COISA DE CRIANÇA

Foto: Autor
Uma noite dessas, ao desembarcar no aeroporto de Congonhas, a maior zona na área de embarque/desembarque, como mostra a foto. Por que? Não tinha polícia ou fiscal de trânsito.no local. Coisa de criança, tem de ter adulto vigiando senão apronta.
Depois reclamamos quando o trânsito é uma bagunça, caótico. Por exemplo, há coisa pior do que motorista usar o acostamento quando o trânsito para numa estrada? Eu já disse que essa infração deveria passar de gravíssima a hedionda: primeira vez, um ano sem dirigir. Na reincidência, cassação definitiva da habililtação
Voltando ao aeroporto, hoje, com o telefone móvel, não é mais preciso ficar parado à espera da pessoa numa área que não é estacionamento. Basta ficar perto e aguardar  a ligação do passageiro. É fácil. Celular é para isso tambem.
BS

17 comentários :

  1. Pois é. Nas conversas em festas e reuniões o trânsito (assim como a economia do Brasil, a escalação do Dunga etc.) é um assunto recorrente, sendo criticado por todos. Engraçado... se todos criticam, quem é que está fazendo errado? Todos apontam o dedo para o outro, mas na primeira oportunidade avançam o sinal vermelho, a faixa de pedestres, ocupam duas vagas no meio-fio e por aí vai. Por isso, de uns anos para cá, minha filosofia é seguir todas as regras de trânsito à risca. Só eu sei o quanto isso é difícil, não por mim, mas pela cultura nacional da má informação e transgressão visando a vantagem.

    ResponderExcluir
  2. Ah! Esqueci da desculpa esfarrapada do infrator que é quase sempre "Ah, mas é rapidinho. Já vou sair", como se isso atenuasse o erro... Tem também aquela do pisca-alerta ligado, com propriedades mágicas de suspender as leis de trânsito.

    ResponderExcluir
  3. Parece que a lei divina no Brasil é só seguir as regras quando tem algum agente de fiscalização por perto.

    Se não tiver, não tem problema.

    É dificil ter orgulho de ser brasileiro.

    ResponderExcluir
  4. 10 X 0 pro Bob! Concordo em gênero, número e grau. Não usar a seta para mudar de faixa deveria ser hediondo também! :-)

    ResponderExcluir
  5. pior é q tem uns 'motoristas' q nem sequer sabem o q significa aquela luzinhalaranja piscando (geralmente no canto dos carros), talvez achem q ela ñ tem utilidade nenhuma e seja só um pisc-pisca q nem esses enfeites d natal, aqui no interior d sp é mto comum isso, vc dá seta e seeeempre aparece um idiota q, ou finge q ñ viu, ou viu e ñ sabe pq tá piscando...

    ResponderExcluir
  6. Sempre me pergunto pq os fiscais de trânsito não visitam aeroportos, escolas infantis e frente de faculdades particulares.

    ResponderExcluir
  7. Uma placa que 98% dos motoristas não sabe o significado é o triangulo invertido (dê a preferência). Nas rotatórias ninguém respeita, quem já está na mesma. Impera a lei de Gérson.

    ResponderExcluir
  8. Marcus,

    Precisamente. E vá você usufruir de sua preferência estando na rotatória... buzinam e xingam como se a preferência fosse deles.
    Os que não ignoram essa regra usam a bem-lembrada "Lei de Gérson", o que dá no mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Bem lembrado Marcus, o tema rotatória merecia um post, ou melhor, alguma ação da CET para educar esse povo.

    Uma boa foto para o post seria a rotatória quase no final da Pedro Bueno em horário de rush.



    Paulo, eu passei muito perto de ter uma atitude insana nesta rotatória (enfiar o carro na lateral do carro de uma besta humana). Estava eu e mais alguns outros carros na rotatória quando o sujeito meteu o carro sem reduzir, xingando e buzinando, crente que estava na razão. Não é para enfiar a patada na orelha de um cara desse? E o pior que não é só ele, esta atitude é padrão no local, falta sinalização nesta rotatória e se dependermos do bom senso e da educação do motorista comum... já viu! por enquanto somos obrigados a dirigir pelos outros mesmo.

