"AH, ESSA FALSA CULTURA!"

Imagem: tvrealtime.worldpress.com
O título deste post é o nome de um quadro na seção de humor da revista O Cruzeiro, que circulou de novembro de 1928 a julho de 1975 e foi uma das mais importantes publicações semanais nacionais. No quadro em questão havia citações típicas de falsa cultura como, por exemplo, "Os romanos ficaram famosos pela construção de aquedutos, viadutos e oleodutos".
Pois nada melhor que esse título para ilustrar o que foi exibido hoje no programa Auto Esporte, da TV Globo.
Ontem já haviam sido feitas várias chamadas para o programa, mas uma das atrações prometidas chamou minha atenção, o problema de se pular marchas. Assim, e curioso, cuidei de não perder o já tradicional programa dominical que trata de veículos. Parece que eu estava adivinhando que havia besteirol a caminho.
O que foi dito de bobagem, que pular marcha acabava com a embreagem, que forçava o motor, que poderia danificá-lo, impressionou-me. Como pode? Um programa especializado em veículos exibido na principal emissora de tevê do Brasil! Especialistas que supostamente deveriam ter conhecimento da matéria dando explicações e conceitos totalmente furados!
Ainda misturaram estação, com os danos à embreagem por arrancar em segunda marcha, o que fugia inteiramente do assunto.
É inaceitável que desconheçam o fato de o câmbio manual do Corvette Z06 pular automaticamente de primeira para quarta sob determinadas condições, de maneira a reduzir emissões de gases pelo escapamento.
Como assim, pular marcha é prejudicial? A Saab, coisa de dez anos atrás, chegou a criar  e divulgar seu método "1-3-5", pular a segunda e a quarta para economizar combustível, com total embasamento técnico!
Esse tipo de coisa vista hoje me dá um desgosto danado...
BS

73 comentários :

  1. Eu também vi as propagandas mas não cheguei a acordar cedo para assistir.
    Lembro que tinha lido sobre as vantagens de se pular marcha e dirigindo na cidade, as vezes pulo até da 2ª direto pra 5ª!

    ResponderExcluir
  2. Ivo Petri Jr.
    É evidente que pode ser feito, mas a tchurma do Auto Esporte não sabe disso...

    ResponderExcluir
  3. ...Se fosse só isso que eles não soubessem...

    ResponderExcluir
  4. Mas é a Rede Globo. Especialista em desinformação.

    Quando o assunto se limita a carros, por exemplo, sem grandes implicações. O problema é quando fazem, e sempre fazem, reportagens no Globo Repórter sobre "alimentos que curam", "música contra o câncer" ou "pepino, acelga e limão, os novos medicamentos do futuro".

    Quem estuda, pesquisa e trabalha academicamente na área vê todo seu trabalho jogado no lixo, queimado e pisoteado. Principalmente porque eles sempre arrumam um super especialista em nada para dizer um monte de besteira na matéria.

    É a Rede Globo....vamos esperar o quê?

    ResponderExcluir
  5. Bobo

    Rede Globo de Televisão

    Isso diz tudo.

    ResponderExcluir
  6. Não se poderia esperar outra coisa do AutoEspobre. Tive a nítida impressão de que o César Urnhani estava fazendo um baita esforço para convencer a si próprio daquilo que dizia.
    Em carros como o Palio e o Polo usados pelo programa, pode até ser que as "lições" da matéria façam sentido. Mas nem sempre é assim, porque as variáveis são muitas: peso do carro, curva de torque, relações de transmissão, topografia etc.
    Aprendi isso aos treze anos, como passageiro de um Opala 250-S, meu pai ao volante. Ele saía em primeira, passava direto para a terceira e dali para a quarta. Não entendi muito bem e perguntei para ele:
    - Pai, por que você não usa a segunda?
    - Porque não precisa.

    ResponderExcluir
  7. Alexandre Zamariolli
    Seu pai estava mais do que certo. O Opala com câmbio de três marchas era perfeito. O MAO teve um carro desses. Quando fizeram o de quatro marchas, tudo consistiu em dividir a segunda 1,68 do 3-marchas numa segunda 2,02 e numa terceira 1,39. Primeira, quarta e diferencial não foram mexidos. O carro ficou com marcha demais. Poderiam, como paliativo, ter alongado o diferencial de 3,08 para algo em torno de 2,70.

    ResponderExcluir
  8. O Autoentusiastas podia lançar logo seu programa de TV , hein Bob.

    Bob, na semana passada o mesmo programa de TV ficou conjecturando sobre qual eixo( não no lixo nem usar o estepe) é melhor colocar um pneu com bolha. Tu viu?

    ResponderExcluir
  9. Rede Bobo de Televisão! Sempre Enganando Você!

    Por essas e outras que não perco meu tempo acordando cedo aos domingos para assistir tal programa.

    ResponderExcluir
  10. Fazer 1-3-5 pode beneficiar ou prejudicar o consumo. Aí é mais questão de saber que veículo que tem margem para isso. Tudo depende de curva de torque e relação de marchas.
    Usava 1-3-5 em planos e descidas em meu carro anterior e notava uma ligeiríssima melhora de consumo. Ao passar para meu carro atual, usei por uns tempos o sistema, mas notei que ele estava bebendo tanto quanto minha ex-viatura (que era beberrona). Passei a usar todas as marchas e meu carro atual, de tamanho médio, passou a beber menos que os populares que alguns parentes meus têm.

