E VEIO A COPA DE FUTEBOL

Por que será que tudo precisa mudar de ritmo por causa de um esporte absolutamente chato? Acredito que seja a falta do que fazer que leva a maioria a considerar que futebol é a coisa mais importante do Brasil. Afinal, o País vive um momento econômico bom, bem planejado mais de uma década atrás e que provou funcionar bem, apesar dos milhões de outro problemas existentes. Ironicamente, então, não temos nada para resolver, pode-se, sim, parar de trabalhar para assistir a um jogo de bola.
Não é verdade, claro.
Ontem já comecei o meu processo normal de não assistir a nenhuma partida e aproveitar meu tempo com algo útil, principalmente se for relativo a automóveis. Faz muito pelo meu espírito.
Na Copa passada aproveitei uma das partidas da seleção nacional para instalar os pára-barros em um jipe que eu possuía, e para o qual dedicava pouco tempo. A folga do trabalho, imposta a todos os funcionários, veio a calhar. Fiz o que precisava, em vez de perder duas horas de minha vida com algo que não a mudaria em nada.
Meu desprezo por esse jogo de bola vem de não muito tempo. Cheguei a ir por um bom período a estádios, e assistir a muitas partidas na televisão. Copa do Mundo? Também me entristeci de ver a Seleção perder algumas finais, como contra a França em sei lá que ano.
Mas cansou.
Um reflexo dos absurdos brasileiros se faz no futebol. Salários injustos (para cima ou para baixo), trabalho de menos, politicagem demais e responsabilidade sempre tendendo a zero. Não dá para aguentar tanta falta de inteligência acumulada em um só esporte. Então, parei e me dediquei mais ao que importa: família e carros.
Acredito que dê para fazer alguns consertos rápidos, regular um levantador de vidro que começa a ter problemas em um deles, ou descobrir por que não acende uma luz no painel no outro. Ou ainda, se a preguiça for mais forte, apenas continuar a ler os vários livros que se acumulam. Sem dúvida aprenderei algo.
Diferente de ficar olhando para uma tela de TV e babando, torcendo por um gol, para gritar e pular por um motivo fútil, uma bola.
Prefiro babar por um carro. Tem mais consistência.
JJ

59 comentários :

  1. Eurico Jr.16/06/10 09:37

    Juvenal, faço minhas as suas palavras. Nego-me a dedicar tempo, dinheiro e energia a este "ouro de tolo", onde pessoas que sequer possuem escolaridade suficiente para descarregar um caminhão ganham milhões para correr atrás de uma bola. E ainda acham que estão prestando um inestimável e abnegado serviço à Nação.

    ResponderExcluir
  2. Até que enfim alguém que teve coragem para falar algo que, infelizmente, só a minoria pensa.

    É inadmissível um país parar por causa de 90 minutos de bola rolando. A política do pão e circo está funcionando (leia-se "bolsa família" e "copa do mundo").

    Coincidentemente, ontem, após 10 dias, meu carro que, estava recebendo uma nova caixa de direção ficou pronto. Sim, a ford não tem nada em estoque. Recebi um telefone às 11:40 dizendo que a concessionária fecharia às 13:30 por causa do jogo e por isso deveria ir pegar o carro antes desse horário.

    Bom, reflexos da concentração do brasileiro no trabalho: o carro, um Focus do modelo antigo, voltou pior do que estava. Notaram? Aprontaram tudo correndo para ver o "jogo", a coisa que mais interessa na vida deste povo desprovido de qualquer coisa que se aproxime de inteligência e senso crítico.

    Muito obrigado JJ!

    ResponderExcluir
  3. me enoja esse tipo d pensamento 'sou brasileiro então eu tenho d torcer prá seleção' esse patriotismo bissexto ridículo, mas em geral gosto mto d ter folgas no trabalho qdo a seleção joga, ontem msm, me dediquei a um passatempo bem mais prazeroso q ver 22 marmanjo d shortinho correndo, tomei umas breja, olhando a mulherada e botando o papo em dia com um amigo d infância q há tempos ñ via, e q, se ñ fosse a folguinha do trabalho, ñ poderia vê-lo.

    torço pro brasil sim, mas em outra coisa q acontece d 4 em 4 anos, na eleição!!!! na copa, por mim, se o brasil chegar na semifinal, tá ótimo, pq a final é em domingo e domingo eu ñ trabalho msm....

