RUA OU PISTA? AMBOS.


Não é de hoje que nós, fabricantes de carros esportivos, utilizamos do chavão "um carro de corrida para andar na rua" como argumento de venda ou de marketing promocional para identificar o tipo de carro a que se refere, algo bruto, rápido e "a experiência mais próxima possível de um carro de corrida".


Mas nos anos 70 um caso contrariou essa regra. Ele não foi comercializado, mas, esse sim, era um carro de corrida para andar na rua. E ao melhor estilo possível.


Gregorio Rossi era um desmiolado que apreciava as corridas de endurance, o campeonato tão ou mais famoso que a Fórmula 1 naquela época. Não por acaso, fundou a Martini Racing, uma das mais famosas equipes de todos os tempos, e seu nome em Le Mans era feito pelo Porsche 917K.


O 917 de Rossi foi o chassi número 030, que ao que tudo indica, correu uma vez apenas, nos 1000 Quilômetros de Zeltweg com a famosa pintura da Martini Racing e número 28, antes de ser modificado para uso urbano pela própria Porsche. Durante esse trabalho entre carro de corrida e carro de rua, o 030 foi o carro eleito para testar o novo sistema de freios com ABS da Porsche, desenvolvido secretamente para não despertar o interesse dos concorrentes.


Para ser legalizado, o carro recebeu espelhos retrovisores, um escape com abafador e um pouco de luxos no interior, como um banco forrado, por exemplo. O motor era exatamente o mesmo do modelo de corrida, o flat-12 de 650 cv com injeção Bosch. Com a homologação na Europa feita, o 917 foi levado para os Estados Unidos, onde foi homologado também no estado do Alabama, mas era mais usado na Europa.


Esse sim, era um carro de corrida para andar na rua. E andar rápido, com estilo.

24 comentários :

  1. Fico imaginando a cena de ver passar ao lado um Porsche 917, totalmente legalizado para andar nas ruas e com a mesma alma selvagem das pistas... Melhor impossível! Se tivesse sido comercializado regularmente, com certeza teria vendido uma quantidade razoável.

    ResponderExcluir
  2. RR

    A Porsche podia mesmo ter ganhado uns bons DM.

    O prêmio de consolação é o Carrera GT que tem tecnologia dos GT1 e WSC-95.

    ResponderExcluir
  3. Há duas maneiras de olhar pra essa história: 1) O cara é um herdeiro mimado que não sabe mais o que fazer pra torrar a grana do papai, ou 2) O cara é um gênio do marketing e um precursor da hoje atualíssima técnica do "buzz", por ter criado um fato tão incrivel que as pessoas passaram a comentá-lo de forma espontânea, amplificando a aura glamurosa da Martini (a aquipe e a marca de bebidas).

    Mas o mais inacreditável disso tudo, pra mim, é como é que esse cara conseguiu homologar um 917 para uso de rua nos EUA. Só pode ter sido "jeitinho".

    ResponderExcluir
  4. É a velha propaganda porsche, o carro que vc ganha a corrida no domingo e leva o filho para o colégio na segunda. Muito obrigado Porsche, o slogan deles nos EUA é fantástico. Porsche: não ha substituto.

    ResponderExcluir
  5. Marcelo Augusto24/11/09 22:49

    Eu me contento com pouco: um BMW Série 1m com o 6 turbo já seria meu carro de corrida, de rua, de supermercado, de viagem, de ir na padaria da esquina, levar o cachorro no veterinário... e quando eu ver um metido a besta com um 911 perder o bico numa valeta, passando igual uma tartaruga numa lombada e pedindo ajuda a terceiros para sair do carro eu vou passar por ele dando muita risada.

    ResponderExcluir
  6. Imaginem a aflição de um motorista em ver um 917 pelo retrovisor...

    ResponderExcluir
  7. MD,
    Do jeito que o mundo hoje está cheio de SUVs, acho que um 917 infelizmente estaria fora do campo de visão dos retrovisores.
    Mas sim, concordo planemente com voce, um 917 é um oponente tão aterrorizador como o "Interceptor", do MadMax.

