MAIS UMA LOUCURA DOS "CÉREBROS" DA CET-SP



Os caras da Companhia de Engenharia (?) de Tráfego de São Paulo devem estar tirando uma da nossa cara, só pode. Um leitor me mandou, agora há pouco, uma mensagem para o Fale Conosco falando dessa nova maluquice da CET. Se o leitor não viu nada de mais na foto acima, veja na de baixo do que se trata:


Em vez da tradicional sinal que indica pode/não pode atravessar, com desenho ou inscrição que leve intuitivamente à idéia da finalidade do sinal, os "gênios" resolveram reproduzir a figura do monumento a que a faixa de pedestres leva, o Monumento às Bandeiras, na região do Parque do Ibirapuera, zona sul da cidade.

Segundo o que noticiado no site Via Trolebus (viatrolebus.com.br), de onde as fotos foram extraídas, a medida "tem como objetivo enaltecer os principais  pontos turísticos da capital paulista". Enaltecer o quê, Pai do Céu, se o monumento está ali, visível, na cara de todos?

E se fosse uma faixa de pedestres defronte a um motel, qual seria o ideograma? O de um casal copulando?

Depois os caras vêm falar em excesso de veículos, em aumentar o tal de "centro expandido" para infernizar ainda mais a vida de quem os sustenta – nós –, o prefeito petista dizer que "as pessoas vão se arrepender de não deixar o carro em casa" ao crivar a cidade de faixas exclusivas de ônibus e outras tiradas típicas de gente do partido amorfo, sem ideário, como aquela senhora que não tirou o nome do marido depois de se divorciar e que disse "relaxe e goze" para quem estava morando nos aeroportos, tamanhos os atrasos.

Acho que não preciso dizer o que estamos...

BS

124 comentários :

  1. Não sei o que pensar, já li umas 3 opniões diferentes de jornalistas renomados a respeito disso. A única coisa que recomendo é a troca do simbolo por uma mão apresentando o dedo médio. Combina mais com o que a CET faz com o cidadão.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei, não vejo mal nenhum, é mais ou menos como as "intervenções urbanas" que vira e mexe a gente vê por aí, não entendi o motivo de tanta revolta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas,
      existe padronização de sinalização de trânsito que deve ser obedecida, caso contrário, a cidade vira uma zona pior do que já é.
      Nenhum imbecil criativo pode alterar padrões para ficar "bonitinho".

      Excluir
    2. Douglas Pacheco
      Não entendeu o motivo? Xiiiiiiii....a coisa tá feia mesmo.

      Excluir
    3. Entenda Douglas,se é do PT não presta e pronto ,mesmo que esse tipo de "brincadeira" tenha sido usado em outras partes do mundo,O odio aos petistas é tão grande que pode-se ver quase plasmado!

      Excluir
    4. Também não vejo mal algum. Na Alemanha tem o Ampelmann e suas derivações. Se ve inclusive turistas tirando fotos.

      Lá é chique, aqui é brega.

      Na minha opinião, CET tem coisa mais importante pra se preocupar do que figuras em semáforos, mas não passa de implicancia boba.


      Marco

      Excluir
    5. Não é implicância boba, não, Marco. Como dito mais abaixo pelo Corsário Viajante, essa "brincadeirinha" tem um custo, que se na Alemanha não ofende aos contribuintes em virtude de estes não serem diariamente "brindados" com milhões de outras ofensas de todos os tipos por parte de seus administradores públicos, aqui, a coisa é bem diferente, e qualquer coisinha aparentemente boba e inocente, pode ser a gota d'água para a paciência dos cidadãos.

      Excluir
    6. O ampelmann não muda muito a figura original e representa claramente a sinalização... ANDE-PARE. Talvez um X no meio do desenho do monumento resolveria o problema... heheheeh

      Excluir
    7. Sem querer ofender Mr.Car,na Alemanha e na Europa em geral só se fala numa tal de Siemens ,que para ter amenizada a pena por corrupção ativa está fazendo delação premiada justamente por ter corrompido alguns politicos de alguma cidade da america do sul com cifras que ,segundo o Deutsch V. chegam a meio bilhão de dolares dos contribuintes paulistas,e a nossa imprensa que não goza de liberdade,não pode noticiar esse escandalo,porque não atende aos seus interesses.

      Excluir
    8. Sem querer ofender, isso não tem absolutamente nada com o fato da C.E.T estar torrando dinheiro para mandar bolar, fabricar, e instalar essa bobagem com o Monumento às Bandeiras estilizado.

      Excluir
    9. "Viajante, essa "brincadeirinha" tem um custo, que se na Alemanha não ofende aos contribuintes em virtude de estes não serem diariamente "brindados" com milhões de outras ofensas de todos os tipos por parte de seus administradores públicos, aqui,"

      Foi o sr que expressou a forma de preocupação do contribuinte alemão.

      Excluir
    10. Você está se enrolando todinho.

      Excluir
    11. O bombeiro do PT sempre aparece nesses posts, hehe. Não é ódio, não, é desprezo mesmo. Ódio é coisa boa demais pra se sentir com relação à esses cretinos.

      Excluir
    12. Nossa, Douglas e Toti!!! Jura que vocês acharam legal isso? Tão bem de cabeça vocês, hein!

      Excluir
    13. Alguém disse que essa medida é do Haddad? Tudo bem que é a cara dele, uma besteira sem utilidade, mas estão criticando a CET e não o PT não é?