    Sobre pulos de marcha, é interessante falar sobre a transmissão 7G-TRONIC da Mercedes, que tem programação para pular as marchas pares em situações de pouca carga. Acelerando suavemente e em uma situação tranquila (vamos aqui imaginar os mesmos planos e descidas em que se aplica 1-3-5 em alguns carros manuais), ela faz 1-3-5-7. E a surpresa é isso acontecer em uma automática convencional.
    Ainda sobre pulos de marcha, se não me engano a transmissão automática de oito marchas da Lexus funciona a maior parte do tempo como uma convencional de seis, dispensando a primeira (reduzidíssima) e a última (desmultiplicadíssima).

    ResponderExcluir
  11. Prezados senhores, este é meu primeiro comentário neste blog e gostaria de parabeniza-los por este interessante trabalho, unindo a paixão pelo automóvel com informação de credibilidade.

    Não vi o programa... mas pelo visto não perdi nada... Já vi outras atitudes desinformativas por parte da Rede Globo, como foi o caso do estudo sobre pneus que foi largamente comentado no ano passado entre outros, de outros assuntos, o que só me faz sentir maior desgosto pelo "Padrão Globo" de Jornalismo.

    Tenho um FIAT Brava ELX e sempre que posso, dou uma esticadinha nas marchas e pulo 1 ou até 2 marchas... nunca tive nenhum problema com relação a isto... até acho que, muito pelo contrário, faz bem pro veículo, pois faz o mesmo usar uma faixa maior do giro do motor.

    Só lamento que uma emissora com tamanho prestígio se dê ao luxo de arrumar um jornalista qualquer e fazê-lo passar por especialista para dizer coisas sem medir as consequências de suas palavras.

    Estes senhores não tem noção do impacto que uma matéria sem embasamento técnico apropriado causa no público leigo. Lamento por outro lado que se algum especialista ou profissional da área for denunciar tal atitude, tem que se submeter à mão de ferro da tv globo, tamanho poder estes senhores da mídia possuem. Enfim, fica registrado meu desabafo.

    Continuem neste caminho, sempre fornecendo informação com credibilidade, que assim mais e mais pessoas acomapanharão seu trabalho. Parabéns!

    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  12. Assisti ao Autoesporte duas ou três vezes na vida e foi o suficiente para eu me impressionar com a quantidade de bobagens que se diz naquele programa. Sabe aquele tipo de gente que não sabe sequer o que é um tucho ou um diferencial, mas vive falando sobre carros -- e freqüentemente empina o nariz para dizer um monte de besteiras como se fosse especialista no assunto? Pois é...

    Quanto ao câmbio do Corvette, o sistema que engata a quarta marcha ao passar de primeira para segunda estreou no C4 ZR1 de 1990. Ou seja, é um mecanismo usado em três gerações do carro, ao longo de 20 anos! Se não fosse bom, a GM o teria eliminado há tempos.

    ResponderExcluir
  13. Também vi e fiquei surpreso. Apesar de não entender nada de mecânica, as alegações não faziam o menor sentido.
    E o que é muito pior: minha mulher ficou falando - "viu, eu não disse que isso fazia mal pro carro?"
    Vou mandar seu texto pra ela. Fico te devendo uma, Bob. Abraços, Fred.

    ResponderExcluir
  14. nao é só o auto esporte... o vrum do SBT consegue falar ainda mais merdas automotivas...

    ResponderExcluir
  15. Também, autoesporte é o pior programa sobre carros que existe na TV. Só tem reportagens compradas ou imbecis como esta.
    O vrum por pior que seja á muito melhor.
    O problema é que quem não conhece nada sobre carros assiste e fica com conseitos errados na cabeça.

    ResponderExcluir
  16. Ponto 1: o programa AutoEsporte é vitrine e nada mais.

    Ponto 2: então a Suécia, Dinamarca, Finlândia e Noruega são os maiores mercados de embreagem do mundo?

    Ponto 3: eu fazia 1-3-5 em meu Clio, no plano e descida. Economizava um pouco mais. Mas cada carro é diferente. Pondo a cachola pra funcionar, cada um vai testando e vendo como seu carro se comporta.

    Ponto 4: deve ter dito isso com medo das pessoas sem noção começarem a usar marcha mais alta na hora errada (subida por exemplo)... o que pode provocar a lentidão excessiva ou acidentes.

    Não tenho saudade desse programa.

    ResponderExcluir
  17. Concordo plenamente,tenho uma Parati e sempre que possível pulo marchas e saio em segunda nas descidas, o que me garante certa economia, mas tenho um Monza carburado que evito o procedimento por julgar o escalonamento das marchas ideal e minimizar o vácuo que no caso produziria efeito contrário (maior consumo).
    Realmente o Auto Esporte já foi melhorzinho...
    RC

    ResponderExcluir
  18. Reynaldo Cruz07/03/10 20:37

    Não gosto de comentar anonimamente, desculpe...
    RC

    ResponderExcluir
  19. Esse pessoal da Globo não sabe nem por onde que a galinha mija. Tudo isso faz parte do padrão globo de babaquice, Arnaldo Jabor e Galvão Bueno são outros Boçais.

