NOVA INFRAÇÃO DE TRÂNSITO: BURRICE

Foto: autor


Código de Trânsito Brasileiro, Art. x: É proibido conduzir demonstrando ser burro ou ter no veículo item, acessório ou modificação que signifique burrice. Infração: gravíssima. Penalidade: multa (cinco vezes) e retenção do veículo para regularização

Veio-me essa idéia de acrescentar tal artigo ao nosso código de trânsito ao ver o Ka acima com um saco de lixo no pára-brisa. Tem mesmo que ser muito burro para aplicar isso num carro. Talvez a proposta seja a única maneira rápida e eficaz de livrar o trânsito dessa e outras ameaças.

É inconcebível, à luz da razão, dirigir sem a indispensável visibilidade. Que tal usar óculos de sol ao dirigir de noite? Impensável, certo? Pois com os vidros de condução - pára-brisa e janelas laterais dianterias - é a mesma coisa. Burrice absoluta. Mas a lista da burrice não pára aí:


- Dirigir à noite apenas com lanternas ligadas
- Dirigir à noite com faróis de neblina em vez dos principais
- Ter equipamento de iluminação não-regulamentar
- Trafegar com pneus desgastados além da marca TWI
- Reduzir altura de rodagem mais que 20 mm
- Usar rodas e pneus mais largos na traseira em carros de motor e tração dianteiros
 - Passar o sinal amarelo piscante ou desligado como se fosse verde
- Transportar pessoas em caçamba de picape
- Escrever texto em celular dirigindo
- Trocar pneu na faixa de rolamento expondo-se e ameaçando outros usuários da via
- Enguiçar por falta de combustível
- Modificar o sistema de escapamento para o carro ter "ronco esportivo"
- Aumentar potência do motor sem repotenciar freios e adequar rodas e pneus
- Trafegar nas rodovias pela faixa mais à esquerda sem necessidade
- Trafegar em velocidade incompatível com a segurança, como andar rápido em ruas estreitas
- Dirigir motocicleta entre filas de carros em velocidade relativa superior a 20 km/h

Estes são só alguns exemplos e certamente haverá leitores que comentem outros. Mas tenho certeza de que se houvesse tal artigo, o trânsito teria outra cara.

BS

97 comentários :

  1. Bob,

    Por vc ser um grande conhecedor de mecânica, me explica a razão de "baixar o carro mais de 20mm". Achava que vc condenaria qualquer alteração aparentemente sem critérios na suspensão.

    ResponderExcluir
  2. Vou dar minha humilde contribição para a lista:
    - Dirigir com o som do carro em volume tal que torne imperceptível ou mesmo dificulte ao condutor do mesmo, ouvir sinais externos como sirenes, buzinas, apitos de guardas de trânsito, etc...OBS: se o conteúdo vindo do sistema de aúdio do veículo for funk, rap, axé-music, ou qualquer outro lixo que insistem em querer classificar como sendo música, o confisco do veículo será imediato e em caráter definitivo.

    ResponderExcluir
  3. Mais leis, Bob?

    Eu entendo a tua indignação, mas antes disso não seria mais prático fiscalizar às que já existem?

    Por exemplo: Você acha que algum motorista na cidade onde moro deixou de usar luzes de xênon só porque criaram uma lei proibindo? Eles trafegam normalmente próximos aos carros da polícia e nada lhes acontece. Talvez ainda, achem bonitas...

    ResponderExcluir
  4. CCN410
    Uma lei dessas jamais poderia existir. O post foi apenas um desabafo e maneira de mostrar um absurdo como o da foto mostrada, uma imbecilidade inominável. Certamente falta uma fiscalização de trânsito sistemática e contínua, não apenas blitze de vez em quando.

    ResponderExcluir
  5. Eu vi uma Blazer da Puliça com Xenão!!!!!!! Taquei-lhe farol alto e responderam com aquela lanterna que o caboclo segura no banco de trás.

    ResponderExcluir
  6. Mr. Car
    Perfeito! Essa é uma burrice típica e cada vez mais comum. Para essa só confisco do veículo mesmo.

    ResponderExcluir
  7. (Blog do) Eduardo
    Baixar mais que isso desarruma-se a geometria de suspensão, deteriorando a estabilidade, além de deixar o carro bem mais vulnerável a buracos, valetas e lombadas. Outro dia vi um carro que devia ter no máximo 5 cm de vão livre.

    ResponderExcluir
  8. Aléssio Marinho16/10/11 10:12

    Mudei para Belém a quase 6 anos. Aqui é muito comum andar sem capacete e por conta disso, o pessoal põe um cartão telefônico na placa de forma que não se consiga lê-la.
    Um dia o PM responsável pelo patrulhamento da capital, em entrevista a um jornal local, perguntado pelo motivo da PM não coibir essa prática respondeu:
    - Esse problema não é nosso! É administrativo do Detran, pois a responsabilidade da fiscalização é do órgão, não da PM.
    O CTB de 97 que "repartiu" as multas entre as esferas de governo, criou essa aberração. Agente de trânsito não tem poder de polícia para parar um veículo.
    Leis temos demais, aplicação de menos.

    ResponderExcluir
  9. O mais triste é que a película escura é usada para proteger os motoristas, sob o pretexto de não mostrar aos ladrões (nesse país que é o campeão mundial incontestável da criminalidade) o quanto eles estão vulneráveis.

