Montadora: não dá mais


Confesso que cheguei ao meu limite: não dá mais para ouvir falar em montadora. É como se não existisse mais fábrica de automóveis no Brasil. É ridículo o que está acontecendo!

Considero o uso de 'montadora' um câncer que se alastra rapidamente pelo corpo editorial brasileiro, em que nada é capaz de detê-lo. Os jornalistas brasileiros adotaram o termo de vez. Inexplicavalmente.

Responda, leitor:

- garantia é de fábrica ou de montadora?
- preço é de fábrica ou de montadora, nos feirões?
- equipe é de fábrica ou de montadora, nas corridas de automóveis?

Sabe o que significa Anfavea? Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. E Fiat, é o quê? Fabbrica Italiana di Automobili Torino. E Alfa, de Alfa Romeo? Anonima Lombarda Fabbrica di Automobili.

O que é mais estranho é só no Brasil usar-se 'montadora'. No resto do mundo é fábrica ou fabricante, nas respectivas línguas. Por que será? Alguma forma nova de maldição?

4 comentários :

  1. Realmente este titulo de montadora, fabrica de automovel nenhuma merece.

    ResponderExcluir
  2. Apoiadíssimo, Bob!

    Montadora é a #@%$¨&*%!!!

    MAO

    ResponderExcluir
  3. Meus colegas lusitanos do blog não usam montadora. Eu nunca usei. É fábrica, marca, fabricante ou companhia.

    E quem disse que montadora é sinônimo de fabricante de carro? A empresa que monta ferros de passar roupa não é montadora?

    Todas as grandes revistas brasileiras falam assim, os programas mixurucas de TV, os sites e blogs, o locutor "oficial" da F1, o trio "Limite" da ESPN.

    Inclusive já estão se referindo às equipes Renault e Toyota como "participação das montadoras", "equipe da montadora".

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.