    ResponderExcluir
  20. Aquela mulher do programa Auto Esporte é uma putinha relaxada

    ResponderExcluir
  21. Bom, a Globo é aquela emissora que chama a equipe de F1 inscrita com o nome Virgin Racing de Manor, seu nome antigo.

    Seria mais ou menos como chamar a Red Bull de Stewart, só que pra não ficar tão ridículo inventaram que a equipe chama RBR.

    A Globo também pronuncia a palavra "recorde" com a tônica errada (récorde), para evitar a sonoridade do nome da emissora do bispo.

    Mas voltando à desinformação, outro dia estava em Maringá trocando pneus, ia trocar somente os dois da frente pois haviam rodado desalinhados e estavam com a banda "torta".

    O representante da Bridgestone me pergunta "vai passar os traseiros pra frente?"

    Eu devolvo: "Como??"

    "Normalmente se coloca os novos atrás e passa os de trás pra frente. Até saiu no Auto Esporte e inclusive a fábrica recomenda."

    (ia viajar 800km no dia seguinte)

    "Tudo bem, mas eu sou italiano, teimoso e gosto de pneu novo na frente. Acho que dá um estilo mais legal."

    Vou discutir com o cidadão? Depois mandei um email pra Bridgestone, que não respondeu até agora.

    Lembram daquele post do Bob sobre a matéria que ensinava a colocar pneu novo atrás?
    http://www.youtube.com/watch?v=6bRfr-I-V_c

    Vejam de onde é o vídeo.

    ResponderExcluir
  22. Eu fiquei curioso e queria assistir, para ver o que o programa iria falar sobre, mas acabei acordando as 10:00.

    Achei que o programa fosse falar dos benefícios... É por causa desses programas que se torna irritante conversar sobre carros com pessoas que acreditam mais na tv do que em voce.

    Eu pulo marcha, quando é possível, desde sempre e vou continuar fazendo. Sobre sair de segunda, eu também faço. Descida, carro vazio, para que colocar a primeira?

    []'s

    ResponderExcluir
  23. FCardoso,
    Agradeço a informação sobre o início dessa sistemática de troca no Corvette. Bom para os leitores também.

    ResponderExcluir
  24. Vi o programa. Ô Paliozinho pra sair de dianteira...

    O Autoesporte e este grande blog aqui, a meu ver, são meio como a diferença entre a verdade e toda a verdade. Lá é a verdade do tolo, do cara que acha que os SUVs são o melhor carro do mundo.

    Acho que todos os colegas que comentam aqui têm ojeriza às revistas atuais. Tenho 22 anos e fui "criado" lendo matérias bem-feitas, inteligentes e sensatas nas revistas automotivas de outrora. Que realmente testavam modelos novos no mercado, que não ligavam pra modismos nem faziam comparativos inúteis ou testes de qual a casinha de cachorro melhor pra se ter no carro.

    Pras revistas de hoje, entusiasta é o cara do SUV de 500 toneladas ou o rapaz de stepway-cross-adventure-locker. E um friso novo na lateral, uma nova geração.

    ResponderExcluir
  25. Nem perco mais tempo vendo esses programinhas para tolos,meu sono vale mais,mas com eu estava acordando e liguei a tv, cheguei a ver a reportagem, uma cambada de bundas rachadas,o cara arranca com o carro,mal desloca ele e troca de primeira pra terceira ,só pode estar de sacanagem ,pelo menos no final o Unhani falou que em descidas pode-se arrancar de segunda , mas muito fraquinho,depois daquela dos pneus prefiro ver o Pedro Trucão,hahahahaha.....e o Carlos Cunha falando no programa dele que freiada modulada aumenta o espaço de frenagem,que o negócio é meter o pé na tabaca?É tudo uma cambada de abestados ........

    ResponderExcluir
  26. Diego Maciel Debesaitys07/03/10 23:27

    Vi a chamada do programa e fiquei curioso com essa matéria de pular marchas, mas fiz questão de não assistir. Já tentei olhar Auto Esporte outras vezes, mas não dá pra engolir. Essa do Carlos Cunha dizendo que o melhor é frear com toda a força eu vi...

    ResponderExcluir
  27. Apesar dos meus apenas vinte anos, leio revistas de carros com altíssima qualidade técnica (Motor 3, AE das antigas, 4R das Antigas, Oficina Mecânica) desde muito cedo, mesmo quando uma já não existia e as outras pioravam e/ou caminhavam para a extinção. Fui presenteado com uma bela coleção dessas revistas em perfeito estado e assim as mantenho. Fico vendo o besteirol cheio de jabá que é falado na tevê e mais uma vez confirmo a triste conclusão que o brasileiro não tem nada de apaixonado por carro, salvo raras excessões.

    Em apoio ao Alexei: está na hora de vocês criarem um programa, nem que apenas para ser exibido na internet.

    ResponderExcluir
  28. João Gabriel Porto Bernardes08/03/10 00:39

    O Autoesporte sempre só foi bobagem,aquilo na verdade é comercial disfarçado de programa...