    Abs

    ResponderExcluir
  11. http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=Avenida+Pedro+Bueno,+1822,+S%C3%A3o+Paulo+-+SP&sll=-14.179186,-50.449219&sspn=83.105424,157.675781&ie=UTF8&hq=&hnear=Av.+Pedro+Bueno,+1822+-+Campo+Belo,+S%C3%A3o+Paulo,+04342-001&ll=-23.638612,-46.657946&spn=0.001312,0.002406&t=h&z=19

    ResponderExcluir
  12. Kantynho,
    O uso da seta é importante, mas a minha leitura é que é mal usada. Por exemplo, muitos, se não for a maioria, acham que seta é autorização de manobrar e não aviso de intenção de fazê-lo. Você não se chateia quando o carro da frente, todos numa faixa que só pode dobrar à esquerda, permanece com a seta ligada aguardando o sinal verde? E tem a do efeito contrário, você dar seta para ir para a faixa à sua esquerda e o cara de trás, percebendo, acelera para não deixar. Em princípio, a seta serve para ajudar os demais motoristas e até os pedestres, mas poucos se dão conta disso.

    ResponderExcluir
  13. É verdade. Já levei muita fechada por usar a seta mostrando minha intenção em mudar de faixa. Aqui em Brasília seta é enfeite no carro. Isso sem contar os gênios do "tuning", que dão aquele curto na seta, deixando as duas luzes sempre acesas. Vou pedir para algum "nobre" deputado escrever um projeto de lei abolindo as setas dos automóveis. Já que ninguém usa, ou faz mal uso, tira de uma vez! Pelo menos o carro fica mais barato. :-)

    ResponderExcluir
  14. Bob,
    Não captei a idéia da primeira situação, mas para a segunda existe um outro efeito, que eu percebi que está acontecendo cada vez mais em São Paulo (talvez naturalmente devido ao caos que vivemos diariamente), quando a seta é acionada com antecedência sem aquela demonstração "estou dando seta, então estou entrando", sabe aquela coisa de já ir jogando o carro para cima, o outro motorista "dá a passagem" ao perceber que a pessoa está sinalizando e aguardando um mínimo para a percepção/reação de quem recebe o sinal.
    Tempinho atrás até citei uma frase, "dirigir com elegância", fiquei até lisonjeado pelo comentário que o Arnaldo fez sobre a frase e talz, a questão é essa, quando dirigimos de forma harmoniosa os demais reagem harmoniosamente também. Eu fico realizado com o meu desempenho no trânsito quando percebo que cheguei em casa nesta "vibe", independente do tempo que levei do trabalho até em casa.
    Pela manhã não tem jeito, tem que sair cedo ou desencanar do atraso.
    Querer costurar o caminho todo para ganhar 10 minutos, provocando várias situações de stress, NÃO vale a pena.

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Fabio,

    Pior é que nem precisa de sinalização, chegando a uma rotatória, a preferência é sempre de quem está nela, havendo ou não placa de parada obrigatória ou triângulo invertido.
    Tem muito que fazer ainda e acho que não será com a CET que chegaremos lá.

    ResponderExcluir
  16. Eu defendo, assim como o Bob, o uso ativo da seta.

    Tem idiota que só dá seta para avisar os de trás, não pensa em facilitar um pedestre ou um veículo que vá cruzar à sua frente e está na via em que ele vai entrar. Esse mesmo tipo de acéfalo dá seta em esquina deserta, sem nenhum mosquito nas 4 direções... virou uso automático, é sinal de que não sabe usar o equipamento.

    ResponderExcluir
  17. Concordo totalmente Paulo!

    Mas na falta de educação, talvez uma sinalização ostensiva ajude a melhorar um pouco a situação.

    Não só pintando o triângulo, como uma placa enooorme "ROTATÓRIA! DÊ A PREFERÊNCIA!"... uma boa, não?

    Abs

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.