VOANDO BAIXO

Talvez em nenhum outro lugar do mundo o termo "voar baixo" se aplique tão adequadamente quanto em Flugplatz, Nürburgring. Flugplatz, em alemão, quer dizer aeródromo, pista de pouso (aeroporto é Flughafen). Local de fotos dramáticas e acidentes fatais, é interessante notar que o nome não é devido ao efeito que causa nos automóveis, mas uma incrível coincidência. Havia uma pista de pouso de aviões pequenos próximo a esse local.
Fica fácil notar a rampa de decolagem

Flugplatz
Não é de hoje que os carros voam nesse local...
Fotos dos treinos da recente prova 24 Horas de Nürburgring:
Uns são mais equilibrados que outros. Note a simetria do voo.
Carros de corrida com uma ou duas rodas no ar dão aquela sensação de estar além dos limites.
Esta última foto não é de Flugplatz, mas do WTCC. Um show!
Abraços,
MM

12 comentários :

  1. MM, a primeira foto do post é simplesmente maravilhosa.

    abs

    ResponderExcluir
  2. Paulo Ferreira28/06/10 14:39

    Show mesmo... carros de corrida no ar realmente tem um algo a mais. Eu diria que esta é a minha preferida:

    http://www.zona-f1.com/joomla/components/com_joomgallery/img_originals/competicin_3/dtm_alfaromeo_20090924_1904249739.jpg

    ResponderExcluir
  3. a foto do 8atmóvel é clássica. Carro de corrida tem que voar mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Marco Molazzano28/06/10 21:57

    Paulo Ferreira,

    linda foto. Mas parece realmente fora de controle. Dali a 3 segundos o carro ainda estava inteiro?

    MM

    ResponderExcluir
  5. Paulo Ferreira28/06/10 22:35

    Marco,

    Não sei responder, encontrei essa foto certa vez pesquisando sobre essas Alfas DTM.

    Tomara que ela tenha durado mais que 3 segundos após a foto, pois é linda.

    ResponderExcluir
  6. Pro meu gosto, nem todos esses GT-1s e DTMs somados têm mais drama visual no Flugplatz do que o fórmula 2 dos anos 60.

    ResponderExcluir
  7. Nos anos 60 a "rampa de decolagem" era bem mais pronunciada, depois reformaram para suavizar os saltos, creio que depois do acidente do Lauda.

    Em vídeos de Grand Prix dos anos 60 tem carro que sai quase meio metro do chão e os pilotos tinham toda uma estratégia pra decolar de forma a cair o máximo possível com as 4 rodas no chão, já que assim que aterrissa tem uma curva forte à direita e não era muito legal chegar ali sem contato com o chão. :)

    Ainda há um salto bem forte antes da primeira das duas "Brünchenn", se não errei a localização.

    ResponderExcluir
  8. ... e vem um tal de Hermann Tilke estragar os autódromos, com suas curvas insossas e suas pistas quase sempre planas. Nürburgring, Interlagos (antigos), Watkins Glen e Brands Hatch, Dijon-Prenois, sim, é que eram pistas de verdade. Que saudades daqueles tempos...

    ResponderExcluir
  9. Marco,

    Pra não dizer que não existem novos (e bons) autódromos, tem o novíssimo do Algarve-Portimão com um traçado à antiga sensacional que eu considero de longe o melhor do mundo entre os recentes.

    Tem vários vídeos onboard no YouTube, se procurar um pouquinho.

    http://www.autodromoalgarve.com.pt/

    ResponderExcluir
  10. Marco,

    As fotos das duas últimas BMWs não são na curva Flugplatz, mas na Pflanzgarten.

    Com um carro um pouco mais duro, é mais possível você "decolar" na Pflanzgarten do que na Flugplatz.

    Com um carro de rua até algo em torno de 200 cv, a geografia da Flugplatz é relativamente tranquila, pois você não precisa freiar para entrar na curva, logo o quase salto é apenas algo divertido.

    Na Pflanzgarten o salto está num ponto extremamente crítico, onde é necessária uma frenagem curta e forte logo antes do turn-in de uma curva bastante complicada. Normalmente freia-se antes e depois do salto. Mas quem anda com um ritmo muito forte, consegue freiar somente logo após o salto. E desta situação saem muitas fotos belíssimas. O bump ali é mais pronunciado que na Flugplatz.

    O único problema é que se seu carro tem ABS, e você freia enquanto o carro está; ou no ar, ou na iminência de decolar, logo quando o veículo aterrissa, e teoricamente re-adquire capacidade de frenagem, você se vê praticamente sem nenhuma potência de frenagem, pois o sistema eletrônico se confunde com a situação.

    Quando vemos também que a Pflanzgarten é uma das pouquíssimas curvas beneficiadas com uma generosa área de escape com areia, já dá para concluir que nela, o buraco é mais embaixo.

    Mas em ambas as curvas o bump é encarado em velocidades altas. Entre 150-160 Km/h (Flugplatz) e entre talvez 130 - 150 Km/h (Pflanzgarten), velocidades estas para um carro com míseros 130 cv.

    Enfim, diversão e belíssimas fotos em ambas curvas. rs

    Abraço,

    Eduardo Cenci

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.