    Se carro e automobilismo aqui fosse levado a sério como a praga do futebol,teríamos programas muito melhores como aquele Top Gear(acho que esse o nome)que passa na Inglaterra,ou outros similares que já vi no canal FX ou no Discovery...

    ResponderExcluir
  29. Bob, veja esse video!

    http://xpock.com.br/por-que-paspalhos-nao-devem-dirigir-corvette

    ResponderExcluir
  30. FCardoso & Bob,

    Deixa eu esclarecer o CAGS porque tinha falado sobre isso do Z06 para o Bob ao telefone ano passado.

    O CAGS, na verdade, estreiou em 1984. Em 1984 o cambio manual era o Muncie de 4 marchas com um sistema eletronico de overdrive feito pela Doug & Nash chamado CAGS. Devido a necessidade de diminir indices de consumo e evitar o gas guzzler tax, foi colocado esse sistema.

    O sistema é na verdade apenas bom no sentido de funcionamento. Não é nada bom no sentido uso e apenas está lá porque o Corvette, sendo Americano, tem um monte de legislação atuando contra que não acontece nos carros Europeus na Europa.

    O sistema depois entrou novamente no Corvette 1989 (normal) que vinha com o câmbio ZF de 6 marchas, mesmo usado um ano depois no ZR-1. O que acontece é que existe uma pequena trava eletronica/guia no cambio que quando voce puxa para a segunda entra a quarta. Mas isso só acontece abaixo de 1.800 rpm. Acima disso, entra segunda normal.

    No C5 é o mesmo sistema assim como no C6, ambos com caixa Tremec. Apenas foi atualizado.

    O C4 1992 que temos tem o sistema de segunda geração feito para a ZF 6sp que foi de 1989 à 1996. Os C4s de 1984 à 1988 que usavam a Doug & Nash também tinham o CAGS. (Computer Aided Gear Selector).

    No C5 o câmbio já era o Tremec assim como no C6 e tinha o mesmo.

    Mas qual afinal o motivo do sistema CAGS? Não é emissão mas sim consumo. Em termos de emissão outros truques são usados.

    Tem solução de tirar o CAGS? Sim, basta comprar um plug que voce encaixa no meio da fiação original chamado CAGS bypass device, que engana o computador mas nao deixa a marcha deslizar para a quarta.

    Eu nunca comprei um, não gosto. Prefiro acelerar que dá certo. Questão de costume.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  31. Marcelo Augusto08/03/10 04:49

    Bob,

    E olha o que esse metido a especialista fala:

    http://autoservico.blogspot.com/2010/01/e-correto-dirigir-usando-o-1-3-5.html

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Não é só na tv.

    Já tiveram a curiosidade de acessar as páginas sobre carros na Globo.com?

    Algumas moças que lá escrevem apenas copiam o que lhes é passado. Completamente sem noção.

    ResponderExcluir
  34. Por estas e por outras é que sempre que possível acesso o AE. Já conhecia o método da Saab e, por conhecer os Saabistas que por aqui permeiam, sabia que viria algum comentário do tipo.

    Aprendam: Manhã de domingo é horário para DORMIR!!! No resto do dia, acessem blogs/sites especializados para não fazerem as besteiras orientadas por este tipo de programa.

    ResponderExcluir
  35. Em relação ao blog "autoserviço" eu gostei do comentário:

    "E aí o que você faz para manter a rotação? Acelera ainda mais. E aí é claro, o consumo aumenta exponecialmente !!"

    Esse é para gerar mais polêmica ainda, em relação ao assunto... rs

    É cada uma...

    ResponderExcluir
  36. Bob, gostaria de aproveitar o assunto e tirar uma duvida de vez. Afinal, eu alcanço o máximo de economia trocando as marchas na menor rotação possivel ou na melhor faixa de torque do motor, tipo, a 3.000 rpms.?? Parabéns pela matéria :-)

    ResponderExcluir
  37. Marcelo R.08/03/10 08:54

    Sobre o programa "Auto Entusiastas", lembrem-se que o Youtube é "di grátis"...rsrs

    Sobre o Auto Esporte, a única coisa que eu tenho a dizer é que estou aumentando a minha coleção de DVDs, pois achar algo que preste para assistir na tv está difícil, viu?

    Falou e fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  38. Ivo Junior08/03/10 09:11

    Também sou adepto do método Saab para planos e descidas, com pouca ou média carga. Mas vejo que isso depende do bom senso e experiência de quem entende um pouco mais, sabe como e onde usar isso para benefício.

    Mas da mesma forma que a reportagem dos pneus (recomendaram pneus novos na traseira...), acredito que o pessoal da GRobo quis atingir os motoristas medianos (90% do total) e os imbecis (sem noção alguma de mecânica do carro, física E de educação, respeito ao próximo).

    Acho isso porque, nunca diriam em rede nacional que o carro não terá problemas em arrancar em 2a marcha e sair pulando marcha (mesmo mostrando as ressalvas). Tratam do povão ali. Imaginem o potencial de um Gerson energúmeno com um carro novo (com mais prestações do que Km), arrancando somente em 2a (em qualquer situação), ou então carregando o carro "até a boca" para viajar e daí ficar pulando marcha mesmo numa serra mais íngreme, até estourar tudo (muitas vezes de propósito), para depois ir na concessionária pedir garantia ou processar (a marca e a GRobo).