    É isso aí, os ladrões escolhem suas vítimas, principalmente mulheres jovens e solitárias ao volante. Já um pai de família experiente poderia fazer alguma besteira, como arrancar o carro ao perceber alguma movimentação suspeita, ou um rapaz poderia empunhar uma arma ao perceber um homem armado vindo em sua direção, estragando assim o elemento surpresa.

    Assim, a película é usada sob o pretexto de não dar ao ladrão chance de ver o que ele vai enfrentar, assim ele passa a contar com a sorte.

    Agora, há películas adequadas, que escurecem por fora mas deixam a visibilidade quase normal por dentro. Não vejo mal nenhum nelas, já que o maior risco que se pode correr no Brasil é o de levar um tiro na cabeça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato Texeira19/03/14 15:24

      Desculpe, mas eu discordo da sua opinião em parte da sua opinião. Concordo com você que as películas escuras protegem as pessoas mais frágeis dentro dos veículos, entretanto, como a chance de se acidentar é maior que a de ser assaltado (já que boa parte dos motoristas são imprudentes e ninguém enxerga nada), acho que as películas fazem mais mal do que bem. Além disso, em um possível sequestro, existe uma boa chance de você passar despercebido por quem poderia lhe ajudar.

      Excluir
  10. Aléssio Marinho16/10/11 10:42

    Dias atrás, uma senhora tentava estacionar o seu Pálio numa vaga, fazendo uma baliza. Como o sinal estava fechado, e estava parado ao lado dela, percebi que estava com dificuldade em ver onde estava o outro carro... Nisso abre a janela do carona e faz sinal pra eu abrir o vidro, e ela me pede que a orientasse quanto a distância.
    Respondi que quando ela tirasse os sacos pretos dos vidros ela conseguiria estacionar o carro sem atrapalhar a vida do resto da cidade.
    Malcriado... rsrsrs

    ResponderExcluir
  11. Aléssio Marinho16/10/11 10:45

    Bob,

    Óculos escuros pra guiar a noite não, mas um Night Vision amarelo é show de bola!
    rsrsrs
    Vou ligar no 1406 e encomendar o meu!

    ResponderExcluir
  12. BS,

    Post fantástico. Sobre o saco de lixo preto, é uma pena que aqueles camaradas que deveriam fiscalizar e criar leis mais rígidas são os primeiros a utilizar estas porcarias em seus carros, sejam oficiais ou particulares. Infelizmente esse tipo de coisa é igual o transporte alternativo irregular aqui no RJ, ou seja, não deviam ter deixado começar, pois agora não há como fazer acabar.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Aléssio compra um Mojave com 3 armações e 14 pares de lentes!

    ResponderExcluir
  14. Alguém já dirigiu em Salvador BA?
    Tudo foi mostrado no post se aplica aqui.

    ResponderExcluir
  15. Uma vez tomei uma dura da puliça porque estava dirigindo com um fonão no ouvido (meu carro não tem rádio). Atitude certa deles, claro. Mas fiquei puto por saber que eles fazem vista grossa pra quem dirige com som alto. Aqui na minha cidade já tem manolo com aquelas caixas presas em cima do carro ou na caçamba da pickup, como se fosse carro de anúncio. Só que não é! É pra exibir o som, apenas.

    João Paulo

    ResponderExcluir
  16. Bob, mais três:

    - Ultrapassar/trafegar pelo acostamento.
    - Ultrapassar pela direita em alta velocidade
    - grudar na traseira do carro que vai a frente.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo 16/10 10:19
    Mesmo que cheguem películas como a que você citou, fica satisfeita a condição de visibilidade mas não a da comunicação visual entre motoristas e a sempre útil visibilidade do trânsito através dos vidros do carro ao lado ou na frente.

    ResponderExcluir
  18. Evandro
    Perfeitas as três. Sobre a primeira, eu já disse várias vezes que deveria se tornar infração hedionda. Primeira vez, um ano sem a carteira. Na reincidência, cassação definitiva da CNH. Queria ver se alguém se arriscaria.

    ResponderExcluir
  19. eu sou motociclista e sei que tem uns motoqueiros que apavoram no corredor, o que de pra correr eles correm mesmo sabendo dos riscos de pedestres e carros que possam trocar de faixa sem avisar.

    o que eu mas fco indignado é com a proibição do xenon, deveria ter se criado regras pro uso e não a proibição total dele.

    ResponderExcluir
  20. Bob,

    Concordo plenamente. Mas sabe o que mudaria se todas essas batatadas fossem tipificadas como infrações?

    Absolutamente nada. E por uma razão muito simples: sua fiscalização dependeria dos agentes de trânsito, e hoje em dia só se fiscaliza o que o radar consegue pegar - excesso de velocidade, avanço de sinal e (na capital paulista) violação ao rodízio.

    Por exemplo: enguiçar por falta de combustível - vulgo "pane seca" - já é considerado infração, nos termos do art. 180 do CTB (grau médio, sujeita a multa e remoção do veículo). Mas, pelo jeito, alguém só será multado por isso quando inventarem um radar que meça o nível de combustível nos tanques dos carros...

    ResponderExcluir
  21. Quando comprei meu carro ganhei da consessionária o insulfilm (!), fui questionada quanto ao modelo "os Gs da vida" porém como não sou cohecedora do assunto aceitei o que era permitido por lei (?), em resumo tenho o G5, acho que atrapalha a visibilidade, porém como postado anteriormente não o retiro por achar que ele dá uma certa segurança já que sou mulher e dirijo constantemente sozinha.