    ResponderExcluir
  4. Mesmo sem ter qualificação para tanto, afirmo que futebol e Copa do Mundo do esporte são uma espécie de loucura coletiva. Por exemplo, o Fórum de Leitores do jornal "O Estado de S. Paulo" está repleto de manifestações sobre o jogo de ontem, a Copa, Dunga, Kaká etc., em vez de o espaço ser usado para se discutir os assuntos realmente relevantes para o Brasil. Fora que é um despropósito parar um país por causa de competição esportiva, seja ela qual for. Você fez muito bem, JJ.

    ResponderExcluir
  5. Concordo . .

    E amaldiçoados sejam os idiotas torcedores com suas insuportáveis cornetas correndo pelas ruas fantasiados,gritando como animais, fazendo barbaridades no trânsito
    ( vi três capotamentos ontem na estrada )geralmente bêbados devido a esse fanatismo ridículo chamado futebol.

    Enquando os imbecis pararam o País para ver "22 babacas correndo" eu fui aproveitar meu tempo para terminar de montar um belo 302 V8 (muito mais útil e divertido, né?)

    Por isso é que o meu negócio é carro !Tô no lugar certo !!!

    Abraços

    Daniel

    ResponderExcluir
  6. Isso já está enraizado na nossa pobre cultura , impossível quebrar isso, eu aproveito e assisto o jogo deitadão no sofá,hehehehehe...JJ, aí tb não dá , atualmente eu pago para fazerem pra mim, depois de mexer em carro o dia inteiro se tiver que mexer no meu eu taco é fogo nele,hahahahah...........

    ResponderExcluir
  7. Sou muito criticado por meus amigos pelo meu total desapego ao futebol, mas pelo amor de deus é ridículo um país inteiro parar por causa disso. O país inteiro deixa de produzir muito apenas por esta histeria coletiva... a mídia sófala nessa m de copa e haja saco para aguentar tanta palhaçada.

    ResponderExcluir
  8. JJ,

    O futebol em si não é o culpado pelos problemas do Brasil, nem o salvador da pátria (como muitos pensam), assim como xingar o Lula não vai melhorar em nada as áreas que muitas vezes nem é de responsabilidade dele, mas todos xingam, até sem saber.

    A verdade é que o povo é burro, precisa de diversão para não perceber os absurdos que acontecem, seja na política, na segurança pública ou até entre vizinhos de bairo... para isso o Carnaval e a Copa do Mundo são excelentes. Nessa hora todo mundo lembra pelo menos a primeira parte do hino, todos viram patriotas, com bandeiras, etc. é realmente o pão e circo agindo, até hoje, explícito.

    Teste: pegue um cara qualquer, do seu trabalho. Pergunte sobre o Lula, ele vai logo criticar e xingar, destacando veemente o fato deste ter formação escolar precária. Então pergunte pra ele qual é a escalação do Brasil nesta copa, ele lhe dirá a escalação completa, com certeza! Aí pergunte pra ele o nome do ministro da agricultura, pecuária e abastecimento... duvido que ele saiba.

    Resumo? Criticar é fácil, difícil é fazer.

    ResponderExcluir
  9. JJ,

    O futebol em si não é o culpado pelos problemas do Brasil, nem o salvador da pátria (como muitos pensam), assim como xingar o Lula não vai melhorar em nada as áreas que muitas vezes nem é de responsabilidade dele, mas todos xingam, até sem saber.

    A verdade é que o povo é burro, precisa de diversão para não perceber os absurdos que acontecem, seja na política, na segurança pública ou até entre vizinhos de bairo... para isso o Carnaval e a Copa do Mundo são excelentes. Nessa hora todo mundo lembra pelo menos a primeira parte do hino, todos viram patriotas, com bandeiras, etc. é realmente o pão e circo agindo, até hoje, explícito.

