EDITORIAL DO BEST CARS SOBRE A CAOA

Vale a pena ler o editorial  do Fabrício Samahá, editor do Best Cars Web Site, sobre os procedimentos não éticos do importador Hyundai para o Brasil, a Caoa. O consumidor deve ficar atento para não ser enganado. O editorial foi publicado na sexta-feira 21/11.
BS

29 comentários :

  1. Corajoso este Editorial !

    Parabéns ao Fabrício Samaha pela intrepidez e a ousadia de quem não se deixa calar pelos interesses e tamanho dos grandes fabricantes, alguns dos quais tem uma política de retaliar os meios de comunicação que expressem opiniões divergentes de seus press-releases.

    Seu moral só aumenta com a multidão de leitores, admiradores e apoiadores do site ! Continue com essa posição de falar o que deve ser dito !

    Two Thumbs up !

    ResponderExcluir
  2. Malagueta neles!
    Só aquele comercial rídiculo do Tucson já diz tudo!

    Queimem no inferno todos os que compram carros da marca e esses coreanos imbecis comedores de cachorro!

    ResponderExcluir
  3. Me ajuda ai ôh! Alô comandante Hamilton!

    ResponderExcluir
  4. Esse editorial ficou ótimo, pois sempre desconfiei da "mágica" dos carros Hyundai.

    Mas essa é uma característica do Best Cars, falar a verdade independente de represálias.

    ResponderExcluir
  5. Bob,

    neste post concordamos 100%.

    Há outro bem interessante sobre o assunto:
    http://www2.uol.com.br/bestcars/editorial/atual.htm

    É uma pena o marketing da CAOA está fazendo com o nome Hyundai.

    ResponderExcluir
  6. Outra da CAOA:

    Hyundai é punida mais uma vez pelo Conar por divulgar propaganda mentirosa

    http://www.motorpasion.com.br/geral-carros/outros/hyundai-e-punida-mais-uma-vez-pelo-conar-por-divulgar-propaganda-mentirosa/

    ResponderExcluir
  7. Esse, sim, é um grande fabricante...de mentiras.

    ResponderExcluir
  8. Marcelo Augusto24/11/09 22:41

    Pena ser a Caoa a sua representante por aqui, pois os Hyundai assim como os Kias dão de 10 a 0 nos carros fabricados aqui pelas "4 grandes"... e ainda custam menos.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Como o M. Augusto citou o problema não é o fabricante coreano e sim esse nefasto grupo Caoa (que deveria se chamar “Grupo Caô”).
    O BCWS está de parabéns pela sempre imparcialidade.

    ResponderExcluir
  11. Será que os coreanos vão alegar que não sabiam de nada?

    ResponderExcluir
  12. Legal que o BCWS sempre manteve essa política de mostrar a verdade nua e crua. FIz o favor de passar o link adiante.

    A CAOA já não tinha imagem queimada quando representava a Subaru?

    ResponderExcluir
  13. Thulum,

    acho que os coreanos não devem saber de nada. Claro que, em parte, são culpados por não verificar isto. Mas a diferença da língua é um grande problema.

    Trabalhei com a Hyundai em um país da África e eles não se envolviam com a mídia.

    Talvez um e-mail de um simples consumidor pode alertar para tudo isto.

    ResponderExcluir
  14. Essa é a marca do Fabrício!

    Por isso da gosto de ler o BCWS. Conteúdo imparcial e sem medo de represálias, tal como o post do aniversário do Opala e a recusa do convite da Peugeot para o "lançamento industrial do 207".

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Jonas Torres24/11/09 23:31

    Murilo, não há motivo para se dizer que uma caixa automática de 4 marchas é ultrapassada. Pela própria natureza do conversor de torque (embora hoje haja bloqueio até em 1 marcha), parece mais apelo de marketing do que necessidade essa onda do "quanto mais melhor". Uso um de 5 marchas que mais atrapalham do que ajudam. Como é sabido, a última nestes carros já é mais que um overdrive, num de 5 ou 6 ela vira irreal, não consegui manter na realidade. As que sobram ficam curtas demais. Pior ainda são aqueles como o Golf que tem 6 marchas reais, isso mesmo, nem a última é um overdrive.

    ResponderExcluir
  16. Espero que ele não seja boicotado, como parece ter sido depois de ter escrito um editorial falando da GM.

    ResponderExcluir
  17. Jonas Torres

    As 6 marchas do Golf/Bora são de grande valia se você considerar que a motorização 2.0 dele é simples e arcaica.

    6 marchas num Corolla ou Civic não fariam tanta diferença. No Golf/Bora é uma muleta mais do que bem vinda.

    FB

    ResponderExcluir
  18. tudo propaganda enganosa dessa turma! e não venham me com essa conversa fiada que a coreanada não sabia! CADEIA NELES, JÁÁÁÁ!!!!