      Existe também uma empresa francesa que ganhou licitação num país da américa do sul governado por trabalhadores que paga tanta propina que nem na europa é investigada. E sempre que esse país precisa de uns aviões e navios de guerra a França que vende pro governo dos trabalhadores, mesmo sendo o pior negócio e com a imprensa igualmente calada

      Excluir
    14. Não MR CAR, não estou enrolado nem um pouquinho ,não mesmo!rs

      Excluir
  3. Conseguiram transformar uma coisa simples e inequívoca em uma coisa confusa e visualmente poluída! Imagina só se cada localidade tiver os semáforos com um símbolo diferente...

    Aliás, e os daltônicos, como ficam nessa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre
      Exato, sinalização tem de ser uniforme, igual em todo o país, que tem de ser igual ao resto do mundo. Os caras enlouqueceram.

      Excluir
    2. Vocês já visitaram a cidade de São José (próxima a Florianópolis)? É a coisa mais confusa que já vi em termos de sinalização de trânsito. Eles não indicam a mão da rua, indicam qual não é a mão da rua. Não colocam PARE, colocam algo como SIGA (para a preferencial), etc. etc. Acho que até as cores do semáforo ficam em outras posições. Uma vez entrei na cidade e quase tive de pedir para dirigirem para mim até a saída. Um horror.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. "Daltônicos se baseiam na posição das lâmpadas acesas ou apagadas, por exemplo o verde em baixo, o vermelho em cima e o amarelo no meio."

      Exatamente, e têm cidades que mudam tudo de posição, a sinalização vertical vira horizontal.... Em São José e Florianópolis inventaram um sistema com 5 ou 6 lâmpadas que vai subindo e abaixando, acho que quiseram imitar a Fórmula 1... Pior que isso só em algumas partes das cidades, em outras continua o sistema padrão do resto do Brasil.

      Passei por lá recentemente e foi um sufoco.

      Excluir
    5. Os daltonicos nem sempre são 100% daltonicos e esses semaforos de gente muito moderninha diminuem o tamanho da sinalização, dificultando ainda mais a vida para essas pessoas pelas cores ficarem ainda mais difíceis de distinguir (além de piores para quem tem algum outro problema de visão também).

      É o cume do pensamento distorcido que estão colocando na nossa cabeça há uns 30 anos, onde vc tem que se preocupar se uma piada pode ofender algum animal, tem que achar lindo gente drogada, tem que se censurar mas ao mesmo tempo tem que fazer sinalização com desenhos e simbolozinhos que atrapalham a própria segurança e função da sinalização. Que bom que esse mundo já está falindo.

      Excluir
    6. Não há dúvidas que essas firulas são desnecessárias (gasto de dinheiro), mas dizer que é uma coisa confusa já é um certo exagero! O que realmente indica o sinal é a cor da luz, então tanto faz o formato de onde ela sai.

      Se for pra arrumar pelo em ovo, vamos então debater os sinas de Nova York, que usam "mãozinhas" ao invés de pedestres.

      Excluir
    7. MC
      Sinalização é coisa muito séria, não cabem brincadeiras com ela. A identificação a que se refere toda sinalização deve ser imediata, sem necessidade de interpretação.

      Excluir
    8. Mas nesse caso a sinalização é feita por luz e não por formato, então não há como ter diferença na interpretação. Mas concordo que essas brincadeiras são muito desnecessárias.

      Aliás, gostaria de colocar outro assunto na roda: As mini praças 24 hrs que serão instaladas em vagas da zona azul em São Paulo. Mais um projeto americano (feito para OUTRA realidade, de ruas largas e onde estacionamentos realmente tomam conta de tudo) mas aplicado numa cidade onde não existe espaço para nada.

      Não colei o link pois não sei se é permitido, mas está disponível no site do Catraca Livre.

      Excluir
  4. Bob, o pior é que essas faixas exclusivas para ônibus são de uma burrice atroz quando aplicadas em avenidas com potencial para ter um corredor em faixa central (veja o mapa da cidade e note que daria para fazer um senhor corredor no eixo Heitor Penteado/Dr. Arnaldo/Paulista/Bernardino de Campos/Vergueiro/Domingos de Morais/Jabaquara e podendo ser emendado ao já existente na Engenheiro Armando de Arruda Pereira.
    Na faixa, continua-se a misturar trânsito de ônibus e de carros em uma só faixa (quando os carros podem virar a esquina), enquanto no corredor o ônibus reina soberano e pode ir ainda mais rápido. Fica parecendo que de propósito o Haddad quer que as pessoas se arrependam de tirar o carro de casa, mas às custas de também fazer os motoristas de ônibus se arrependerem da profissão que escolheram.

    E se você olhar o mapa da cidade, verá que há ainda mais lugares onde daria para se fazer corredor de ônibus com desembarque no canteiro central (como funciona muito bem no eixo Consolação/Rebouças/Eusébio Matoso/Francisco Morato). Porém, parece que o atual prefeito paulistano quer fazer economia porca e nos forçar a suspeitar que a perseguição a donos de carro seria uma forma de no marxismo cultural se conseguir um efeito equivalente a cercear fisicamente a livre circulação de pessoas como ocorre no marxismo clássico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo,

      Você tem que ver as faixas exclusivas que implantaram aqui em São José dos Campos-SP, cagaram ainda mais nos trânsito sem falar da confusão!

