GIORGETTO GIUGIARO: 45 ANOS DE TRABALHO EM MOSTRA EM SÃO PAULO




O Museu da Casa Brasileira abriu uma mostra do trabalho do designer italiano Giorgetto Giugiaro. Ela se estende até dia 31 de março e vale vê-la, já que em 1999 o elegeram como o “Car Designer of the Century”. Essa eleição, feita por 130 especialistas de 30 países, não buscava o designer que numa inspiração artística criou os mais belos carros, mas o que mais influenciou o design do automóvel do século passado. Giugiaro tem sido versátil, pois criou desde fantásticos carros de sonho, como o Maserati Ghibli, até pequenos e práticos carros do dia a dia, como o Uno (hoje aqui apenas Mille) e o primeiro Golf.

Golf, Anísio Campos e Bob Sharp diante do primeiro Golf, no caso o Rabbit, de mercado americano

Nascido no Piemonte, em 1938, filho e neto de pintores de afrescos, seguia a mesma carreira quando ao completar 14 anos seu pai o aconselhou a, além de cursar escolas de arte, também se especializar em desenho técnico, já que era uma profissão promissora na época. E assim ele foi para Turim, onde de dia estudava arte e de noite, desenho técnico. Seu professor de arte, Eugenio Colmo, logo se impressionou com seus desenhos de automóveis e o recomendou a seu sobrinho, Dante Giacosa, então diretor da Fiat e responsável, dentre outros, pelo desenho do 500A Topolino. Giacosa lhe ofereceu aprendizado na Fiat. Giugiaro aceitou, mais para que com a remuneração pagasse seus estudos de arte, porém logo se interessou pelo design automobilístico e por todo o processo da criação de um automóvel.



O leitor não se deve esquecer que Giugiaro era praticamente um rapazote tratando de se virar por conta própria numa cidade distante da sua família; mocinho.

Em 1959, com 21 anos, relativamente desgostoso com o pouco que fazia na Fiat, foi apresentado a Nuccio Bertone no Salão de Turim. Bertone já era “Bertone”; seu estúdio já era renomado. Na conversa, Bertone lhe pediu que mostrasse seus desenhos. Giugiaro não os tinha à mão e pediu alguns minutos, ao cabo dos quais voltou com belos e detalhados desenhos. Bertone não acreditou que ele os desenhara naqueles poucos minutos e Giugiaro, para lhe provar, pôs-se a desenhar na sua frente. Bertone o contratou imediatamente e lhe deu a incumbência de desenhar um carro inteiro.

Giulia Sprint GT

Sorte dos dois, pois logo de cara Giugiaro lhe apresentou um clássico, o Alfa Romeo Giulia Sprint, um sucesso; lindo, simples, e um dos meus carros preferidos, não só por sua beleza e comportamento, mas pelo conceito de um pequeno e prático cupê esportivo.

BMW M1

Logo em seguida foi convocado a prestar serviço militar no Corpo Alpino e por um ano e meio sempre havia alguém da Bertone subindo e descendo os Alpes para trazer os desenhos de Giugiaro. Nesse período ele colaborou intensamente no desenho do Ferrari 250 GT, além de desenhar inteiramente o Aston Martin DB4GT Jet, o BMW 3200 CS e o Maserati 5000 GT.

Maserati Ghibli

Em seguida, 1965, mudou-se para a Ghia, onde desenhou o Maserati Ghibli e o De Tomaso Mangusta, porém Giugiaro, creio que sentindo que merecia mais do que lhe proporcionavam, e com razão, associou-se a Aldo Mantovani, um engenheiro da Fiat especializado na produção de automóveis, e fundaram a Italdesign, onde ofereciam não só o desenho do automóvel como também as soluções de engenharia para a sua produção.

De Tomaso Mangusta

Em 1974 projetaram o revolucionário VW Golf, que foi um sucesso imediato. Em seguida vieram o Passat e o Scirocco. Logo depois os Maserati Bora e Merak, o Lotus Esprit, o DMC De Lorean, o BMW M1, o magnífico Lancia Delta, o Audi 80.