    Teste: pegue um cara qualquer, do seu trabalho. Pergunte sobre o Lula, ele vai logo criticar e xingar, destacando veemente o fato deste ter formação escolar precária. Então pergunte pra ele qual é a escalação do Brasil nesta copa, ele lhe dirá a escalação completa, com certeza! Aí pergunte pra ele o nome do ministro da agricultura, pecuária e abastecimento... duvido que ele saiba.

    Resumo? Criticar é fácil, difícil é fazer.

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito de futebol, e acompanho essa copa sempre que posso. Mas futebol pra mim é lazer, momento de distração e ponto. Não é religião, não é obrigação, não é ópio, não é sofrimento, não é aposta... apenas curtição.

    Jogo tá ruim? Vou ler um livro, dar uma volta...

    Torço quando quero e pra quem eu quero. Gosto do esporte, da arte (rara hoje em dia).

    O problema não é o futebol, mas quando isso vira fanatismo e manobra política. Aí fede. Pena que muita gente não respeita o direito do outro de não gostar (especialidade de brasileiro pensamento de manada e autoritarista).

    ResponderExcluir
  11. JJ,

    Já confirmamos mais de uma vez em pesquisas, inclusive com leitores, qua a grande maioria das pessoas que gostam muito de carro, autoentusiastas, quase não liga para futebol.

    Acho uma loucura total esse negócio de copa do mundo. Mas como estou deixando de ser reclamão aproveitei para curtir a bagunça e fazer como todo mundo faz, esquecer um pouco dos problemas e de todas as pendências que tenho para resolver.

    Não mudou minha vida, mas foi um descanso.

    PK

    ResponderExcluir
  12. falam, falam mas tem alguém que continua a trabalhar enquanto todo mundo para pra ver o jogo?

    ResponderExcluir
  13. Mister Fórmula Finesse16/06/10 11:43

    Calma pessoal, também compartilho o total desprezo ao futebol e a Copa do Mundo, odeio toda essa ronha em torno da seleção e os "valores" dela a mim não dizem absolutamente nada!

    Odeio futebol e seus periféricos mas também não fico tachando as outras pessoas de idiotas só porque elas têm um gosto diferente do meu.

    É rídiculo o país parar por causa de futebol? é....é patético tantas analises tentando fazer de um esporte monótono algo atraente? também...mas não vamos radicalizar contra as pobres almas que usam essa pobreza esportiva como algo divertido em suas vidas.

    ResponderExcluir
  14. Jose Dutra16/06/10 11:46

    Meu desprezo do futebol vem de berco, juntamente com minha paixao por automoveis. Concordo em quase tudo com voce JJ, porem nao podemos fazer a troca de paixoes(futebol-carro). A questao ai seria um pais em crescimento(e ainda falta muito) parar por periodos consideraveis para NADA. Isso mesmo, NADA! Se o Brasil ganhar a copa, os jogadores, a CBF, a midia, vao ficar mais ricos, e SO. Sou completamente contra futebol fanatico. O carro pelo menos nao deixa de ser um investimento e tem utilidade pratica. Uma pena, espero estar vivo para ver a decadencia do fanatismo. Abracos

    ResponderExcluir
  15. Mister Fórmula Finesse16/06/10 11:47

    continuando: as pobres almas que veneram com fanatismo a copa do mundo e seleção...bem entendido!

    ResponderExcluir
  16. Legal, não estou sozinho no mundo.
    Futebol= Boring!

    ResponderExcluir
  17. Bom saber que existem pessoas com pensamento similar. Não igual, apenas parecido.
    Eventualmente assisto algum jogo e considero mais honesto um torcedor de um time qualquer. Essa seleção desagrada gregos e baianos pois nunca será o time do "coração" Como não torço pra nenhum fico a vontade para criticar e como sou "espancado" pelos amigos.
    Melhor mesmo é cuidar de detalhes que vão sendo empilhados por falta de tempo, durante esses eventos. Cuidar do carro, ler um livro, consertar aquela torneira que pinga e vc nunca tem tempo e a mulher vive reclamando... por aí.

    ResponderExcluir
  18. Fui pra casa jogar Gran Turismo 5 Prologue. Escutar um Corvetão gritando no meu ouvido em Daytona, fazendo curva em trilho depois de 2 dias configurando a suspenção é MUITO melhor q ver 22 milhonários correndo atras de bola!

