FORD GT40 MK IV 1967


Revisitando álbuns antigos encontrei um feito antes do nascimento do AUTOentusiastas e que estava meio perdido: o do Museu Henry Ford.

Visitei o museu pela segunda vez em janeiro de 2007. Com certeza um dos mais bacanas de todos que conheço. Só essa visita renderia um grande post. Mas isso vai ficar para uma outra oportunidade. Enquanto isso o álbum completo está aí na barra lateral. Divirtam-se.

O museu tem muitos carros interessantíssimos e históricos. Entre os especiais, um que gostei muito foi o Ford GT40 Mark IV de 1967. Na época da minha visita completava 40 anos! O carro exposto venceu a 24 Horas de Le Mans de 1967, pilotado por Dan Gurney e A. J. Foyt. 

Mas esse carro me chamou atenção porque é bem diferente dos GT40 mais conhecidos. Minha referência para os GT40 é o modelo anterior que ganhou a prova de resistência de Le Mans em 1966 conquistando também as segunda e terceira posições. Esse modelo (Mark II) teve sua versão de rua (Mark III) e além de ser replicada por vários outros construtores, como a Americar por exemplo (veja o post aqui), também inspirou o moderno Ford GT de 2005/06.

Réplica do GT40 MKI feita pela Americar

Na tentativa de deixar o GT40 mais leve e aerodinâmico o Mark IV usava um novo chassis e era mais longo. Daí o desenho diferente. Esse carro também tem duas coisas interessantes. A primeira é a "cápsula Gurney", um calombo na capota (que é tomada em parte pela porta), que nada mais é que um ressalto para acomodar os mais de 1,9 metro do piloto Dan Gurney. Outro ponto que só vi numa foto do próprio museu é a estranha presença de um pneu sobressalente no cofre do motor. Coisa do regulamento da época.

O GT40 Mark IV tem um motor Ford 427 (7-litros) com mais de 500 cv.







Esta foto: Museu Henry Ford

PK

22 comentários :

  1. E porque o volante no lado direito?

    ResponderExcluir
  2. Nunca nem em sonho imaginaria que esse carro carregava um pneu sobressalente. Deve ser uma tentativa (mesmo que inócua) de dizer que eram "carros de passeio" correndo ali.

    Nessa última foto do museu não dá pra ver direito, mas esse motor usa 2 quadrijets ou as 4 italianinhas de pé em cima do motor?

    ResponderExcluir
  3. Acho o MkIV muito bonito, apesar de não tanto quanto o Mk2 (cuja miniatura repousa aqui na frente do monitor ;] ). Só acho estranho desse carro que ele em nada me lembra os outros GT40. Em tempo, ele parece até ser um carro mais velho que seus antecessores.

    Gosto dos detalhes nas rodas, vermelhos de um lado e azuis do outro (é para facilitar pit stops?)

    ResponderExcluir
  4. Pois é, qual a razão do volante no lado esquerdo? Sei que o GT 40 foi desenvolvido, em grande parte, pela divisão britânica da Ford, mas não sei se isso explica a localização do volante.

    Olhando as fotos é impossível resistir à beleza do MKI. Se um dia entrar um dinheiro da mega-sena compro um, certo.

    Por enquanto economizarei para o GT40 da Americar (não tinha lido a avaliação, sensacional por sinal).

    ResponderExcluir
  5. Por força do regulamento, além do estepe, os protótipos tinham que carregar todos os equipamentos obrigatórios para transitar nas ruas, tipo piscas, buzina e macaco.

    ResponderExcluir
  6. Eu acho que a direção do lado direito tem explicação na maioria das pistas, que são sentido horário. Isso forca menos o piloto em corridas de endurance. Inclusive hoje em dia os pilotos ficam do lado direito do carro, vide Audis e Peugeots.

    ResponderExcluir
  7. Paulo, parabéns pelas fotos. Se puderes, me tira uma dúvida: o que faz um luminoso da chevrolet no museu do H.Ford? Na primeira foto, ao fundo, bem no meio da foto, dá pra ver um luminoso da Chevrolet, o que é curioso devido à rivalidade Ford x GM. Tens a explicação? Abraço. MRM21.

    ResponderExcluir
  8. Eu tive uma miniatura deste GT 40, he, he!

    ResponderExcluir
  9. Irado PK! "Vou ganhar um tempo estes dias", vi que vc tem postado com frequência, que jóia!