      Excluir
    2. Só uma curiosidade com relação à Francisco Morato, um corredor que aparentemente é um exemplo de estupidez. O embarque e desembarque desse corredor ocorre no canteiro central até no meio do trajeto. Na Vila Sônia, o corredor passa para o outro lado, ou seja, do canteiro central passa pra perto da calçada, do lado direito da rua. Na verdade, construíram esse corredor na gestão Marta Suplicy do PT bem na época em que ela tentava a reeleição. Não tenho certeza se ouve alguma razão para esse corredor ser desse jeito até hoje, mas a impressão que se dá é que fizeram o corredor de qualquer jeito e do jeito que deu e inauguraram assim mesmo...Agora imagine um corredor assim, que se muda de posição no meio do caminho, e um monte de ônibus trocando de faixa bem na hora do rush e atravessando a faixa dos carros...não é a toa que Francisco Morato é uma das vias mais congestionadas de São Paulo principalmente devido a esse corredor mal feito.. . Sem falar nos passageiros de ônibus que não conhecem esse corredor, esperando por um lado da porta do ônibus, mas no ponto que ele vai descer, é na outro lado que se deve descer...Puta palhaçada.

      Excluir
    3. O corredor cessa de existir na altura em que a via passa a ter só duas faixas para cada lado. Normalmente vias com corredores têm três faixas. Também pode ser que ele deixe de existir pelo fato de a continuação da Francisco Morato ser a Régis Bittencourt (o que significaria mudança de jurisdição e, pensando que há motoristas que estão na faixa mais interna, abrir-se um espaço para que desacelerem e não causem acidente com ônibus). Há também o fato de se estar muito perto da divisa com Taboão da Serra, o que também acaba sendo uma forma de evitar problemas para o município vizinho com ônibus na faixa central (não há um terminal bem na divisa dos municípios como há entre o Parque Continental e Osasco, a ponto de um paulistano poder ir às áreas limítrofes do município vizinho gastando apenas tarifa municipal).
      Em relação à confusão de portas, um dispositivo que os ônibus poderiam ter é um indicador luminoso como os dos trens da CPTM e as composições do Metrô mais modernas, em que há uma flechinha indicando o lado em que se desembarca. Ainda haveria gente burra, mas ao menos se está sendo bem didático com a maioria dos outros burros.

      Excluir
  5. É duro de acreditar nessa mais nova presepada dos (ir)responsáveis pelo trânsito da capital paulista... A situação é surreal, tragicômica até. Não sei, mas acho que uma parte dos brasileiros perdeu o bom senso, só pode.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Road Runner
      Lembre-se, o Brasil está doente. É isso.

      Excluir
    2. Não, não esta. Esta melhor do que nunca e você sabe disso. Mas esbarra em burocracia, falta de estrutura e falta de educação e respeito.
      Veja que saiu materias sobre o IDH essa semana, melhoramos absurdamente do que eramos em 1991... saimos de uma quase africa pra quase desenvolvido, estamos raspando perto (com apenas o pessoal do norte puxando o IDH nacional pra baixo, vocês do norte tem que por a casa em ordem os estados do norte são lindos e com muito recurso naturais, saibam aproveita-los e fazer dinheiro e trabalho disso)

      Excluir
    3. O que tem IDH a ver com a mentalidade do trânsito?

      Excluir
    4. Quase desenvolvido??
      Deixa de ser mais um controlado pela mídia e veja o que é ser desenvolvido e civilizado quando for para a região de Toronto no Canadá!!!!
      Aquilo sim!! Não essa piada de mal gosto que é o Brasil e esse pseudo desenvolvimento...

      Excluir
  6. Olha, o que esses caras fazem nos Departamentos de Transito é piada. Na região onde moro, toda manhã acontece um congestionamento de uns 3 quilômetros por causa de três lombadas que o DER colocou em um cruzamento que é faixa continua. Eu não entendo, sinceramente.

    ResponderExcluir
  7. Bob,
    só pode ser "ação de marketing" de doentes mentais.

    A propósito, as faixas exclusivas de ônibus implantadas nas últimas semanas estão atrapalhado bastante o deslocamento da maioria. Há milhares de carros parados e ônibus passando vazios nas faixas exclusivas. Presenciei isso semana passada, por volta de 19:30 hs na Marginal Pinheiros.
    Será que algum bom advogado não conseguiria processar a Prefeitura de São Paulo.contra perdas e danos ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No mapeamento de ontem no final da tarde da rádio SulAmérica trânsito deu 430 km de lentidão.

      Ainda estamos nas férias escolares.

      430 km !

      Não creio que os ônibus nos corredores consigam fugir muito dessa lentidão. Vê-se que a medida está dando muito certo...

      _____
      42

      Excluir
  8. Por falar em padronização, certa feita estive na cidade de Chapecó (SC) e por lá os semáforos não têm amarelo - passam diretamente do verde para o vermelho.
    Nunca tinha visto. Coisas de Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No RJ era assim. Não sei se mudou, faz um tempo que não vou para lá.

      Excluir
    2. Se não me engano, continua assim em Chapecó. Mas, sinceramente, não vejo necessidade no amarelo se o semáforo for daqueles que vão descendo a medida que se aproxima a mudança (temporizados??). Aliás, penso que seria até interessante não haver amarelo em função das inúmeras diferenças de duração do sinal amarelo que se vê por aí. Em Cascavel/PR por exemplo, é comum ver semáforos que o amarelo demora um bom tempo aceso e em outros ele só dá uma piscadinha e já pula pro vermelho.

      Excluir
    3. Nossa Luiz AG, então tem muuuuiiiiitooo tempo que você não vem pro RJ... Os semáforos já são padronizados com a cor amarela há no mínimo uns 15 anos....

      O Observador

      Excluir
    4. Rodrigo Neves31/07/13 18:40

      Não sei se sempre foi assim, mas lembro que, no Rio, as cores verde e vermelha acesas juntas tinham o mesmo significado da amarela, na época de sinal de duas lâmpadas.