    ResponderExcluir
  19. Joel,

    infelizmente a CAOA ainda representa a Subaru, que virou a prima pobre da Hyundai: vende pouco, anuncia pouco (tirando umas inserções na "Folha de São Paulo"), não tem peças, não tem informação nem na própria página.

    ResponderExcluir
  20. Francisco V.G.25/11/09 09:19

    Caoa é sinônimo de dor de cabeça e abandono total. A má fama desse grupo é ainda mais remota do que alguns imaginam. Os donos de Renault do início dos anos 90 que o digam.

    ResponderExcluir
  21. Não digo que os coreanos sejam santos, basta ver que eles "xerocam" outros carros com uma freqüência assustadora (ainda que com um pouco mais de estilo do que os chineses). Mas a Caoa jogou lama até na Kia, que na Coréia é parte do mesmo grupo!
    Espero que eles percam o contrato.
    Vou traduzir o e-mail e tentar mandar para a Hyunday internacional. Quem sabe ajuda...

    ResponderExcluir
  22. Só imagino o que deve estar caindo de email desaforado na caixa postal do Fabrício.

    Parabéns a ele pela coragem, mas mesmo assim duvido que a classe-média meia-boca deixe de comprar seus Tuc-Tucson achando que ficarão no topo da cadeia alimentar brega. :-)

    ResponderExcluir
  23. Anônimo,

    Acho que você tem razão, os coreanos da Hyundai só devem olhar para o número de unidades vendidas no final do mês - e nesse aspecto, não há como questionar os resultados obtidos pela CAOA. É a típica visão de um trader, e não de um fabricante. E aí, a CAOA tem carta branca para seguir adiante com essas práticas "espertas" - e que se danem os consumidores e a reputação da marca!

    ResponderExcluir
  24. Mais do mesmo?
    No dia 5 de novembro ,outro blog (auto estrada)já tinha chamado a atenção para o fato, curioso é que há anos o grupo CAOA utiliza-se desses meios para divulgar suas marcas, aqui o link:
    http://autoestrada.uol.com.br/interno.cfm?file=analise&id=52

    ResponderExcluir
  25. Seguindo a lógica de mercado...em time que está ganhando MUITO, é bom mexer para ver se consegue um pouco mais de lucro...num foi o que a Mitsubishi fez? Antes era o Grupo Souza Ramos que trazia os Mitsubishi. Depois a marca assumiu o controle e hoje é a importadora oficial.
    Por que a Hyundai não vem ela própria comercializar os carros? Difícil pode ser em questão do idioma, como mencionaram, mas também NÃO É impossível, ainda mais hoje, num mundo em que o inglês é o idioma dominante em quase todo o mundo dos negócios (sim, eu sei que tem outros, mas qual é o mais usado quando se vai conversar com estrangeiros, hein? ;))
    A Hyundai como importadora oficial talvez poderia até ganhar um pouco mais, por não ter que dividir (?) os lucros com a CAO(Ô)A...

    Posso estar enganado, mas essa foi a minha idéia sobre o assunto...

    ResponderExcluir
  26. Esse pessoal é fogo. Marketing é uma coisa, mentir e enganar o consumidor é outra totalmente diferente e ilegal.

    Comigo é assim:
    Se já começou mentindo, então já começou mal.

    ResponderExcluir
  27. pergunta: ate onde essa JD POWERS e confiavel?

    ResponderExcluir
  28. Ha ha ha ha
    Só rindo desse grupo.
    O que importa é resultado, não satisfação do cliente.
    E imaginem só: um passarinho me contou que os Tucson chegam ao porto com uma nota fiscal no valor de 10 mil dólares.
    Tá tudo bem Dona Receita ?

    ResponderExcluir
  29. Realmente Jonas Torres, realmente vc deve estar certo e todas fábricas erradas né? A Audi, Nissan e Honda entre outras usam multitronic, as mercedes vem com 7 marchas, o proprio siena já chegou a vir com 6 na versão mil. O motor 2.0 da VW agradece demais, com 4 marchas 0-100 km em 12.8 segundos, com tiptronic de 6 marchas 11.8 fora o consumo que antes era de 7,5 na cidade e passou a 9, e na estrada de 11 pulou para 13 km/l. Engenheiros estudando a vida inteira para bolar melhores cambios, fábricas gastando milhões em projetos, mas bom mesmo é o teu de 4 marchas. O lado bom é que para certas empresas ainda existem consumidores parados no tempo como você e para milhoes de motoristas tem caras apaixonados por carros e por uma forma mais prazerosa, rápida e economica de se dirigir.

    ResponderExcluir

Pedimos desculpas mas os comentários deste site estão desativados.
Por favor consulte www.autoentusiastas.com.br ou clique na aba contato da barra superior deste site.
Atenciosamente, Autoentusiastas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.