    Mais sinistro que isso. Só o Porsche 917... hehehe

    http://vehicle-pedia.com/2010/08/the-fastest-race-car-ever-built-porsche-91730/

    Abs

    ResponderExcluir
  10. Milton Rubinho12/09/11 19:32

    1º:O volante do lado direito se explicava de 3 formas: Alem da base dos GT40 ter sido feita pela Lola Cars(que todo mundo sabe, e inglesa), o fato do piloto sair pela direita significa menor tempo para entrada e saida de pilotos em circitos com sentido horario.
    Junte a isso tambem o fato de que, nessa epoca, os boxes nao tinham mureta de divisao entre a pista e o Pit lane, e era um tanto perigoso sair de um carro pelo lado esquerdo com outros carros se aproximando a 300 km/h, numa epoca que nem os boxes tinham la muita iluminacao.

    2º: Como dito pelo M, todos os prototipos tinham que carregar os acessorios de seguranca e um estepe. Nao nos esquecamos que algumas corridas, como Le Mans e Targa Forio, eram realizadas em estradas fechadas no dia da prova, e alguns circuitos como Nurburgring era muito extensos, e chegar ate o pitlane com um pneu furado numa pista dessas poderia significar fim de prova por conta das avarias na suspensao.

    ResponderExcluir
  11. PK, grande tour fotográfico nos reservou. Belíssimas imagens. Amigos menos atentos, este nao é o museu da Ford Motor, mas da fundação The Henry Ford, particular, que tem a cooperação da Fomoco em sua organização. Por exemplo, eles são responsáveis por todos os documentos, cartas, projetos e afins, produzidos pela Ford até 1955. Ou seja, a Ford do Henry esta guardada aí dentro. PK, adorei as fotos do stand do Ford 49, minha obsessão particular. As melhores que conheço, alias. Se houverem outras, de detalhes do carro em exibição ou mesmo dos displays ao seu pé, eu agradeceria se você as com artilhasse. De qualuqer forma, obrigado pela seleção.

    ResponderExcluir
  12. Em 2007 o Ford GT40 Mark IV completou 40 anos, e não 30 conforme mencionado no texto, o que deixa o modelo ainda mais impressionante!

    No link a seguir há um relato da época sobre as 24 Horas de Le Mans de 1967, com ilustrações de um artista espanhol:

    http://www.mplafer.net/2007/12/as-24-horas-de-le-mans-de-1967-parte-1.html

    ResponderExcluir
  13. E mais um grande post do PK. Só as fotos já são uma viagem a parte. E realmente desconhecia o Mk IV do GT40. Vivendo e conhecendo ;D

    Abs
    Kiko Nolinari - Carros Raros BR

    ResponderExcluir
  14. Parece ser muito bacana o Museu Henry Ford. Esse GT40 Mk IV é muito bonito, bem ao estilo dos carros de competição da época.

    Fico impressionado com o poder de observação de alguns. Só percebi que as porcas de roda tinham cores diferentes depois de ler nos comentários...

    ResponderExcluir
  15. Milton Rubinho,
    Obrigado pelas explicações. Conferem.
    Abraço.
    PK

    ResponderExcluir
  16. Nikollas,
    Obrigado pelos comentários. Infelizmente não tenho mais fotos dessa parte do museu.
    Abraço
    PK

    ResponderExcluir
  17. As porcas das rodas tem cores diferentes em cada lado pois cada lado tem a rosca num sentido. Para facilitar as trocas de pneus as porcas são no centro. Só que estando concêntricas com o eixo de rotação das rodas, no lado esquerdo elas tendem a se soltar com a rotação das rodas.
    PK

    ResponderExcluir
  18. As porcas das rodas tem cores diferentes em cada lado pois cada lado tem a rosca num sentido. Para facilitar as trocas de pneus as porcas são no centro. Só que estando concêntricas com o eixo de rotação das rodas, no lado esquerdo elas tendem a se soltar com a rotação das rodas.
    PK

    ResponderExcluir
  19. Anônimo das 15:17,
    O museu apesar de ser da Ford é sobre a história do automóve, ou da mobilidade. Lá tem de tudo!
    abraço
    PK

    ResponderExcluir
  20. Fabio, com certeza o 917 é um monstro. PK

    ResponderExcluir
  21. JT, exato! Já estou corrijindo o texto.
    Obrigado pelo link também. Abraço.
    PK

    ResponderExcluir
  22. Pra pilotar (virtualmente) esse e vários outros carros de GT de 67, a gplbrasil tem um campeonato rolando todas as terças, 22 horas. Apareçam por lá em www.gplbrasil.com.br (qualquer dúvida apareçam em www.gplbrasil.com.br/chat)

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.