MULTEM AS ÁRVORES!


Foto: UOL Notícias

Tem coisas que quase não dá para acreditar, de tão absurdas. No último domingo, ao ler as manchetes do portal UOL, me deparei com a seguinte reportagem: "Alagoas estuda derrubada de 2.000 árvores às margens de "rodovia da morte". A rodovia em questão é a AL-220, que liga os municípios de São Miguel dos Campos e Campo Alegre.

Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem de Alagoas 92 pessoas feneceram entre 2006 a 2010, em acidentes envolvendo o choque de automóveis contra árvores de uma reserva ambiental particular criada pela Usina Porto Rico. O que mais espanta nessa história é a conclusão das autoridades: a culpa é das árvores!

E não fica só nisso: as árvores além de terríveis assassinas ainda são criticadas pela "audácia" de permanecerem intactas! O grupo que administra a usina responsável pela reserva diz que perdeu 11 empregados nos últimos 10 anos e defende o plantio de árvores "que não ofereçam risco" aos motoristas.

Parece mesmo piada, mas como envolve a perda de vidas humanas, não há nada de engraçado. Pessoas estão morrendo não por culpa da vegetação ao redor da rodovia, mas sim pela falta de bom senso das autoridades e dos motoristas. Árvores não são semoventes, portanto, não tem culpa alguma nestes lamentáveis episódios.

Mas pelo menos dois dos entrevistados parecem ter consciência de que o problema é outro: velocidade incompatível com a via. Adriano Augusto de Araújo, presidente do IMA (Instituto de Meio Ambiente de Alagoas) foi o mais feliz em sua observação “A batida em árvores ou qualquer outra barreira é consequência da perda de controle devido à alta velocidade, pois aquele trecho não é de curva, é todo reto”.

Para que não restem dúvidas, segue a visualização do Google Maps: o trajeto de 32 km que separa as duas cidades não é nem um pouco sinuoso. Muito pelo contrário, as retas são relativamente longas, o que corrobora a idéia de que é a imprudência (e não as árvores) que está ceifando preciosas vidas.

Será que as autoridades vão mesmo providenciar a retirada das árvores? Não ficaria nem um pouco surpreso se colocassem radares para fotografar e multar essas assassinas infratoras. E a Assembléia Legislativa do Estado tratará este assunto com muito carinho, como se o estado não tivesse problemas mais sérios para serem resolvidos.

Multem as árvores!

FB

51 comentários :

  1. Felipe,

    Aqui no braZil, a prática mais comum é a política do sofá !

    abs

    Filipe W

    ResponderExcluir
  2. marcelo vieira (jmvieira)04/10/11 16:25

    é, cada vez mais tecnologia nos aparelhos e mais burrice nas pessoas. antes tinhamos que raciocinar, hoje as maquinas fazem isso. e claro, as autoridades tambem são pessoas.... e nós os que raciocinamos, somos subversivos e chatos!

    ResponderExcluir
  3. Como estive várias vezes lá é importante notar que o grande problema de Alagoas não é a quantidade de árvore e sim a quantidade de álcool. Digo, no sangue não no tanque. Fica dificil quando se vê uma árvore e pensa qual das duas vai desviar.

    ResponderExcluir
  4. Bitu
    Nada mais me surpreende por aqui...

    ResponderExcluir
  5. Aaah é, PQP isso sim é BRASIL. Meu pai corre o risco de ser preso porque podou "excessivamente" uma árvore. O detalhe é que ele tinha autorização de Corte do governo municipal e a polícia ambiental federal multou por causa da poda. Ele só não cortou porque estava tentando salvar a árvore de cupins e agora fica no meio da briga do governo municipal e do federal pra provar que é "inocente".

    E ai o governo pode derrubar 2 mil árvores por causa de imbecis que não sabem controlar o que tem nas mãos. Você que controla no carro ou o carro que controla você? Tem mais é que morrer mesmo, chama controle de natalidade.

    Eu fico puto cada vez que leio jornal

    ResponderExcluir
  6. Tinham deputados querendo proibir o tráfego de caminhões nas estradas pelos mesmos motivos... Talvez quando os acidentes continuarem tentem deixar os carros andando em um sentido só. Se não adiantar vão fazer esteiras rolantes e deixar o carro parado pois a culpa seria da estrada.

    O Brasil só é exemplo no combate ao sofá mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Bitu, mas sem dúvida, a culpa é das árvores!!!

    Os carros passarem bem acima do permitido da via está correto!!! Essas mal intencionadas que ficam ali, paradas, só esperando para brincar de 'búúú' com algum motorista.