DMC De Lorean

Só para citar aleatoriamente mais algumas de suas criações: Fiat Punto, Hyundai Excel, Alfa Romeo 159 e Brera.
Maserati Merak
Porsche Tapiro
Aztec

Em agosto de 2010 a Lamborghini Holding S.p.A., subsidiária da Audi AG, ou seja, Volkswagen, comprou 90,1% das ações da Italdesign, inclusive marca e patentes. Fabrizio, como executivo-chefe, é quem dirige a empresa no dia a dia, enquanto seu pai, aos 74 anos e livre das obrigações diárias, tem todo o tempo do mundo para as suas criações.

Na mostra do Museu da Casa Brasileira, patrocinada pela Volkswagen, além de maquetes de seus projetos, estão expostos alguns de seus carros-conceito, como Aztec, o VW W12, Structura, onde, junto a seu filho Fabrizio, explora novas linhas, novas soluções, sempre.

O Museu da Casa Brasileira fica na Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705, São Paulo.

30 comentários :

  1. Faltou dizer que é baratinho, R$ 4,00!

    ResponderExcluir
  2. Fui lá neste "sábado de carnaval", a exposição está muito boa e com preço justo! Pena não ter cruzado com o Bob...

    ResponderExcluir
  3. É um gênio. Quando lhe perguntaram qual o seu projeto favorito, a resposta foi: Fiat Panda. Lembro de ter visto isto há poucos anos numa entrevista dada à Autobild. Palavras dele:

    "O apelo/estímulo encontra-se na redução ao essencial. O design atemporal dispensa enfeites desnecessários".

    Por sorte achei ela fácil: http://www.autobild.de/artikel/35-jahre-italdesign-41647.html

    ResponderExcluir
  4. Ótima dica de passeio!! Valeu!

    Uma dúvida...na wikipedia "pt-br" diz que ele desenhou o Lamborghini Gallardo mas na wikipedia "en" não cita nada à respeito...foi ele que desenhou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lincoln,

      foi ele, sim. Inclusive um de seus carros-conceito expostos no Museu já tem as linhas básicas, angulosas, do Gallardo. Dá a impressão que o Gallardo veio desse.

      Excluir
  5. O Mangusta pra mim é o melhor de todos.

    ResponderExcluir
  6. Nobres colegas, pensei que o Bizarrices Automotivas tinha acabado, mas eles continuaram depois da confusão... olha que postagem bacana essa de hoje:

    http://bizarricesautomotivas.blog.br/2013/02/homem-bomba.html

    ResponderExcluir
  7. Como já disseram aqui, Gênio!
    E um "gênio" pro Anísio Campos, também. Ele merece.
    Pra mim, fico com o Giulia, sem dúvida o mais classudo dessa lista aí.

    PS) Bob, por um acaso você comprou um Onix 1.4? Se sim, o que está achando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive um colega de trabalho que uma vê disse que o Giulia GT era quadradinho e parecia com o VW Zé do Caixão...
      Quase infartei ao ouvir isso, jamais esquecerei tamanho absurdo!
      Cada uma q a gente tem que passar.....
      Arghhh!

      Excluir
  8. Lorenzo Frigerio14/02/13 19:59

    Um carro único - Aston Martin DB4GT - desenhado por Giugiaro ainda na Bertone, e que poucos conhecem, será leiloado em maio:

    http://www.telegraph.co.uk/motoring/car-manufacturers/aston-martin/9850903/Unique-Aston-Martin-at-auction.html

    Alguém se habilita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorenzo,

      preço estimado: de 2,8 a 3,8 milhões de euros!
      Bem que o Giugiaro poderia desenhar e construir mais um igualzinho e com mecânica Aston Martin moderna..Faturamento garantido.

      Excluir
  9. AK,

    Pude comparecer no domingo na exposição e digo que além de não ter pago nada fiquei muito feliz em ver tantas criações de design, trens, arquitetura, embalagens de bebidas e etc! Enfim, uma exposição que vale realmente a pena para todos, independente de gostar de arte ou não! São lindos todos os carros expostos, mas sempre bate aquela tristeza de não ver uma Alfinha, um Fiat e algum Maserati, mas é a VW que manda no negócio, então... Mas mesmo assim a VW está de parabéns por ter trazido essa oportunidade cultural pro Brasil!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem que a VW esta tentando comprar a Alfa Romeo
      Foi o que ouvi dizer.... Mas nao sei se e verdade!
      Jorjao

      Excluir
    2. Isso é guerra especulativa... Quanto mais notícias publicarem sobre isso, menor a probabilidade de acontecer.