      Excluir
  9. Juvenal
    Também notei isso, faixas exclusivas sem uso. Fim da picada. Processar-se a Prefeitura até pode, mas ganhar é que são elas nessa nossa "maravilhosa e ágil" justiça.

    ResponderExcluir
  10. Vocês não entenderam a proposta do projeto: o sinal verde indica que o homem montado no cavalo pode atravessar a faixa. Só que acabou a bateria o quadrúpede, por isso tem um pessoal atrás empurrando ele.
    Se você não está empurrando um cavalo, nem pense em atravessar, OK? Senão o trânsito em São Paulo vai parar de vez.

    ResponderExcluir
  11. Imagina só como será se eles, realmente, implementarem a "tão sonhada" multa por velocidade média acima da máxima permitida...

    ResponderExcluir
  12. É tão absurdo que só se percebe o desenho inútil na vista aproximada. Na primeira foto, apenas notei algo de errado, pois parecia apenas ser um borrão, como se houvessem vandalizado o sinal. Se bem que isso que fizeram não deixa de ser vandalismo.

    ResponderExcluir
  13. Já que é pra homenagear SP e suas marcas registradas, deveriam bolar um farol com o desenho de um assalto, chacina, caixa eletrônico explodido, uma pessoa se afogando na enchente, consumindo crak.

    João Paulo

    ResponderExcluir
  14. É Bob, tenho que concordar com você: o Jorge Ben Jor está errado.
    Acho que nós concordamos mais com Charles de Gaulle, Le Brésil n’est pas un pays serieux.

    ResponderExcluir
  15. Bob, desculpe o termo, mas essa gente é mal caráter. Sempre procuro fazer alguns pedidos no SAC da prefeitura. De uns tempos pra cá, esses caras estão usando um "truque digital", você faz todo o pedido, e na hora do enviar, simplesmente não vai. Para o resto dos serviços da prefeitura vai, nos da CET não. Você entra em Manutenção de Sinalização de Trânsito e nada. Apesar que, na época que funcionava, fiz um pedido de botoeira quebrada que comemorou aniversário, o pedestre que se dane.

    Quando eu vi essa notícia na TV com volume desligado, pensei, enlouqueceram, o luminoso agora engloba travessia de cavalos :-)

    ResponderExcluir
  16. Bob,

    Esse País está cada vez mais propício apenas para a massa sem senso crítico e que aceita tudo passivamente. Para os que tem senso e discernimento, está um inferno.

    Só desejo que não esteja longe o dia em que a coletividade perceba que é ela que tem o poder de mudar todo esse estado absurdo que aí está.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  17. Caros, não está diretamente ligado ao assunto, mas gostaria de relatar uma ocorrência que tive com a CET/corredor de ônibus. Tentarei ser muito breve. Até pouco tempo o Viaduto Antártica passava dias às vezes parcialmente, às vezes totalmente interditado. Certa manhã, em abril do ano passado, em situação de interdição total, eu e mais dezenas de motoristas aguardávamos o semáforo da Pompeia abrir para acessar a Francisco Matarazzo à direita. Foi quando um `marronzinho` da conceituada companhia foi de carro em carro solicitando que, em razão da interdição da ponte, usássemos a faixa de ônibus, garantindo que, dada essa estratégia da "engenharia de tráfego", o radar estava desligado. Desnecessário dizer que fui suficientemente otário para acreditar no agente de trânsito, segui sua orientação e, claro, recebi a multa do radar. Recorri, fiz um longo relato, apontei que na mesma hora dezenas de outros motoristas supostamente teriam multados pela mesma infração, mas sabia que não teria sucesso. Paguei a multa. A resposta a meu recurso - evidentemente um indeferimento - chegou em casa mais um ano depois da ocorrência. Abs. Claudio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente devido este tipo de coisa, quando uma ambulância pede passagem atrás de mim com semáforo no vermelho, eu faço o possível, vou com o carro até onde dá, mas não passo sobre a faixa de pedestre. Se for multado, não aceitarão meu recurso. Fato.

      Excluir
  18. Sinal de trânsito têm que ser padronizado, imaginem um turista (americano, célebres conhecedores da geografia e história alheia) esperando uma cavalhada percorrer a faixa..(no Rio seriam jacarés, jibóias, índios...etc).

    Ironias à parte, com trânsito não se brinca, não se inventa, não se faz firula!

    MFF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MFF,
      Seus comentários são impagáveis! Como disse mais acima, a coisa é tão absurda que torna-se tragicômica...

      Excluir
  19. Marco R. A.31/07/13 12:05

    Vocês não sabem nada.

    Eu tive acesso a documentos secretos que explicam a situação.

    O que aconteceu é que uma ONG de direitos dos manos, financiada com dinheiro público, se compadeceu da situação estática da pobre escultura que queria dar uma voltinha, mas não podia.

    Chegaram a pedir para que a CET reservasse uma faixa de rolagem exclusiva para que a estátua pudesse caminhar tranquilamente aos domingos, mas isso não foi aceito porque uma ONG de ciclistas já estava na fila com a requisição de metade das ruas do entorno.

    Outra opção requisitada pela ONG era que um helicóptero pudesse levar o pobre monumento para voar, assim ela não atrapalharia o trânsito dos veículos. Até chegaram a fazer uma licitação semi-direcionada, mas a 'Delta Cachoeirairlines' disse que não possuia helicópteros com tamanha capacidade de carga.

    O jeito foi instalar esse semáforo onde o verde indica que a estátua pode dar uma voltinha, mas bem rápida.

    -----

    Se você leu até aqui e achou tudo isso uma baboseira, imagina quanta m... sai nas conversas dos diretores da CET.