    Quando assisti pensei na hora que alguma(s) montadora(s) deve(m) ter encomendado MAIS ESTA reportagem, para reduzir custos de garantia e processos (não sei se eles tem o lado caridoso de ajudar o cidadão). Não adianta, quando tratam do povão, eles até ensinam o Cesar a falar bobagem na TV.

    Para que entende um pouco mais e sabe dirigir de verdade, que siga no 1-3-5 da Saab.

    Abraço, Ivo Junior.

    ResponderExcluir
  39. Bera Silva08/03/10 09:45

    Bela iniciativa Bob, bem em cima da hora, ou seja, eles falaram besteira lá e você "instantaneamente" corrigiu aqui...
    Eu assisto o Auto Esporte por pura teimosia, porque seja lá qual for o assunto da matéria, eles NUNCA seguem tese, antítese e sintese; Nunca mostram uma tomada decente de um carro. Eu só passo raiva...
    O grande problema das pessoas do mundo todo é endeusarem a TV, os jornais, as revistas, as pequisas, os "estudos científicos", etc. Se um órgão de comunicação em massa desvitua e confunde uma simples questão como essa, então o que esperar quando eles falam sobre politica, economia, esporte, violência, etc.? Com que direito eles querem me fazer acreditar? Me moldarem a sua imagem? Ora faça-me um favor! Não é só com a R.Globo não, porque todas as outras empresas querem ser Globos.
    O único culpado de tudo isso somos nós mesmos, que nos deixamos levar pelo canto da sereia...

    ResponderExcluir
  40. Bera Silva08/03/10 09:48

    PS.: Eu quase não assisto ou leio jornal e sou bem mais feliz assim. Não estou incentivando a ignorância, pelo contrário, quando quero me informar vou a lugares mais confiáveis.

    ResponderExcluir
  41. Tb vi o programa e simplesmente ri!!! Já não bastasse a Silvia papagaiando as matérias com ares de entendida, vem os pseudo-sabe-tudo e dizem coisas que são completamente sem fundamento. Mesmo o Unhani... me parece um camarada que manja mas é comprado e fala o que mandam!!

    ResponderExcluir
  42. Sem noção.
    Não vi o programa e detestei...
    Só uso embreagem pra arrancar, depois só no tempo (Fiesta) acho uma delicia.
    E quando dá pulo marcha direto.
    Se quebrar, desgastar, "pobrema" meu.
    Não discuto com filósofo, não luto com carateca, não escuto donos da verdade em qualquer assunto. É pura perda de tempo.

    Essa raça entende é de tuning.

    Só queria saber quem patrocina a talzinha (um bagulhão diga-se) pois as máquinas que ela pilota.... ô inveja. Bem feito, nasci homem pô!!!

    Isso não é um comentário machista; trata-se apenas de um fato! Só não vê quem não quer.

    ResponderExcluir
  43. Tinha lido esta mesma coisa no site da Globo. Total absurdo!

    Parabens, Bob, por mais um post pertinente!

    ResponderExcluir
  44. Regi.

    Essa raça não entende de tuning.

    Se entendesse de tuning não chamaria personalizações bizarras de tuning.

    []'s

    ResponderExcluir
  45. Bom dia a todos,acabei de ler e depois vi a matéria,essa foi feita pra quem acabou de dar a primeira volta em um carro.
    Sempre pulei marchas,no VW 1500, no VW 1600, e agora no UNO 1000,todos nos aqui sabemos que devemos respeitar determinadas situações e a faixa de torque do motor.Essa e mais uma pra turma da GROBO que deve ta detonando a própria frota,HAHAHAHAH, devemos ignorar esse monte de besteira, ali deve ser tudo pago, basta ver nos programas anteriores o merchan da CAO Hyundai.

    ResponderExcluir
  46. Zé da Silva08/03/10 11:55

    O que mais me deixa apavorado no momento, é que alguem do palacio leia este blog, e tenha a infeliz idéia de lançar o " bolsa auto esporte da globo ", em que o bolsista " premiado " ganhe uma coleção completa em cd , de todos os programas.

    ResponderExcluir
  47. Bem o que podemos esperar da emissora oficial da F1 que usa o horário destinado ao esporte para falar da separação do Hamilton, do menino cego que vai assistir o treino do Schumacher e outras futilidades e nunca falou sequer as posições da pré temporada. O auto esporte é um programa pago, as montadoras e outras empresas usam aquele espaço para falar de seus produtos. Afinal só lá, no auto esporte, um Hyunday é melhor que um BMW.

    ResponderExcluir
  48. um programa feito por uma emissora cuja grande atração é o BBB (Bruta Bobagem Brasileira), não poderia se esperar outra coisa.
    Ass. Seu Buce verdadeiro.

    ResponderExcluir
  49. Meu carro atual é 16v e diferentemente do meu 8v anterior, ele é econômico com mais giro, que antes trocando marchas mais cedo.

