condenarem as multiválvulas (em parte por ter havido motores ruins com essa configuração, como o famoso 1.0 do Gol, mas também em grande parte pelos mecânicos não terem se adaptado a algo que mantém o princípio básico do motor a combustão apenas acrescentando mais peças), pneus direcionais (coisa que aliás existe há mais de 50 anos e que o Citroën DS sempre usou) e outras.

    ResponderExcluir
  30. É uma pena que na atual linha da Michelin do Brasil a única opção medida 185/70/13 seja o Energy XM1, que entra na categoria dos "energy saver", pneus de alta durabilidade mas de aderência não exatamente brilhante.

    ResponderExcluir
  31. Paulo Franco14/10/10 11:58

    Tive Michelin no meu Subaru Legacy, carro já muito bom de curva, eram os XH-AS com indice de velocidade H. Eram os melhores de chuva que havia provado até então.
    Hoje uso os Continental Contact Premium II no meu Toyota Corolla, porem com o indice de velocidade V.
    Esses Conti são os melhores pneus de chuva que já usei, de longe!
    O Corolla é pior de curva que o velho Subaru, mas na chuva esses Conti fazem milagre. Curvam muito bem,freiam melhor, são impressionantes!
    Mas, o pay back é que eles gastam muito rápido. Com 25000 kms, sem fazer o rodízio (conforme nos recomenda o bom Bob Sharp), os dianteiros já chegaram no limite. Continuam agarrando bem nas curvas no molhado, mas perderam algo nas frenagens e na tração tambem.
    Se for comparar os Conti com os Michelin, ligeira vantagem para os franceses pela maior quilometragem, embora estes sejam mais caros.
    Mas os Conti agarram mais no molhado, com certeza.
    Falei dos indices de velocidade, porque me parece que carcaças mais duras ajudam na quilometragem do pneu e na velocidade/segurança em curvas.
    Não sei se é só uma impressão minha ou se existe algo de verdade aí.
    Testei isso em um Seat Cordoba que tínhamos e isso foi reforçado agora no Fit EX da minha mulher.
    Antes com indices T, os carros eram menos estáveis do que com pneus índice H da mesma marca e os pneus duraram menos tambem.
    O que vcs acham?
    Alguem sabe algo sobre isso?

    ResponderExcluir
  32. O pneu saiu de linhas mas vários outros da própria Goodyear continuaram usando suas linhas ou baseadas nelas, apenas com um nome mais popular ou de maior marketing.

    []s

    ResponderExcluir
  33. JJ,
    Que época boa, um Goodyear custando sessenta dinheiros... Estou em busca de uns Yokohama A.drive para meu Escort Conversível, em medida original, mas não encontro por menos de duas centenas e meia de dinheiros... Não viso o preço em primeiro lugar, mas o problema é que aqui no RJ (não sei em outros estados) o comércio de pneus é uma tremenda máfia.
    Abraço.

    Alguém teria alguma outra sugestão de modelo/marca de pneu, levando em consideração que o carro pouco roda e quando o faz é apenas no seco? Uso noutro carro os Pirelli P6, são ótimos, mas infelzimente só venho encontrando P6000 com data de fabricação já um tanto antiga que a Pirelli vem desovando no mercado.

    ResponderExcluir
  34. hehehe... Curto post de pneus!!!

    Juvenal,
    Também tive Aquatreds 165/70R13 no meu Uno CS 1.5 i.e. 93, fantástico!!! Época insana de Rio-Santos, saudades!
    Melhor que os também muito bons P7000 185/60/14R que tive, mas num Gol 1.6 CL MI 97.

    Raphael, vc inteligente fã do Rush fez sem dúvida a melhor opção, digae se o seu Omega não é outro carro com os Pilot Primacy??? P6000 é lixo, assim como P400. Desde quando este P400 é bom? Pneu voltado para durabilidade, fraco de aderência.

    Marcelo Augusto, serááááá? Eu acho que não heim...