    Caramba, existe um documento do Detran padronizando todos os sinais de trânsito. Será que é tão difícil seguir os padrões?

    Isso me lembra um caso em Americana-SP, onde a prefeitura decidiu colocar uma sinalização de trânsito escrita "STOP FOUR" em um cruzamento.

    Bela idéia, afinal quem mora em Americana é Americano e tem a obrigação de entender "Americanês". O único problema é que essa regra (parada obrigatória nas quatro entradas de um cruzamento) não existe no Brasil.

    http://www.acia.srv.br/clipping/2009/2009-08-21%20-%20Stop%20four%20%C3%A9%20in%C3%B3cuo%20e%20deve%20ser%20retirado%20da%20rua.jpg

    ResponderExcluir
  20. Corsário Viajante31/07/13 12:18

    Algum "assessor" teve ter tido esta brilhante idéia para justificar seu emprego na CET ou na secretária de Turismo. Daí começa a farra, alguém vai ganhar para fazer o desenho, alguém para imprimir, alguém para trocar, e por aí vaí.
    Não acho a idéia ruim em si, mas não vejo sentido. É mais uma amenidade boba para agradar deslumbrados.
    Enquanto isso o CET diz que não tem dinheiro para nada, nem consegue, por motivo ignorado, sincronizar os faróis, inclusive desta região que sofre muito com faróis sem coordenação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tirou as "letras dos meus dedos", he, he! Era isso que eu ia citar: a "cadeia produtiva", ou seja, alguém pago para fazer o desenho, alguém para produzir a peça, alguém para trocar...E se não há sentido para a coisa, ou se o único sentido é mesmo o de encher bolsos com o dinheiro do contribuinte, a idéia é sim ruim em si.
      Abraço.

      Excluir
  21. Destes governos do 'Partido Totalitário', tudo se pode esperar. Especialmente palhaçadas demagógicas e/ou populistas...

    ResponderExcluir
  22. Bob,

    Depois de ver a guerra que a França declarou contra a Mercedes-Benz por causa do R134a, infelizmente não somos apenas nós que estamos fadados a essa maldição automobilística. O mundo todo emburreceu de uma forma inimaginavel.

    Não vejo outra saida a não ser um movimento organizado para depredação total da CET.

    Esse prefeito está se saindo um verdadeiro lixo, mas o anterior não era melhor nem menos ruim. Apenas trocaram o roto pelo rasgado.

    Infelizmente o partido não faz muita diferença, já que todos são compostos por safados cretinos ignorantes.

    Não vejo solução que não envolva pancadaria ou abandonar SP. Mas pelo menos meus R$10k anuais de IPVA a prefeitura de SP não ve mais.

    ResponderExcluir
  23. Essa do sinal fora de padrão, que mau exemplo... logo vão fazer isso em Curitiba, com certeza. Aproveitando, qual seria o n.o normal de placas de sinalização de estacionamento por quadra? Em Londres me lembro que geralmente..., não havia nenhuma! Só uma faixa pintada junto ao meio-fio: preta (proibido parar e estacionar), vermelha (proibido parar) e ... mais nada. Aqui em Curitiba temos uma placa (igual às demais) a cada 4 ou 5 metros. Imaginem quantas a cada quadra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ops, vermelha proibido estacionar, parar pode, claro.

      Excluir
    2. Lucas dos Santos31/07/13 16:25

      Anônimo31/07/13 13:03,

      De acordo com o Manual Brasileiro de Sinalização Vol. I, aprovado pela Resolução 180 do Contran, quando a extensão da quadra (ou "face de quadra", nos termos da resolução) for de 60 m ou menos, uma única placa é suficiente. Se a quadra for maior que 60 m deve haver duas ou mais placas, separadas por uma distância máxima de 80 m, sendo 60 m o recomendado.

      Excluir
  24. Méritos ao "vagabundismo" e leis aos cultos e trabalhadores. Nunca antes na história desse País houve tanto totalitarismo. Estudos são para os burros e espertos os burros que não estudam. A dedicação é ferramenta ultrapassada e a força e a violência necessárias quando nos apraz. Oh Força Divina que a tudo vê e entende não permita que se permita mais essas permissões. É dito que os tempos de renovação estão chegando que dito esse é que tanto tarda ? Perdoai-nos pela pressa é que, pois, estamos chegando no limite da agonia. Se o velho inferno nos os comporta tamanha desobediência levai-os a outra esfera, pois nesta não dá mais!

    ResponderExcluir
  25. Bob, o de Petrópolis31/07/13 13:27

    Bem, pelo menos em Petrópolis os sinais luminosos de trânsito são padronizados. Há temporizador indicativo tanto nos sinais para carros quanto para pedestres. Ainda falta conscientização quanto ao respeito às faixas de pedestres, mas isso está mudando. Os radares são bem sinalizados e com limites compatíveis com as vias. E o órgão gestor de trânsito vem implementando mudanças que são informadas com antecedência e bem sinalizadas. Ainda há esperança.

    ResponderExcluir
  26. Por falar em Cet, tomei uma multa de velocidade na marginal Tietê e acabei descobrindo uma nova pegadinha ao pesquisar o local da multa na web: estão fixando os "pardais" nas estruturas de pontes e viadutos para pegar a traseira dos veículos após passar por debaixo desses. Ou seja, você só os vê se olhar para trás .

