McLAREN MP4-12C EM VÍDEO

video
Esqueçam um pouco dos carros berrantes e vermelhos de Maranello, com a habitual e enjoativa ópera dramática que os propagandistas criaram, afirmando que o 458 Italia é o supra sumo da tecnologia, beleza e esportividade. Mesmo que seja verdade para muitos.
Vejam o carro criado na Ilha dos Entusiastas, a Inglaterra, o lugar onde há mais malucos por metro quadrado de todo planeta. Muitos deles trabalham nessa empresa, e explicam um pouco sobre o resultado de muito entusiasmo por carros.
Eu gostei bastante.
JJ

18 comentários :

  1. JJ,

    Sensacional.

    Testado na pista do Top Gear e em Nurburgring. Realmente um carro de nosso tempo. Para o bem ou para o mal...

    MAO

    ResponderExcluir
  2. De Gennaro Motors19/11/09 23:19

    Olá Juvenal !

    Obrigado pelo comentario. Vamos manter contato.

    Se possivel me envie um email para que eu passa add na lista de emails.

    degennaromotors@bol.com.br

    abraço,

    Fernando A. De Gennaro

    ResponderExcluir
  3. Achei esse vídeo interessantissimo. Não só pelo carro em si, mas por todo o lado institucional que a McLaren faz questão de comunicar. Eu diria mesmo que o foco está mais concentrado nesse aspecto, com a McLaren se posicionando como uma empresa em condições de desafiar os concorrentes mais estabelecidos na produção de veículos de alta performance para uso "de rua". Aquele papo sobre os testes do ártico ao deserto é altamente revelador.

    Agora, o que me deixa curioso de verdade é o motor desse carro, supostamente desenvolvido e produzido "in house". Alguém tem maiores informações sobre ele?

    ResponderExcluir
  4. Belo aspirante a Ferrari...

    ResponderExcluir
  5. Belo aspirante a Ferrari...

    ResponderExcluir
  6. Seu Buce (cover)20/11/09 07:59

    Muito barato, deve ser uma droga!
    Bom mesmo é um carro japonês com motor dianteiro e caríssimo. Esse sim vai fazer história, o McLaren com motor central e toda a competência da equipe da Formula 1 é porcaria. Bom é Toyota. Menos na Formula 1, de onde correu depois de gastar dinheiro pra comprar uma Honda ou Subaru. Japones do japon muito pouco esperto, no?

    Ai MAO, às vezes vc parece o Juvenal! Ihh, rimou!

    E o Juvenal só gostou por causa da camuflagem urbana. Ele deve andar de roupa camuflada pelos shoppings de São Paulo nos finais de semana, rárá!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Nico Acima da Lei20/11/09 10:16

    eu sou um troll. metam uma trolha no meio das minhas nádegas e me dêem uma tigelona de leite com pêra e ovomaltino, por favor....

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Noutro post, o MAO teve uma idéia brilhante de colocar um motor Falconer V12 num Opala. Como trata-se de um motor leve, certamente fica muito bom.

    Agora tive uma idéia um pouco mais bizarra: sabemos que o Rowan Atkinson (Mr. Bean) deu PT no McLaren F1 que ele teve. Mas depois da PT, que fim tiveram os restos mortais do carro dele?

    Sei que importar partes (principalmente o motor) de um carro desses é difícil e muito caro, porém, se existe, certamente ficaria muito interessante num Opala!

    Pensando bem, assim como o Opala com Falconer V12, certamente ficaria uma bela cadeira elétrica, hehehe. Mas todo verdadeiro entusiasta gosta de uma. :-)

    ResponderExcluir
  13. A sensação que tenho é que neste Blog não se consegue redigir um post que não fale mal da Casa de Maranello! Por que negar o óbvio?

    Lembrem-se: "não se consegue enganar a todos, o tempo todo"

    ResponderExcluir
  14. Alto lá, Anônimo!

    Minhas origens italianas não permitiriam isso! rsrs

    Também não gosto do esterótipo do comprador BRASILEIRO de Ferraris, mas claramente existe muita paixão entre os que trabalham em Maranello. Os carros são obviamente bons (não fossem, não bateriam os concorrentes em testes que infelizmente só vemos na imprensa internacional). E o dedo de um grande piloto como o Schumacher sempre ajuda (vide outros exemplos como o Honda NS-X com a influência do Senna).

    Que venham as críticas, mas ao veículo, sua performance e suas características. Não aos compradores. Esses não podem macular o trabalho de tantas pessoas competentes envolvidas no desenvolvimento dos carros de Maranello!

    MM

    ResponderExcluir
  15. A italia é um dos poucos paises que serve de adjetivo para um automóvel... "Automóvel Italiano".

    O mundo conhece o hino italiano por conta dos carros da Ferrari.

    Não entendo o blogueiro insistir nesse ponto...

    ResponderExcluir
  16. o mesmo cara acha a M3 ridícula, fala mal da Ferrari e tem um gosto que, apesar de não se discutir isso, é no mínimo esdrúxulo. não adianta contrariar, médico mandou tomar remédio e não toma, é igual discutir com um poste...

    ResponderExcluir
  17. apesar de que o vídeo é bem bacaninha, mas mesmo assim.... vendedor de presunto....

    ResponderExcluir
  18. Não se trata de paixão. Acredito que uma pessoa que se diz entendendor do assunto, deve ter isenção para poder emitir uma opinião válida, se não, soa como "não ví e não gostei".
    É inegável a contribuição da Ferrari para o mundo do Automóvel e para o Automobilismo; o que seria da Porsche se não houvesse a Ferrari? Existiria o GT 40 se não existisse a Ferrari? Enfim, ela é a marca a ser batida e não por acaso. Nenhuma publicidade consegue eternizar o mau produto!

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.