MENTIRA, NÃO É CRUZAMENTO

Foto: Autor
Como venho dizendo aqui no AUTOentusiastas, está faltando engenharia de tráfego no Brasil. O que está à frente do meu carro é uma junção de ruas, isto é, a pela qual eu vinha  - rua do Rocio - morre em outra  - rua Ramos Batista -, a primeira perpendicular à segunda. O bairro é a Vila Olímpia, em São Paulo. 

É evidente que ali não é um cruzamento. Entretanto, abaixo dos dois semáforos está escrito (ficou um pouco longe) "Nunca feche o cruzamento".

Dois erros de uma só vez. Primeiro, uma junção não é um cruzamento, ou interseção, como está no Código de Trânsito Brasileiro. Uma autoridade de trânsito não pode escrever besteira. Por isso ela é autoridade.

Segundo, se algum motorista desrespeitar a recomendação e parar na zona demarcada em amarelo, é porque o tráfego está mesmo engarrafado e nesse caso ele não terá como prejudicar o flixo da outra via. 

Caso não haja engarrafamento, o motorista não terá motivo para parar e fechar o cruzamento e certamente não o fará. 

É incrível um assunto tão simples ser levado por um caminho errado, confundindo e atrapalhando o bom andamento do trânsito.

BS

17 comentários :

  1. Os agentes de trânsito da minha cidade não receberam uma cópia do CTB. Cometem burradas como qualquer outro cidadão...

    ResponderExcluir
  2. Os agentes de trânsito da minha cidade (Blumenau-SC), não sabem que faixas contínuas antecedem faixas de pedestres e semáforos.

    E ainda tiveram a petulância de me dizer "você está querendo me ensinar sobre trânsito?"

    Minha resposta: "não. Mas é estranho que o senhor não saiba disso."

    ResponderExcluir
  3. Bob,
    Mais uma pro "acredite se quiser" do Palance. Dá pra fazer um livro dessas pérolas...

    ResponderExcluir
  4. Diego, Leo e Rodrigo
    O problema é que quanto mais denso fica o tráfego, mais cabeça e soluções eficazez são necessárias, mas o que se vê é exatamente o contrário. Essa do cruzamento que na verdade é uma junção custou-me acreditar.

    ResponderExcluir
  5. É, Bob, por aqui também tem umas pérolas do tipo...
    Qualquer dia desses vou fotografar uma rotatória próxima à minha casa que conta, pasmem, com placas "Pare" e, para piorar, um esperto estaciona um caminhão prancha bem no centro da rotatória...

    ResponderExcluir
  6. Bob, conheço exatamente este cruzamento e a placa. Inclusive, não recomendo o estacionamento ao fundo, pois estive lá há uns dias e após ver o como o manobrista estava maltratando os carros nas manobras, eu disse a ele que não ia deixar as chaves e ele simplesmente me mandou sair do local. Parei em outro a 20m dali e trouxe as chaves. Aproveito a deixa para sugerir um post sobre os tais "manobristas" ou "valets", já que autoentusiastas não gostam de ver suas máquinas em mãos alheias.

    Parabéns pelos 2 anos!

    AMZ

    ResponderExcluir
  7. Marcelo Augusto04/09/10 22:12

    Bob, eu fiz um pedido de providências à CET para um interseção em "T" como esta, mas com ambas as vias de mão dupla.

    O problema é que praticamente todo o fluxo das duas vias é no sentido à esquerda da perpendicular. Como a via com preferêncial fica congestionada, ninguém vindo da perpendicular consegui entrar. Eu pensei num semáforo, mas aí vai favorecer quem vem da perpendicular que tem movimento menor (mas anda congestionando por não se conseguir entrar na outra via), mas vai travar ainda a outra rua.

    Ta complicado.

    ResponderExcluir
  8. Marcelo Augusto,
    Sem dúvida que a solução é difícil.

    ResponderExcluir
  9. AMZ.
    Boa pauta, os valets. Vamos pensar nisso.

    ResponderExcluir
  10. Marcelo Augusto, pra isso existem (ou deveriam existir) os tais "semáforos inteligentes".