    E antes que digam que estava correndo, foi apontada a velocidade de 78 km/h e o limite é de 70, e considerando a tolerância de 7 km/h, a tal velocidade corrigida foi de 71, ou seja, 1 a mais. Provavelmente estava realizando alguma ultrapassagem ou pegando alguma alça de acesso a outra pista, que são os únicos momentos que me permito ficar pouco acima do limite. Pesquisando na web, vi que vários motoristas estão reclamando do trecho, e que inclusive foram multados trafegando na mesma velocidade que eu. Estranho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anda a 70 km/h que ninguém te pega. Se todo mundo fizesse isso em um ano todos os radares sumiriam.

      Somos os principais culpados pela indústria de multa.

      Excluir
    2. Luiz AG, se todo mundo andasse a 70km/h naquele trecho, reduziriam o limite de velocidade depois de um certo tempo. Não seja ingênuo.

      João Paulo

      Excluir
    3. Luiz AG,

      Se todo mundo fizer isso, a arrecadação despenca, e eles automaticamente abaixam o limite de velocidade.
      Então, o que voce propõe vai travar ainda mais o transito.

      Excluir
    4. Luiz AG
      Eu respeito os limites, e como já havia escrito, fui pego somente um pouco acima por algum motivo em específico. Não saio rasgando por aí, causando acidentes, por tanto, não me venha com excesso de moralismo pra cima de mim, por favor.

      Um pouco de atenção e interpretação na leitura não fazem mal. Provavelmente imprimi um pouco mais de aceleração do alguma alça de acesso, ou para não ficar junto de algum grupo de carros aglutinados (isso também pode evitar transtornos).

      Se implantassem a tal da fiscalização por velocidade média, até seria beneficiado nesse caso...

      Excluir
    5. Na 23 de Maio tem um radar assim faz tempo. Onde a visibilidade inexiste, cuidado redobrado (vale pra onde radar igualmente inexiste)

      Excluir
  27. Venha dar uma volta na Aclimação - tiraram os botões de farois de pedestres e incluiram no ciclo de abertura dos semáforos dos automóveis - em locais onde passam 3 pedestres por hora. Aí estamos com trânsito pesado o dia todo no entorno do Parque da Aclimação. Está cheio de gente queimando semáforos o tempo todo. Já escrevi reclamando, mas até parece que eles dão bola para alguém da "zelite" que anda de carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje passei por um local onde costumar acumular e o trânsito sempre complica.

      Mas como os semáforos não estava funcionando (piscavam no amarelo) estava uma beleza, foi só passar direto.

      Excluir
    2. Arruda
      O quê? Você passou direto com o amarelo piscando? Esse funcionamento do sinal não significa que está verde! Fazer o que você costuma dar acidente feio.

      Excluir
    3. Fazer o que você fez, digo.

      Excluir
  28. Não vejo confusão nenhuma...
    O simbolo é claro, o monumento não pode atravessar a faixa!
    .
    No Brasil, o monumento visita você! (reversal russa)

    ResponderExcluir
  29. Mara Montezuma Assaf31/07/13 14:19

    Especialistas em criar inutilidades....No final da gestão de Haddad São Paulo estará dilapidada e destruída como está o Brasil do PT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SP está destruída há tempos!

      João Paulo

      Excluir
    2. Lorenzo Frigerio31/07/13 20:32

      Mais ou menos como o RJ pós-Brizola.

      Excluir
  30. Bob ,você não entendeu ,quiseram homenagear o comando da CET com a figura do quadrupede,sem ofensa ao quadrupede he he ...

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adilson
      Pois despertou a minha ira. Será que a CET não tem mais o que fazer?

      Excluir
    2. O prazer de ser do contra... sinal de trânsito não é lugar para criatividade. Você gosta de causar hein, Adilson?

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Segundo o Adilson, SP apenas se faz caotica e monotona no transito (e apenas no de carros, no resto SP = uma calma cidade do interior). Ou seja, SP seria zerada em problemas se todo sinal tivessem mensagens de amor e paz e os carros fossem banidos (o resto dos problemas sumiria com isso e nada mais seria caotico). O exemplo perfeito do moderno sabichao que nem tem a menor ideia do que fala, podiam por ele pra quebrar a monotonia de SP.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Ok Bob, já exclui meus comentários. Vou tentar pegar leve da próxima vez.

      Excluir
    7. Tudo bem, você sempre foi bem-vindo aqui.

      Excluir
  32. Instituições públicas deveriam ser ocupadas por gente com espírito público, comprometidas com a coletividade, com todos, sem diferenciação de classe, partido, religião, cor, gênero, casta, etnia, conta bancária ou o que for. A palavra de ordem é COLETIVIDADE. Mas só o que se vê é a máquina pública ser usada para servir aos interesses de quem a controla. O lema tem sido "ganhamos, vamos aproveitar!". Vê-se até uma máquina paralela servindo para "pensar" coisas como essa da matéria. Quando isso acabará?? É triste, viu.... O que esperar do amanhã?? Vejo noticias como essa e me pergunto: o que o futuro nos guarda?? Quando chegará o fundo do poço?? Sinceramente, seria bem-vindo o apocalipse....

    ResponderExcluir
  33. Lucas dos Santos31/07/13 16:46

    Isso me lembrou as placas "personalizadas" que há (ou haviam) na BR-277, sentido Paranaguá:

    http://i.imgur.com/Wvi02wT.png

    http://i.imgur.com/O8gY9Ps.png

    Mas o caso dos semáforos me parece ser um pouco mais "grave" do que esse das placas.

    ResponderExcluir
  34. Lorenzo Frigerio31/07/13 20:34

    É o que acontece quando o brasileiro resolve reinventar a roda... com todo o peso da "colonização ibérica" por trás.

    ResponderExcluir
  35. Lorenzo Frigerio31/07/13 20:39

    Um amigo que era funcionário fantasma da CET nos anos 90 uma vez comentou de uma colega que propôs "embelezar o Minhocão", pendurando umas samambaias nele. É por aí.