    Aliás, falaram sobre os GPS... depois dos aquatred 165/70R13, coloquei um jogo de GPS 175/70R13 que não "curvava" tão bem quanto os anteriores, talvez também porque não fossem da medida original do carro (neste caso).

    Alexei, um par? ahãm...
    Nunca tive pneus de modelos diferentes simultaneamente num carro. Os pneus eram ótimos, mas gastaram rápido mesmo.
    E o Exalto é bom? Tem pouco tempo, comprei um jogo de Primacy pra um 307 e um jogo de XM1 pra um Fox. Só elogios pra Michelin! Mesmo este segundo modelo sendo de baixo atrito, como o Bianchini já destacou.

    Road Runner, o problema dos Excellence é o ruído, característica da Goodyear, mas de desempenho é muito bom, vale a pena verificar esse alinhamento.

    Anônimo 12/10/10 14:23
    O despreparo deste pessoal é de passar raiva!!!

    Paulo Franco, acredito na hipotése que você levantou sim. Com certeza em relação ao desempenho, provavelmente em relação à durabilidade.

    Marlos, também tive esta impressão quando fiz as cotações da minha última compra. E a atendente ainda perguntou o porquê de eu não querer nem saber o preço do P6000, que era "o melhor pneu do mercado"... EU GARGALHEI NA CARA DELA! Aliás, o P6 é ótimo mesmo, mas eles estão pedindo os olhos da cara.

    Abs

    ResponderExcluir
  35. Fabio,
    Acabei comprando um jogo de A.drive numa promoção do site do Walmart.
    Ainda sobre o P6000, seu relato só ratifica a mesma impressão que tive. Numa revenda Pirelli uma moça tentou me convencer do que o tal pneu era mesmo extremamente superior aos equivalentes d'outras marcas. Na verdade acho que dentro de uma gama de medidas e indicações de uso não existe tanta diferença de desempenho entre os produtos de marcas top. Aqui no RJ tenho observado que os centros automotivos, majoritariamente frequentados por homens, têm contratado mulheres jovens e que não recebem nenhum treinamento sobre os produtos para simplesmente convencer as pessoas por seus, digamos, "atributos físicos"; inclusive, numa situação dessas, uma moça pronunciou a palavra Yokohama de forma bem peculiar, "iôcoama", isso sem falar em "cunho", pronúncia para Kumho. Aliás, tenho ouvido falar bem dos pneus desta última...

    ResponderExcluir
  36. ééé Marlos...

    Digamos que a contratação da moça não foi de cunho técnico, talvez outro tipo de cunho... sei lá... rs*

    Cheguei a cotar os Yokohamas na última troca, onde cotei o preço não estava tão bom, mas quem tem, recomenda. Acredito que fique satisfeito com a compra.

    Sds

    ResponderExcluir
  37. Alexei,
    viajaste na maionese molhada !
    Colocou dois pneus e queria que funcionasse ? Pneu se troca todos, ou pelo menos, pelo mesmo modelo.

    ResponderExcluir
  38. Lembro muito bem deste pneu, porque o utilizei no meu monza tubarão, ele se deu tão bem com este pneu que eu adorava dirigir na chuva, só pra dar poeira nos carros que ficavam mais lentos na estrada, sem falar da cortina de água que se formava quando o tubarão passava.

    ResponderExcluir
  39. Belo post JJ. Lembro com saudade desses pneus Aquatred. Na época (1998), instalados em minha Pick up Corsa 97 compeltíssima (tinha até regulagem de altura do banco e chave chipada - adorava o carrinho). Lembro-me com nostalgia mesmo desses pneus. Era FLAGRANTE o desempenho muito superior na chava, mas era tb um pneu muito macio. Gritava bastante nas curvas em asfalto seco. O meu durou pouquíssimos 22mil Km, mas valeu pela diversão que proporcionava... sem contar que a dirigibilidade tb melhorava, pois por ser extremamente macio, deixava o volante mais leve em manobras. gde abs e parabéns pelo post.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.