    Eu pulo marcha em dois modos, se estico de segunda, meto a quarta, se estico já de terceira, meto a quinta.

    Não é lá um método, mas na cidade, já parei de engatar a 5a abaixo dos 70km/h. Antes o fazia em um 1.0 aos 50km... Claro que as relações de marcha são diferentes, mas a quinta em baixa velocidade no 16v, eleva muito a consumo, e olha que é Bosch a injeção, o anterior era Marelli.

    Arrancar de segunda eu não aconselho. Patina muito a embragem. Acredito poucos carros, mesmo os abaixo de 15kg de torque tenham uma segunda tão curta pra poder-se arrancar com ela.

    Só vi isso nos VW 1.8 como o antigo Voyage.

    ResponderExcluir
  50. Vasconcelos muito bom você ter falado das transmissões da Formula 1.Eu creio que a GROBO deve pagar uma grana muito alta para a FIA, apesar de que ela vende o horário para a propaganda de vários produtos.Como você disse eu não consigo entender o porque eles exploram (tratam) tão mal a F-1,em todos os GPS e isso inclui até o do Brasil, eles não fazem uma cobertura completa do tipo (vamos entrevistar os mecânicos da equipe Maclaren, Ferrari,etc.. ou vamos mostrar como e a montagem dos boxes das equipes) sabe esse tipo de coisa que e a rotina do esporte, que são as curiosidades que todos nós gostariamos que realmente fossem mostradas e não coisas do tipo (vamos agora falar com o ator GROBAL ANDRÉ MARCAS ou então eles levam um monte de banana que não sabem o diferença de pneu slick ou um pneu de chuva)essas coisas deviam acabar pois nada tem a ver com o esporte.
    Mas ainda bem que agora eles vão começar a ficar preocupados pois a emissora do Bispo tá com tudo pra cima deles,pelo que sei as Olimpiadas de 2012 a Record comprou os direitos com as de inverno deste ano, a Rede TV já tem o seu programa, não e o Fifth Gear mas já e algo bom, o SBT tem o VRUM que e bem razoável, um dia eles vão ficar muito bom a ponto de não nós lembrarmos da cara da Silvia Garagacia que só sabe falar e não apresenta dado técnico algum.

    ResponderExcluir
  51. Desculpem-me, mas concordo com o Run4Fun... Acordou cedo no domingo pra assistir o AutoEsporte? então você merece este tipo de "informação"... Eu estava em sei lá qual sono... capotei depois do casamento de um irmãozão meu... acordei às 13! Pena que eu perdi a final do Rio Vert Jam! Apesar do comentarista, este programa valeu mais a pena!

    ResponderExcluir
  52. não, mas os filhos do Seu Buce tão!

    ResponderExcluir
  53. Pietro CF:

    Vou te contar uma coisa.
    O D E I O tuning de qualquer tipo. Seja bonito (alguns poucos, são) ou medonho (a maioria).
    No máximo umas rodinhas que COMBINEM com o todo.

    Abração.

    ResponderExcluir
  54. Tuning = Buscar melhor acerto no que o carro tem. Melhorar o motor, suspensão, frenagem, diminuir peso, tentar melhorar a distribuição de peso e por aí vai.

    Como eu disse, uma coisa é personalização e outra é preparação.

    []'s

    ResponderExcluir
  55. Reynaldo Cruz08/03/10 17:55

    Comentei a pouco com um jornalista sobre o Auto Esporte e ele me informou que o programa é "horário comprado" e que a Globo não tem nada com isso.A "dona" do programa é a Silvia e o marido. Não estou defendendo a emissora, não. Também acho que quase tudo que ela(Globo) veicula é ruim mas, infelizmente é o que a massa quer ver!!!
    RC

    ResponderExcluir
  56. Ooops, obrigado pela explicação. "esse" tuning a que vc se refere , apoio integralmente.

    A tal personalização que por aqui chamam de tuning, essa não tem jeito.

    ResponderExcluir
  57. Bob,
    Faço coro ao Alexei: AutoEntusiastas na tevê (ou, pelo menos, em vídeos na internet)!!!
    Faz tempo que não vejo nenhum desses programas dominicais sobre carros, prefiro dormir um pouco mais. Já notou quantas vezes citam a palavra “montadora” por programa? O Vrum não fica pra trás, tudo indica que tem dedo da Fiat ali e, apesar daqueles senhores parecerem entender do assunto, o programa é superficial, só não ganha do Autoesporte nesse quesito. E pensar que já ouvi alguns “apaixonados por carro” dizendo que preferem assistir o Vrum porque a apresentadora é mais bonita (ou qualquer outro adjetivo não publicável nesse espaço) que a do programa global...
    O Cesar Urnhani e aquele piloto de motos (de quem não lembro o nome) foram completamente deturpados pelo programa, sem contar a apresentadora, que só diz besteira. Mas, o pior de todos é o Diego Castellari, o “comediante” do programa...
    A Globo também está muito ruim em suas programações esportivas e jornalísticas, aquele Esporte Espetacular e o Jornal Hoje (onde o apresentador Evaristo Costa é praticamente um humorista) são intragáveis! E, nas transmissões dos GPs de Fórmula 1 temos que aturar o Galvão dizendo um monte de besteiras e jargões e, quando o Burti tenta comentar, é logo interrompido pelo pai do Cacá.
    É isso, eles erram no Autoesporte, mas depois compensam com a “enxurrada de cultura” que é o BBB...