    ResponderExcluir
  36. Por um lado a alteração no semáforo de pedestres foi ridícula, por outro faz completo senso nesse caso. Vejamos bem, qual é a imagem? Uma cavalgadura, certo? Cavalgaduras, quadrúpedes, tudo a ver com aqueles que comandam o trânsito em SP.

    ResponderExcluir
  37. Respostas
    1. Eu entendo a opinião dele (Flavio Gomes) ,mas para mim essa ideia do semáforo é no minimo tosca,alem de não levar a serio as regras de transito .

      Excluir
    2. Eurico Jr.01/08/13 10:16

      Flavio Gomes também gosta de Fidel Castro e da Coreia do Norte. Fica a dica.

      Excluir
    3. Eurico Jr.
      Ninguém é perfeito!

      Excluir
    4. Eurico Jr.01/08/13 11:30

      Concordo plenamente, Bob! Mas como já dizia a minha saudosa avó, elogiar a ditadura norte-coreana foi de rachar o cano da espingarda!

      Excluir
    5. Que o Flavio Gomes fala muita babaquice eu ja sabia. Se fosse uma medida do Kassab ele ia estar esbravejando contra, por isso desconsidero esse cabra Flavio.

      Excluir
  38. Uma certa pessoa que admiro muito disse uma frase que se aplica à perfeição nesse caso: "Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos que têm uma opinião diferente da sua é "porque não sabem o que fazem"? Não me restrinjo apenas a este caso, pois é lamentável como você não aceita opinião diferente da sua.

      Excluir
    2. Pois é assim que eu sou e não acho nada lamentável; pelo contrário, acho ótimo. Minha constituição física não prevê engolir sapo. Se você não gosta ou não concorda com o meu jeito de ser e opinar, o problema NÃO é meu, mas seu.

      Excluir
    3. O problema, neste caso do semáforo, é que a sinalização deixou de ser intuitiva, somente a cor vermelha é que nos indica que devemos parar. Como nosso cérebro processa os dados de razão e emoção em hemisférios separados, quando a luz vermelha é indicada por uma figura de mão aberta ou pessoa parada, ambos os lados de nosso cérebro comandam a mesma coisa imediatamente: parar. Por isso é que os semáforos para automóveis são padronizados com vermelho em cima, amarelo ao meio e verde embaixo (claro, também há exceções não menos danosas que essa figurinha esquisita do semáforo paulistano...) Parece bobagem, mas padronização em sinais críticos faz uma diferença enorme para nosso cérebro reagir. Como comentaram abaixo, esse semáforo fora de padrão vai ser uma pegadinha para os daltônicos que trocam o vermelho pelo verde e vice-versa.

      Excluir
  39. Eurico Jr.01/08/13 10:14

    "E se fosse uma faixa de pedestres defronte a um motel, qual seria o ideograma? O de um casal copulando?" - RACHEI DE RIR, BOB...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eurico Jr.
      Pois é, já pensou se a moda pega? Diante dos cemitérios, um caixão; diante da Secretaria da Fazenda, uma revólver, diante de uma oficina mecânica um carro no elevador de serviço e assim por diante...

      Excluir
  40. Bob

    Muitas risada por aqui...

    Agora só falta instalar um desses com a cara do Haddad mandando um "top-top" pra gente.

    ResponderExcluir
  41. Os "celebros" da CET fizeram uma faixa de onibus na Nações Unidas...deve ter 4 linhas que passam por lá...um absurdo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não amigo não são apenas 4 linhas, pelo contrario é muitas linhas para uma quantidade ainda maio de pessoas. Não sei que horas você costuma passar lá na hora do rush ou se mora na capital, mais essa faixa ja deveria ter sido feita a muito tempo assim como na 23 de maio

      Excluir
  42. Eurico Jr.01/08/13 11:29

    Bob, tô chorando de rir aqui! Manda essa lista para o prefeito, aposto que várias sugestões serão aproveitadas... hahaha! Ah, e não se esqueça de comprar a batata frita lisa do Supermercado Dia, conforme eu sugeri na postagem do JJ. Garanto que vai aplacar a sua "abstinência" de Lay's!

    ResponderExcluir
  43. Bob o futuro é esse deixarmos o carro em casa, eu trabalho como representante comercial (logo ficar sem meu carro torna-se inviável) e juro que se desse eu deixaria ele de lado a passaria a nadar de trasporte publico, tamanho o caos e congestionamento diario. Quanto a isso acho nada demais, talvez todos saibam que o vermelho e o verde significa

    ResponderExcluir
  44. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  45. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  46. Eu sinceramente não conseguiria viver em São Paulo ou qualquer outra cidade que me tratasse de maneira semelhante. Sou gente, não sou bicho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SP é como nenhuma outra cidade grande, mas infelizmente estão conseguindo acabar com ela e está mesmo difícil viver aqui.

      Excluir
  47. Recomendo a todas as vítimas cotidianas da CET a leitura do artigo a que se refere este link, publicado hoje (01/08) no blog jurídico "Última Instância".

    ResponderExcluir
  48. Olha, Eu não ia mas vou dar meu toque de novo! A questão é cultural ( Provavelmente os caras da CET devem pertencer a primeira geração de "construtivismo" dentro de nosso modelo de educação...) Quando uma sociedade descarta o valor da sabedoria ( Idosos! ), aceita a droga como terapia, tem por meta de vida um emprego público e engole numa boa que a sua mãe durma e "DÊ" para um tio diferente toda a semana, os resto é fichinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela análise social e comportamental apenas olhando pra uma foto. Também gostaria de ter esse seu talento.

