HOT ROD FORD TUDOR 36





fotos: revista Hot Rod
A revista Hot Rod de abril de 2010 apresenta um carro feito a partir de um Ford Tudor sedã 1936 que os americanos chamam normalmente de trunk sedan, pois apresenta um volume de porta-malas protuberante, tipo de carroceria pouco usada para a construção amadora.
O resultado ficou muito bom, para um trabalho que começou com um carro bem corroído, que teve as partes piores removidas, alterando até mesmo a grade do radiador, pois toda a porção inferior da dianteira do cofre do motor estava irrecuperável. O que sobrou está nas fotos.
O Motor é Cadillac de 1968, 472 polegadas cúbicas, ou 7,7 litros, acoplado a uma caixa automática GM HydraMatic TH400, suspensão dianteira de Dodge 1935, incluindo as molas semi-elípticas e as rodas, traseira provenientes de um Chevrolet Caprice 1990, com rodas doanteiras de Oldsmobile 1935 (mesmo diâmetro de furos), para-brisa de MGB retrabalhado, reservatório de expansão do arrefecimento feito com um antigo extintor de latão, comando da transmissão com as marcações montadas com teclas de máquina de escrever, bancos do tipo chamado de bucket seats, pois parecem ter sido feitos recortando-se um balde de metal. O volante e painel são originais do Ford.
Uma bela mistura que resultou em um carro único. Criatividade no estado mais puro. Um autêntico hot rod.
Abaixo o Ford Tudor original, carroceria trunk sedan
foto: clubs.hemmings.com
JJ

14 comentários :

  1. Muito bom, dá até pra perdoar o cambio automático.

    ResponderExcluir
  2. Cambio automático é para arrancada. Já viu algum dragster com câmbio manual?

    ResponderExcluir
  3. Reynaldo Cruz20/03/10 12:51

    Belo Hot JJ
    Eu não entendi aquele cilindro (extintor de incendio?) que parece estar acoplado à uma buzina?
    Achei que a foto do carro original valoriza e dá dimensão do trabalho feito. Muito bom...
    RC

    ResponderExcluir
  4. Não entendo muito de hot rod, mas o carro está lindo, discreto, com bancos de alumínio tirados de alguma avião e outros detalhes. a única coisa que acho feia são os pneus traseiros com um desenho muito antigo e fora de proporção, mas isso é questão de gosto. Teria um sem o menor problema para usar todo dia.
    Nada como um desenho antigo reciclado com bom gosto e mecãnica moderna.

    ResponderExcluir
  5. Normalmente, não tenho grande interesse por hot rods. Mas reconheço que esse aí ficou bem bacana, principalmente por demonstrar imaginação e por evitar os clichês e exageros desse gênero de carros.

    ResponderExcluir
  6. Nico Acima da Lei22/03/10 13:12

    uma gambiarra geral, mecânica moderna de 1968 (!), só podia ser o Juvenal pra achar isso legal...

    ResponderExcluir
  7. Execelente projeto, muito bacana os detalhas dos botões no cambio automático e do extintor.

    ResponderExcluir
  8. Reynaldo Cruz22/03/10 16:52

    Ô Nico, acho que voce está visitando o blog errado cara, voce não tem o perfil.

    ResponderExcluir
  9. O problema dos mais jovens, inclusive o Nico Acima da lei, é que eles não vêem o contexto, não estudam o passado e nem consultam os antigos.
    Aposto que ele é um dos que acham brega os dados pendurados no espelho retrovisor.

    ResponderExcluir
  10. Tb só não gostei do conjunto rodante traseiro,mas isso é mania de "hoteiro" americano,adoram botar o carro de bunda pra lua,hehehehehehe ......

    ResponderExcluir
  11. Caro Maluhy

    Lembro de um episódio do "Pimp my Ride" em que o apresentador do programa Xzibit perguntou para um dos mecânicos porque eles colocaram um parachoque tão grande. O mecânico olhou para o cara com olhar bem malicioso e disse que todos ali gostavam de "traseiras bem grandes"...

    ResponderExcluir
  12. Nico Acima da Lei23/03/10 16:42

    Reynaldo (com "ipslon", ui!) Cruz, beba um copo de pus e não me sarneie.

    ResponderExcluir
  13. 1K2,rachei o bico,hahahahahahaha

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.