CORCEL E DEL REY CONVERSÍVEIS


Mosca branca (foto en.wikipedia.org)

Aproveitando uma pesquisa sobre "moscas brancas" que estou fazendo em edições antigas da Quatro Rodas, respondo, com mais informações, à pergunta feita pelo leitor Marlos Vidal sobre a existência de Corcel II conversível de fábrica.

Nunca existiu Corcel II conversível feito pela Ford. O fato é que de meados dos anos 1970 ao final dos anos 1980 houve uma enxurrada de modelos preparados por grandes concessionárias de São Paulo na tentativa de entrar em alguns nichos de mercado não atendidos pelos fabricantes. Podemos dizer que esse período foi muito fértil nas tentativas de personalização. Dacon, Souza Ramos, Sonnervig e Cia. Santo Amaro de Automóveis fizeram muitas tranformações. Além delas também existiam os fabricantes de veículos especiais e transformadores, sendo um dos mais conhecidos a Envemo.

Com relação ao Corcel conversível, encontrei duas reportagens na Quatro Rodas. Uma de 1978 sobre o Corcel II conversível feito pela Sonnervig, onde o jornalista Claudio Carsughi destaca a beleza, o desempenho inferior ao modelo original e um grande problema de vibração.



Mais tarde, em 1982, a concessionária Cia. Santo Amaro de Automóveis lançou versões conversíveis do Corcel II e do Del Rey. Na matéria da Quatro Rodas, Claudio Carsughi exemplifica a falta de rigidez torcional dos conversíveis comparando a resistência de uma caixa de sapatos com e sem a tampa.



PK


Fotos: revista Quatro Rodas

11 comentários :

  1. Olá pessoal,passei pelos posts e parabéns belas imagens e matérias muito bom mesmo e excelente as peruas, gostei de todas.

    abs

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Marlos Dantas10/01/2009 15:25

    PK;
    Sobre aquele Del Rey Conversível Engerauto, acabei dando uma passada lá, pois tinha ido a uma entrevista de emprego nas proximidades. O carro realmente estava em bom estado, os acessórios funcionavam e o acabamento junto à capota era bom. Porém, não gostei muito do visual da capota fechada, era meio estranho, meio “adaptação”. Mas com a capota recolhida, ainda mais com a capa de couro, o carro ficava muito interessante. Por eu estar “a caráter” para uma entrevista de emprego, me deram a maior atenção, até dei uma volta com o carro, mas não deixaram o valor muito inferior aos R$ 15.000,00 originais. Acho até de já foi vendido... Agora tem outro, da Souza Ramos, que sempre sai nos classificados aqui do RJ.

    ResponderExcluir
  4. Marlos Dantas10/01/2009 15:26

    Aliás, obrigado por complementar a resposta à minha dúvida!

    ResponderExcluir
  5. Legal Marlos. Lembra o ano desse da Engerauto?
    PK

    ResponderExcluir
  6. Sempre achei o Corcel II desconjuntado, mas até que sem capota fica legal. O problema é que todos esses transformados torcem mais do que caixa de sapato aberta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade desconjuntado era o Passat, com aquelas tampas e portas com extremidades de chapa apenas dobrada. Pobreza aquilo.

      Excluir
  7. Marlos Dantas11/01/2009 12:41

    PK;
    O carro era ano 1984. Segue o link dele http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-85034887-raro-del-rey-conversivel-1984-engerauto-impecavel-_JM

    ResponderExcluir
  8. Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
    costume jewelry

    ResponderExcluir
  9. http://www.fotolog.com.br/nossoconversivel
    O meu é 80 vermelho 5 marchas feito pela souza ramos.
    nao tem problemas de estabilidade e esta com 88.000 km

    ResponderExcluir
  10. rodrigo fortes30/03/2010 12:12

    boa dia pessoal meu nome é Rodrigo, eu acabei de adiquerir um carro del rey conversível, ano 1983 e gostaria de saber mais informações a respeito do veículo, pois tenho muito interresse em restaurar o carro, gostaria de saber sob a quantidade fabricada, pois no documento não consta como alterção e outros detalhes importantes, por favor me ajudem
    Sds:
    Rodrigo

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente,
Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.