      Excluir
  49. Bob,

    Acho que sua normal sua indignação com a CET, e compartilho, mas na verdade não tem como esperar nada diferente de uma empresa como essa. Esse tipo de coisa é padrão por la.
    Toda vez que vejo essas invencionices da CET me lembro do personagem Peterson Foca dos Sobrinhos do Athaíde que era um surfista com QI sub 20, e penso que no teste de seleção da CET, um dos critérios para um “engenheiro” passar seja ter um QI nesse padrão.

    JF

    ResponderExcluir
  50. JF
    Você está certo, o teste de QI na CET deve ser esse mesmo. Só pode.

    ResponderExcluir
  51. Nora Gonzalez05/08/13 13:17

    Caro Bob, Monumento atravessa faixa agora? tenho dois tios daltonicos, conheco muitos estrangeiros que vem ao Brasil e penso nas dificuldades que todos eles encontrarao com esta, digamos, inovacao! Mas a CET sempre nos surpreende. Moro e trabalho na Zona Sul de São Paulo e confesso que, como muita gente, não entendi a faixa exclusiva para ônibus na Marginal Pinheiros. Além de o número de linhas ser baixíssimo (a Prefeitura fala em 35, mas só se incluir linhas fantasmas, pois NUNCA vi essa variedade de destinos na Marginal), o volume de ônibus de cada linha também é. Mas além da falta de critério para a tal faixa, o mais absurdo é que foi pintada uma linha contínua em praticamente toda a extensão dela. Assim, quem trafega no sentido Cebolão e precisa entrar no complexo Rochaverá ou na rua que dá para o Shopping Morumbi tem somente uns poucos metros de faixa pontilhada e precisa fazer praticamente uma conversão a 90 graus. O mesmo acontece entre a ponte do Morumbi e a saída para o Panamby sentido Interlagos – tudo faixa contínua por vários quilômetros e apenas uns metrinhos para sair a direita. Se o código de trânsito não mudou, linha contínua não permite mudança de faixas, independentemente do horário de utilização da faixa por ônibus, certo? Isso só piora o trânsito, pois um veículo que tenha entrado na Marginal na ponte do Morumbi sentido Interlagos não conseguirá ir para a pista da direita por mais lento que esteja, sob risco de ser multado. E isso praticamente inutiliza toda uma pista de rolamento. Sempre pensei que administrar incluía procurar soluções para todos, mas pelo que ouvi do secretário municipal de Transportes ele nesciamente fez uma escolha e evitou buscar alternativas, mesmo sabendo do enorme prejuizo ao resto da populacao. Pensei que os ocupantes de cargos públicos fossem eleitos para governar para todos, e não apenas para um segmento. Ingênua eu, não? E ainda fico insistindo em respeitar o código de trânsito...abracos, Nora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nora,
      O que se poderia esperar de (mais um) prefeito de um partido amorfo, eleito por munícipes sem noção das coisas? Aqui em Moema colocaram uma faixa exclusiva numa rua de duas faixas! Acredite se quiser! (Vou fazer foto e postar). E com o mesmo erro da linha tracejada ser na boca da transversal à direita, teoricamente impedindo o deslocamento prévio para esse lado, como determina o CTB. Faixas exclusivas de ônibus nas marginais? Nunca vi um ônibus de linha regular na marginal nos meus 35 anos morando em São Paulo. É, querida Nora, ou o Brasil acaba com o PT ou o PT acaba com o Brasil. Mesma história da formiga saúva...

      Excluir
    2. Nora Gonzalez05/08/13 16:02

      Eu achava exagero falar em indústria de multas, mas se não for isso, pintar faixa contínua por quilômetros a fio impedindo a mudança de pistas, é puro desconhecimento do Código de Trânsito Brasileiro - bem, se nem o nome eles acertam... Outra possibilidade é que não multem ninguém pois nem sabem o que significa faixa contínua.

      Excluir
  52. Dr. Traffic Calming06/08/13 08:47

    Na empresa de economia mista, travestida de órgão publico e que, entre várias barbaridades e bizarrices, transfoumou SP na Capital Mundial das Placas de Trânsito, o dinheiro publico e o tempo de seus gênios criativos devem estar sobrando. E a justificativa para essa novíssima "babaquice" -fora do cógigo de sinalização de trânsito, é incentivar o turismo em torno dos monumentos etc.!!!! Essa empresa, com objetivos comerciais (basta ler seu estatuto)e da qual a Prefeitura é sócia majoritária, serve ao lobby (ou Máfia?) da sinalização (isso inclui milhares de placas centenas, semáforos duplicados na mesma haste e com a mesma função, faixas em postes, novas placas cor de cenoura, adesivos junto ao minuteiro do semáforos de pedestres, e por aí vai), deveria cuidar da melhoria do trânsito e não a cada mes "inventar" um penduricalho novo muito bem pago pela cidade. As placas de 60Km são colocadas a cada 100/150 mts. Se dirigirmos nessa velocidade, cruzamos com as mesmas aproximadamente a cada 12 segundos!! A Máfia das Multas, da Sinalização, da Publicidade (com campanhas tão falaciosas e efêmeras, quanto caras), podem ser consideradas como integrantes da Máfia Nacional do Trânsito, pois operam em todo o país. CUI BONO? Quem de beneficia (com isso)além de fabricantes, prestadores de serviços e seus comissionados, inclusive políticos e suas campanhas? São Paulo - pobre cidade rica que vive em um circo de ilusões, e é refém e o Eldorado dessas Máfias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor comentário até aqui. A coisa é por aí mesmo.

      Excluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.