      Excluir
    3. Anônimo 14/02/13 21:59,

      Também já li essa história por três vezes, entre 2010 e 2012, em revista italiana, portuguesa e espanhola, respectivamente.

      Posso estar falando besteira, mas acho que seria uma boa a VW comprar a Alfa. A impressão que tenho é de que a Fiat não dá a devida atenção à Alfa Romeu, ao passo que a VW deu um bom gás à Audi, por exemplo.

      E olha que sou fã de Alfa Romeu desde rapazote. Já tive dois Alfa Romeu Ti 2300 (um ano 1981 e outro 1985), além de um Alfa Spider 1973 (que só me deu problemas por falta de bons profissionais no Rio). Todos foram bem baratos e adquiridos (e vendidos) pelos anos 1990. Hoje estão mais caro, especialmente o Spider.

      Leo-RJ

      Excluir
    4. Leo, tudo é possível. Lembre-se que a Audi (VW) comprou a Ducati....

      Excluir
    5. Pelo que me parece a Alfa Romeo continuará nas mãos da Fiat enquanto eles conseguirem segurar a situação! Deve soar como uma ofensa algo tão italiano nas mãos "tedescas"! Eu como fã e motorista de uma linda Sportwagon só espero que a marca continue sendo inspiradora e espirituosa como sempre foi, independente de quem sejam os donos! Eu não deixei de gostar de um Jaguar ou um Volvo pelo fato de serem os novos donos os indianos e os chineses respectivamente!

      Excluir
    6. Caro AK,

      Tem toda razão! Bem lembrado. E acho que seria mesmo melhor para a Alfa se esta fosse adquirida pela VW.

      Abç!

      Leo-RJ

      Excluir
    7. E Lamborghini, então?
      Ontem vi passar um Aventador. Que ronco!!! Enlouquecedor. Passou devagar, borbulhando e deu uma modesta acelerada. Nave espacial.

      Excluir
  10. A Itália, sem dúvida alguma, é detentora dos melhores designers, além do consagradissimo Giugiaro, ainda tem Bertone, Pininfarina etc....Em tempo do estudio Italdesign de Giugiaro também é o Passat da VW, o Lada Niva e tantos outros mais mundo afora.
    Coronel Anònimo

    ResponderExcluir
  11. Uma sugestão: que tal criar o "AE Entrevista"?

    Poderia começar com o próprio Anísio Campos, falando sobre o processo criativo, a estranha história da Óbvio e outros assuntos voltados a autoentusiastas, não necessariamente aqueles mais gerais, comumente encontrados em revistas.

    Pilotos? Bird Clemente, Maurício Gugelmin, Ingo, Chico Serra...

    E aqueles pouco (ou nada) famosos como chefes de equipe, engenheiros ou mecânicos, p.ex., das equipes Brahma ou Hollywood.

    Creio que isso agregaria ainda mais conteúdo ao AE.

    Saudações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 14/02/13 21:03
      Ótima idéia. Será aproveitada.

      Excluir
  12. Esse senhor é uma lenda viva !!

    ResponderExcluir
  13. Uno / Maserati Ghibli e Alfa Giulia são obras primas!
    Mas Bmw M1 e DeLorean passo longe. Nao foram desenhos felizes.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, como queria estar em SP!

    ResponderExcluir
  15. Rafael Pinto15/02/13 10:32

    Estão aí 2 pessoas que gostaria de conhecer pessoalmente um dia e só OUVIR.
    Bob Sharp e Anísio Campos!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. certamente valerá o passeio, e eu irei.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom texto, como sempre! Aliás a mostra está muito interessante, até mesmo para conhecer os outros produtos que Giurgiaro desenvolve, como cafeteiras, pneus, malas, cadeira...

    Fiz um vídeo da exposição para o meu canal, casa alguém tenha interesse em acompanhar, segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=FvJvemAZ1yc

    Abraços!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.