    ResponderExcluir
  58. é inacreditável que ainda em pleno seculo 21, as pessoas ainda acreditem e repassem o ódio sobre a Rede Globo, não acredito que pessoas tão inteligentes a ponto de acompanhar o autoentusiastas taxem vexatoriamente tal emissora.

    o fato é que qualquer emissora tem esses problemas, claro, algumas talvez vão se livrar por ter um programa decente, é possível.

    de qq maneira, alguns programas tem produção independente, eu não tenho certeza mas acho que é o caso desse que é citado, sobre carros.

    Médicos por exemplo, cada um tem um pensamento, em que acha que melhor tratamento é aquele que ele indica, imagina então mecanicos, estudiosos, entusiastas... as opiniões podem diferir, serem reais em todos os casos.. enfim...

    há de se ter o dicernimento e testar, para só então ter opinião definida e não tomar pra si a opinião dada por qualquer programa ou outro meio, é a maneira para a formação da sua propria opinião.

    eu, gosto de assistir as materias do programa "Auto +" que passa nas tardes de domingo numa rede de tv qe não tem nada bom, alem dele e de uma revista eletronica de noticas de bom.
    mas tambem pode ser visto na internet no site http://www.automaistv.com.br/

    abraços.

    ResponderExcluir
  59. Marcelo R.09/03/10 08:49

    vi este absurdo, em um site "automobilístico", e lembrei na hora deste post:

    "Brasil retalia carros 1.0 provenientes dos EUA"
    http://carroonline.terra.com.br/index.asp?codc=4885

    Alguém pode me falar qual é o carro 1.0 que é fabricado na terra do tio Sam, por favor???

    ResponderExcluir
  60. Márcio,
    Não é bem ódio sobre a Rede Globo, pois também fazem coisas muito boas, como as excelentes minisséries e os programas Globo Repórter e o Globo Rural. Os cenários das novelas e minisséries são hollywodianos de tão precisos. Mas também eles têm atitudes indesculpáveis, como permitir que um programa como o Auto Esporte venha dizendo uma montanha de besteiras durante anos. Mesmo sendo produção independente, não justifica. Ali é comum se ouvir "motor de mil cilindradas" e "montadora", apesar de eu já lhes ter alertado incontáveis vezes que são erros de informação graves. Mas é no jornalismo que a TV Globo abusa da paciência do telespectador, ao omitir o nome da empresa onde determinado fato ocorreu. Por exemplo, "alarme de bomba num shopping da zona sul", ficando telespectador com cara de bobo e tendo que recorrer a outra emissora ou site para saber qual. Ou avisar que transmitirá a corrida dentro do Esporte Espetacular, omitindo a hora. Isso é serviço porco. Mas nada, realmente nada, supera o desserviço à nação que é o Big Brother Brasil, aquela mostra de imbecilidade em alta concentração que já fez 10 anos, o apresentador Pedro Bial -- um desperdício, é um grande jornalista -- falar em "nossos heróis" e no símobolo maior de execução de condenados (ou não) à pena capital, o paredão como se fosse a coisa mais normal do mundo. Aquela multidão gritando, torcendo, telefonando para excluir participantes, é uma doideira completa. O BBB é o lixo do lixo do lixo da televisão brasileira e a TV Globo merece toda a crítica por levar o programa ao ar.
    Também assisto o Auto+, o Benê Gomes e o Marcello Sant'Anna são esforçados e vêm melhorando a cada programa. Houve uma pisada no programa passado, que foi a jornalista Sophia Nery confundir miniatura com réplica, mas já dei o toque neles. Outro programa bom, feito por quem entende do assunto, é o Vrum, no SBT às oito da manhã dos domingos.

    ResponderExcluir
  61. Outro dia li no site do reparador FIAT que andar com o carro em baixa rotação causa problemas ao motor. Achei interessante um site com tanta informação técnica ter uma reportagem curta, sem embasamento técnico e que sequer diz que mal que faz, apenas diz que causa "desgaste acentuado". A matéria incita o leitor incauto a manter, por exemplo, o carro a mais de 3000rpm sempre. Dependendo o carro onde essa regra for aplicada, capaz do dono virar o novo recordista de multas ou de atropelamentos. Não se explora mais então a elasticidade do motor? Não se aproveita retas para explorar uma rotação menor e economizar um pouco? Não se tem marchas de "overdrive" em alguns carros, cuja intenção é justamente baixar a rotação para apenas manter a velocidade? Não me conformo com a desinformação vendida assim, ainda mais em meios "especializados".

    ResponderExcluir
  62. Bob,
    o formato deste programa Auto+ não me agrada, se o pessoal do programa está "ligado" no AE, fica a sugestão de reavaliar, fazer uma pesquisa, não sei...
    Nunca assisti ao Vrum, vou experimentar, só tem um problema, eu assino TV da Telefônica e não tenho o sinal do SBT (que absurdo, não?), mas posso assistir na televisão da cozinha, enquanto tomo o café da manhã, isso se eu acordar cedo "num domingo qualquer"...