    O Brasil é o país da piada pronta!!! Ainda bem que não é em SP, senão o Ka$$ab ia cobrar algum imposto por colisão.

    Alvaro
    www.gasolinanosangue.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Marcelo Augusto04/10/11 16:50

    Eu lembro de uma notícia exatamente igual, só que nos EUA, faz muito tempo. Os cachaceiros viviam se matando numa curva onde havia as dita cuja.

    Portanto síndrome de vira-latas não cabe nesta questão.

    ResponderExcluir
  9. Mister Fórmula Finesse04/10/11 16:58

    E para esses legisladores de meia pataca, é um parto de elefante mandar a polícia ou exército expulsar a pau, chumbo e pedra os madeireiros e fazendeiros ilegais que estão destruindo as reservas do sul da Amazônia...tudo a olhos vistos, devidamente filmado e registrado.

    "Ah, mas estamos estudando e trabalhando no caso" diz A MARMOTA do "otoridade" responsável!!!!

    ResponderExcluir
  10. Vão me apedrejar...04/10/11 17:10

    Põe uma dúzia de quebra-molas que resolve de uma vez por todas!

    ResponderExcluir
  11. Titias Velhas, a culpa não é da velocidade...Mas sim dos "brações".

    ResponderExcluir
  12. Titia Velha04/10/11 17:21

    É mesmo??? Menino inteligente!

    ResponderExcluir
  13. Milton Eller04/10/11 17:43

    Com certeza a culpa é da arvore que está a anos no lugar errado!!!!! e rir para não chorar de raiva.

    ABS

    ResponderExcluir
  14. [ironia] se vcs dirigissem carros eletricos isso nao ia acontecer ... a natureza esta se vingando [/ironia] :D

    ResponderExcluir
  15. Advogado Away04/10/11 17:58

    Ele beijou a arvore!

    Então foi crime passional.

    ResponderExcluir
  16. FIco me perguntando até onde desafiaremos o senso de ridículo para não atacar os motivos reais dos problemas...
    É a velha piada, o cara flagra a mulher na cama com outro, e vende a cama...

    ResponderExcluir
  17. É só passar a velocidade máxima da rodovia para 30 km/h. Enquanto não aprenderem dirigir, não aumenta.

    ResponderExcluir
  18. Daniel San04/10/11 18:28

    Já dizia o grande Juan Manoel Fangio:"Sempre será necessário alguém de cérebro entre o banco e o volante,mesmo que o carro,por si só,seja uma jóia".
    O que se vê por aí são idiotas que,vendo a quantidade de recursos dos carros de hoje,acham que não precisam dirigir prudentemente,que o carro vai limpar todas as m... que ele fizer. Dá nisso...

    ResponderExcluir
  19. Alexandre - BH04/10/11 19:04

    Contra essas “assassinas infratoras” caberia autuação por estacionarem em local proibido, o que justificaria seu recolhimento aos pátios do DER. Como defesa, poderiam recorrer à JARI de algum órgão ambiental...
    Brincadeiras à parte, deixo uma pergunta aos usuários da rodovia e autoridades alagoanas: Não há possibilidade de se instalar barreiras metálicas no local, os famosos guard rails? O que falta? Grana, condições técnicas, vontade política ou tudo junto?

    ResponderExcluir
  20. Babacas existem em todos os lugares e não é o primeiro lugar, que sei, que culpam as verdejantes.

    ResponderExcluir
  21. Leonardo A.04/10/11 19:40

    Nossa, que interessante... Aproveitemos a oportunidade e tirem também das calçadas: os postes, bancas de jornal, placas de transito e de ruas, cavaletes de propaganda, os pedestres, os cachorros... Aí sim, senhores, aí sim teremos um transito seguro que não mais matará ou mutilará... Essa "limpeza" certamente contribuirá também para que IDIOTAS de plantão dirigindo Camaros não estraguem tanto seus brinquedinhos.

    Por favor, me poupem...

    ResponderExcluir
  22. Donkey Kong04/10/11 20:02

    Isso é o Brasil. A banana é que come o macaco...