    ResponderExcluir
  22. Tudo o que vcs escreveram aí é muito bonito, muito legal...vamos exemplificar: A MULHER QUE INVADIU O BAR COM O CARRO E MATOU UMA PESSOA AQUI EM SAMPA.....ESTÁ DIRIGINDO NOVAMENTE !, COM NOVA CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO CONCEDIDA PELO MESMO ESTADO QUE PUNE AQUELES QUE "ANDAM NA LINHA"....QUEM DEU NOVA CNH PARA ESTA MULHER? SIM "O ESTADO CORRUPTO"...AQUELE MESMO ESTADO QUE SÓ PENSA EM ARRECADAR, QUE NÃO FISCALIZA, QUE NÃO CONTROLA OS ABUSOS COMO O EXCESSO DE ALCOOL, OS CARROS EM MAU ESTADO DE CONSERVAÇÃO, AS PELICULAS ESCURAS NO VIDRO DIANTEIRO, SIM, ESTE MESMO ESTADO QUE IMPÕE O "CONTROLAR" PARA O CIDADÃO, QUE NOS PUNE COM OS MAIS ALTOS IMPOSTOS DO MUNDO, QUE NÃO NOS PERMITE "VIVER SOSSEGADAMENTE" EM NOSSAS CASAS, QUE NOS PUNE QUANDO VIAJAMOS PARA O EXTERIOR, QUE NOS PUNE POR QUERERMOS TER UM ARTIGO DE MELHOR QUALIDADE EM NOSSO GUARDA ROUPA...SIM, UM ESTADO CORRUPTO CRIADO POR NÓS MESMOS COM NOSSO "VOTO OBRIGATÓRIO", CHEIO DE LEIS INÚTEIS QUE NÃO SÃO FISCALIZADAS POR ELE MESMO, ESTE MESMO ESTADO QUE TEM UMA DAS JUSTIÇAS MAIS VERGONHOSAS DO UNIVERSO, QUE PUNE OS POBRES (NEM VOU CITAR EXEMPLO SENÃO DIRÃO QUE PERSIGO OS RICOS PROPRIETÁRIOS DE PORSCHE...BLÁ,BLÁ,BLÁ, QUE SER RICO NO BRASIL É SINAL DE CORRUPTO) (AQUI TENHO MINHAS DÚVIDAS)...deixa prá lá, melhor ir almoçar sossegadamente.

    ResponderExcluir
  23. O AmberVision eu não sei, mas óculos com lentes amarelas/âmbar tendem a aumentar o constraste e facilitar a visão noturna, sim.

    ResponderExcluir
  24. Sou contra as peliculas. Muitos usam pois consideram dar mais segurança a quem está dentro do carro. Não os culpo, mas seria melhor cobrar do estado mais segurança do que ter que usar um paleativo, no caso as peliculas. Elas atrapalham muito no transito por não permitir visualização entre os carros, criam barreiras aos olhos. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Mais uma:

    Colar na traseira dos outros veículos.

    ResponderExcluir
  26. Dirigir fumando, com a "bituca" entre os dedos. Qualquer descuido e o cigarro cai no colo do imbecil - ou melhor, do dragão imbecil - o que pode ocasionar um acidente.

    ResponderExcluir
  27. Brunocfreitas,

    Existe regulamentação para o uso de xenon. Extraí diretamente da resolução 294, de 17 de outubro de 2008:
    "Faróis baixos com uma fonte luminosa tendo um fluxo luminoso objetivo que exceda a 2.000 lúmens devem ser instalados somente conjuntamente com a instalação do(s) dispositivo(s) da limpeza do farol(4). Adicionalmente, quanto à inclinação vertical, se aplicam
    as prescrições dos parágrafos 4.3.6.2.1 e 4.3.6.2.2.
    "

    Além disso, muitas "carcaças" de faróis projetados para lâmpadas halógenas não suporta o xenon, às vezes até derretendo o seu corpo e não iluminando nada.

    Já dirigi um carro com xenon instalado por fora mas bem regulado, que não ofuscava aos demais motoristas, e afirmo: fica uma merda. O facho do farol tem que iluminar o chão, limitando a visão do motorista a poucos metros à frente. Na estrada, arrisco chamar de tentativa de suicídio.

    Por isso, xenon só se vier de fábrica, em um farol projetado para recebê-lo. Assim, garanto minha segurança e a dos demais motoristas.

    ResponderExcluir
  28. Eu acho engraçado como o pessoal diz que a pelicula aumenta a segurança porque o ladrao no consegue ver quem está dentro.
    Como se o fato de ter uma mulher sozinha ou cinco bruta montes fosse impedir um ladraozinho magrela com uma ARMA na mao de roubar o carro. Ainda mais considerando que hoje prega-se nao reagir ao assalto.
    Depois ainda tem a seugunda situação em que varias amigas minhas dizem sentir-se seguras porque mulher sozinha no volante é alvo de assalto. Ai voce ve no transito um carro considerado de mulher (escolha o seu favorito), com pelicula G5, com um adesivo da Hello Kitty e outro da familia feliz com apenas uma menininha e um cachorro. É obvio que é uma mulher sozinha, nao precisa ver pelo vidro para confirmar.
    Quem quiser fazer a pesquisa, veja no transito como é facil confirmar.

    ResponderExcluir
  29. Mais um comentário sobre a resolução:

    A questão da inclinação vertical é resolvida com o sistema de regulagem automática do facho do farol de acordo com a carga, e não com regulagem manual.

