UMA SINGELA MANIFESTAÇÃO DE APREÇO




A mulher do jornalista Fernando Calmon não resistiu e deu uma saída com o Fiat Cinquecento que estava com ele, cedido que fora pela fábrica para teste, como é habitual.

Na volta, se dirigiu ao box na garagem subterrânea do prédio onde moram,  para estacionar, quando, ao manobrar, viu outro carro parar e uma das portas se abrir de repente.

De dentro saiu um garotinho de uns quatro anos  que correu em direção ao Cinquecento. Chegou ao carro e, pela parte dianteira, abraçou-o e beijou-o afetuosamente dizendo, "Luigi! Luigi!".

Para quem por acaso não entendeu, Luigi, um italiano, é um dos personagens mais marcantes do filme "Carros", da Disney-Pixar (2006). Tinha um comércio de pneus no filme, ajudado por Guido, uma empilhadeira.
Luigi era personificado justamente por um Fiat Cinquecento -- la nuova 500 -- que foi produzido de 1957 a 1975, chegando a 4,25 milhões de unidades. Foi um dos mais populares carros italianos, motivando a Fiat a relançá-lo, atualizado, em julho de 2007. O sucesso esperado continua.

É mesmo notável uma criança tão pequena reconhecer a releitura moderna de um modelo clássico do passado. 
BS
Imagem: site www.moviemark.com.br/cars

16 comentários :

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Bob,
    Que interessante essa ligação sentimental das crianças com o carro, deve ter sido muito engraçada a situação, ainda mais com a inocência e sinceridade dos "pequenos"!São ícones que passam de geração em geração e fazem a ligação com a marca fortalecida.abraços

    ResponderExcluir
  3. Mister Fórmula Finesse25/11/09 16:42

    Meu filho também reconheceria o bichinho de tanto que ele conhece o filme.

    Aproveitando: que carrinho gostoso de dirigir (e pilotar) esse novo 500, pena que é tão caro, mas é simplesmente muito interessante de andar em qualquer ritmo.

    ResponderExcluir
  4. Não duvido que essa associação com o filme da Pixar faça mais pelas vendas desse carro do que a própria campanha de lançamento feita pela Fiat no Brasil, bem fraquinha por sinal. Em compensação, a campanha de lançamento na Europa, em 2007, foi uma verdadeira aula de competência sobre como deve ser lançado um modelo de inspiração retrô.

    ResponderExcluir
  5. Hehehehehehe!
    Concordo! Melhor marketing que esse, impossivel. Pema que as crianças não podem tirar habilitação.

    ResponderExcluir
  6. Francisco V.G.25/11/09 18:52

    As crianças são incríveis mesmo. Veja só essa da minha pequena de dois anos e meio: Dia desses, à noite, ao chegamos em casa, estava-se formando uma bela chuva com direito a raios e trovões. Ao nos afastarmos do carro ela me perguntou: "O carro vai ficar aí sozinho? Ele vai ficar com medo". Para deixá-la tranqüila tive de prometer que depois eu voltaria para ver se estava tudo bem. Será que estou criando uma entusiastinha?

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca me esqueço de uma vez que eu estava no ônibus e ao lado deste parou um Kadett Tunnig, cheio de adesivos e com escapamento esportivo, rodas grandes, chamava bastante a atenção. Foi então que de dentro do ônibus um garotinho que deveria ter uns quatro anos gritou: -Uhu! Hot Wheels! ;D

    ResponderExcluir
  8. O Cinquecento que estava com a mulher do Calmon éra amarelo também? Alguem sabe?

    ResponderExcluir
  9. Anderson,
    Era branco com as listras das cores da Itália. Acabei de verificar.

    ResponderExcluir
  10. Só não tenho um por absoluta falta de grana para ter um segundo carro "só para curtir". Não me lembro de outro carro sem uma característica especial agregada (como ser super luxuoso ou super motorizado, por exemplo) ter me fascinado tanto. Acho o 500 uma das mais felizes criações da onda retrô.
    Mr. Car.

    ResponderExcluir
  11. O carro é muito bacana, como quase todos os carros pequenos que parecem brinquedos.
    O reconhecimento de uma criança é um momento mágico.
    Isso acontece em casa, com as inúmeras vezes em que meu filho reconhece Porsches, Focus, Ferraris e Corvettes. Os Chargers são mais difíceis, mas o indice de acerto é alto.

    ResponderExcluir
  12. é por histórias como essa que eu gosto de carros. e que vontade que eu tenho de comprar um 500...

    ResponderExcluir
  13. Isto é porque eu ainda não mostrei um para o JG!
    MH

    ResponderExcluir
  14. Haha, me lembra uma vez que meu irmão surtou quando viu um fusca branco com teto solar (vulgo cornowagen :-), ele dizia pro meu pai descer do ônibus e comprar o Herbie! E olha que não era nem o teto igual ao do filme...

    ResponderExcluir
  15. Nico Bocó26/11/09 13:06

    moleque burro. tem que tomar um cascudo pra aprender a não beijar caca...

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.