    ResponderExcluir
  23. Caio Cavalcante04/10/11 20:04

    A primeira providência será colocar uma placa "Cuidado! Árvores margeando a pista" ou "Trecho com vegetação letal"

    Sério, não dá mais, o Brasil se tornou um país impraticável, e nosso trânsito só reflete isso. Último fim de semana fiz rápida viagem à Angra dos Reis. A quantidade de atrocidades que vi ao volante ao longo da Av. Brasil e da BR 101 não está escrito! Batidas presenciei duas. No domingo, pra evitar essa zona, resolvi voltar pela RJ 155 e Dutra. Melhor? Nada! Na Linha Vermelha congestionada, velocidade em torno de 70 km/h, um acéfalo que ia à minha frente simplesmente travou as quatro rodas, de deixar os pneus quadrados, aquela nuvem branca subiu. Distância segura, consegui frear o carro, mas e a preocupação com o outro acéfalo que vinha atrás, colado? Tive que me rebolar pra dar espaço porque se não ele ia encher minha traseira! Minha namorada, que viajava comigo, passado o momento crítico, caiu no choro de tanto desespero causado pelas duas bestas!

    Tá difícil

    ResponderExcluir
  24. Alguém que por si só não sabe dizer se está rápido demais pra sua habilidade, pro carro que tem, E pra via a qual circula (esses 3 elementos juntos) esse alguém não merece nem ter CNH.

    Dener S. R.

    ResponderExcluir
  25. Mais uma da política do sofá. É uma notícia de um mês atrás, mas vale até um post:

    http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2011/8/26/deputado-quer-bebida-no-porta-malas

    ResponderExcluir
  26. Não era só colocar um guard-rail???

    ResponderExcluir
  27. Antonio Pacheco04/10/11 21:28

    As coisas aqui no Brasil estão invertidas. Essa semana li em algum site de jornal, onde o jornalista escreveu o seguinte título para a matéria: "Chuva chega e provoca acidentes na BR 381...".
    Fiquei pensando, agora a culpa é da chuva. Não satisfeitos, agora a culpa são das árvores. Chuva, árvore, vento, etc..., todo dia inventam uma desculpa esfarrapada para a imprudência de alguns maus motoristas. Deixem as árvores em paz! A chuva é bem vinda e nunca pode ser a culpada pela ignorância de alguns motoristas.

    ResponderExcluir
  28. Johnconnor(old rocker)04/10/11 21:33

    Depois de cortarem as arvores aproveitem e troquem todos os postes por modelos de borracha.
    Absurdo.

    ResponderExcluir
  29. Ok, neste caso pode ser mesmo um absurdo, afinal, as árvores margeiam a rodovia, mas conheço casos em que uma (isto mesmo, apenas uma) árvore teve sua derrubada impedida, e permaneceu no meio de um leito carroçavel, ou seja, no meio daquilo que é popularmente conhecido como rua. Como se isso fosse salvar o planeta de morrer sufocado. Coisa dde débil-mental.

    ResponderExcluir
  30. Tenho a impressão de que se o articulista elogiasse a medida, os comentaristas todos iriam na mesma direção!

    92 vidas humanas ou 2000 árvores? As árvores podem ser replantadas em outro lugar, ora pombas! Por mim, podem ir todas para o chão!

    ResponderExcluir
  31. Vitor Alves05/10/11 05:07

    Derrubar 2000 arvores é muito mais fácil do que educar e prevenir, e também mostra "resultado" a curto prazo.

    ResponderExcluir
  32. FB



    Interessante essa medida que querem tomar. Entao pra acabar com furtos e roubos, acabem com o dinheiro e as riquezas. Simples,hein??

    ResponderExcluir
  33. Anônimo das 00h25: sua mãe tá chamando pra dormir...

    ResponderExcluir
  34. anonimo, 0:25
    Não subestime a inteligência dos leitores deste blog.

    ResponderExcluir
  35. REVOLTANTE. ESTÚPIDO.
    Seria bacana se as pessoas parassem de argumentar e aí os idiotas iam ser vitimas das suas próprias conclusões....
    O problema, nesse caso, é a derrubadas das árvores que não tem nenhuma culpa da imbecilidade humana.
    Alagoas é um estado lindo, quem conhece as praias de MACEIÓ, sabe o que estou dizendo, o problema são os alagoanos. ô povinho.

    ResponderExcluir
  36. Aqui é tudo maria via com as outras. Sem contar o complexo de vira lata.

    ResponderExcluir
  37. Mas é sempre assim...o culpado pelo acidente raramente é o motorista, mesmo que ele esteja em alta velocidade. São as árvores e os postes os culpados...sempre teimam em ficar em local irregular.

    Mas cuidado: tem um certo senhor neurótico que adora desrespeitar regras definidas que com certeza vai dizer que elas devem ser cortadas mesmo, afinal andar correndo é normal..os limites impostos é que são baixos.

    ResponderExcluir
  38. Não acredito que tem cara que concorda com o absurdo de derrubar árvores por este motivo. O outro diz que a velocidade não é o motivo, mas sim os "brações"...tá certo...piloto de autorama.