    Outra coisa: 2.000 lúmens, para se ter uma ideia, é o fluxo luminoso daqueles projetores usados em apresentações, palestras, etc. Você gosta de olhar diretamente praquilo? Pois é, não lembra um farol de xenon?

    ResponderExcluir
  30. Carro com película fica mais suscetível a seqüestro. Um primo meu já foi seqüestrado, e passou ao lado do carro da polícia que não viu nada. Por isso a preferência por seqüestrar carros "lacrados"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalho feito por coronel PM de SC ou PR revelou que bandidos escolhem as casas com muros altos, sem visão da rua, como preferidos para assalto! Motivo: após lá dentro, ninguém vê nada da rua...

      Excluir
  31. De minha parte, acho difícil imaginar algo mais insano/irracional do que essa justificativa de "segurança" para o saco de lixo preto no vidro.

    Não tem segredo; carro com insulfilm foi criado para ser "Puteiro Sobre Rodas" mesmo...os outros colocam para seguir moda, sem nem saberem por quê.

    ResponderExcluir
  32. E falando na lista objeto do post, neste fim de semana eu, geralmente bem tolerante no trânsito já que não sou de ferro e vez por outra me distraio e faço minhas cagadinhas, me vi extremamente irritado pelos três itens abaixo:

    - Parar na contra-mão em rua de mão dupla (no caso eu estava prestes a parar bem na esquina e tive que me virar nos 30 porque um esperto estava encostando sua viatura na contra-mão...).

    - Parar no meio da rua para deixar passageiro, especialmente quando o feito obriga os motoristas de trás a passar por quebra-molas para desviar da boneca.

    - Abandonar carrinhos de supermercados no estacionamento (especialmente em frente das disputadas vagas da "tendinha" em dia de chuva...) fazendo da vida de quem vai usá-lo depois um inferno.

    ResponderExcluir
  33. E dirigir muito rapido na pista da direita?
    Estes dias tava descendo pela imigrantes e a esquerda que devia ser rapida, tava meio lenta porque tinha muitos carros, entao vi a direita vazia e fui pra lá com tudo, nessa hora entrou um carro lento saindo do mcdonalds, e nao deu pra desviar, tive que reduzir. Mas nao pude reclamar, porque aquela via é lenta, e eu que estava errado.

    ResponderExcluir
  34. Bob Sharp 10:03
    Quer ver um exemplo dum infeliz deste? http://www.youtube.com/watch?v=gM4IUlXx1KY
    Bem feito.

    ResponderExcluir
  35. Faltou citar o pior de todos, botar um paredão na caçamba da caminhonete e sair por ai com o som tão forte que chega a vibrar o banco dos outros carros que estão a mais de dez metros de distância.

    ResponderExcluir
  36. Sergio Masa
    É ser muito burro mesmo!

    ResponderExcluir
  37. Sergio Masa
    Não sei se você pegou a faixa da direita imediatamente antes da saída do Mc, mas se você já viesse pela direita o cara estaria errado.

    ResponderExcluir
  38. Alexandre Zamariolli
    Isso, só a radar hoje. Abordar dá um trabalho danado...

    ResponderExcluir
  39. Celestino
    Fumo dirigindo desde 1960. Jamais aconteceu de cair brasa no colo, banco ou assoalho. Sorte? Não, cuidado.

    ResponderExcluir
  40. Bob, em um país que oferece aos seus cidadãos uma segurança padrão Honduras ou Paquistão, a falta de visibilidade através dos carros e a comunicação visual com outros motoristas é um mal muito pequeno, se comparado ao risco de se tomar um tiro na testa.

    ResponderExcluir
  41. Anônimo 19:53

    Agora insulfilm tem poder de blindagem...?

    O potencial larápio vai achar que dentro do "Puteiro Sobre Rodas" está o Jack Bauer e desistir de assaltá-lo?

    ResponderExcluir
  42. Sem contar o anônimo que disse que é mais fácil levar um tiro na cabeça (???). O trânsito é a principal causa de mortes não naturais no Brasil e muitos dos homicídios não ocorrem em assaltos a veículos, já as mortes do trânsito... E se você, por causa da película, bater num carro causando apenas danos pode virar vítima de arma de fogo, dependendo de quem estiver no outro carro. Irônico e trágico.

    ResponderExcluir
  43. Alguém com um 38 na mão, disposto a dar um tiro, vai se importar com que está dentro carro?

    É só ver nos jornais, a maioria dos carros "peneirados" tem o filme. Até mesmo pq que isso é coisa de bandido...

    Realmente, penalizar a burrice é o jeito mai fácil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o porte de armas fosse permitido aqui, e as pessoas pudessem ostentá-las, ai sim valeria essa estória de impedir/permitir ver dentro do carro. Como não se pode portar armas, quem está dentro está desarmado mesmo para enfrentar um marginal.

      Excluir
  44. Soltar flatulencias enquanto dirige

    ResponderExcluir
  45. Carlos Cwb16/10/11 21:45

    Li, não lembro onde nem quando, que óculos escuros são um baita quebra-galho quando vc pega chuva na estrada a noite. Que acaba com 90% dos reflexos do seu proprio farol na chuva e evita ofuscamento.
    Pois fiz a experiencia. Não é que é verdade?
    Melhora muito a visibilidade, sim. E não são óculos especiais, são os comuns de sol, tipo Ray-Ban...
    Então, tenha sempre o seu a bordo...Mas só use na chuva!