    ResponderExcluir
  19. Juvenal

    Gosto de assistir futebol, pois encaro o jogo como uma peleja, uma grande batalha. Mas não sou fanático, eu me divirto com qualquer jogo, ainda que seja XV de Piracicaba X Ferroviária.

    Ontem mesmo eu estava torcendo para a Coréia do Norte e comemorei muito quando fizeram gol: foi aí que eu descobri que as pessoas não lhe convidam para assistir o jogo, mas sim para torcer junto com elas.

    Espero que a seleção volte para casa ainda no domingo, assim as coisas voltam logo ao normal.

    FB

    ResponderExcluir
  20. Pedro Bergamaschi16/06/10 12:43

    A única coisa boa que a copa traz pra um entusiasta como nós é o trânsito. Nenhum jogo do mundo me dará o mesmo prazer que percorrer as mesmas ruas que percorro todos os dias, mas mantendo altas médias de velocidade horária. Não precisa se preocupar com ninguém mudando de faixa sem sinalizar, motoqueiros que aparecem do nada, "azulzinhos" escondidos pra te multar, carros de auto-escola, nada. Só dirigir, ouvindo uma boa música e se preocupando APENAS com o caminho à sua frente.

    ResponderExcluir
  21. Concordo com quem criticou, acho futebol muito chato e copa do mundo ainda mais.

    ResponderExcluir
  22. Vão dizer isso ao Carlos Sainz ( 2 vezes campeão mundial de rally, e atual campeão do Paris Dakar ), e ao alemão Michael Schumacher!!! Pilotos profissionais, extraordinários, milionários, reconhecidos mundialmente...e que em seus momentos de folga e descontração, apreciam uma aprtida de futebol! ahhh, claro...e se não bastasse isso, são muuuito mais AUTOentusiastas doque eu, e todos nós juntos!! E tem mais hein! uns 70% dos companheiros que aqui comentam, são totais hipócritas! E querem se passar por diferentes, cultos, e pseudos-moralistas.

    ResponderExcluir
  23. Eu curto muito futebol, sem nenhum fanatismo ou patriotada. Gosto do BOM FUTEBOL.
    Sou apaixonado por carros também. Acho que não tem nada a ver o lance de quem é autoentusiasta não gosta de futebol.
    Conheço gente que odeia futebol, nunca teve CNH e não tem a mínima idéia que o Opala teve mais de um tipo de motor...
    TUDO, tudinho, que é feito por fanatismo é ridículo, seja futebol, religião ou atomóveis...

    ResponderExcluir
  24. Faço das palavras do Rodrigo Ciossani as minhas, acho futebol um esporte gostoso de assistir. O que acaba com a imagem do esporte aqui é o fanatismo.

    ResponderExcluir
  25. Além disso, o pavo mais autoentusiasta que existe, em sua imensa maioria, também é apaixonado por futebol... Perguntem aos ingleses!!!
    Outro pessoal que curte muito a cultura do carro, não tanto quanto o bretão, prefere futebol americano, basquete e baseball. Eu acho futebol beeeem mais interessante que todos esses...

    ResponderExcluir
  26. Mister Fórmula Finesse16/06/10 13:38

    Anônimo: ser um piloto laureado não credencia ninguém a ser mais "autoentusiasta" que um outro civil que também adora carros.

    Não misture alhos com bugalhos!

    ResponderExcluir
  27. Eu nao tenho nada contra.
    Como disse o PK, eh um momento de descontracao com os amigos, e de esquecer alguns problemas.
    Mas nao sou fanatico, nao tenho camisa nem pretendo comprar uma.
    Aqui, na Inglaterra, onde ninguem para pra ver jogo nenhum, eu chego em casa, abro minha cerveja e curto o momento.

    ResponderExcluir
  28. seu Buce;

    Eu trabalhei, meu post sobre Opala Envemo foi na hora do jogo.

    Mas a maioria das pessoas nem tem essa opção, as empresas fecham.