    Tirem os postes também...daí em vez de baterem neles vã entrar nas casas que estão após eles.

    ResponderExcluir
  39. Se os acidentes matassem apenas condutores... Mas aposto que boa parte dos defuntos eram passageiros. Entre 92 humanos e 2000 árvores, eu fico com as pessoas!

    ResponderExcluir
  40. Mais fácil cortar árvores que educar um boçal. E tem energúmeno que embarca nessa estupidez, ou seja, outro boçal.

    ResponderExcluir
  41. PQP!!!

    Por favor acabem com a área de comentários do AE! Perdemos este privilégio! O espaço foi infestado por antas da pior espécie!

    Esta conversinha de "síndrome de vira-lata" é tosca demais (típico da "turminha da esquerda").

    Só peço que não derrubem as belas árvores que estão trabalhando arduamente pela seleção natural.
    Que continuem lá! Nada de guard-rail!!!


    Tá na cara que tem algum alagoano de olho em toda essa madeira!!! Podem checar se não é madeira da booooa!

    AAAAHHH!!!

    ResponderExcluir
  42. Me desculpem, a árvore não é culpada, mas é um fator de risco a mais.

    ResponderExcluir
  43. Me desculpe, você. Fator de risco é, sim, o motorista imbecil que consegue a proeza de se acidentar numa reta. Não fosse a árvore, seria um barranco, um trator ou até mesmo um jumento. Contra burrice não tem lei que dê jeito, por mais absurda que seja.

    ResponderExcluir
  44. Bem que o BOB fala que essa onda do dia sem carro e besteira,os caras preferem que meia dúzia de carros fiquem na garagem por um dia e que no outro se derrubem duas mil árvores por causa de uns idiotas que não sabem dirigir,quando se acha ter ouvido e visto tudo, esses asponis da politica inventam mais essa,brincadeira.
    Ontem aqui em BH um sinal de trânsito pifou no início do dia,até ás 14HS não se havia consertado o semáforo é a empresa que gerencia (bagunça) o trânsito de BH fez? Encheu o cruzamento de cones fazendo com que os motoristas buscassem um retorno que não passava mais que veículo.Esse trecho fica na dita Via Expressa de BH perto da Universidade Católica,quem mora aqui em BH sabe o caos que essa parte da cidade sofre quando algo fora do normal acontece.

    ResponderExcluir
  45. Nós podemos fazer uma enquete de como resolver o problema:

    a) - Instalar uma blitz permanente da lei seca;
    b) - Instalar um série de quebra-molas a cada 50 metros;
    c) - Instalar radares de 30 km/h que disparam a 25 km/h reais a cada 25 metros;
    d) - Esburacar a via para evitar que os carros corram;
    e) - Implantar rodízio (placas 1 e 2 não rodam segunda);
    f) - Implementar a operação comboio;
    g) - Todas alternativas acima.

    ResponderExcluir
  46. Fico imaginando como dirige esse pessoal daqui, que tanto critica os outros...

    ResponderExcluir
  47. Fábio Toledo...esta é boa: SELEÇÃO NATURAL. Assim os manetas, os pilotos...vão morrendo aos poucos.

    Se acidentar sozinho em uma reta é proeza para poucos.

    ResponderExcluir
  48. tinha que ser na terrinha o "titio" Collor... ¬¬"

    Nem compensa comentar sobre isso!

    Abs
    Kiko Molinari

    ResponderExcluir
  49. Aqui no Brasil se trata do efeito como se ele fosse a causa, não há preocupação com a real causa, se lembram da brilhante ideia de limitar a velocidade das viaturas de Policia? ao invés de treinar os condutores?

    ResponderExcluir
  50. Era só o que faltava... O cabeçudo faz meleca, se esborracha na árvore e querem cortar a dita cuja para resolver o problema?! Ah, que falta faz o saudoso Sérgio Porto... Teria "munição" de sobra para continuar a escrever a série FEBEAPÁ (provavelmente já estaríamos no número 238...)

    ResponderExcluir
  51. Bem feito! As arvores estao erradas mesmo! Para início de conversa, devem estar todas com licenciamento e dpvat 2011 atrasados e a velocidade com que trafegam é totalmente imprópria para uma via desse porte. E a semente, é nacional ou importada? Menos de 65% nacional?! Ah! Não dá outra: maior IPI pra essas aproveitadoras! E digo mais: estão todas sem cinto. Um absurdo, deveriam todas serem tiradas de circulação.

    Augusto Filho

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.