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Cabral disse...
    Carro com película fica mais suscetível a seqüestro. Um primo meu já foi seqüestrado, e passou ao lado do carro da polícia que não viu nada. Por isso a preferência por seqüestrar carros "lacrados"...


    É o que eu também acho. Uma vez feita a "abordagem" (por exemplo na hora que o dono estiver entrando ou saindo do veículo, o que é comum), a película acaba servindo para proteger o bandido!

    Inclusive, já li em algum lugar que, no caso de furto de veículos, os ladrões também preferiam carros com insulfilm.

    Embora pelo motivo acima, eu não ache que a película compense como item de segurança, eu até entendo que algumas pessoas usem uma película que dificultem a visibilidade do interior do carro à noite. O problema é a estupidez (que está se tornando cada vez mais comum) de colocarem películas fortes a ponto de ser impossível enxergar o motorista sob o sol do meio-dia!

    ResponderExcluir
  48. E quantos voces nao veem com óculos escuros e filme no parabrisa? E a noite (na chuva tambem)andando que nem baratas tontas procurando o rumo, tentando se manter na faixa, com farol alto e luz de neblina acesos para tentar enxergar algo, e ainda dizem que fica normal que conseguem enxergar tudo!

    ResponderExcluir
  49. Prezado Bob, meus parabens mais uma vez.
    Posto pouco, mas leio todos seus posts. Esse, especialmente, é um alento pra mim. As vezes, me sinto um louco reclamando de algumas coisas aqui no RJ.
    Acho que aqui no RJ, hj, somente uns 40% dos mnotoristas usa farol a noite! É uma doideira. E vc fala com algumas pessoas que dizem, com toda convicção, que a cidade é iluminada, que não é necessário e outros argumentos estapafúrdios!
    Meu sogro, aos 66 anos aderiu à moda imbecil do brasileiro de andar com as lanternas e a luz de neblina acesa, ao invés do farol. Tentei argumentar, mas ele disse que o de neblina ilumina ainda mais!
    Se eu pudesse, faria um projeto de lei banindo de vez o insulfilm! Essa idiotice que virou sinônimo de segurança no BR.
    Minha mãe teve um Sentra com 4.000Km rodados roubado há pouco tempo. 3 semanas depois o carro apareceu sem grandes estragos, mas com um insulfilm preto lacrando todo carro! Isso é coisa de marginal.
    Ainda bem que algumas pessoas pensam parecido ainda como vi pelos comentários.

    ResponderExcluir
  50. Ligar os piscas diretamente como lanterna"???",

    Deitar os bancos dianteiros quase como uma cama e dirigir deitado,

    Entupir o carro com cornetas e auto falantes o máximo possível e usá-los com o volume do som ao máximo,

    Vidro fume 100% e outras cores espelhadas,

    Cortar molas,

    Comprar pneus remold ou sem procedência/marca conhecida,

    Apetrechos cromados em que não a cromado de fábrica no carro,

    Escapamento esportivo sem critérios em motos normais ou de moto boys,

    Rodas cromadas gigantes em carro moderno,

    Comprar carros em que a marca mente e engana todos...

    ResponderExcluir
  51. Ah, Bob, um abafador mais livre para deixar um ronquinho mais grave não arranca pedaço, né?
    As próprias fábricas faziam isso, e gosto do resultado. Quem não se lembra do ronco dos GT/GTS?

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  52. Antonio Filho,

    "Comprar carros em que a marca mente e engana todos... "

    Inteligente é comprar Civic e Corolla a preço de Azera?
    Que a Hyundai mente é fato, vai depender de cada um acreditar ou não. Por mim, eles podem dizer o que quiserem, tenho conhecimento e sendo crítico para fazer a escolha independente disso.

    Abraço

    Lucas CRF

    ResponderExcluir
  53. Fica a dica para os pedestres também:
    - Proibido andar distraído e serelepe no meio da pista como quem colhe flores no quintal de casa.

    ResponderExcluir
  54. Lucas, uma coisa e ser roubado, outra coisa é ser roubado e enganado várias vezes.

    A consciência é que manda, vai de cada um.

    ResponderExcluir
  55. Pois é Bob. Eu também não gosto de peliculas. Meu carro tinha e eu acabei teirano, porém, depois que a minha casa foi furtada, coloquei peliculas no meu carro novamente, só que agora também coloquei no para-brisa.
    Prejudica a visibilidade? Sim.
    Porém prefiro assim pois do jeito que a insegurança domina o nosso pais, é melhor que os vagabundos não consigam ver dentro do meu carro.... Ver o que eu estou transportando, ver quem está chegando ou saindo, etc...

    ResponderExcluir
  56. Bob,

    Faltou uma na lista: O povo que anda com o carro totalmente APAGADO, á noite. Alguns dizem que isto é culpa daqueles carros em que o painel permanece o tempo todo iluminado. Mas, eu já vi carros sem esse recurso rodando á noite sem os faróis e lanternas acesos...

    Não sei onde vamos parar, deste jeito...

    ResponderExcluir
  57. Tá nervosinho pq não colou a mudança dos limites, hein?

    ResponderExcluir
  58. jackie chan17/10/11 09:48

    Óculos para dirigir a noite (ambar) melhoram o conforto, diminuindo reflexos (se for polarizado), mas tem que se ter certo cuidado, pois eles dão a sensação de que aumentam a visibilidade, mas na verdade ela é a mesma, senão menor. Para quem não tem nenhum problema de visão, o melhor mesmo é não usá-los. No entanto porem contudo, ajuda muito para quem se sente muito desconfortável visualmente ao dirigir a noite.