    ResponderExcluir
  63. Zé da Silva09/03/10 12:31

    Márcio:
    E eu que acreditava, que não houvesse pessôas que ainda acreditam em papai noel,alice no país das maravilhas, branca de neve, e coisas do gênero, mas ainda tem, deu prá entender ?

    ResponderExcluir
  64. eu concordo com o Ivo Júnior no seguinte:

    acho que a matéria citada, assim como a grande maioria delas, é direcionada ao povão que não entende nada de carros.

    e pensando assim, fizeram-nos um favor.

    eu já cansei de ver "mautoristas" que saem de carro 1.nada ou até 2.algumacoisa sair de 1ª, mal elevar giro, meter a 2ª ou 3ª com giro lá em baixo. o carro falta morrer e mal sai do lugar. o tranco quando a embreagem é nova é forte quando não se eleva o giro suficientemente. um amigo meu dirige assim. fico puto de ver ele sair do giro de marcha lenta e praticamente já mudar de marcha. parece que tem medo de elevar giro, sendo que o carro em questão precisa disso.

    para carros fracos, que tem que girar para andar, acho que o 1-3-5 é prejudicial, caso o motorista não suba giro suficiente (maioria faz isso). é aí que a matéria pode ajudar esse tipo de gente e fazer o trânsito andar mais um pouco. kkkkkKK!!!!!

    essa técnica tem que ser usada por nós, motoristas experientes e que tem bons carros na mão. eu já tive um diplomata 4.1 89 (4 marchas) e hoje tenho um omega 4.1. em ambos, sempre que possível, pulo marchas porque não é necessário esticar uma por uma para ganhar velocidade. saindo de quebra-molas em 2ª, aos 50km/h já se pode colocar a 4ª ou 5ª tranquilamente e manter 60km/h com giro baixo. pra pegar uma pista com fluxo rápido, nada como esticar as marchas 1 e 2, sentir o torque alto te empurrar e meter a 5ª, mantendo uns 80km/h ou mais com tranquilidade.

    acontece que há muitos motoristas que dirigem dormindo. ontem mesmo havia uma fila de carros ultrapassando um caminhão lento à direita, num leve aclive. eu estava atrás de um gol G5. o carro à frente dele foi abrindo e o gol simplesmente ficou estagnado ao lado do caminhão!!!!! tive que buzinar pro cara se ligar! daí ele fez o quê? sinal com a mão pra eu passar por cima!!! pode? dei dedo pro FDP e luz alta. aí ele reduziu marcha, deu pra ver o carro pulando porque ele sequer sabia elevar giro pra fazer redução. aí foi passando o caminhão e logo abriu pra direita (pro bem dele). passei ele com uma raiva danada e o abestado ainda tava querendo reclamar, de cara feia.

    então, há casos e casos onde dá pra aplicar a técnica (1-3-5), sendo mais cômodo fazê-lo em carros com mais torque numa ampla faixa de giros, e há casos em que é necessário usar pelo menos a sequência 1-2-3-5.

    esse foi o erro da matéria: generalizar, apontando a técnica como prejudicial a todo tipo de carro e condução.

    quanto a sair de 2ª... está aí algo que não gosto de fazer mesmo. sair da inércia, pra mim, tem que ser de 1ª. em descidas, só se for muito íngreme mesmo.

    no mais, o programa realmente dá muitas mancadas. assisto mais é pra ver os bólidos e clássicos.

    ResponderExcluir
  65. O Autoesporte deveria se chamar AUTOJABÁ. A apresentadora é fraquinha, o Cesar entende do assunto, mas se martiriza para poder justificar uma matéria paga e os demais apresentadores não tem sal e conhecimento técnico. O que resta são materias pagas.

    Nota 0

    ResponderExcluir
  66. Bob

    é Fernando Gennaro.

    É....realmente são diversos erros que acabam deixando o telespectador fora de sintonia. Isso deveria acabar...estas faltas de informações.

    Grande abraço

    Fernando Gennaro

    ResponderExcluir
  67. Tunning=carro palhaço,hahahahaha, by Ricardo Caruso/Auto & Técnica.....

    ResponderExcluir
  68. Poxa Bob.
    E eu que fazia questão de acordar cedo no domingo por achar que essas reportagens me esclareciam em alguma coisa? Sorte minha ter descoberto o auto entusiastas. Abs.

    ResponderExcluir
  69. Alfredo Affonso12/03/10 18:14

    Bom, vc fala q ABS e Air-bag não server pra nada, então fica tudo por isso mesmo...

    ResponderExcluir
  70. ESSE PROGRAMA É FEITO PARA" EMBURRECER "AS PESSOAS NÃO É POSSIVEL COMO ELES FALAM BESTEIRAS, NEM ASSISTO ISSO, COISA RUIM

    ResponderExcluir
  71. Coloque esta tambem como grande bobagem na reportagem comercial sobre o nissan livina um otimo carro , enfatizaram que o mesmo não necessita da troca da corrente dentada pois o mesmo usaria corrente , as bestas se esqueceram que o carro é um franktein e que usa o motor renaut que diferentemente do motor nissam usa sim correia dentada

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.