    ResponderExcluir
  8. Clésio Luiz25/11/09 01:21

    Reparem na segunda foto, como era "aconchegante" andar com dois a bordo :-)

    ResponderExcluir
  9. Mister Fórmula Finesse25/11/09 08:36

    O DAUER 962 (se não me engano) resgata exatamente esse espírito, 730 puros cavalos porsche ao serviço dos "civis", deve ser algo de espetacular!

    ResponderExcluir
  10. O Wilsinho andava com uma 917 verde metálico nas ruas de São Paulo. Andei atrás dele saindo da Marginal na alça de acesso da Ponte Cidade Jardim. A cor não ajudava muito e o carro parecia adaptado para uso na rua, pintura discreta, bancos etc...tinha chapa amarela, mas não tenho certeza.

    ResponderExcluir
  11. Impressionante quão baixo é o carro, mal chega na cintura do cara da bicicleta, à direita, na última foto.

    ResponderExcluir
  12. Bem que alguma empresa podia fabricá-lo de novo, em lotes pequenos, pra manter a exclusividade...a Porsche poderia fabricar o motor novamente, com injeção eletrônica e todos os aparatos tecnológicos de hoje. Impossível não seria, ela tem competência pra isso...tendo $$$$, é possível xD

    ResponderExcluir
  13. Zullino, tenho as Fotos desse 917do Wilson. E sem a placa amarela, ele virou fácil no interlagos antigo, bem abaixo de 3 minutos...

    É perguntar pro Wilson quanto ele conseguiu no carro em Rodovia, com certeza ainda deve ser dele e desse carro verde o verdadeiro( real) Record Brasileiro de velocidade sobre 4 rodas,afora os Dragsters

    ResponderExcluir
  14. Alexei, não lembro se tinha placa ou não, mas vi o Wilsinho várias vezes na Marginal do Pinheiros que era nova e sem buracos.
    Como carro de rua, acho os GT 40 mais adequados que esse monstro aí.

    ResponderExcluir
  15. Vídeos de 917's na rua. Afinal é um desperdício deixar um monstro desses parado.

    http://www.youtube.com/watch?v=DBl1kAPNV3E

    http://www.youtube.com/watch?v=TaKhFrZ3-vQ&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=lNiVDgMiExQ&feature=related

    ResponderExcluir
  16. bussoranga,
    Há umas semanas vi, pelo retrovisor, um Série 3 atual vindo me interceptar na Linha Vermelha e quase me borrei, imagine um 917...
    Todos os cavalinhos do ACT da Elba trabalharam de língua pra fora, mas era impossível (apesar do dono sempre apostar no carro) deter o BMW. Mas, pelo menos, o cara vai lembrar o dia em que um carro de oitenta e poucos cavalos lhe deu certo trabalho.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  17. Na Terça tinha dado uma passadinha aqui e abri um belo sorriso ao ver a primeira foto do post. Por falta de tempo, somente consegui ler o excelente post hoje.

    ResponderExcluir
  18. Na segunda foto, o Golf MkI tá botando pressão no primo rico... :o)

    ResponderExcluir
  19. E, por sua vez, o NSU Prinz tá fungando no cangote do Golf Mk1!

    ResponderExcluir
  20. Verdadeiro post entusiasta, excelente!

    Sds,

    Der Wolff

    ResponderExcluir
  21. Carlos do Carmo26/11/09 15:42

    O Grande Maestro Herbert Von Karajan, também grande Autoentusiasta, costumava deslocar-se para os concertos com um desses!

    ResponderExcluir
  22. Essa história do 917 de Von Karajan não procede. É verdade que ele era um porschemaníaco de carteirinha e queria por que queria comprar um 917, mas a Porsche avaliou os riscos, e - sensata e polidamente - informou a ele que não poderia atender ao seu pedido.

    ResponderExcluir
  23. Seria um sonho pilotar um carro desses,para mim a mais fantástica máquina para racing já criada....

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.