    ResponderExcluir
  59. E os engates?? Usados sem a menor necessidade, por pessoas que jamais irão puxar alguma coisa com seu carro. O DETRAN esteve próximo de proibir, mas houve lobby com com certeza.

    ResponderExcluir
  60. Anônimo 10:13

    Seu comentário fez-me lembrar que na última sexta-feira enquanto andava pela calçada vi um senhor sofrendo para fazer uma balizaq como se o Fiesta sedan dele fosse uma limusine, por muito pouco não batendo sua traseira no outro carro. Quando olhei mais de perto, vi que ainda por cima o véio tinha engate... :)

    ResponderExcluir
  61. O pior é que muitas das "novas infrações" aqui mencionadas já são, efetivamente, previstas no Código Nacional de Trânsito.

    O que falta é vontade (ou melhor, competência) das respectivas autoridades em aplicá-las de maneira EDUCATIVA e não PUNITIVA. Porque multa assusta, mas não educa ninguém.

    Alguns pontos que ainda não foram lembrados mas que julgo serem de grande importância:

    -Transitar com luzes de AMBAS as luzes de freio queimadas: perigosíssimo tanto de dia quanto à noite, e não é desculpa serem luzes traseiras pois é só dar ré numa parede para conferir seu funcionamento.

    -Transitar com luzes de AMBAS as lanternas traseiras queimadas: um risco enorme de colisão traseira, principalmente praqueles que têm por hábito andar a 60km/h na esquerda ou em condições de baixa visibilidade.

    - Transitar à noite apenas com luzes de posição (taxistas e vileiros): Torna o carro invisível em curvas, esquinas, e nos retrovisores da maioria dos outros carros à frente. Se tiver usando aqueles malditos LEDs AZUIS então, é como se estivessem totalmente apagados.

    - Triângulo de sinalização mal-posicionado: A maioria dos motoristas que vejo enguiçar posiciona o triângulo encostado no próprio para-choque do veículo, como se o próprio veículo não fosse suficientemente grande para ser notado! Triângulos de sinalização devem ser posicionados de forma a ADVERTIR MOTORISTAS A DESVIAR/REDUZIR, eu costumo recomendar a distância mínima de 4 carros (20m), e no caso de auto-estradas ou vias expressas, o dobro disso. A colocação de sinalização suficientemente antecipada é uma questão de respeito, cortesia e sobrevivência!


    Ademais, é bom lembrarmos que a maioria das ditas "novas infrações" no post do Bob ou nos comentários acima destinam-se não apenas a tirar os chatos do caminho pra fazer o trânsito andar mais: Seu foco é justamente aumentar a SEGURANÇA para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres ao redor.

    Aos amigos Autoentusiastas, eu sugiro que não apenas reclamemos dos absurdos, mas nos dediquemos a transmitir nosso utilíssimo conhecimento a todos aqueles que, ao contrário de nós, não tiveram a sorte/oportunidade/interesse em se aprimorarem na direção.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  62. Sobre Faróis com Xenon: O problema não é a regulagem ou limpeza, mas a diferença de geometria da fonte de luz: na lâmpada halógena é um filamento, e na lâmpada com gás xenônio um arco voltaico.

    Mesmo refletores de superfície complexa e faróis de lente lisa "bem regulados" oferecem uma grande dispersão da luz produzida, que invariavelmente causa transtornos e "aberrações focais" acima da linha de corte do mesmo. Para confirmar isso, é só ligar os faróis de um carro/moto com Xenon adaptado diante de uma parede e observar QUANTA LUZ È JOGADA ACIMA DA LINHA DE CORTE DO FAROL. É essa luz dispersa que ofusca o trânsito em sentido contrário.

    Para que um farol funcione com Xenon é simples, basta que ele use um sistema chamado PROJETOR, que é um farol com um espelho côncavo conjugado a uma lente colimadora, que possibilitam o perfeito posicionamento dos raios de luz, e um anteparo, que corta a luz onde ela não é necessária e evita ofuscamentos, concentrando a luz apenas onde ela deve ficar.

    Acrescendo ainda que lâmpadas com tonalidades azuladas, acima da temperatura de cor de 6.000k que equivale à cor ultra-branca das lâmpadas fluorescentes de cozinha, são especialmente perigosas pois por vezes produzem MENOS luz que uma lâmpada halógena: A luz azul é percebida com muita dificuldade pelo olho humano, gerando sensação de perda de foco e ofuscamento, além de ser a frequência de onda mais facilmente perturbada por condições atmosféricas ruins.

    À noite, veículos com luzes de posição utilizando "LED AZUL" (que pra mostrá-las aos outros veículos costumam ter o hábito de dispensar respectivo farol à noite) tornam-se praticamente invisíveis a poucos metros de distância, situação que se agrava ainda mais para condutores de veículos que possuem películas nos vidros laterais/traseiros, e para o tráfego em geral em caso de chuva.


