PEUGEOT SE RETIRA DE LE MANS, TOYOTA CHEGA



Depois dos anúncios de Toyota e Porsche retornarem para disputar as 24 Horas de Le Mans, uma facada dolorida para a mais importante e emblemática corrida de longa duração. A Peugeot anunciou oficialmente o encerramento do programa de competições de endurance.

Após anos de disputa acirrada com a Audi e uma brilhante vitória em Le Mans em 2009, os 908 diesel se retiram do cenário antes do começo da temporada 2012. A justificativa dos franceses é que o foco deste ano é totalmente voltado para os lançamentos comerciais da marca mundialmente, e a crise econômica européia está forçando uma grande concentração de recursos com o mínimo de desvios de verba.

É uma triste notícia, e pelo menos por enquanto, a única equipe capaz de impor dificuldades à Audi está fora.


Por outro lado, a Toyota já colocou na pista seu novo carro, mais de dez anos depois de sua última tentativa na pista francesa. O novo carro da categoria LMP1 é um híbrido elétrico com motor a combustão interna tendo a gasolina como combustível.

Com essa motorização, a Toyota sai na frente pela disputa com um protótipo híbrido de ponta, antes mesmo da Porsche, que promete ser o seu competidor em 2014. Fala-se que o novo motor do Toyota é um V-8 de aspiração natural de 3,4 litros, e a tração via motores elétricos está sendo testada tanto na condição de enviar torque para as rodas dianteiras como para as traseiras, situação em que a melhor prevalecerá.

Poucas informações disponíveis ainda sobre o Toyota, mas vamos que a aerodinâmica do carro é bem similar aos atuais carros de ponta, com a asa traseira com fixações lateriais e superiores, assim como a "barbatana" central.

A semelhança da largura dos pára-lamas dianteiros e traseiros indica que o Toyota segue a linha da Audi, com pneus dianteiros tão largos quanto os traseiros. A suspensão é coberta como nos Peugeots.





Mais informações sobre o Toyota assim que estiverem disponíveis, assim como um retrospecto do antigo GT-One.

MB

13 comentários :

  1. jackie chan22/01/12 12:41

    Parece que a saída da Peugeot está em consonância com o resultado insatisfatória das vendas em 2011. O grupo PSA foi uma das poucas a apresentar queda nas vendas no período, enquanto a média do setor foi de cerca de 10% acima dos números de 2010. E quase 15% no caso da Hyudai-Kia!

    ResponderExcluir
  2. É ISSO AÍ MB, PAU NOS BAGUETTES!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu me lembro da equipe Peugeot que veio para correr em Interlagos. O carro era fantástico, mas a equipe era a mais afrescalhada, com as pessoas mais mal-educadas. E não era nem falta de educação em relação ao público, eles eram mal-educados entre eles mesmos. Tudo para evitar que os segredos do carro fossem capturados. Tudo isso para ser espancada até a morte pela Audi em LeMans...

    ResponderExcluir
  4. Já tinha visto fotos do TOYOTA, mas só agora notei que eles integraram a estrutura pescoço de ganso à barbatana de tubarão(alias, é sempre bom aumentar a segurança, mas não sei de onde ACO/FIA viram tanta necessidade assim de se proteger contra capotagens/rodadas/voo livre, afinal a Mercedes não tem planos de voltar à LeMans - gratutious jab - uasuhauhusahu)

    Interessante notar a traseira mais alta e reta do Toyota... Laterais lisas à lá Peugeot em vez da mais aberta da Audi...

    PS: "tração traseira e dianteira" não entendi? Isso não é proibido?

    PS2: Pneus mais largos na frente e suspensão trabalhada para que estes gerassem mais aderência em vez de arrasto, tai o que mais considero nos Audi de LeMans...

    ResponderExcluir
  5. Luis,
    A Toyota está avaliando se o sistema de tração elétrico atuará nas rodas dianteiras ou nas rodas traseiras. Os testes avaliam as duas condições, pois realmente em ambas é proibido.
    abs,

    ResponderExcluir
  6. Seria medo da Porsche ???????
    Fuga antecipada para evitar a surra ?????

    ResponderExcluir
  7. Belo carro esse toyota!

    Confesso que torço pelos japoneses em Le Mans. Apesar de somente o Mazda 787B com aquele rotativo infernal ter vencido, eles sempre fizeram carros fantásticos pra esta prova.

    Espero que tenham boa sorte esse ano e possam pelo menos dar muito trabalho aos alemães.

    ResponderExcluir
  8. Lamentavelmente a crise européia chega à Le Mans...uma pena mesmo !

    ResponderExcluir
  9. Se a regra continuar a beneficiar os diesel, a Audi vai correr sozinha. Que chato!

    ResponderExcluir
  10. Pra mim isso cheira a covardia, não conseguem ganhar então caem fora no próprio chão. Pfff...

    ResponderExcluir
  11. Flavio. M. S. Bezerra24/01/12 08:51

    Quanta bosta!

    A empresa na europa precisa de produtos novos e pra isso precisa concentrar grana nos lançamentos.

    Tá cheio de "autoentusiasta" aqui que não entende porra nenhuma de indústria automotiva. Inacreditável.

    Pensam o quê? Dinheiro cai do céu?

    Assinem o cheque vocês então e parem falar merda do tipo "estão com medo ou não conseguem competir".

    ResponderExcluir
  12. Tudo indica que o novo Audi híbrido tem a ver com esta decisão.

    ResponderExcluir
  13. ME ASSUSTA ESSE MONOPÓLIO DA TOYOTA.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.