    All,

    Não ligo para fanatismo em futebol, pesar de não ligar para ele myself. O que me incomoda é gente bebendo e fazendo carnaval e besteira na rua, e crianças sexualizadas nessas festas.Barulho de corneta, barulho de rojão, ruas interditadas, bebados nas ruas. Carnaval fora de hora.

    Nada de bom pode vir disto.

    Pretendo sempre postar na hora de jogo, tirando os dias que aproveitarei as estraas e ruas vazias para viajar.

    JJ,

    Muito bem dito!

    MAO

    ResponderExcluir
  29. Mister Fórmula Finesse, É como muitos dizem!..aquele que aprecia o futebol ser taxado como ignorante, e movido pela grande massa, oque é ridículo, logo minah réplica é usar do artifício de que só aqueles envolvidos diretamente com os veículos motores ao extremo, são os verdadeiros entusiastas! ''burros tds aqueles que acompanham futebol '' Entusiastas, só aqueles que faem da sua profissão o seu prazer''. Acho que para um bom entendedor, meia palavra basta! Sacou?

    ResponderExcluir
  30. Sabem aquela estória do "pão e circo"? Costumo dizer que o brasileiro é um povinho tão à toa, que se contenta só com o "circo". Não foi por acaso que os políticos se empenharam tanto em trazer as Olimpíadas e a Copa do Mundo para cá: isso vai lhes render em todos os sentidos, sejam políticos, sejam financeiros. E eu aposto o que vocês quiserem, que os prometidos "legados" que estes eventos vão deixar serão nulos, tudo aqui vai continuar o mesmo caos de antes. Ontem, dia de semana, vi a histeria no trânsito, por conta de pessoas querendo chegar em casa para ver o jogo: buzinas, avanço de sinal, cruzamentos fechados...Está para nascer um povinho para gostar e se contentar tanto com circo, quanto o nosso. Em tempo: alguém disse que xingar o Mula, digo, Lula, não vai adiantar. Não vai mesmo, mas há um pensamento do escritor norte-americano Mark Twain, com o qual concordo 1000%, que é o seguinte: "Em certas circunstâncias, um palavrão provoca um alívio inatingível até pela oração". Então, VÁ PARA O RAIO QUE O PARTA, LULA, E LEVA A DILMA JUNTO!!! Em tempo II: o futebol bem jogado é bonito de se ver, é emocionante, mas não é motivo para se matar ou se morrer por um time, como muitas vezes acontece. Perdeu, perdeu, ganhou, ganhou.
    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  31. Apenas explicando melhor !

    De forma alguma estou tachando quem gosta de futebol , e curte esse esporte de inferior ou qualquer coisa do tipo , porém
    como disse anteriormente o que me incomoda (e muito) são os
    " efeitos colaterais " que citei sobre esse fanatismo por futebol.

    Sou ,(como muitos outros entusiastas) também um pouco fanático por carros , porém não saímos por aí parando um País para sair da Empresa mais cedo com um comportamento animalesco só comparável a um estouro de boiada!!

    Nada contra torcer , nem assistir, porém a selvageria que vi ontem logo após as 12:00Hrs é típica de um povinho que se contenta apenas com MIGALHAS....

    ResponderExcluir
  32. E eu pensava que era o único no mundo que preferia qualquer outra coisa a ver futebol... Fico feliz em ver que tenho vários semelhantes. Acho um absurdo um país parar para ver 22 barbados correndo atrás de uma bola.

    ResponderExcluir
  33. Mister Fórmula Finesse16/06/10 17:48

    Anônimo: que salada!

    ResponderExcluir
  34. Sigmund Freud16/06/10 17:56

    Curtam o carro de vocês e esqueçam os outros. Simples igual ceder a esquerda para um "apressadinho"...

    ResponderExcluir
  35. Fiz algo muito legal ontem durante o jogo e depois que o transito sumiu das ruas! dei uma boa volta de Camaro com as ruas super tranquilas. Mas voltei pra casa antes de o jogo acabar, porque depois viriam os bebados....
    Vamos considerar que somos os normais numa terra de cegos ok? Em terra de cego quem tem olho é rei!