    Sobre Óculos para direção: Procure modelos que possuam lentes polarizadas (que diminuem brilho disperso) e com cor amarelo/âmbar/laranja, que age justamente como justamente filtro para a luz azul: Quanto menos luz azul, melhor facilidade do olho humano em focalizar objetos, principalmente em situações de baixo contraste/luminosidade.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  63. OBS: Perdoem-me as palavras "comidas" e os erros de concordância, acabei enviando os textos sem corrigí-los adequadamente... foi mal :)

    ResponderExcluir
  64. Bem, se tem gente aqui q reclama que o Bob é um reclamão, vão ter que reclamar de mim também, pois concordo em gênero, número e grau! :0)

    Essa "lista de burrices" contém (quase) tudo que eu reparo no trânsito e tento não me irritar.

    Faltou citar os apressadinhos, que, em vez de ligarem a seta para esquerda indicando intenção de ultrapassar, piscam irritante e insistentemente o farol alto, como se eles fossem os únicos a ter direito a transitar ali!

    E o pior, grudam na sua traseira de maneira perigosa, literalmente te ameaçando com o carro, sem dar o tempo mínimo necessário de você, cidadão civilizado, sinalizar a sua manobra e fazer a troca de faixa.

    ResponderExcluir
  65. Não concordo. Tenho filme no parabrisa a muitos anos, nunca bati, nem causei acidente, nunca levei multa, sempre terei filme na frente, e em São Paulo, serve sim para evitar aborrecimento, quem não é visto, não é ameaçado. Se pararem no semaforo 2 carros a noite, um todo lacrado, e outro com vidros limpos e uma mulher sozinha, quem será assaltado ? Pense nisso.

    ResponderExcluir
  66. - Ter equipamento de iluminação não-regulamentar
    - Reduzir altura de rodagem mais que 20 mm
    - Enguiçar por falta de combustível
    - Modificar o sistema de escapamento para o carro ter "ronco esportivo"
    - Saco de Lixo

    Ih Bob...acho q como alfafa então..rss.

    ResponderExcluir
  67. É, pela quantidade de pessoas que, depois de tantos argumentos, ainda insistem em permanecer no "rol" da listinha, e ainda por cima se achando com razão, colocando a lei em escanteio por achar que são apenas de enfeite, colocando seu "direito" ou aquilo que pensam que é seu direito, acima do bem maior, que é o direito de todos à segurança e o direito à vida.... tem muita gente mesmo comendo alfafa...

    ResponderExcluir
  68. Joel Marcos Cesetti, não é só em Salvador não.. aqui em Brasília tem tudo isso e muito mais!

    Tanto que aqui é o paraíso das lombadas... incapacidade de respeitar um limite mínimo de segurança, aliado à total ineficiência do sistema em punir severamente aqueles que cometem crimes ao volante de um veículo automotor provam que o "cidadão" brasileiro está muito longe de atingir o direito de portar o adjetivo de "cidadão do mundo"...

    ResponderExcluir
  69. Big Richards17/10/11 14:46

    E esse tal de "Kantynho" (Humm que nome mais gay...) se acha o dono da verdade.

    Vá plantar batatas!

    ResponderExcluir
  70. Nilton Lopes17/10/11 15:42

    Irretocável! Agora o mais maluco, de tanto ficar cego com o chenão desregulado, trafego à noite com óculos de sol... Bem não de sol, lentes Chromax Driving Series, da época que os Ray bans eram Bausch Lomb. Não escurecem e tornam as luzes contrárias ligeiramente alaranjadas como lampadas de vapor sódio e não trocam as cores de semáforos e placas. Para quem sofre com isso devido operação de miopia, como eu, essas lentes são fantásticas.

    ResponderExcluir
  71. Aqui em Santos/SP a "tomada de curva" virou moda. Não há um "mautorista" que não precise jogar o veículo para um lado e fazer a curva para outro, mesmo que esteja a 20 km/h. E como a prefeitura implementa cada vez mais ciclovias, mesmo que somente 3,9% da população as utilize, as ruas e avenidas estão cada vez mais estreitas e o trânsito mais difícil e lento.

    ResponderExcluir
  72. Rafael Bruno17/10/11 17:55

    Pelo que sei no CTB, motocicleta só pode trafegar no corredor quando o trânsito parar. Quando andar, deve andar na faixa, como um carro.

    Procede?

    ResponderExcluir
  73. Escapamento aberto é realmente um inferno. Aqui no bairro passa um mautorista com um Dodge (o Dodge é o Hyundai da déc. de 70) com o escapamento aberto. Infernal!

    ResponderExcluir
  74. Ao Sr Big Richards,

    Posto minhas opiniões e aguardo os comentários, a favor ou contra, afinal, isso é uma democracia. Mas se seu único argumento é a ofensa e a xenofobia... Poxa, que pena que não tem capacidade de argumentação melhor do que essa! Triste não ter aprendido a pensar.

    ResponderExcluir
  75. Essa do farol de neblina incomoda-me profundamente. Até relevo quando vejo algum carro com farol baixo + neblina, não ofusca, não incomoda, ok. Mas o CTB é muito claro: após as 18h, farol baixo.

    Em tempo, os Nissan possuem uma trava eletrônica que impede de acionar o farol de neblina sem que o baixo esteja ligado. E o neblina é desabilitado logo que se aciona o farol alto.

    Sobre o insulfilm, digo por experiência própria: depois de dois carros "filmados", o meu atual não tem filme e insulfilm é um coisa que jamais voltarei a colocar em qualquer carro meu. Eu estava cego e não sabia.

    ResponderExcluir
  76. Quando comprei o meu carro pedi especificamente o que é legalizado (filme)... mas ele parece muito escuro e acho que paguei gato por lebre.. e o pior: A M.... da concessionária fechou... se eu for multado, nem tenho a quem recorrer.