    Mas os laços indutivos só são utilizados pela CET para aplicar multas por excesso de velocidade ou por avanço de sinal vermelho...

    ResponderExcluir
  11. Já pensei muito sobre o assunto, e ainda não cheguei a uma conclusão satisfatória sobre quem, ou porque se faz este tipo de barbaridade nas questões relativas ao trânsito.

    Realmente não sei se falta inteligência, formação adequada ou experiência profissional aos engenheiros, técnicos ou qualquer "capiau" da CET ou outra instituição responsável pelo trânsito.

    Tá difícil...

    AB

    ResponderExcluir
  12. Marcelo Augusto05/09/10 20:17

    Xiko,

    Você matou a charada, o semáforo inteligente serve justamente a isso.

    Todos,

    Quem mora ou passa por SP capital e quer reclamar ou pedir algum serviço à Prefeitura ou à CET, é só fazer o pedido no endereço abaixo, se desejar pode ser até anonimamente:

    http://sac.prefeitura.sp.gov.br/default.asp

    ResponderExcluir
  13. Marcus Maia05/09/10 20:26

    Marcelo,
    Já uso o site de SAC da prefeitura há um bom tempo, para tampar buracos funciona bem, mas para outros serviços, principalmente os relacionados com a CET não funcionam. A CET só quer saber de multar rodízio, só existe isso para eles.

    http://sac.prefeitura.sp.gov.br/default.asp

    ResponderExcluir
  14. Bob, eu de novo !!!!!!!
    A CET foi uma iniciativa muito boa criada pelo então Prefeito o Sr. Olavo Setúbal. Seria uma unidade técnica o que seria útil para uma cida cidade como SPaulo. Porém voce sabe que apesar de ser um auto-entusiasta, uso muito a bicicleta como modo de transporte, até pelo site que temos da www.escoladebicicleta.com.br com o Arturo que voce já conheceu. Estive em algumas reuniões com técnicos do CET, e afirmo que são umas "antas". O princípio original foi deturpado e negocoando com eles um espaço para as bicicletas como é em qualquer cidade do 1º mundo vejo a limitação total deles. São pouco flexíveis e ficam centrados em estatísticas, etc.... Um horror, deveria ser implodido.
    Abraço e desculpe-me por essa longa resposta.
    Abração
    Luiz

    ResponderExcluir
  15. Por experiência própria, endosso integralmente a opinião do Luiz Dranger, do Marcus Maia e do Xiko sobre a CET. Bota anta nisso. Não tem iniciativa (fora multar), é lerda, e quando finalmente faz alguma coisa, faz mal feito.

    ResponderExcluir
  16. Luiz Dränger
    A CET foi uma ideia ótima, mas ficou só na ideia, pois em vez de só cuidar do trânsito do ponto de vista de engenharia,passou a fiscalizar também. Aí ferrou. Exorbitou de suas atribuições.

    ResponderExcluir
  17. O seu comentário de que "se algum motorista desrespeitar a recomendação e parar na zona demarcada em amarelo, é porque o tráfego está mesmo engarrafado e nesse caso ele não terá como prejudicar o flixo da outra via", está incorreto ... o motorista atencioso, NÃO avança ser ter certeza de que há espaço para acessar a outra via, evitando ficar "no meio" do cruzamento ou intersecção ou junção ... mesmo com o treânsito engarrafado, o bom motorista aguarda a abertura de espaço ... só que isto NÃO ocorre, porque os motoristas brasileiros, simplesmente ignoram qualquer tipo de bom senso no trânsito, preferindo avançar e parar no "meio" da outra via, ao invés de, pacientemente, aguardar a fuidez do trânsito, mesmo porque, do outro lado, este motorista sabe que os outros motoristas também NÃO vão respeitar estas diretrizes ....o problema não é a nomenclatura das placas ... mas a educação dos motoristas ... aliás, se os motoristas tivessem mais educação no trânsito, não seria necessária a colocação deste aviso e o erro não ocorreria ...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.