PRISIONEIROS

Ao receber umas fotos do motor Toyota de F1 me lembrei de algo que ví ao visitar o box da Renault junto com o Arnado em 2008, que gerou um outro post já publicado.

Um carro de F1 não tem um chassi propriamente dito. O motor e a transmissão são estruturais e fazem parte do "chassi". Quando visitamos o box um dos carros estava sem o motor. Portanto, estava pela metade.

O cockpit, ou célula de sobrevivência, é a parte central, feita de fibra de carbono (ou usando o nome correto, plástico reforçado com fibra de carbono). A suspensão dianteira é montada na frente dessa peça. Logo atrás, a centímetros do piloto, o motor é fixado diretamente com 8 prisioneiros. Aí vem a transmissão, fixada no motor por mais alguns prisioneiros e a suspensão traseira montada na carcaça da transmissão.

Todo esse conjunto forma o "chassis" de um F1. Não há uma estrutura "fechando" tudo isso.

Eu ví exatamente a hora em que o motor era fixado nos prisioneiros já presos no cockpit e fiquei impressionado com a simplicidade dessa montagem. E também pensei na resistência do conjunto e dos prisioneiros, pois não vemos carros de F1 partidos ao meio mesmo em batidas muito fortes.

10 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Eu sabia que os prisioneiros éram resistentes mas também não pensava que era tanto...
    Mas eles não devem ser de aço, devem usar uma liga mais resistente, titânio ou algo assim.

    Faz idéia de qual é o diâmetro desses prisioneiros?

    ResponderExcluir
  3. Clésio Luiz23/10/09 22:20

    Sim, cockpit, motor, transmissão. E onde fica o tanque de combustível nessa história? Eu pensava que era atrás do piloto.

    ResponderExcluir
  4. Clésio, é sim atrás do piloto.

    Imagine que o encosto do banco não é vertical, mas sim bem inclinado, e a parede traseira onde é fixo o motor, essa sim é vertical.

    Neste caso, forma-se um "triângulo" vazio entre a parede e o encosto do banco. Nesse vazio que fica o tanque.

    abs,

    ResponderExcluir
  5. E eu achava que o modo de fixar os cabeçotes e camisas do meu fusca fosse arcaico.

    Muito bom parafusos prisioneiros !

    ResponderExcluir
  6. um Trator tambem é montado dessa forma

    ResponderExcluir
  7. Imaginem o desaforo que esses oito prisioneiros aguentam... Fora o conjunto motor/transmissão/suspensão, esses prisioneiros ainda têm que suportar os esforços gerados na suspensão traseira durante uma corrida, como aquelas "rampadas" nas zebras.

    ResponderExcluir
  8. Falando em prisioneiros, há tempos eu me pergunto por que só a Ford usa os ditos cujos na fixação das rodas dos carros. Isso pode parecer um detalhe irrelevente, mas faz toda a diferença na hora de trocar um pneu no escuro.

    ResponderExcluir
  9. Alan Lopez25/10/09 17:26

    Paulo , tava vendo a matéria sobre a BMW M3 sedan no best cars web site , e percebi que as fotos são suas , que carro eim , será que tem algum video com o som da usina dele?

    ResponderExcluir
  10. Outra duvida.

    Onde é fixada a suspensão no motor?É fixado por prisioneiros ou de outra forma?

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.