    ResponderExcluir
  77. oS VIDROS LATERIAS DIANTEIROS JÁ ESTÃO NO LIMITE LEGAL

    ResponderExcluir
  78. Beneficios das peliculas escurecedoras:

    Inibe furtos e assaltos, já que os marginais não conseguem ver o que tem no interior do veículo (Rádio, DVD, etc...)

    Inibe o efeito surpresa dos assaltantes.

    Protege o interior do carro em relação ao sol.

    ResponderExcluir
  79. Maleficios:

    Diminui bastante a visibilidade...

    ResponderExcluir
  80. Mano da Periferia18/10/11 14:26

    Meu carro tá assim também!

    ResponderExcluir
  81. Alexandre 218/10/11 14:51

    Esse lance de os marginais não verem coisas de valor... Para isso uso o porta-malas!

    Na minha cidade teve uma festa em que os ladrões estouraram o vidro da porta de vários carros, na esperança de achar um som caro ou outras coisas. Todos eles com película.

    ResponderExcluir
  82. Meu carro tem um DVD que vale quase 2 mil reais. Acham que eu vou deixar o vidro transparente só esperando os vagabundos quebrarem?

    ResponderExcluir
  83. Já experimentei vários tipos de películas nos meus carros e conheço o que há de melhor no mercado. Agora não há resposta contra o argumento da comunicação visual, isto com certeza humanizaria o trânsito. Em outras palavras, vários motoristas agressivos que se escondem atrás da película, não agiriam da mesma forma na situação "olho-no-olho".

    O que mais me irrita são caminhões que jogam pra faixa da esquerda independente da distância e/ou velocidade de que venha na mesma, sinalizando ou não. Estes deveriam perder o direito de exercer a atividade.
    O Anônimo de Santos pode falar, é difícil ou não é? Encarar diariamente a Via Anchieta?

    Transeunte, obrigado mais uma vez pelos esclarecimentos sobre óptica.

    Sds

    ResponderExcluir
  84. Velho da bengala de osso18/10/11 17:43

    "Meu carro tem um DVD que vale quase 2 mil reais. Acham que eu vou deixar o vidro transparente só esperando os vagabundos quebrarem?"
    Merece viu, pq DVD no carro é coisa mais cafona do mundo, além, claro, de ser proibida no painel frontal.
    Mais uma idiotice automotiva para entrar na lista! DVD no carro, faça-me o favor!

    ResponderExcluir
  85. Me lembrei que nos anos 80, época em que ter um toca-fitas furtado era tão certo quanto a morte, um sujeito maluco deixava uma cascavel em cima do banco do carona de sua Caravan. Lógico que este aí nunca teve o aparelho surrupiado

    ResponderExcluir
  86. Fábio Toledo você lembrou bem, a Anchieta é uma das mais perigosas estradas paulistas. É final de trecho para a maioria dos caminhoneiros, já que trazem produtos para o porto santista, que invariavelmente se envolvem em acidentes provocados pelo mal cuidado veículo, excesso de velocidade e nenhum respeito aos automóveis. Atualmente evito esse caminho apesar de ser muito mais prazeiroso aos entusiastas. Pena.

    ResponderExcluir
  87. Alexandre 219/10/11 01:12

    FVG, lembrou bem! Quando eu era pequeno, meu pai nunca teve sequer um rádio no carro porque não queria ter problema com roubo... Portanto música em viagens só com o walkman...

    Lembro que um outro cara da vizinhança, cansado de ter o "tape" roubado, instalou-o debaixo do painel e colocou lâminas embaixo do mesmo para que o próximo ladrão que tentasse arrancá-lo deixasse os dedos por lá... Irrrcc... dava arrepio só de imaginar...

    ResponderExcluir
  88. Eu tenho pelicula por questão de segurança mas não gosto nem um pouco. A vantagem é que posso tirar umas catotas durante o congestionamento sem ficar sendo observado. :)

    ResponderExcluir
  89. Bob, essa vai pra sua lista, mas de burrice SUPREMA.

    Dirigindo hoje durante uma chuva torrencial, com galhos de árvores, buracos e imensas poças d'água/corredeiras em uma avenida, um filho da fruta colou na minha traseira e ainda ficou dando luz porque queria passagem, eu estava a 50 Km/h e mal enxergava o asfalto, quem dirá a faixa..

    ResponderExcluir
  90. Sai da esquerda cegueta!

    ResponderExcluir
  91. Não sabia dessa do farol de neblina. Na cidade, em locais onde há iluminação nas ruas, costumo usá-los à noite ao invés do farol baixo justamente porque acho a luz mais fraca e, dessa forma, é menos provável que ofusque carros que vêm no sentido oposto. Em locais com iluminação ruim ou na estrada sempre uso faróis baixos.

    ResponderExcluir
  92. Não André, você está errado, o farol de neblina ofusca mais, procure utilizar o farol de neblina somente em caso de neblina.
    Sds

    ResponderExcluir
  93. Aqui vai a minha....

    - Deixar a porta do motorista aberta enquanto resolve uma emergência no acostamento, sem ao menos sinalizar devidamente e colocando em risco a segurança de todos da rodovia;
    - Frear bruscamente e passar a 40km/h em um radar de 80 km/h;
    - Esquecer o indicador de direção ligado e (acreditem) rodar inúmeros km com o mesmo ligado, confundindo todos os motoristas num cruzamento...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.