    ResponderExcluir
  36. Na hora do jogo do Brasil,como bom Autoentusiasta que sou estava lendo o AutoEntusiastas e vendo alguns videos de Le Mans

    ResponderExcluir
  37. Existe um "zilhão" de coisas melhores que futebol que dá para fazer na hora do jogo.

    Não concordo em parar fábricas só para ver um joguinho de futebol via TV, coisa mais sem sentido. Porém, como a empresa onde trabalho irá parar nos dias em que o Brasil jogar (decisão que veio "de cima", não pedi nada disso), vou mais é aproveitar esse tempo livre para fazer outras coisas mais interessantes.

    Realmente, após o jogo é um festival de asneiras, em toda parte (trânsito, comportamento, bagunça etc. etc. etc...)

    ResponderExcluir
  38. Me encaixo no perfil dos autoentusiastas que não ficam loucos por Copa do Mundo .É tão bom sentir que não estou sozinho .

    ResponderExcluir
  39. aproveitei a hora do jogo pra andar pelas ruas de carro, não tem nada melhor.

    ResponderExcluir
  40. Eu sempre deixo aquele velho ditado americano, como "quote" no meu MSN: "MOTOSPORTS! Because soccer, basket, bowling and golf requires just ONE BALL!"

    ResponderExcluir
  41. Respondendo ao seu Buce, assim como o MAO, eu também preferi ficar trabalhando, ao invés de assistir o jogo.

    Concordo totalmente com o post do JJ, e gostaria que a maioria dos brasileiros não fossem tão fanáticos, e nem maria-vai-com-as-outras, por ele...

    ResponderExcluir
  42. Assim como gostar de automóvel nada tem a ver com as ridículas modificações que passam por cima de qualquer técnica, torcer pelo Brasil ou gostar de futebol nada tem a ver com se comportar como um retardado. Eu gosto de futebol, gosto do Brasil (o time e o país) e não vejo nenhum problema. Gostar ou não de futebol é apenas preferência, não torna ninguém mais inteligente, nem culto.

    ResponderExcluir
  43. Paulo Roberto,
    entendi seu ponto, mas se ao invés de ficar assistindo futebol a pessoa fizer algo que lhe requeira a utilização do cérebro, poderá sim ficar mais culto e/ou mais inteligente. Uma hora e meia de leitura de coisa boa ajuda bem a cabeça.

    ResponderExcluir
  44. Brenno Metzker17/06/10 15:06

    É mestre juvenal, como já disseram por ai a politica do pão e circo tá funcionando e muito bem, e sim, faço das suas as minhas palavras.
    Como um esporte em que individuos correm atras de uma bola, e que ganham zilhões de dólares é tão valorizado. Respeito quem gosta.
    Inclusive amigos meus que não entendem quando digo que prefiro ficar na internet garimpando coisas sobre o automobilismo, mesmo eles também gostando do mesmo automobilismo. E por fim, esta foi a melhor frase dos últimos tempos, principalmente considerando o tempo da copa: "Prefiro babar por um carro. Tem mais consistência."

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  45. Na minha opnião é um disperdicio de patriotismo, infelizmente é a unica hora em que o nosso povo vira patriota torcendo pelo Brasil...

    ResponderExcluir
  46. Parece que eu estava adivinhando que o jogo seria uma pelada.Um amigo me chamou para assistir o jogo e eu argumentei que o time do BRASIL e muito fraco é acabei não indo ver o jogo na casa dele,mas fiquei ouvindo pelo rádio.
    Nesses dias eu estou empenhado na minha oficina que estou montando,é na hora do jogo fiquei montando um quadro de ferramentas que fiz,é pelo rádio ouvia o quanto e ruim esse time de faz de conta do BRASIL,já não sou chegado em futebol,é ainda perder tempo com esse time!

    ResponderExcluir
  47. Essa conversa de futebol versus "entusiastas" já cansou... O tempo perdido nesta questão também emburrece, até mesmo Dom Quixote.

    ResponderExcluir
  48. Juvenal,

    Geralmente não gosto de retrucar, mas vejamos: então o mesmo ocorre com uma volta num carro que se curta muito. Em lugar disso, poderíamos ler um livro e ficar mais cultos. Tudo tem hora.

    Abração.

