APOSENTADORIA ATIVA


Executivos da indústria automobilística se aposentam todo dia. Se for alguém muito importante, provavelmente leremos alguma nota de rodapé sobre o acontecido, seus funcionários fazem uma festa de aposentadoria, e nunca mais ouvimos falar dele. É o normal.
Mas não é o que acontece com Bob Lutz. Mesmo aposentado, o ex-fuzileiro naval ex-piloto de caça, ex-executivo, ex-tudo, e o entusiasta preferido de 10 entre 10 americanos, Bob Lutz continua sendo notícia. Para quem mora em Urano e nunca ouviu falar dele, vale a pena ler um post antigo do JJ clicando aqui. Seja uma coluna de David E Davis Jr sobre os carros da família de Lutz na Car and Driver americana, seja uma foto dele ao comprar uma nova moto BMW em blogs americanos, Lutz parece não querer desaparecer, e continua a tomar espaço na imprensa.
Mas não é para menos. O sujeito é realmente uma peça rara, e um cara que realmente fará falta na indústria. Vejam por exemplo a foto que abre este post, de seu tempo na GM Europa. Ainda jovem, mas já vestindo seu famoso manto de capotador de carros com estilo, e seu indefectivel charuto. Esta foto é tão legal que já virou motivo de brincadeira na internet, como podemos ver abaixo:

Como se não bastasse, por coincidência topei com mais duas referências a ele ultimamente. A primeira veio do JJ, que pesquisando para seu post sobre o Ford RS200, encontrou a foto abaixo e me enviou:
Lá está o homem de novo, charuto na mão... Com passagens importantes na GM, Ford, BMW e Chrysler, não há como não admirar a carreira do sujeito. Mas ainda tem mais. Outro dia comprei um livro inglês de 1972 em um sebo, chamado "Sports Cars", que conta uma breve história do gênero, desde seus primórdios. Quando chega nos anos 30, mostra a foto de um belíssimo Riley MPH verde, abaixo. No texto, uma breve descrição do carro, e no final, a surpresa: "Este belíssimo MPH restaurado pertence ao chefe da BMW, Bob Lutz."
Uma coisa é certa, a passagem de Lutz pela Terra está longe de ter passado despercebida...
MAO

12 comentários :

  1. MAO,

    Madrugou hoje! Hehe

    Vê se não some.

    ResponderExcluir
  2. É, está faltando Bob Lutz para dar um jeito na indústria brasileira de eletrodomésticos sobre rodas, que tanto querem que acreditemos que sejam carros.

    ResponderExcluir
  3. pena nao poder clona-lo.seus pares atualmente entendem tanto de carro quanto o lula de fisica quantica.

    ResponderExcluir
  4. MAO
    Ele capotou com um Del Rey no campo de provas da Ford, em Tatuí, SP. Deve ser saudade dos tonneaux nos aviões...

    ResponderExcluir
  5. Mister Fórmula Finesse17/07/10 09:04

    Rs..Bob! Muito interessante....como ele conseguiu tal proeza? Com certeza não eram os fords propelidos pelos blocos da Volks certo?

    Post excelente MAO, gigantes ainda caminham sobre a Terra!

    ResponderExcluir
  6. Bob, dizem por aí que não foi um Del Rey, mas uma Parati. E que Sr. Lutz teria descido do carro reclamando da suspensão, que era uma porcaria. Aí alguém disse a ele "não é Ford, é um Volkswagen". Tempos de Autolatina.

    ResponderExcluir
  7. LF
    Lembrou, foi exatamente isso, a memória me traiu. Obrigado por mim e pelos leitores.

    ResponderExcluir
  8. Só para usar o assunto atemporal,uma dica :

    Amanhã no Vrum, teste do Ford GT 40,versão da Americar com 350 Cv, 8:00 hrs SBT, por Emílio Camanzi, (ou no site www.vrum.com.br/tv,já disponível).

    É muito bom o teste.

    ..................................

    Sobre o xará do Bob, que na versão tupiniquim nunca deve ter capotado nenhum carro, o cara deve ser muito maluco de virar uma Parati, provavelmente de propósito ,ficar de roda pra cima sem capacete ou santo-antõnio no carro.

    ResponderExcluir
  9. Aquela foto com o Aztec é maldade. Dá a entender que o carro é mais feio que carro capotado.

    Dá pra fazer a mesma montagem com o Agile...

    ResponderExcluir
  10. Pedro Bergamaschi17/07/10 21:53

    Adorei ver esse post, esse é um homem grandioso.

    Alguém aí tem mais histórias sobre as capotagens dele?

    ResponderExcluir
  11. Bob Lutz com certeza nao conhece a GM brasileira, porque se conhecesse, nao deixaria do jeito que esta.

    ResponderExcluir
  12. Tive que ler também o post do JJ antes de comentar... ambos muito bons!

    Mas o sentimento que ficou depois de ler os comentários (dos dois textos) foi sobre esta coisa angustiante que está a GMB... é de dar pena!

    E pensar na época que carro era GM ou VW e o resto era resto... Agora a GM é a opção dos "loucos por promoção"... afff

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.