    ResponderExcluir
  49. Fábio Lins18/06/10 09:51

    Como a maioria dos autoentusiastas também não gosto de futebol, mas respeito quem gosta. Não assisti ao jogo do Brasil, preferi utilizar meu tempo livre jogando video game o que fez até minha esposa, que também não gosta de futebol, questionar o meu patriotismo. E isso é o que realmente me deixa revoltado com os brasileiros que só são patriotas em copa do mundo, que na minha opnião é um carnaval fora de época. Disse a minha esposa que eu assistir ou não assistir aos jogos do Brasil, não fazem de mim mais ou menos patriota que qualquer torcedor com camisa do Brasil gritando no bar. Outra coisa que não consigo entender é o país inteiro parar por causa de um jogo, lembro que na copa de 2006 morava nos EUA e lá poucas pessoas comentavam sobre jogos, aqui o pessoal para até pra trocar figurinha de album da copa.
    Como a maioria dos brasileiros torço para que o Brasil ganhe essa copa, mas me recuso a participar desse carnaval fora de época. Prefiro usar meu tempo livre com coisas que realmente gosto, carros.

    ResponderExcluir
  50. Prof Pasquale18/06/10 11:23

    erlanbiker, volte pro Mobrau e estudo um pouco gramática e acentuação, pelo amor de Deus.

    ResponderExcluir
  51. Prof Pasquale18/06/10 11:25

    esse erlanbiker ao invés de assistir os jogos da seleção ou montar sua oficina de fundo de quintal, devia era criar vergonha na cara e estudar um pouco de gramática, especificamente acentuação. é de trincar as bolas.

    ResponderExcluir
  52. que burro, dá zero pra ele!

    ResponderExcluir
  53. ole ole ole
    ole ole ole ola
    ole ole ole
    a cada dia te quiero mas
    porque yo soy Argentina
    un sentimiento que no puedes parar!

    ResponderExcluir
  54. A maioria dos comentários aqui parece emitir um tipo de raiva pelo fato de jogadores de futebol ganharem muito. Mas parecem que não lembram que pilotos top ganham até mais. Gosto mais de assistir corridas do que jogos de futebol, mas não vou dar uma de pseudo-moralista atacando o futebol e a Copa do Mundo. Dúvido que nos comentários aqui não exista um ar de inveja, pois uma corrida de F1 não para o país. Concordo com salários exorbitates no futebol e que se dependessem de mim, ninguémm ganharia tanto. Mas não ganhariam, não só no futebol, mas também não na F1, MotoGP, cantores, atores, etc. Mas nem por isso vou dar uma de "culto" e dizer que vou trabalhar ou ler um livro na hora do jogo, pois posso fazer isso em outras horas. O que li aqui até parece coisinha pré-primária, tipo "Quem desdenha quer comprar". Imagina o contrário, um fanático por futebol dizendo que não entende como alguém fica horas numa fila em Interlagos, paga um absurdo por um ingresso para ficar 2 horas vendo uns milionários ficar dando voltinhas uns atrás dos outros.
    E só para ficar claro, nunca joguei futebol na vida e praticamente não assisto, aliás não sei se não jogo porque não gosto ou não gosto porque não jogo. Na época de primário ficava com raiva quando na aula de educação física o professor dava uma bola para jogar futebol e já se foi a aula, só gostei de educação física no colegial onde jogava basquete (e muito bem). Mas como disse, esse tópico está parecendo um monte de pessoas com invejinha dando uma de diferente.

    ResponderExcluir
  55. Prof Pasquale

    melhor ter uma oficina fundo de quintal(coisa que ela não vai ser,até porque ela vai ser registrada e tem um ferramental decente),do que ter que bater ponto, como talvez você o faça todos os dias de sua vida.

    ResponderExcluir
  56. batam punheta

    ResponderExcluir
  57. Que bobagem!!! Há lugar para todos. Nós, que amamos automobilismo, não paramos para assistir a um GP? Ou não aguçamos nosso olhar e ouvidos para alguma notícia relativa a carros ou corridas no Jornal Nacional? Vamos, deixemos de radicalismo, como o que domina os torcedores de futebol. O esporte é de todos, e torce e assiste que quer ou pode.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.